Ir para conteúdo

Cimarron

Membros
  • Total de itens

    39
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. PARQUE ESTADUAL DO TURVO TERÁ CENTRO DE VISITANTES Publicação: 13/07/2012 Salto do Yucumã tem a maior queda d'água longitudinal do mundo, com 1,8 mil metros de extensão e até 20 metros de altura. O Parque Estadual do Turvo, uma das 22 unidades de conservação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), localizado no município de Derrubadas, na região Celeiro do Estado, contará a partir do dia 18 de julho, com estruturas novas para receber melhor os pesquisadores, turistas e comunidade. Em cerimônia com as presenças do governador Tarso Genro, e dos secretários do Meio Ambiente, Helio Corbellini, e do Turismo, Abgail Pereira, será inaugurado, às 16h, o Centro de Visitantes, com auditório e espaços para exposições e ações de educação ambiental. O investimento na construção do Centro de Visitantes foi de R$ 1,3 milhão. O valor foi pago pela Eletrobrás/Eletrosul como medida de compensação pela construção da Usina Hidrelétrica Passo São João, que fica entre os municípios de Roque Gonzales e Dezesseis de Novembro e utiliza as águas do Rio Ijuí. Além do centro de visitação, o parque recebe uma área de estacionamento, um novo pórtico, uma guarita para segurança e uma nova casa para os agentes. Com 17,4 mil hectares, o Parque Estadual do Turvo tem no Salto do Yucumã seu maior atrativo. O local é a maior queda d'água longitudinal do mundo, com 1,8 mil metros de extensão e até 20 metros de altura. O titular da Sema, Helio Corbellini, destaca a a importância do parque para a preservação da biodiversidade, único local do Estado onde habita a onça-pintada e outras espécies em extinção. Já a construção do Centro de Visitantes, segundo o secretário, dará melhor visibilidade ao parque e ao turismo, beneficiando o desenvolvimento de toda a região. O Parque Situado à margem do rio Uruguai, o Parque Estadual do Turvo abriga remanescentes bem preservados de Floresta Estacional Decidual, tipo de vegetação caracterizado por duas estações climáticas bem demarcadas, uma chuvosa seguida de longo período biologicamente seco. O leito rochoso desse rio forma uma cachoeira longitudinal, o Salto do Yucumã, com 1,8 mil metros de extensão e até 20 metros de altura, de grande potencial cênico. O parque busca proteger os processos naturais chaves para a persistência e evolução das comunidades, em especial os processos de sucessão, o regime hídrico do rio Uruguai e dos arroios tributários. É o último refúgio em território gaúcho de espécies como a anta e a onça-pintada. A viabilidade das pequenas populações de onça no parque se mantém apenas em função das ligações com as áreas florestadas da Argentina e com possíveis contatos com as populações mais numerosas da bacia do rio Iguaçu. Além das quedas d'água, o local oferece também trilhas ecológicas e um espaço com quiosques. Não é permitido acampar nas dependências do parque. Acesso asfáltico Antes da solenidade no Centro de Visitantes, o governador inaugura, às 15h30, a ERS-330, ligando Tenente Portela a Derrubadas, que passa a ser, com a conclusão da obra de infraestrutura, o principal acesso asfáltico para chegar ao parque. Serviço Preços para visitação R$ 5,30 (pessoa) R$ 11,97 (veículo de passeio) R$ 7,27 (moto) R$ 159,30 (ônibus os caminhão) R$ 79,75 (micro-ônibus) R$ 39,98 (utilitários para transporte de passageiros). http://www.sema.rs.gov.br/conteudo.asp?cod_menu=4&cod_conteudo=7872
  2. O lugar eh lindo mesmo, deveria ser um dos principais destinos pra quem visita Porto Alegre mas ainda eh desconhecido ate mesmo da maioria dos portoalegrenses. Algumas fotos minhas do Parque: Praia da Pedreira Praia das Pombas
  3. Esse eh um destino imperdivel pra todos que vistam Porto Alegre na minha opiniao, seja no verao para se refrescar nas aguas do Guaiba ou no inverno pra apreciar a natureza bucolica da natureza. So recomendo chegar bem cedo (um pouquinho antes do horario de abertura do Parque) quem pretende ir la no verao, pois as praias possuem um limite no numero de visitantes e geralmente lotam cedo nessa epoca... uma alternativa pode ser o Camping das Pombas que fica ao lado da Praia das Pombas, mas fora do Parque, e tambem os passeios de barco ate o Farol que partem da Vila de Itapua. Camping das Pombas Ao lado do Parque de Itapuã, ao lado da Praia das Pombas. O camping tem barracas para alugar, tem luz 220V, e chuveiros quentes a gás. Tem restaurante e lancheria que funciona aos sábados e domingos nos meses de verão, de novembro até fevereiro. Tel. (51) 9224.6964 Farol de Itapuã Turismo Oferece diversos passeios de barco pela região. Passa pela Ilha da Pombas, Ilha do Junco, chegando ao Farol de Itapuã, nos dias de calor é possivel o mergulho em locais escolhidos pelo comandante. Horários da Agência: terças e sextas das 13h às 18h; Sábados e Domingos das 9h às 19h. Saída