Ir para conteúdo

danicsml

Colaboradores
  • Total de itens

    106
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    1

danicsml venceu a última vez em Outubro 13 2018

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

21 Excelente

1 Seguidor

Sobre danicsml

  • Data de Nascimento 12-05-1981

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Meeee, agora que to vendo que não terminei o relato.😲.... Vou tomar vergonha na cara e tempo pra terminar e isso e depois contar a minha primeira viagem de excursão pela Turquia (isso mesmo, doeu até de pensar😱) mas tava barato e fiz novas amizades e ta valendo.
  2. Dia 07 - Grand Canyon Destinamos o dia todo para o Grand Canyon e valeu a pena. Saindo de Willians para o portão de entrada do parque foram 85 km passando pela cidadezinha de Tusayan (cidade base do Grand Canyon porém com hospedagens de deixar um rim). Dica: vá na velocidade certa mesmo que pareça parado pois vi uns apressadinhos sendo parado pela polícia. Na entrada do parque vc paga por veículo e ganha 2 mapinhas. Vá ate os locais de estacionamento deixe o veículo e siga para o centro de visitantes pois bem ao lado deste é que saí os ônibus (azul e laranja) explico: O parque é dividido entre area central (azul) braço esquerdo (vermelho) e braço direito (laranja) segue mapinha: o azul é a parte onde fica os hoteis, restaurantes, centro do visitante e serve mais para te levar até os pontos de início do lado vermelho e do lado laranja. Começamos pegando o ônibus azul e indo até o ponto final dele para então pegar o ônibus do lado vermelho. Pagando o ônibus vermelho fomos até o final da linha dele (hermits) e lá descemos. Cadarço amarrado e óculos na cara começamos a nossa trilha e andamos por entre e todos o mirantes. Foram 15 km de trilha que valeu cada passo pois vc não tem só aquela visão do mirante com milhões de turistas fotografando e saindo nas suas fotos. Você tem vários pontos lindos e locais com árvores e até mesinhas para descansar e fazer um lanche. Amei e faria esses 15 km de novo pois mesmo estando calor, ventava e refrescava sem falar q sentar e comer um paozinho com aquele visual é sensacional. Fazendo a trilha você acaba voltando ao ponto onde se pega o ônibus azul (centro). Lá tem torneiras para abastecer as garrafinhas de água, banheiros, e amigos inusitados (sim fiz amizade com um esquilo interesseiro que queria meu pão) e assim voltar ao ponto onde ele se encontra com ônibus da linha laranja (braço direito) Como já havíamos andado por 4 horas (3h de movimentos e 1h para fotos e alimentação), olha o caminho pelo app strava https://www.strava.com/activities/1831241700 , resolvemos que o outro lado seria feito de ônibus com parada só nos mirantes pois a trilha era de mais ou menos uns 8km. Assim fizemos e não nos decepcionamos pois o visual é incrível também. Sinceramente os dois lados merecem ser visitados pois são igualmente lindos. São belezas diferentes e iguais. sei lá. Inexplicável. Indico: protetor solar (não esqueça de passar na panturilha tá - morri), óculos, água, um sanduíche e um docinho. E lógico máquina fotográfica com bateria full. Resumindo: andamos o dia todo no parque e saindo ao por do sol com direito a ver alces pela rodovia toda (então vá devagar pq os carros vão parando na rodovia mesmo ta). Ahh não deu tempo de ir no museu la dentro. Voltamos para Willians, tomamos banho , saimos para jantar e lavamos as roupas na lavanderia do hotel. (U$ 6, para lavar e secar) Gastos do dia: Alimentação: U$ 41 (casal) lavanderia: U$ 6 Parque: U$ 35 (por carro)
