Ir para conteúdo

mapaes

Membros de Honra
  • Total de itens

    130
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que mapaes postou

  1. Fanabus, obrigado pelas informações. Em relacao a Tovar e Choroni, eu me enganei. Em relacao a ir para Tovar atraves de Maracay, sera que aumenta muito a distância? Se alguem puder colocar horarios desse trecho. Em relacao a choroni, pretendo ir cedo pela manha conhecer e retornar. Acho que eh possivel certo? Em relacao a Ilha Morrocoy tb. Pretendo sair cedo de Valência(06:30), chegando em torno de 08:00, pegando um passeio Bs. 15.000 por varias ilhas. Conhecer e retornar para Valência. Sera viavel? Outra informação importante. Quais os dias e horarios que o onibus sai de Puerto La cruz para Manaus? Eu sei que ele sai de Caracas, mas eu gostaria de pegar em P. La Cruz. []´s
  2. Aí galera. Estou programando 1 a 2 diárias na Colônia Tovar. Tenho estas informações: Chega-se através de Caracas pela Ruta 4. Um trajeto de 1 hora e meia de carro e que pode aumentar um pouco nos feriados e finais de semana, onde o fluxo na rodovia aumenta. ônibus, pega-se na Av. Sur 9 com C. El Rosário, perto do Nuevo Circo, indo até El Junquito (US$0,75), um vilarejo colonial em 1 hora, seguindo depois para a Colônia Tovar (mais 1 hora e US$ 1). Per Puestos partem da Plaza O´Leary e da Plaza Capuchino, cobrando US$1,75 até El Junquito, onde se pode pegar outro Per Puesto. Quem quiser ir de Taxi, sai em torno de US$20 Retorno a Caracas até as 18:00 segundo informações. No local há restaurantes típicos alemães com preços em torno de Bs. 12000. O que é interessante é que se pode provar das cervejas artesanais da região. Achei um site tb: www.coloniatovar.net []´s
  3. Vou ver se descubro. Mas saindo de Caracas me parece que nao sai de nenhuma das duas rodoviarias. Sai de de uma rua proximo a um metro. Vou verificar depois eu posto aqui. Eu tb gostaria de saber se sai de maracay que fica proximo. Pelo que sei, Maracay eh uma cidade relativamente grande. Mas me parece que deve passar na estarada proxima a Caracas. Eu posto um mapa tb
  4. Ola pessoal que esta pela venezuela. Quem puider tirar algumass duvias ai. Estou montando meu roteiro para março de 2006. Gostaria de saber os horarios de onibus (principalmente ate que horas a noite) de Puerto la cruz para: Maracay. Maracay - Valencia Valencia-Merida Merida-Valencia , merida Puerto la cruz, merida - voltando pra manaus Outra coisa: tem onibus de puerto la cruz para Colonia Tovar direto? Nao gostaria de passar em Caracas. Onde fica Santa Fe? Eh possivel fazer tudo no mesmo dia?: colonia tovar-maracay-choroni-maracay Eh possivel fazer no mesmo dia?: valencia-morrocoy-valencia? aguardo informacoes (quem estiver na venezuelka e puder me ajudar... boa viagem a todos!!!! []´s
  5. Fiz uma pesquisa por aqui mas nao encontrei muita coisa...a reserva que essa estrada passa eh a reserva indigena de tumucumaque. entra neste site: http://www.estradas.com.br Tenta falar com o Amapa. AMAPÁ DETRAP - Departamento Estadual de Transportes do Amapá BR 210 Km Zero Bairro São Lázaro Macapá - AP CEP 68906-970 Tels.: (96) Pabx: 212-1277 - 212 7187/ Telefax: 212-1212 - 251 7185 ou aqui: RORAIMA DER-RR - DEPARTAMENTO DE ESTRADAS DE RODAGEM DE RORAIMA Rua Sumuru, 809 São Vicente Boa Vista - Roraima CEP 69300-000 Tels.: (95) Pabx: 623-1719 / 623-1638 / Fax: 623-2898 []´s
  6. umbiguo, acho uma boa voce dar uma ligada e derrepente conversar com o pessoal do porto de manaus. a paolam deixou esse telefone do porto de manaus: Qualquer coisa , o telefone do Porto é: 92 3621 4300 Lista telefonica daqui: 92 2123 7000 []´s
  7. LETÍCIA Na fronteira com a Colombia e o Peru, localizada na margem esquerda do Rio Solimões. Tabatinga é a última parada no Brasil para quem navega em direção aos Andes. Uma única avenida principal paralela ao Solimões liga Tabatinga à cidade Colombiana de Letícia e serve de passagem a poucos carros, centena de motos, bicicletas e motonetas. Letícia é mais antiga e mais bem estruturada que Tabatinga. Na cidade existem agências especializadas em expedições para conhecer as florestas peruanas e colombianas. []´S Marcelo