na Marina da Vila de Itapuã com no mínimo 5 pessoas. Tel. (51) 3494.1111 ou 9997.5030 http://www.faroldeitapua.com.br Alem das praias o Parque tambem possui diversas trilhas, mas infelizmente elas estao fechadas para visitaçao: Trilha da Onça - Tem 3.280 metros (ida e volta) com duração de duas horas. O grau de dificuldade é leve a moderado. O ponto de partida é a Praia das Pombas e o destino é a Praia da Onça. As diferentes espécies de bromélias e orquídeas, além da caliandra e da vassoura vermelha, são algumas das flores que adornam a trilha. A presença de fraléias, uma espécie de cacto que está em extinção, evidencia a recuperação da natureza. A visão panorâmica do Lago Guaíba e da Praia das Pombas é uma maravilhosa recompensa. Atende até dois grupos de 15 pessoas por dia. Trilha da Fortaleza - Percurso que sai da Praia da Pedreira e segue até o topo do Morro da Fortaleza com extensão de 3.070 metros, realizada em aproximadamente duas horas e meia. É uma trilha histórico-cultural onde podem ser vistas trincheiras da época da Revolução Farroupilha (1835-1845) e a própria fortaleza que abrigava os farrapos. No caminho natural, encontram-se espécies da flora como as corticeiras da serra e do banhado, gravatás e butiazeiros. Atende um grupo de 10 pessoas por dia, com saída no período da tarde. Trilha do Araçá - Percurso que sai da Praia da Pedreira e segue até a Praia do Araçá, com 1.900 metros, realizada em menos de duas horas. Trilha percorrida em trecho florestal com boa sombra, que permite vislumbrar belas paisagens, como a Praia do Araçá e o Farol de Itapuã. O passeio envolve o visitante e descreve como funcionava o antigo caminho de comércio entre praias. A trilha atende grupo de até 10 pessoas por dia, pela manhã. Trilha da Visão - Percurso pela crista do Morro do Campista com extensão de 2.900 metros (ida e volta), percorrida em aproximadamente duas horas. Conta com inúmeros mirantes naturais, que possibilitam a contemplação de belos ângulos das paisagens do Parque. A trilha pode ser percorrida por pessoas acima de 15 anos. Atende até dois grupos de 15 pessoas por dia e necessita de agendamento pelo fone (51) 3494.8082.
  4. [align=][t1]Parque Estadual de Itapuã[/t1][/align] O Parque Estadual de Itapuã, criado em 1991, é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral que guarda uma das últimas amostras dos ambientes naturais da região de Porto Alegre. Localizado no município de Viamão, abrange cerca de 5.570 hectares, onde se encontra uma diversidade de paisagens e ecossistemas compostos de morros, praias de água doce, dunas, lagoas e banhados, bem como um número significativo de espécies raras e ameaçadas de extinção: cerca de 40 espécies de répteis, 30 espécies de anfíbios, 200 espécies de aves incluindo as migratórias, e um expressivo número de espécies de mamíferos, entre estes a jaguatirica, a lontra e o bugio-ruivo. O Farol de Itapuã, concluído em 1860, marca o encontro das águas do Lago Guaíba com a Laguna dos Patos. Existem elementos históricos que evidenciam fatos da Revolução Farroupilha (1835-1845) no Morro da Fortaleza, na Ilha do Junco e na Ferraria dos Farrapos. No Centro de Visitantes, há uma exposição fotográfica permanente com diversas imagens da unidade de conservação, e para grupos agendados é ministrada uma palestra com as informações e a história do Parque. O Parque Estadual de Itapuã está aberto à visitação de quarta-feira a domingo, inclusive nos feriados ocorrentes nesse período da semana, das 9h às 18h. Atualmente apenas duas áreas estão abertas à visitação – Praia das Pombas e Praia da Pedreira, sendo que o número de visitantes está limitado a 350 pessoas por praia, por dia. As trilhas interpretativas não estão disponíveis para visitação no momento. No Centro de Visitantes pode-se assistir a um vídeo sobre o Parque, além de visitar a exposição fotográfica permanente com diversas imagens da Unidade de Conservação. O Parque oferece infra-estrutura com banheiros, vestiários, estacionamento, churrasqueiras, com vigilância. Quanto à alimentação, somente na Praia das Pombas há lanchonete em funcionamento, sendo indicado que o visitante leve seu próprio lanche, principalmente em caso de visita à Praia da Pedreira. Quanto ao uso das churrasqueiras, destaca-se que não há disponibilidade desse equipamento para todos os visitantes que ingressam no Parque, portanto seu uso está condicionado à ordem de chegada. Além disso, é obrigatório levar o carvão, pois não é permitido o uso de qualquer tipo de material existente no Parque (gravetos, etc.). A visitação no Parque Estadual de Itapuã tem como foco a contemplação da natureza e a recreação em contato com os ambientes naturais. Visando à conservação da natureza no Parque e à segurança dos visitantes, algumas normas devem ser respeitadas nessa Unidade de Conservação. Algumas imagens aereas do Parque: - É permitido: banhar-se nas