Ir para conteúdo

Carlafern

Membros
  • Total de itens

    77
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre Carlafern

  • Data de Nascimento 12-07-1980

Bio

  • Ocupação
    Professora.

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Hostel é o Boa Viagem. Aliás, Boa Viagem a todos!
  2. Olá, Eu estive em janeiro/2017 em Recife, Pernambuco. Fiquei no hostel (rede HI). A localização é boa, próximo à praia. Têm restaurantes (Extra Hipermercado e outros) e lanchonetes próximos. Só fiquem atentos quanto ao horário, pois as coisas não são iguais a São Paulo. Os passeios que fiz, foram todos pelo hostel. Gostei muito. Principalmente quando fui para Maragogi (as águas de lá são maravilhosas. Dependendo do dia o transfer te busca às 4 da madruga para fazer o passeio. É bom entrar em contato com a hospedagem para saber o dia de saída, pois só acontece em Maré Baixa). A região
  3. Quando forem viajar tenham a percepção da cultura e história daquele país. A Rússia pertenceu a ex União Soviética, então é tudo meio fechado ali. Nem facebook faz sucesso para esse lado. Mas eles tem uma classe média maior qeu a nossa e educação escola também melhor qeu a nossa. Alguns brasileiros vão para outros países para realizar o sonho de ser médico ou engenheiro, por exemplo. Não vejo nem jogador de futebol russo aparecendo por aqui. Nâo são tão sorridentes, mas sempre vejo falando que são muito emotivos. Talvez você tenha se sentido sozinho. Homens se sentem sozinhos, mais que as
  4. Desculpa Barbara pela demora. No centro dá para ir a pé ao de metrô. Eu me desloquei muito de metrô. Andei de ônibus também, mas quando fui ao Jardim Botânico. Boa viagem.
  5. Olá Ciro, Assim que tiver oportunidade eu irei sim. Foi pouco tempo passeando. Voltarei mais vezes. Inhotim é muito legal. Espero que faça um bom passeio. Vou dar uma olhada no seu site sim. Quanto a outros mochileiros, vale assistir ao documentário "Capitais do Delito - Episódio Rio de Janeiro". Olha o link: Esse golpe de deixar um coisas com alguém para dar um mergulho é bem comum. Rituais são muito comuns em algumas religiões, mas quando misturados com sentimentos doentios e tráfico ficam muito macabros. Toma cuidado com as companhias para não acontecer com vcs o mesmo qu
  6. Obrigada! Bons passeios e sempre faça boa propaganda do Brasil! Temos muito o que melhorar aqui. Gosto muito de BH, seja sempre bem vinda!
  7. Tenho de admitir que o Rio é a cidade maravilhosa. Foi uma experiência incrível e se pudesse permaneceria mais tempo por lá. Estava esgotada, sem dinheiro e com crise alérgica. Tinha que retornar. Dicas: - Aproveite o Sol para conhecer lugares ao céu aberto, como: Pão de Açúcar, Cristo Redentor, Jardim Botânico, Parque Lage e praias. - Olhe na internet os horários e programações dos museus. Tem museus com funcionamentos diferenciados e dias gratuitos. - Quando for à praia, leve pouca coisa (celular, dinheiro, lanche e filtro solar), pois os bandidos ficam rodeando. - O alvo em as
  8. 27/01/2016 – Quarta feira Meu retorno estava marcado para 23:30, então fui perambular mais pela cidade. Decidi acompanhar Ariel e Ananza por uma caminhada em Copacabana em frente ao hotel Copacabana Palace para tirar fotos. E o Ariel fez aquilo de dizer que avô era preto/negro afro e Ananza começou a falar sobre sua família. Ela é bem afro, mas tinha orgulho de sua miscigenação, dizia parentes de holandeses. Pai ausente. Ela tem uma filha: pai ausente. Você lembra que Charles ficou muito grudado e tocando Ananza: pai ausente. Vocês lembram-se do Caso Gaia Molinari e daquela
  9. 26/01/2016 – Terça Feira Conversei com duas moças bolivianas (Claudia e Mírian) e fomos a Igreja da Candelária e ao Museu do Amanhã. O museu é novidade, muito lindo e estava lotado. Coloquei a canga na cabeça e parecia esses povos árabes. Terça feira é dia gratuito no Museu do Amanhã e Museu de Arte Moderna (ao lado Museu do Amanhã). Lanchamos e fomos para o museu de Arte. Eu gosto muito de fotografia e tem uma parte decida ao fotógrafo e imigrante judeu Kurt Klagsbrunn. Muito bom. Depois fomos ver o por do Sol na praia de Ipanema. Gostei também, mas dei bobeira e tirei minha