  8. Amigo twilight_jo, Você não deve ter problemas quanto o percurso São Luis-Belém. Existem ônibus todos os dias. A Transbrasiliana faz esse percurso (apesar de eu nao gostar muito dela). Sai em torno das 20:00 horas de la. O valor da passagem deve estar em torno de R$ 100,00. O percurso leva em torno de 12 horas. Para Santarém, sempre tem navios saindo diariamente tambem. Nao sei se vao bater os horarios (vou verificar). Se está pensando em gastar com camarote no navio, sugiro a você fazer ou a ida ou a volta de avião. Desta forma você ganha mais tempo e pode aproveitar mais. Você pode ver quanto fica também o vôo de Santarém a São Luis (se for possível). Te dou mais informações amanha. []´s
  9. A cidade de Tabatinga deriva do povoado de São Francisco Xavier de Tabatinga, fundada na primeira metade do séc. XVIII por Fernando da Costa Ataíde Teives, que para ali transferiu um destacamento militar do Javari (mais ao sul, na fronteira Brasil-Peru), estabelecendo um posto de guarda de fronteiras entre domínios do Reino de Portugal e da Espanha. Tabatinga foi por um longo período um subdistrito de Benjamim Constant, que era o distrito-sede da região. Foi a partir de 10 de dezembro de 1981, através da Emenda Constitucional nº 12 do Estado do Amazonas, que Tabatinga desmembrou-se de Benjamim Constant, tornando-se um Município Autônomo, sendo instalado em 1º de fevereiro de 1983. Aspecto geográfico: Tabatinga está localizada no meio da selva amazônica, à margem esquerda do Rio Solimões, faz fronteira com a Colômbia e o Peru, sua temperatura oscila entre 25° e 32° C. Possui uma área de 3.239,3 km2. Segundo o IBGE, , a população soma 37.700 habitantes, sendo 73,43% na área urbana e 26,57% na área rural, com densidade de 9,88 hab/km2. Toda a região está coberta por florestas (altas, baixas e pouco densas) e, hidrograficamente, pertence à bacia do rio Amazonas, sendo banhada pelos rios Solimões, Içá, Japurá e vários de seus afluentes, tais como: Hapapóris, Traíra, Puretê, Puruê e Cunha. Distância da sede Municipal para Manaus Distância em linha reta: 1.105 km. Distância em via fluvial: 1.607 km Aeroporto Internacional Eduardo Gomes
  10. Dicas Manaus-Santarem-Belem Printed from: Mochileiros.com Topic author: asousa Subject: Dicas Manaus-Santarem-Belem Posted on: 03/04/2005 19:57:36 Message: Oi galera! Sou argentina y vou fazer uma viagem no final do ano por America do Sul, e Central. Mas preciso de alguma dicas, e como já tenho lido bastante do que voces escreveram, tal vez possam me ajudar. Eu vou entrar no Brasil pela Venezuela, minha primeira cidade será Boa Vista dali vou pegar um voo (esa dica sua Marcelo da voerico foi muito boa) até Manaus, pero aqui e quando comecam (disculpem meu teclado nao tem acentos em portugues) minhas duvidas. Eu quero navegar uma parte do Amazonas. Vale a pena ir a até Manaus e dali em barca até Santarem? Se eu fasso isso, de Santarem me conven ir ate Belem de onibus ou de aviao, ou continuar de barca? (nao sei muito bem como organizá-lo). Vale a pena conhecer Manaus, ou vou direto de Boa Vista ate Santarem? Quero conhecer alguma area de selva, onde e como me conven fazé-lo? Me disculpe por tantas perguntas e por meu portugués que tenho bastante esquecido... Até mais Anabel PD: se sabem de alguma pagina onde possa ver hostels ou lugares baratos onde me hospedar nessa zona por favor me enviem informacao ({e bem dificil consegui-la especialmente em Manaus pela internet) Reply author: mapaes Message: Ola asousa. Primeiramente fico feliz por ter ajudado nesta dica. Lembrando que tem a BRA (www.voebra.com.br) que esta fazendo uns voos bem baratos. Manaus-Santarem-Belem voce pode fazer de barco ou aviao. Decidir em ir de barco ou aviao vai depender da sua disponibilidade de tempo. Sugiro fazer uma parte de barco para conhecer mais sobre nossa região. Fazendo essa viagem de barco, você vai estar em contato com a fauna e flora, ribeirinhos, etc. Qualquer duvida estamos aqui. Marcelo Paes