áreas demarcadas; usar guarda-sol, somente nas praias de areias; usar somente bóias de braço (crianças devem ter sempre acompanhamento dos pais ou responsáveis); usar piscina infantil, somente sobre áreas de terra ou areia. - Não é permitido: usar jet-ski, prancha, caiaque e assemelhados; acampar ou pescar; deslocar-se nas pedras; circular de bicicleta; jogar bola; usar churrasqueiras portáteis e fogareiros a gás; ouvir som alto; pular dos trapiches; alimentar os animais existentes no Parque; coletar qualquer tipo de material vegetal; pendurar quaisquer objetos nas árvores; entrar no Parque com animais domésticos; ingressar no Parque com lenha e utilizar gravetos e/ou materiais existentes no Parque para fazer fogo. Ingressos: - Valor atualizado R$ 5,13 (preço em Março 2012) por pessoa/por praia. - Os ingressos são vendidos somente na entrada do Parque, até as 17h. - O ingresso é cobrado por pessoa e por praia; caso o visitante deseje conhecer as duas áreas, deverá adquirir ingresso para cada praia. - Crianças com até 10 anos de idade são isentas do pagamento de ingresso. - O valor do ingresso é determinado pela Lei Estadual n° 8.109/1985, que define as taxas de serviços diversos relativos aos órgãos estaduais, com base na Unidade Padrão Fiscal (UPF). Para valores atualizados, consultar o site da Secretaria Estadual do Meio Ambiente - SEMA. Telefone 3227.6516 Localização: O Parque Estadual de Itapuã situa-se na região metropolitana de Porto Alegre, no município de Viamão. Como chegar: Partindo de Porto Alegre - De carro: - pelo bairro Glória, pela av. Oscar Pereira e Costa Gama; - De ônibus: - partindo de Porto Alegre, a linha é Viamão/Farol de Itapuã (Fone 51 -3485-4070), que tem seu ponto de embarque no Centro da cidade, na travessa Francisco Leonardo Truda (entre av. Mauá e rua Siqueira Campos). O tempo de viagem é de aproximadamente 2 horas. Partindo de Viamão - pelo Cantagalo ou estradas Acrísio Prates e Ricardo Vieira Barcelos. - Outros acessos: - RS-020 – liga Cachoeirinha a Porto Alegre; - BR-116 – liga Canoas a Porto Alegre; - BR-290 – liga Eldorado do Sul a Porto Alegre; - BR-290 – liga Osório a Porto Alegre; - RS-040 – liga Viamão a Itapuã. Estradas: De Porto Alegre são 53 km de asfalto e 4 km de estrada de terra até a portaria do parque. Para a Praia da Pedreira são mais 3 km de estrada de terra, (em boas condições). Para a Praia da Pombas são mais 2 km de estrada de terra, (em boas condições). Distância do centro da Capital (km): 57 Funcionamento: Quarta-feira a domingo, das 9h às 18h. [creditos]Fontes textuais: SETUR, SEMA, Bem Te Vi BRASIL Imagens: Skyscrapercity[/creditos]
  5. Tinha feito esse topico sobre lojas em RIvera, talvez possa ajudar: loja-de-esportes-em-rivera-t65913.html
  6. No ultimo Globo Reporter (Nos ceus do Brasil - Pampa) eles visitaram o Parque do Espinilho, nao mostraram muito, mas fizeram umas imagens bem legais. Quem quiser pode ver aqui a partir dos 28:35 http://www.youtube.com/watch?v=l9SP-eLMgb8 Tatiane Uchoa fala sobre espécies que só existem no Parque Estadual do Espinilho: http://g1.globo.com/globo-reporter/videos/t/edicoes/v/tatiane-uchoa-fala-sobre-especies-que-so-existem-no-parque-estadual-do-espinilho/2008120/ Confira os contados do Globo Repórter nos Céus do Brasil: Pampa Programa desta sexta (22) sobrevoou o mais novo bioma brasileiro. Terceiro Bloco: A chamada Savana Brasileira, lar das formigas gigantes, na verdade é uma extensão do charco argentino. Mas ela é conhecida popularmente como savana mesmo. A região está localizada na fronteira com o Uruguai, no município de Barra do Quaraí. O especialista em Savana é o professor José Marchiori, da Universidade Federal de Santa Maria. Contato: [email protected] Os formigueiros gigantes representam o dolorido objeto de estudo do professor Vicente Simas, que pesquisa o assunto há mais de 20 anos. Ele é o defensor das formigas no Espinilho e maratonista também. Contato: [email protected] ( 55) 3412-9345. Este elo perdido no sul do país, conhecido como Parque Estadual do Espinilho, lembra a África e está muito distante dos grandes centros. A unidade de conservação abriga o que restou da chamada savana em solo brasileiro. Mais info sobre o Parque Estadual do Espinilho: http://www.sema.rs.gov.br [email protected] ( Tatiane Uchoa - Gestora do Parque Estadual do Espinilho ) http://g1.globo.com/globo-reporter/noticia/2012/06/confira-os-contados-do-globo-reporter-nos-ceus-do-brasil-pampa.html Video meio tosco do Youtube sobre o Parque do Espinilho....
  7. Entrei em contato com a SEMA e eles me informaram que atualmente o parque esta fechado pra visitaçao por falta de pessoal, mas me passaram o telefone da responsavel pelo parque e disseram que entrando em contato com ela talvez desse pra conseguir uma licensa pra visitar. Ainda nao entrei em contato com ela, mas assim que conseguir mais informaçoes eu posto aqui.
  8. Cimarron