  3. Dia 06 - Dia da Rodovia. O dia foi destino a curtir os 400km que vai de Vegas até Willians . Escolhemos Willians pela proximidade do Grand Canyon e pelo preço visto que Tusayan era preços de resort..rsrs. 1ª parada - Represa Hoover Dam . Fica super perto de Vegas (50km) e sabe aquelas represas que a gente vê nos filmes do X-man, que se rompe e tal , então é essa aqui! Vamos à logística: no caminho para os estacionamentos da represa vai ter um memorial PAREEEE , porque atrás do memorial tem uma trilhinha que vai na ponte da rodovia e de lá se tem um visual da barragem. Continuando depois dessa paradinha vá ate os estacionamentos e existe o pago e gratuito sendo que a diferença é que o gratuito vc anda tipo uns 700 mt a mais pra chegar na represa, não esqueça de levar uma garrafinha de água pois terá bebedouro de água (coisa sagrada no deserto). tem a opção de pagar pra ir no mirante principal mas achei bobeira pois de tds os lugares ela é fotogênica. 2ª parada: Dollan Springs. (+80km) Cidadezinha no meio da nada com cerca de 2 mil habitantes mas que tem aquelas caixas de correios enfileiradas na beira da rodovia. Já que era um desvio de 5 km valeu a pena pela foto. 3ª parada: Chloride Ghost Town: (+ 30km) uma pequena cidade que antigamente abrigava minas de prata, ouro, zinco e turquesa, por onde passava a linha do trem.É minuscula mas é lindinha pois tem coisas muito antigas , vc vai conhecer a agência dos correios mais antiga do Arizona, ainda em funcionamento e o melhor todos os locais são abertos e não pagos. Vale a pena a passadinha. 4ª parada: Kingman(+35km) nessa cidade está o entroncamento que vc escolhe ir pela rodovia de transito rápido e dupla oooooouuu a Famosa Rota 66. Almoçamos no Denny´s (tipo um Girrafas compratos por 10 doletas) e partiu Rota 66. 5º destino: Rota 66: é a primeira rodovia americana que cruzou os EUA de leste a oeste. A rodovia é simples porém bem cuidada, a velocidade é mais baixa pra curtir o caminho mesmo e tem pouquíssimos carros circulando. Tem as plaquinhas da Rota66 porém não tem aqueles logos pintados no chão. 6º destino: Seligman: só passamos mas pra quem não sabe é a cidade do Relâmpago McQueen, protagonista do filme Carros, da Pixar! logo depois de passar por Seligman a rota 66 vai meio que se fundir com a rodovia nova mas ela continua existindo. 7ª parada: Willians. Sabe aquele momento que vc está triste porque acabou a rota 66 então , aqui em Willians a sua alegria vai voltar poiissss um dos restaurantes mais antigos da Rota está nessa acolhedora cidade. Adorei Willians, moraria lá tranquilamente. Cidade limpa, pequena, com lojinhas, restaurantes à espera dos turistas que querem um descanso antes ou após o Grand Canyon. Hospedagem: Motel 6 Williams West - Grand Canyon -185US. O motel que para nós é hotel fica bem no começo da avenida da cidade que tem 1,2 km. Tem supermercado a 1 quadra do hotel. Tem lavanderia (6 dolares para sabão, lavar e secar) . Check in feito banho tomado fomos andando para jantar pela city. Repetindo: cidadezinha carismática. Alimentação: Cruiser's Route 66 Cafe. Comemos aqueles lanches que para nós seria os Gourmets muito saboroso. Paramos no supermercado e compramos comidinhas para o café e para o parque do dia seguinte e voltamos para o hotel. Ahh já aviso que tem um restaurante bem antigão (70 anos) na city e que faz parte dos famosões da Rota 66. É o Rod´s Steak House. Gastos do dia: Alimentação : 68 dolares (casal) Hospedagem: 185 dolares (casal)