  11. Ahh, me desculpe. Esqueci de dizer que fica em Belém-PA. O código da cidade é 91 Entao fica assim: 0 (31 0u 21) 91 3224-7473 0 xx 91 3224-7473 Ja atualizei os outros links. Obrigado!
  12. quote:Originally posted by laurah Oi pessoal! Sou alemã, morando no Brasil. Agora estou planejando a minha viagem pela amazonia com uma amiga. Só consegui entrar em contato com o Amazonstar. Eles me deram o preço de 790 Reais de manaus para Santarém para duas pessoas todo incluido (comida, parada no alter do chão). Eu acho muuuito! Alguem sabe um número valido do Navio Santarém e do Rodrigues Alves (não funcionou o número mencionado antes) ou de outro navio bom e um poco mais barato??id="size1"> Valeu, muito obrigada id="quote">id="quote"> Achei muito caro esse valor. Acho que esse passeio esta encarecendo. Deve estar com hospedagem em Alter-do-chao. Os valores estao no meu comentario acima. A Agência de Navegação Amazonas tem a relaçao e os preços de todos os navios para o baixo-amazonas (Parintins, Santarém, Manaus, etc). Eles explicam tudo. Infelizmente eles não tem email e nem site. Somente Fone/Fax: 0xx91 3224-7473 (Francy ou Cristovao). Liguei pra la e funcionou.
  13. Topic author: w_iack Subject: viagem de rondonia amanaus de balsa Message: ola. Tenho de viajar de Porto velho a Manaus de balsa. Preciso informações sobre, tempo, preço, e também se e possivel levar carro. por favor se alguem me ajudar eu agradeço. wil
  14. quote:Originally posted by Edgos QUERO CHEGAR A MANAUS? GOSTARIA DE AJUDA SOBRE COMO CHEGAR A MANUS COM UM VEÍCULO. Existe alguma balsa? COMO CONSIGO chegar LEVANDO UM CARRO? Moro em Palmas e pretendo ir até BELÉM de onde pretendo partir para MANAUS. Aguardo resposta urgenteid="size1">. id="quote">id="quote"> Amigo, desculpe a demora. Saindo de Belem ate Manaus de balsa, leva em torno de 8 a 9 dias. Para carro popular está saindo por R$ 700,00 (sem seguro) e R$ 750,00 (com seguro). Voce pode ligar para a empresa Alta Trasportes (0XX91 3233-9162), caso queira mais informações. []´s Marcelo
  15. Ótimas dicas Flamel! macatão, Ai vão algumas dicas que estão no topico http://www.mochileiros.com/topic.asp?TOPIC_ID=12076 Fala Pessoal. Consegui algumas informacoes importantes sobre navios e valores. Obs: todos os valores já estão inclusos a alimentação dentro do navio: café, almoço e jantar. Belém-Santarém Navios: - Rodrigues Alves (0xx91 3225-1691) Rede: 120,00, Camarote: 220,00 - Amazon Star Rede: 160,00, Camarote: 250,00, Suite: 300,00 - Navio Santarém Rede: 180,00 (com ar), Camarote: 250,00, Suite: 300,00 Belém-Manaus Navios: - Rodrigues Alves (0xx91 3225-1691) Rede: 220,00 Camarote: 350,00 - Amazon Star Rede: 250,00, Camarote: 350,00, Suite: 400,00 - Navio Santarém Rede: 270(com ar), Camarote: 350,00, Suite: 400,00 ---------------------------- Paradas Obrigatórias dos navios: cada parada leva em torno de 30min a 1 hora. Para quem vai para Manaus, a parada de Santarém às vezes leva mais tempo, pois o navio chega pela madrugada e só sai pela manhã. Belém-Santarém: breves, gurupa, almerim, prainha, monte alegre, santarem. obs: pra ir pra atér-do-chão, fica 30km de estrada, saindo do porto de Santarém. Belém-Manaus: breves, gurupa, almerim, prainha, monte alegre, santarem, obidos, alenquer(alguns), juruti, parintins, itacoatiara, manaus. ---------------------------- Obs Importante: A Agência de Navegação Amazonas tem a relaçao e os preços de todos os navios para o baixo-amazonas (Parintins, Santarém, Manaus, etc). Eles explicam tudo. Infelizmente eles não tem email e nem site. Somente Fone/Fax: 0xx91 3224-7473 (Francy)
  16. soll, Nunca fui a Alter-do-chao, mas pretendo ir em breve. fica apenas a 30 km do porto de Santarem. Então vc deve pagar um ônibus normal que te leva lá. Bem perto de Manaus tem as cachoeiras em Presidente Figueiredo, pem pertinho tb. Fui a Manaus, mas na epoca que fui, nao estava com esse espirito de aventuras . Em relacao a Oriximina, o nosso amigo Erich me passou que o percurso leva em torno de 18 horas de santarem ate Oriximina. Fui apenas conhecer o festival de Parintins. Mas e voce não vem por Belem? []´s Marcelo Paes
  17. mapaes