    Barracas GUEPARDO

    Alguem sabe se essa Everest eh autoportante?
  9. Cimarron

    Facas AZTEQ

    [info]Tópico criado para discussão de assuntos sobre facas da marca AZTEQ. http://www.azteq.com.br/[/info] Alguem sabe se da pra remover o cabo da Azteq Elite? Ela veio com uma bainha de plastico boa, mas meio barulhenta e a lamina nao estava muito afiada. Parece ser uma boa faca de pescoço, so achei ela um pouquinho pesada pro tamanho e acredito que removendo as duas peças do cabo isso melhore. Aproveitando o topico, alguem ja manuseou a faca Trooper? Parece ser uma boa faca tambem, em aço inox e full tang:
  10. Bah, so 15 dias!? Comprou pelo ebay? Sera que tu podia postar um review dela no topico das KA BAR? facas-ka-bar-t56456.html
  11. Estive semana passada em Rivera no Uruguai e dei uma olhada nas lojas de camping e aventura mas nao encontrei muita coisa. Pra quem se interessar vou postar o endereço das lojas que eu achei: Doite Store - Mochilas, malas, barracas, etc. da marca Doite. Paysandu 1079 entre a Sarandi e Agraciada http://www.doitestore.com/ Campers Shop - Equipamentos para caça, pesca e camping (a com maior variedade de produtos). Paysandu 1074 entre a Sarandi e Agraciada http://www.campers.com.uy/ Siñeriz - Free Shop grande com uma area de camping/pesca (area pequena com lanternas Maglite, e pouca variedade de Victorinox e Leatherman) Sarandi 338 http://www.sineriz.com.uy/ El Gaucho - Agropecuaria, mochilas e binoculos (nao tinha quase nada de camping, site muito desatualizado). Sarandi 802 http://www.guiaderivera.com/gaucho.html Zebra Free Shop - Loja grande com alguns produtos de camping (pouquissimos produtos, algumas lanternas Maglite e alguns Victorinox) Sarandi 455 http://www.zebrafreeshop.com.uy/ MD Caza y Pesca- Loja pequena com equipamentos de caça e pesca. Agraciada 356 Com exceçao da El Gaucho todas sao proximas umas das outras, entao da passar tranquilo em todas. Alguem sabe de outras lojas do genero em RIvera?
  12. Eu conheci a pouco o lugar mas desde entao estou querendo fazer um trekking por la, a paisagem eh bem diferente do que a gente normalmente encontra em trilhas. A principio era pra ser no inicio de Fevereiro, mas o calor e a disponibilidade de tempo atrapalham mesmo. Meu pai esta a fim de ir tambem, mas eu nao sei se ele aguenta chegar ate o fim do pontal entao provavelmente eu vou ir com ele antes em algum final de semana ate a Praia de Fora ou ate aonde ele aguentar hehehehhe Imagens da internet da Praia de Fora: Eu estava dando uma olhada no site Popa.com.br e parece que ja avistaram ate botos perto do Pontal de Tapes! Foi um evento rarissimo, mas nao custa nada ficar de olho na agua quando estiver por la... http://www.popa.com.br/_2009/CRONICAS/golfinho-em-tapes.htm
×
×
  • Criar Novo...