  4. 5º dia - Las vegas Passeios: Passamos a manhã toda na freemont strett. Minha gente, minha vó diria que aquilo é a perdição, stripers em plena luz do dia na rua preparadas para cobrar fotos abraçadinhas contigo. . Enfim, andamos aquelas 5 quadras umas 4 vezes, entramos nas lojinhas, casinos, e já almoçamos por lá. Período da Tarde: lojas best buy e walmart - achar um relógio Garmin para o marido. Tardezinha: Tirolesa, tirolesa, uhuu. ops que medo. Voltamos para a freemont pq tinhamos horário marcado para descer a tirolesa slotzilla. Compramos pelo site do tripierge http://tripierge.com/las-vegas/atividades/ e o atendimento do Sergio foi show de bola mandando os vouchers por e-mail. Foi rapidão, chegamos lá na bilheteria da slotizilla e apresentamos o voucher e bora subir de elevador. Minha Nossa Senhora das Alturas te juro que vi Jesus lá mas ele só respondeu " ainda não tá no teu dia minha filha ". Eu tenho pânico de altura e toda vez me meto nessas loucuras e só penso: "eu me odeio, só pode, eu to pagando pra sentir medo, não sou certa das idéias" . Mas fuiiii, nem grito saiu , agarrei aquele colete como se não houvesse amanhã e no meio do caminha comecei a relaxar e curtir o povo, as luzes e tudo mais. Indico muito ir as 20h pq daí ta tudo iluminado e fica muito lindo. Ahh não pode ir de gopro tá. A gente tinha levado o suporte de abraçadeira de mão e não deixaram viu. Noite/madrugada: Carro deixado no hotel, solicitamos um Uber e fomos para a strip (realmente em Vegas a vida é noturna), jantamos fast food e andamos por td q é hotel (bellagio, Venetian, Cesars, ) e vi que existe pobre, rico, milionário e o ser que nunca pediu o preço das coisas. Voltamos para o hotel as 2 da madrugada andando a avenida toda a pé. Super seguro e tranquilo viu. Gastos do dia: Almoço Freemont: 28 Supermercado:21U$ Jantar: 27U$ Slotizilla: 248 Reais. Estacionamento: 26U$ (manha 6U$ e a noite 20) Uber: 8,8U$
  5. Postei a planilha de novo (atualizei direitinho e tirei os presentinhos e eletronicos adquiridos). Como disse acima, a vontade era começar por São Francisco mas iria pesar no tempo e no orçamento.
  6. Hlirajunior, a vontade era começar por São francisco, mas além de aumentar os valores tb aumentaria em 5 dias a mais na viagem.
  7. 4º dia - Los Angeles - Las vegas Transporte: Abastecemos o possante com 23 doletas (pasmem isso encheu o tanque). Com combustível para rodar tranquilamente os 450 km e se adentrar o deserto e com muitas guloseimas e litros de água partimos para Vegas e após 5 horas de viagem lá estávamos no hotel. Hospedagem: Nos hospedamos no Stratosphere por U$ 168 por 2 diárias para o casal. Explico que esse valor não dava direito a ir nos brinquedos que ficam no topo da torre (uns custavam 130 doletas ). Check in feito, saímos achar um lugar para fazer um lanche. Passeios: Loja do Trato Feito, Outlet e Placa do Welcome to Las Vegas. O Hotel era bem próximo da loja Trato Feito ( a loja de penhores que passa na tv a cabo) então fomos a pé mesmo pra já curtir o clima da cidade do pecado (leia-se curtir o mormaço do calor). Chegamos na loja e ela parece até menor do que aparece na tv e os donos não ficam lá (acho que ficam nos fundos da loja pq pelo lado de fora é imensa e por dentro é pequena, ou seja tem escritórios e tal la pro fundo). Compramos uma lembracinhas (militares tem desconto é so apresentar a funcional) e partimos para o outlet Las Vegas Outlet North (que tb era pertinho) e pra quem ta precisando de tênis, e roupas de trilha, lá tem nada mais q a Columbia e Adidas (tem loja madame tb). Comprinhas feitas e bora para a famosa welcome to Las Vegas Sigh, e lá depois de um fila básica foi nossa foto noturna. Gastos do dia: Presentinhos: U$ 39 Alimentação: U$ 21 Gasolina: U$ 30 (2,95 o galão de 3,5 litros no posto arco - 300 mt do hotel) Hotel: U$ 168