    Viagem ao Marajó

    Fala cara! Eu falei pouca da ceramica no meu relato (4º dia). Realmente a Cerâmica Marajoara vale muito.
  18. mapaes

    Ilha de Marajó

    Oi Jéssika. Em Soure, a cidade mais desenvolvida do Arquipelago do Marajo, eu posso indicar o Hotel Asa Branca. Eh simples, mas bem arrumadinho e tem um preco legal e restaurante bom. Em Salvaterra eu nao dispenso a Pousada e Camping Boto. Tem um estilo legal e preço pra todos os bolsos. Redário muito bom, camping e Chales. O cafe da manha é fenomenal. Se for sem carro o melhor é ir pra Soure pois tem uma estrutura melhor. O Passeio imperdivel eh o da Fazenda Bom Jesus com a dona Eva, pois voce tem contato com a fauna e flora da região. Ela vai buscar no Hotel. Outro passeio eh na Praia do Pesqueiro. Em Salvaterra vale a pena conhecer Joanes (praia e ruinas), e a famosa Pousada dos Guarás que tem sua "praia particular" bastante bonita. Enfim, acho que tudo o que escrevi, esta no meu relato Pousada Asa Branca. Falar com Anilson 3741-1414 Valores: 40, 45. Que bom ver pessoas aqui de Belém pelo forum. Precisando de ajuda estamos aqui. []´s
  19. mapaes