  10. 25/01/2016 – Segunda Feira Conheci o Charles (gaúcho) e Ariel (uruguaio) no café da manhã. Decidimos andar junto por esse dia. Fomos ao teleférico e a cidade do Samba que estava fechada para turistas. Mas deixaram a gente entrar. Tem os dias certos de funcionamento, então tem que olhar no site antes. O teleférico é gratuito e vale a pena conhecer. Depois lanchamos e seguimos para o Jardim Botânico. O Jardim Botânico é maravilhoso. Vale a pena demais. Eu me senti segura, me arrependi de não ter levado minha outra lente para a câmera. Ficamos tão cansados que não conseguimos passear ne
  11. 24/01/2016 – Domingo Acordei cedo e outro dia de Sol. Fui para o Pão de Açúcar. Estava lotado, mas foi mais tranquilo de entrar, retorna e estar lá dentro do que no Cristo. Tem uma mata e dá para tirar muitas fotos. Tem lanchonetes. Já adianto que os preços dos pontos turísticos são meio surreais. É bom carregar seu lanche: frutas, biscoito de polvilho e cereais. Quanto a água, só vai adiantar se você tiver garrafa térmica, pois o Sol e o calor estavam muito unidos em derreter tudo ao redor. À tarde voltei para o hostel, pois me sentia cansada. Chegando lá conheci uma turma que ia
  12. 23/01/2016 - Sábado Deixaram-me guardar minhas coisas no quarto e tomar o lanche matinal (café da manhã). Em seguida, fui para a estação onde se compra ingressos para ver o Cristo Redentor. Eram 8:30 da manhã e já estava cheio. Eu sabia que estaria assim, mas vi tanto em previsões de tempo que ia chover, que decidi aproveitar os dias de céu limpo para conhecer lugares abertos, como o Cristo, Jardim Botânico e Pão de Açúcar. Os dias de tempo fechado seria para os museus. Eu comprei o ingresso e esperei sair com o microônibus (besta). Chegando lá é bem tranquilo de andar e passear. Estava
  13. Olá, Sempre leio aqui sobre roteiros de viagens e dicas. Decidi compartilhar a minha viagem. Estava muito cansada e precisava de repouso, então decidi escolher uma cidade que tinha condução direta: Rio de Janeiro. A parte mais difícil foi a escolha da hospedagem, pois alta temporada e Olimpíadas se aproximando fizeram os preços subirem. Eu fico em albergue, pois consigo companhia rápida para mochileiras como eu e ainda sai mais barato. Os melhores albergues que vi são: Bamboo Hostel e Discovery Hostel. Considerei como melhores, pois tem quartos e banheiros femininos. Mas estavam lotados.
  14. Dia 28/01/2015 Acordei cedo, arrumei minhas coisas e fui para Ilhéus. A rodoviária tem guarda volumes, caso queira fazer um passeio de um dia deixe suas coisas lá. O aeroporto não tem guarda volumes. Aliás, o aeroporto não tem nem informações turísticas. Como poderia visitar a terra de Jorge Amado e não conhecer nada dele. Fui direto para o centro histórico ver a sua antiga casa (vocês sabiam que o pai dele ganhou na loteria?), bar Vesúvio, Catedral de São Sebastião, etc. Tem uma sorveteria na esquina com picolés e sorvetes de sabores, como: pitanga, mangaba, tapioca... Eu gostei. Q
  15. Dia 27/01/2015 Acordei muito cedo e fui ver o nascer do Sol do farol. Acabei me machucando. Não recomendo as pessoas fazerem isso, pois tive dificuldade para retornar a terra. Voltei para cochilar mais no hostel até dá o horário de saída para o último passeio em Itacaré. Fui ao passeio das 4 praias (Resende, Tiririca, Costa e Ribeira) e prainha. Gostei muito. Você verá algumas pessoas irem grupos, não recomendo. Vá com guia. É lá, nesta região, que teve relato de assaltos. Tem algumas barracas pelo caminho, o povo chama de posto, que vende água, refrigerante, cerveja e água de coco. C
×
×
  • Criar Novo...