  8. 3º Dia - Studios da Universal...iupiiii. Dicas sagradas: 1 não encha a pança no café pra não dar vexame no brinquedos tááááá. 2 baixe o app da Universal pq vc consegue se localizar no mapa e também consegue ver o tempo das filas e ainda colocar lembretes de ir para os brinquedos em determinado tempo. 3 Só almoce depois de ter ido nos brinquedinhos mais violentos. 4 A parte de baixo (mais louca) abre só as 11h. Filas: Fomos de carro por volta das 9h e o estacionamento custou U$ 25 e as entradas na hora custou U$ 129. Não pegamos fila em lugar nenhum (estacionamento e nem bilheteria) Então começamos pela parte de cima com Simpsons, Studio Tour (demora 45min), e só desses 2 já deu o horário para descer para a parte baixa do parque. Não deixe de ir no transformers e na Mumia na parte baixa e depois dessa torturinha suba para os outros Harry Porter, Minions, Efeitos especiais, Animals Actors, etc pq depois dos transformers e mumia seu estomago não sera mais o mesmo. Enfim o parque fecha as 18h porem algumas atrações o ultimo horário é as 17h depois disso td começa a fechar. Voltamos mortos e esgualepados de tanto andar , ser virado, ser jogado, chacoalhados,mas valeu muito a pena. Libere seu lado criança !!! Saindo de lá jantamos num fast food e passamos no mercado para comprar comidinhas para a viagem do dia seguinte. Dia todo na rodovia pra ir parando e ver td. Gastos do dia: Estacionamento universal: U$ 25 Ticket parque: U$ 129 por pessoa. Almoço+janta +mercado: U$ 176
  9. 2º Dia - Los Angeles Passeios: Calçada da Fama, Teatro Dolbi, Teatro Chines, Observatório Grifith, Beverly Hills, Bairro das casas dos famosos. O Hotel era 2 quadras da calçada da fama resolvemos começar por ela, bem cedinho, até para evitar os milhões de turistas. Na calçada da fama são umas 2 mil estrelas (dos artistas honrados pela câmara do comércio) mas os mais conhecidões estão em frente ao teatro chinês e ao Dolbi (local da entrega do Oscar). Mas a estrela do Chuck Norris eu sofri para achar (umas 2 quadras a esquerda do teatro chines). Te digo que quando mais vai ficando tarde mais pés irão sair do seu lado na foto com as estrelas . Depois pegamos o carro e fomos no Observatório Griffith, o caminho é bem lindo e o estacionamento la em cima é pago numas maquininhas que só aceitam cartão de crédito, da pra subir e ainda entrar em um dos globinhos que tem o telescópio e de lá tb já da pra ver o letreiro de hollywood e tb toda Los Angeles. Pra quem é esportista já aviso que tem segmento do Strava porém não se preocupe com isso e curta o visual. Ahh para aqueles fotógrafos de plantão o melhor é ir de manha pq a tarde o sol fica contra a luz para fotos na frente do observatório. De volta com o carro fomos sentido Beverly Hills passando pela loja Amoeba (maior loja de disco dos EUA), e na Rodeo Dr (Beverly) me senti naquele filme das Patricinhas de Beverly Hills. Pasmem, mas ali naquele hotel 4 seasons (aquele do filme Uma linda mulher) tinha umas menininhas todas vestidas e arrumadas no puro glamour e riqueza em plena luz do diaaaaa. me senti a mochileira mais mendiga do mundo mas olhei minha mochila e td que ela ja fez comigo e me senti RICAAAA (de vivências né).rsrs. Ahh se for pela manha a foto ali no