    Viagem ao Marajó

    Oi Jéssika. Em Soure, a cidade mais desenvolvida do Arquipelago do Marajo, eu posso indicar o Hotel Asa Branca. Eh simples, mas bem arrumadinho e tem um preco legal e restaurante bom. Em Salvaterra eu nao dispenso a Pousada e Camping Boto. Tem um estilo legal e preço pra todos os bolsos. Redário muito bom, camping e Chales. O cafe da manha é fenomenal. Se for sem carro o melhor é ir pra Soure pois tem uma estrutura melhor. O Passeio imperdivel eh o da Fazenda Bom Jesus com a dona Eva, pois voce tem contato com a fauna e flora da região. Ela vai buscar no Hotel. Outro passeio eh na Praia do Pesqueiro. Em Salvaterra vale a pena conhecer Joanes (praia e ruinas), e a famosa Pousada dos Guarás que tem sua "praia particular" bastante bonita. Enfim, acho que tudo o que escrevi, esta no meu relato Pousada Asa Branca. Falar com Anilson 3741-1414 Valores: 40, 45. Que bom ver pessoas aqui de Belém pelo forum. Precisando de ajuda estamos aqui. []´s
  20. mapaes

    Feriado em Algodoal-PA

    YESSSSSSSSSSSSSSSSSS. Ganhei uma estrelinha!!!!!!!!!!!!!! Não sou mais um mero mortal eheheheheheh. []´s
  21. mapaes

    Feriado em Algodoal-PA

    Falou pedro. Depois eu vou colocando algo sobre outros locais aqui na região de acordo com as viagens que eu fizer. Tem pra colocar: Salinas-PA e Mosqueiro-PA. Na verdade esses dois ai são os locais que a gente mais frequenta. O 1o por ja possuir uma estrutura muito boa e o 2o por ter tambem a estrutura e ser próximo de Belém (1 hora). Pra gente que já frequenta direto, talvez nao valorizamos como deveria ser. Mas vou arrumar um tempinho e escrever algo sobre Salinas e Mosqueiro. []´s []´s
  22. mapaes

    Feriado em Algodoal-PA

    Oi Dede! Tudo bom? Procuro colocar la muita informação e fotos! Vou ver se consigo colocar algumas aqui []´s
  23. mapaes