letreiro de Beverly ficará meio contra a luz. Depois de ver todas aquelas lojas lindas, chiques, glamourosas, sem nenhum preço na vitrine, e com gente saindo das lojas com sacolas. Achei melhor guardar o meu rico dindin (pra trocar minha Gopro - 350 doletas na loja REI) e revolvemos ir para o Bairro com as casas dos famosos e me frustrei pq a gente só vê aqueles muros altos, fechados e td trancado . Confesso que ficou faltando ir no letreiro de Hollywood. Gastos do dia: Estacionamento: 6 Grifith + 1 Beverly: U$ 7 Alimentação: U$ 60 Presentinhos: U$ 27
  10. 1º dia = Brasil - Los Angeles. Aéreo: Compramos as passagens aéreas da COPA Airlines por 2200,00 com taxas e conexão na cidade do panamá com total de 15h30 de viagem. Gostamos muito da cia aérea (bancos espaçosos, 🍴 muuuuita comida, atendimento simpático, enfim gostamos). A conexão se deve ao avião ser pequeno. Comunicação: CHIP celular Confesso que ja fui uma mochileira mais raiz e que a idade está me tornando meio nutella, rsrsr, e dessa vez me dei ao luxo de comprar um chip para o celular (acreditem mas eu viajava sem celular e com mapa de papel). Compramos da empresa FlexiroamX que na verdade é um chip adesivo que fica por cima do chip da sua operadora do Brasil (apelidei de chupachip) e que vc pode reabastecer para viagem em 140 países. O custo foi de R$ 99,00 (reais) do chip e u$ 37,50 do pacote de 5gigas de dados para 15 dias. AAAAMMMEEIII. funcionou super bem, e ainda sobrou 1,5g e eles ainda dão suporte por watsapp caso dê algum problema. https://www.flexiroam.com.br/preco.php?gclid=Cj0KCQjwrZLdBRCmARIsAFBZllHwwH5AgTz3kJZMe77pYWkGc5Yl_NTjv_sNRXzgpgJ9ZJwCb6iQrG4aAnRxEALw_wcB Transporte: Chegando em Los Angeles e na saída do próprio aeroporto tem um monte de ônibus das locadoras de veículos que ficam passando e levando a galera para as agências deles pois elas ficam um pouquinho longe dali. Pegamos o ônibus da BUDGET e bora pegar nosso fiel escudeiro. Alugamos um carro Sentra da Nissan, automático com 6900 milhas rodados por U$ 400 + U$ 107 seguros extras por 14 dias com km ilimitados e o carrinho foi ecomônico chegando a 17km/L. Passeio:. Com o nosso passante em mãos, fomos conhecer a praia de Santa Monica e Muscle Beach. Achamos um estacionamento a preço amigável e fomos caminhando até o pier. Lá tem muuuuito turista mesmo, tem aquele parque com montanha russa inacreditavelmente se equilibrando no pier, tem a placa do final da rota66, tem restaurantes, muvuca, alternativos, e um visual lindo do pacífico. Continuamos a caminhada até a Muscle Beach (aquela que o Arnold Schwarzenegger fazia altas musculação) e o pessoal bem ativo nos equipamentos no meio da areia. Lá da pra alugar bike e fazer um pedal a beira areia com direito a faixa exclusiva para ciclistas. Depois demos um passeio pelas ruas próximas para ver os preços das lembrancinhas de viagem e com o carro fomos tomar um sorvete na Coolhaus (que é um sanduiche de sorvete dos deuses) Hospedagem: Depois dos passeios na praia fomos fazer check in no Days Inn by Wyndham Hollywood Near Universal Studios, por U$ 495 - 3 diárias para 1 casal com cafe da manhã. O hotel é muito bem localizado (cheio de loja, mercado, restaurante e claro 2 quadras da calçada da fama), tem um cafe da manha daqueles continental mas com bastante coisinhas pra comer, e é bem silencioso. O estacionamento é U$ 15 por dia. Gastos do dia: Aéreo: R$ 4566,00 para o casal. Comunicação: U$ 62 Aluguel de Carro: U$ 487 Hospedagem: U$ 495 Alimentação +supermercado: U$ 77
  11. Depois de algumas torrões de sol e algumas bolhas nos pés, sobrevivi para compartilhar (e tentar atualizar) informações sobre a nossa trip (marido e eu) nas férias. Bora lá: foram 14 dias de viagem pelas seguintes cidades: Los Angeles: 3 dias Las vegas: 2 dias Willian - Grand canyon: 02 dias Page: 1 1/2 dia Monument Valley: 1 dia Moab : 1 dia Salina: só pernoite Las vegas: 1/2 periodo compras + 1 noite Los angeles: 1/2 periodo compras + 1 noite. Total gasto: 20 mil para o casal para os 15 dias de viagem. (é minha gente o dolar tá custando qse um rim). Segue a planilhinha em anexo. Mochilão grand Canyon sem presentes.xlsm WhatsApp Video 2018-10-12 at 13.27.37.mp4
  12. Dia 06 - Voo para Washington e perdidos no aeroporto..srsr Esse dia fica sem passeio devido ao grande tempo de deslocamento entre Cancún e Washington, explico. Ônibus para aeroporto de cancun, Compramos o aéreo pela United Airlines por 720Us/casal e deu td certo (ninguém nos arrastou para fora do avião) porém achei a passagem carinha para não ter bagagens despachadas e tivemos q pagar +110US/casal para despachar 2 cargueiras. Trâmites imigratórios super tranquilos, embarcamos e eu garota esperta sempre tenho um Dramin na mão, ou seja, capotei pois sabia q eram 4 horas de viagem. VOO: Descemos do avião no aeroporto de Dulles e seguimos o fluxo e entramos numa fila, daí uma fiscal tira a gente e manda pra outra, daqui a pouco ela volta e manda a gente voltar para primeira e depois ainda vem outra e manda a gente para umas máquinas que tiram foto, digitalizam passaporte e depois fomos para outra fila conversar com o tiozinho e esperar as perguntas básicas. Nesse momento PÂNICO , uma funcionária do aeroporto começou a gritar pelos número do nosso voo daí com medinho levantei a mão. Minha nossa senhora do passaporte, passaram a gente na frente e eu nem sabia porque. Depois ela explicou que a nossa bagagem foi a unica que sobrou na esteira e eles sabiam que a gente não tinha passado pelo imigração e ficaram preocupados..Organizados né?! Ahh e a bagagem já deviam estar achando que era bomba...rsrs ÔNIBUS: Nos corredores do aeroporto tem sinalizado o ônibus da Silver Line Express (funciona das 6h às 22h40) que é um ônibus sem paradas que leva toda a galera para a estação de metro mais próxima do aeroporto que é a estação Wiehle-Reston East por 05 US. Ao chegar na estação de metrô, compramos 2 tickets por 4US/pessoa. Dica: carregue sempre mais de 5US pois o metro cobra pela entrada e saída. Detalhe: a saída da estação é mais cara no horário de pico. Não preciso dizer que não conseguimos sair né..srsrs . Achei as estações muito limpas, vagões novos, e o povo super prestativo. HOSTEL: Nos hospedamos no Hostel HI - Washington, DC Hostel, 1009 11th Street, NW, Northwest por 390US/casal para 3 diárias em quarto com banheiro compartilhado (foi a primeira vez que pegamos wc compartilhado e fique impressionada com a limpeza). Super indico o hostel pois é super bem localizado (próximo da Casa Branca, Mcdonalds, Subway,limpíssimo inclusive o banheiro, café da manhã generoso, wifi, quarto espaçoso, lavanderia baratinha (6US para lavar e secar). :'> Alimentação: check in feito, fomos a 2 quadras procurar um lugar para jantar e encontramos na esquina uma Hamburgueria chamada Bolt Burguers. E jantamos aqueles lanches gourmet por 25US/casal. Gastos do dia: Transporte: 72 pesos/pessoa onibus cancun + 720+110 voo United Airlineas + 10/casal bus + 8/casal metro. Hospegadem: 390 + 17 tx city /casal Alimentação: 25 lanche + 10 cafe aeroporto cancun.