    Feriado em Algodoal-PA

    Na epoca de feriados prolongados as barrcas da praia ficam sim, mas a praia em si não. No final de semana normal, ficam desertas. Veja algumas fotos no meu site pra ter noção. []´s
  24. Denunciar esta mensagemResponder com citaçãoFeriado em Algodoal-PA por mapaes em Seg Abr 04, 2005 7:05 pm Roteiro detalhado da viagem à Ilha de Algodoal-PA. Data: 24/03/2005 (19:00) à 27/03/2005 (17:00) - Semana Santa No final de tudo, daremos mais informações de preços e como chegar. RESUMO Seu nome é Ilha de Maiandeua, mas todos a conhecem por Ilha de Algodoal. Maiandeua tem origem no Tupi e significa "Mãe da Terra". Algodoal é, também, o nome da maior vila, das quatro que existem na ilha. As outras três são Fortalezinha, Camboinha e Mocooca. A Vila de Algodoal é a principal por ser a maior, a que possui a melhor infra-estrutura para acomodação de turistas e, conseqüentemente, a que recebe mais visitantes. Estas quatro vilas são separadas entre si por porções de manguezais e seccionadas em alguns pontos por canais de maré. A energia elétrica somente foi introduzida na ilha em janeiro de 2005 e o abastecimento de água é realizado por meio de poços artesianos que fornecem água de excelente qualidade. Os meios de transporte existentes são a bicicleta, o barco (a motor ou a remo) e a carroça puxada por cavalo ou jegue. Veículos terrestres motorizados não podem entrar na ilha. É conhecida como a Ilha do Reggae aqui no Pará. Tem também muito carimbó (ritmo da região). É freqüentada também por uma galera alternativa (que não é o nosso caso, mas nada contra). Não existe polícia, mas briga não se vê. Agora cada cabeça faz o que quer....Local muito simples mas com pessoas muito hospitaleiras. A beleza natural é fantástica. No local, quase não se usa celular, relógios e outras coisas do gênero. A máquina fotográfica é indispensável para registrar tudo de bom que a ilha proporciona. Seja bem vindo (a)! Retirado do site http://www.algodoal.com.br (com adaptações) MEU ROTEIRO DE VIAGEM 1º dia: quinta, 24/03 Saída de Belém à Marudá Nesta viagem participaram 5 pessoas. Eu, minha namorada e mais 3 amigos (Bruno, Lica e Valéria). Resolvemos ir de carro pois sairia mais barato do que de ônibus. Gastamos R$ 90,00 ida e volta. Se fossemos de ônibus ou van, gastaríamos no mínimo R$ 120,00 ida e volta. Saímos às 19:15 pegando a BR 316 rumo a cidade de Castanhal-PA, levando em torno de 1 hora. De Castanhal, pega-se uma rua que te leva a PA-318. até chegar à Marudá. Este percurso, leva-se em torno de 2 horas. Levamos um pouco mais de tempo, pois estava chovendo muito. Chegamos em torno das 23:30. Saída de Marudá à Algodoal Nossa viagem de carro acaba aí, pois a travessia é de barco e como falado acima, não é permitido carro ou moto na ilha. Então o carro pode ser deixado no estacionamento em hotéis próximo ao porto de Marudá. É cobrado em torno de 4 a 5 reais a diária do carro. Andamos cerca de uns 100 metros até o porto. Compramos nossa passagem que foi de R$ 4,00 por pessoa. Nesta época a travessia não pára a noite. Agora pense numa aventura de travessia de 45 minutos num barco pôpôpô (um barco pequeno que faz esse barulho pôpôpô). Tem colete salva-vidas, mas nestes feriados geralmente os barcos vão lotados. A viagem foi com chuva mas os barcos tem lona para cobrir (mesmo assim é bom levar um saco para proteger pertences como carteira, máquinas, etc). Leve também lanterna, pois o barco às vezes é escuro e quando chegar à ilha, é bom ter lanterna, pois as ruas são bem escurinhas (um dos charmes de Algodoal). Chegamos à ilha por volta das 00:15. Não existe porto. Então, descemos pisando na água mesmo com ajuda das próprias pessoas do barco ou com ajuda dos nativos. A caminhada até as pousadas, casas e hotéis leva em torno de 15 minutos andando pela areia da praia. A vila de Algodoal possui várias ruas, mas todas de areia. Para quem não quer andar muito pode-se alugar uma carroça puxada por jegue ou cavalo. Os