  13. Dia 05 - Mergulho no Museu Subáquatico MUSA e Recifes com C I L I N D R O Nesse dia nos preparamos para nossa 1ª experiência de mergulho com cilindro. Tomamos um café reforçado pois não é indicado almoçar para não dar zebra né. Fechamos com Alvaro Tours por 109 US. Eles também tem a opção de fazer snorkel pela metade do preço. As 10h30 a van buscou a gente e fomos para um hotel onde tem a lojinha (não lembro o nome) com todo o equipamento e ali temos 1 hora de aula teórica sobre o cilindro, máscara, colete, segurança, saúde, etc. Depois uma aula prática na piscina para nos adaptarmos ao equipamento (aí vem o pânico de morrer...srsrs ). Confesso que por já ter feito snorkel na minha vida me senti desesperada em ficar o tempo todo submersa. Mas paguei agora vou ter que mergulhar. Pegamos um barco e seguimos para o mar, nesse mergulho quem nos acompanhou foi o Fábio (brasileiro, mineiro, mochileiro e gente finíssima) e daí a gente já se sente mais em casa. Segue link particular dele para quem quiser contratar diretamente com ele e poder gritar por socorro em português mesmo..srsrs. Ele é super paciente e passa muita confiança o tempo todo e se você quiser ele filma o mergulho em alta resolução. Da diferença do vídeo caseiro pois ele pega cenas com peixes, de perto, de longe, resumindo fica muito legal.https://www.facebook.com/brasilcancun/ . Pra quem quiser filmar por si só dou uma dica: nós estávamos com uma gopro3+ que cumpriu bem a missão porém já te aviso " COMPRA UMA LENTE FILTRO VERMELHA" pois quanto mais fundo você for, mais as cores se “perdem”. Para corrigir isso, se utiliza um filtro que cobre a lente (ou a parte externa da caixa-estanque) e corrige a cor na imagem. LEIAM sobre mergulhar com GOPRO: http://getoutside.com.br/mergulho-gopro-filtro/ PERCEBA a diferença nas cores das fotos. A do fusca foi com nossa gopro sem filtro e a do recife foi com o filtro vermelho. No Museu Subaquático (http://musamexico.org/es/esculturas-submarinas-en-manchones/) fomos en MANCHONES e é sensacional as esculturas la evolucion silenciosa, Antropocemo, los banqueros, entre outras. Não tem como não flutuar pertinho de um fusca subaquático né. A idéia do museu é juntar arte e ambiente para proporcionar refúgio à vida marinha e lógico o turismo. Voltamos ao barco e seguimos para os Recifes e alí você se sente calmo, relaxado, doido pra achar Nemos, Doris, e passar por dentro dos recifes. Ahh esses recifes são a segunda maior barreira de corais, só perdendo para a australiana, e se estende-se do México até Honduras. Voltamos ao hostel, esperamos o guia Fábio levar nossos vídeos. A Carol (brasileira que trabalha no hostel) nos indicou a ir no Parque Las Palapas pois tinha feirinha que não é para turistas e que tem todas as comidas que eles gostam (leia-se comidas típicas a bolso mochileiro). Atacamos os burritos, tacos, marquesitas e churros como 2 estivadores e não gastamos 10 dolares o casal. Barriga cheia, cansaço, mas ainda tinha a passagem de busão para o aeroporto na manha seguinte. 72 pesitos/pessoa, bora descansar. Gastos do dia Passeios: Mergulho 109US por pessoa Alimentação: 140 pesos janta feirinha + 70 pesos café da manha no dia seguinte Transporte: 72 pesos/pessoa ônibus para o aeroporto
  14. Dia 04 - Chichen Itza e Praia Delfines (letreiro) Acordamos cedinho, tomamos café e pegamos o carro para ir a chichen itza. A viagem demora cerca de 2 1/2 horas e tem 4 pedágios (265+265 ida e 165+70 volta). A rodovia é tranquila e nem por isso pense em exceder a velocidade pois tem viaturas da polícia escondidas e é aquele esquema: a primeira vê quem excedeu a velocidade e depois de uns kms outra viatura te aborda. Vi uns gringos pagando 100 doletas para não serem multados. (Conversando com brasileiros que moram lá, dizem que a polícia estadual e municipal deles são um tanto corruptas e a federal é a melhor pq os salários são bons) DICAAA: Não compre a entrada de Chichen Itza na rodovia pois eles superfaturam os preços. Conto nossa experiência: próximo da bases da polícia tinha um senhor com jaleco amarelo pedindo para parar, paramos pois ao redor tinha um prédio de informação turística e também carros dos gringos parados. Ele nos encaminhou para uma barraca ao lado dessa informação turística. Ali os atendentes uniformizados (nome de um resort) estavam vendendo as entradas para o sítio e também o estacionamento