nativos levam sua bagagem e de outras pessoas por R$ 5,00 reais. No caminho tinha uma festa de reggae num local chamado Raízes do Mangue, pois fica bem em cima de um mangal! Parecia estar muito boa. Existem várias pousadas e hotéis na cidade. Algumas são bem simples, outras até já tem ar condicionado). Nossos 3 amigos foram para uma delas (Pousada do Melo) e pagaram por 3 diárias R$ 200,00. Nós fomos para o camping de Algodoal e pagamos R$ 15,00 reais o casal levando nossa barraca. Usando a barraca deles, sai por R$ 20,00 o casal. Depois de montar a barraca e arrumar tudo, saímos para lanchar um sanduíche. Atenção: tudo em algodoal é mais caro do que em Belém. Uma coca de 2L custa em torno de R$ 4,00, Água mineral de 1,5L sai por R$ 2,00. Fomo dormir, pois já era 03:00! Gastamos (nós 4) no lanche em torno de R$ 16,00 2º dia: sexta, 25/03 Amanheceu nublado e ficou assim durante quase todo o dia. Acordamos por volta das 10:30. Fomos tomar café da manhã em uma barraquinha. Café com leite + 2 pães pequenos com ovo sai por R$ 2,00. Tapioquinha c/ manteiga sai por R$ 0,50. Voltamos ao camping e aguardamos a chegada dos nossos amigos para irmos à Praia da Princesa (que é a mais bonita e onde a maioria vai). A caminhada até a praia leva em torno de 20 minutos, pois o início da praia não é tão boa pro banho. No caminho, temos que passar por pedras na areia e um pequeno lago que bate nas canelas. Obs: quando este lago está cheio, só é possível passar de canoinha. Após o laguinho, temos que decidir entre continuar caminhando pela praia ou pegar um atalho por uma pequena trilha. Obs: quem não quiser ir andando, pode ir de carroça. Paga-se em torno de R$ 5,00, mas é dividido por todos. Gente, a paisagem é belíssima!!! A areia é branca como algodão e pode-se ver a todo momento, garças, e outros pássaros pela praia. Existem algumas barracas onde pode-se tomar uma cerveja bem gelada, ou deliciar-se com um tira-gosto. Chegamos em torno de 13:00. Pensamos em ir até o Lago da Princesa (em torno de mais uns 20 minutos de caminhada). É um lago de águas escuras que nem da coca-cola e bem gelada!. Serve pra tirar a ressaca e o sal do corpo. Pra chegar, passa-se por uma trilha de areia. O visual é belíssimo. Por volta das 17:00 uma das barracas da praia estava lotada com uma banda de Reggae. Lembre-se que o Reggae comanda o local juntamente com o carimbó! Ficamos até umas 18:30! A volta é pelo mesmo caminho em que viemos e atravessando com a ajuda da canoinha. A travessia dura 1 a 2 minutos e paga-se em torno de R$ 0,50 por pessoa. Chegando ao camping, comemos alguma coisa, e fomos dormir em nossa barraca para se preparar para mais tarde. Por volta das 23:30, levantamos e nos arrumamos para sair novamente. Fomos andar pela ilha atrás de badalação. Leve repelente e lanterna quando sair a noite principalmente. Paramos num local chamado Só Carimbó, lá você pode ver o "Chico Braga", que é um nativo barbudo muito conhecido como um dos ícones do carimbó na ilha. Depois disso fomos até o bar Lua Cheia, bem à beira da praia. Ouvimos bastante reggae com Rafa Reggae e Cristal Reggae. Tinha uma galerinha meio afastada do povo que estava fumando uma erva, mas não curtimos isso. Obs: em Algodoal as pessoas fazem o que dá na cabeça, mas cada um na sua sem perturbar o outro... mas mudando de assunto, a lua estava maravilhosa!!! Então curtimos nosso 1º ano de namoro juntinhos bebendo a cerveja que levamos de Belém, e fumando nosso cigarro de cravo Gudang Garam. O Tempo foi passando e a fome foi chegando. Já era 05:30 da manhã. Resolvemos comer alguma coisa. Fomos em vários lugares mas já estava fechando. Então achamos uma lanchonete aberta em frente à Pousada do Atlântico (na nossa opinião a melhor pousada da ilha). Comemos um chesse-eggs e Fomos dormir.... 3º dia: sábado, 26/03 1º ano de namoro! O tempo estava divino. Acordamos com um solzão em nossa cara! Tomamos um café no camping mesmo. Aguardamos nossos amigos chegarem, pois o camping era mais próximo da praia. Estávamos planejando conhecer Fortalezinha (uma praia deserta) que fica umas 2 horas de caminhada de ida, mas desistimos por vários motivos como o sol quente, e não formamos um grupo e nem tínhamos guia pra nos levar. Fomos então a Praia da Princesa novamente e curtimos tudo de bom que a praia pode nos dar. Nos deliciamos com um belo tira-gosto de peixe (R$ 14,00), porção razoável. O sol estava queimando. Resolvemos dar um mergulho e para tirar o sal, cada barraca dispõe de um poço artesiano onde qualquer pessoa pode se refrescar. Tomamos umas cervejas Cerpa e final da tarde fomos novamente para a barraca que toca reggae ao vivo com Rafa Reggae. Estava anoitecendo. Atravessamos no mesmo esquema das canoinhas. Só que a canoa parou em outro ponto onde tivemos que passar por uma pequena trilha de pedra (quem estava sem sandália se ferrou). No meio destas pedras tinha alguma coisa que soltava um corante vermelho que manchava tudo. Inclusive pensei que tinha me cortado. Ainda estou com tinta nos pés eheheh. Íamos descansar mas como já era umas 19:00, resolvemos ir atrás do que comer. Por indicação dos nossos amigos Bruno e Lica, fomos jantar na Pousada kakuri. Pedimos uma refeição de bife (R$ 14,00) para duas pessoas. Acho que dá até para três. Obs: em outros locais você encontra PF por R$ 5,00 também. Ficamos tão empachados que fomos dormir para acordar mais tarde, só que não conseguimos dormir. Então resolvemos ficar no bar do camping assistindo uns DVDs legais e bebendo um Martini Bianco que compramos. 01:00h tivemos que dormir pois começou a chover e não parou mais a noite toda. Último dia, infelizmente. Acordamos às 9:30. Amanheceu chovendo. Foi uma novela desmontar a barraca e lavá-la para poder guardar...fomos terminar tudo por volta das 11:30. Nos despedimos e saímos rumo ao local de embarque. Ainda bem que conseguimos um táxi (a carroça) que levou nossas coisas...encontramos com os nossos amigos e fomos todos juntos. O embarque é rápido. Existem muitos barcos para atravessar. Você compra a passagem numa cabine que fica na praia. A travessia foi boa. Choveu bastante mas não balançou muito. Chegando ao porto, fomos até o hotel pegar o carro e resolvi conhecer a casa do meu tio. A casa fica numa rua ao lado da rodoviária de Marudá, bem à beira do rio. Meu tio mora no local e é pescador por opção. Fomos muito bem recebidos. Acabamos ficando pro almoço. Ele fritou vários filés de Corvina (um peixe da região) acompanhados de arroz, feijão, farinha d'água e não podia faltar uma cachacinha....tudo maravilhoso, mas e agora como pegar a estrada? [] Tivemos que descansar um pouco e lá pelas 14:30 h depois de um belo banho gelado no chuveiro, retornamos. Pensamos ainda em passar pela Praia do Crispim (que fica a 10 km de Marudá) que dizem ser muito boa, mas devido a hora, desistimos. Depois de pegar chuva e sol na estrada, chegamos em paz às 17:30 em Belém. Resumindo: Quem já esteve em Algodoal, sempre retorna. Foi considerada uma das mais belas do Brasil pela Revista Época. Os moradores (nativos) são simples mas muito hospitaleiros. Não há policiamento, mas a cidade é muito pacata. A única coisa que nos deixa entristecidos, é que muitos não se preocupam a mínima com a preservação do local deixando seu lixo jogado por toda a vila. Venha conhecer Algodoal! Vale a pena! ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Detalhes da viagem para Algodoal - No terminal rodoviário, pega-se ônibus ou Van com destino Belém-Marudá, com preço da passagem variando entre R$ 12,00 a R$ 15,00. Leva em torno de 3 a 4 horas. - Barco Marudá-Algodoal - Compra-se a passagem no porto de Marudá. Valor: R$ 4,00. Travessia em torno de 40 a 50 minutos. Restaurantes Famosos Kakuri, Mata Broca, Pousada do Atlântico, Pousada do Boiador. Demais pousadas e outras informações, acesse ao nosso site ou ao site da ilha: http://www.algodoal.com.br http://www.marcelo.fot.br/html/links_dicas.html
×
×
  • Criar Novo...