por um preço bem mais alto e em dolar alegando que tinham filas quilométricas e que perderíamos 1 hora para conseguir entrar. Além disso queria cobrar o estacionamento do casal (80pesos) (mas concordam que é 1 carro só ? ). Não compramos Chicken Itza: Chegando no sítio é super tranquilo estacionar o carro e custou 16 pesos e a fila da entrada foi de 20 minutos (custou 242 pesos por pessoa). No parque não senti necessidade de guia pois tem placas explicando tudo e também porque já tinha tudo anotado na apostila que levei. Seeeenta que la vem história: Chichen Itza é um sítio arqueológico fundada por volta do ano 525 dC e localizada em Yucatan, México. É caracterizada pelos edifícios arquitetónicos que têm sofrido ao longo do tempo e que pertencem à cultura maia, especificamente, o pós - período clássico (último estágio de desenvolvimento da civilização mesoamericana). Segundo a mitologia maia, Chichén Itzá é precedido pelo deus Kukulkan. O Templo de Kukulcan é um dos mais importantes monumentos da arquitetura maia. É uma pirâmide frente e verso, 24 metros de altura e culmina em um templo retangular. Ele tem 365 degraus, concebidas como uma para cada dia do ano. Na base das escadas são dois enormes serperntes que se referem a Deus Kukulkan . A pirâmide é construída em tal uma forma que permite jogar entre luz e sombra. Assim, durante o pôr do sol de equinócio, ou seja, a época do ano quando o sol está localizado na terra Equador, raios de sol simulam o corpo de uma serpente descendente do templo. Isto simboliza a descida do deus Kukulkan à terra que o Maya referido o período de chegada das chuvas. Portanto, é um grande trabalho mostrando conhecimento astronômico aplicada à arquitetura pela Maya. Dentro do Chichén Itzá também destaca o cenote sagrado , que é de 60 metros de diâmetro e 28 metros de profundidade. Este é o lugar em que foram feitas ofertas para o deus Chaac o senhor das chuvas. Água, portanto, foi um fator importante para o Maya, e uma vida de trabalho agrícola, especialmente dedicada ao milho. Outra grande tradições culturais do Maya foi o jogo de bola , um esporte para fins rituais. O objetivo era a introduzir a bola para os aros de pedra e poderia incluir sacrifícios humanos , mas é também praticada de uma forma mais informal, para o entretenimento. Eu não consigo imaginar o placar desses jogos pq é muito alto o "gol" e a bola era de madeira Ameeeii o lugar, e tem gente que vai rezar, cantar, sentir as energias e como tinha levado lanchinho fizemos um picknick ali e ficamos observando as pessoas. Diz que tem outras opções para esse passeio: Alvaro tours faz chichen e ik kil com guia por 69us ou Onibus da ADO por 240pesos (25US) cada trecho. Praya Delfines: Após andar por tudo (Pirâmide, jogo de pelota, cenote, observatório, mercado, etc) voltamos para Cancun e rumamos para a Praya Delfines (que está entre as 10 mais bonitas do mundo) é linda e acreditem é aberta ao pública. Mas como assim aberta ao público???? Simples: quando um resort é construído a faixa de areia fica privativa aos seus hóspedes e se não estiver hospedado tem que pagar para usar . Nessa Praia tem o famoso letreiro " Cancun" e tem fila super organizada e respeitada para tirar foto (tire foto no perído da tarde para o sol não ficar contra tá). Descobri que existe um outro letreiro na Playa Tortugas próximo do hotel maia. Aeroporto: Voltamos para devolver o carro pois no outro dia não seria necessário e aqui eles esquecem que somos mochileiros. Nos levaram no desembarque internacional (terminal3) e os taxistas queriam cobrar 17 US por pessoa para van ou 80 US o casal para um taxi. Mas já tinha lido aqui no mochileiros.com que existia um ônibus. Pedimos informação para uma senhora que estava varendo o aeroporto (ela com certeza sabe como chegar de forma barata) e ela informou que tinha um ônibus turístico no terminal 2 que custava 72 pesos. Isso pq diz q tem um circular que eles usam mas era meio longe pra ela explicar e tb pq estavamos com as cargueiras ne. Então fica a dica: terminal 2 tem um ônibus da ADO por 72 pesos e te leva ao centro e não demora não. Gastos do dia: Passeios: Tulum 242 pesos por pessoa +16 pesos estacionamento Transporte: Pedágios 265+265+165+70 volta + 815 pesos gasolina +72 pesos/pessoa ônibus aeroporto/centro Alimentação: Janta no supermercadinho OXXO 200 pesos o casal
×
×
  • Criar Novo...