Ir para conteúdo

Jecatatu1987

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de Jecatatu1987

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. E ai galera do mochileiros.com, meu nome é Geraldo e este é meu primeiro post aqui no forum. Eu tenho visitado muito esse site, tanto que ele me ajudou muito a preparar o roteiro dessa viagem que eu fiz. No momento que eu estou escrevendo esse post estou sentado em um banco em Punta del Este esperando o onibus pra montevideo, de onde irei pegar o voo de volta para o Brasil. Vou tentar relatar tudo que aconteceu durante a viagem, apesar de nao lembrar muito de preços... Espero ajudar quem tem duvida Entao: 28/12: Saimos do Galeao-RJ as 18h. Apesar do voo da GOL não ter nada dizendo sobre escalas, paramos em SP e em Buenos Aires por1 hora em cada lugar. Compramos a passagem mais barata, entao nesse voo nao teve muito conforto, só um sandubinha gelado, mas enfim,já estavamos preparados pra isso. 29/12 Chegamos em Santiago por volta das 2 da manha. Taxi no Chile não é muito caro, mas é obvio que optar por onibus e metro sai muito mais em conta. Porém, pelo horário que chegamos nao tinhamos muita opção. Reservamos o hostel TERRA EXTREMUS, um hostel barato, bem posicionado ( perto da pio nono, que é uma rua de bares e boates e muito perto da estação de metro baquedano, que fica umas 3 paradas da casa da moneda e outrospontos turisticos ). Por sorte nossa, o recepcionista do hostel era brasileiro e ja tinha morado na mesma cidade que a gente! Sorte nossa, porque nenhum de nos falamos espanhol e eu sou o unico que fala ingles. O Bruno (recepcionista) ajudou a gente a se situar na cidade e deu muitas dicas importantes. Pena que o hostel vai fechar em Março, de acordo com o Bruno. Apesar de ser um lugar bom, ta meio abandonado. A gente selecionou o hostel por causa dos videos das festas no youtube, mas hoje em dia nem tem mais. Fomos dormir e quando acordamos pegamos o metro ate a estação la moneda pra dar uma olhada no palacio la moneda e na plaza de las armas. Lugar muito bonito, da pra tirar altas fotos la, Os guardinhas são super gente fina, tiramos ate foto com um deles estufando o peito todo marrentinho ahahaha. Depois fomos na rodoviaria comprar a passagem para Valparaiso no dia seguinte. Nesse dia foi um passeio bem rapido, ja que nao precisavamos ter pressa, pois apesar de irmos para Valparaiso no dia seguinte, ainda voltariamos pra Santiago pra ir para Mendoza. Se voces querem fazer alguma coisa de noite, faça o PUB CRAWL. É só procurar na internet o PUB CRAWL de Santiago. Voce paga 10mil pesos (35reais) e vai em 2 bares, sendo 1h de bebida e pizza de graça e em 2 boates com descontos nas bebidas numa noite só! Vale muito a pena 30/12 Acordamos cedo naquela ressaca impressionante e saimos correndo pra pegar o onibus pra Valparaiso. Como somos de cidade pequena, nem imaginavamos que o metro estivesse tão lotado, e nos, com 4 mochilas gigantes nao conseguimos nem entrar. Saimos correndo e pegamos um taxi ate a rodoviaria. No fim das contas deu tudo certo. Chegamos em Valparaiso e ficamos em Cerro Alegre, num hostel chamado POLANCO. É um lugar bem legal, relativamente barato, ja que no ano novo tudo fica caro por la. O cafe da manha eh muito bom, já que quem cuida do hostel são 2 senhoras muito gente fina. Da pra ir andando ate a plaza Sotomayor aonde tem os shows de ano novo e da pra ir aos outros cerros pra visitar. Pegamos um taxi que cobrou 4mil pesos (14 reais) pra ir pra Vina del Mar. É muito diferente de Valparaiso. Enquanto Val eh muito sujo e cheio de pixações, Viña é muito limpo e a costa parece cena de cinema. Infelizmente junto com toda essa beleza os preços aumentam tbm. O taxi de volta cobrou 10mil pesos, só para voces terem ideia. Ficamos a tarde toda la e voltamos para Valparaiso, aonde iriamos sair a noite. Melhor boate da cidade: El Huevo. É um prédio de quatro andares que tem uns 7/8 ambientes. Entrada: 2mil pesos! E la dentro vendia cerveja cristal (melhor que a do brasil) latão 3 pelo preço de 2. Muito maneiro e barato, vale a pena ir. 31/12 Dia de reveillon. No chile é proíbido beber na rua, então ficamos com receio de levar bebida pra plaza Sotomayor e dar problema. Entao bebemos muito (hehe) no hostel pra ja ir calibrados pra festa. Chegamos la, todos, TODOS, estavam enchendo a cara na rua e nós 4 sem nada na mão. Tivemos que gastar uma grana na rua pra beber, mas valeu a pena. Os fogos eram realmente muito bonitos e o show na praça tambem foi muito legal, tocando rumbia e outras musicas malucas de la 01/01 Voltamos para Santiago. Voltamos na Plaza de las Armas, Casa da Moneda e demos uma andada pelo centro da cidade. Estavamos muito cansados do dia anterior, entao nem deu pra aproveitar muito. 02/01 Fomos ao Cerro Santa Lucia na parte da manha. Da pra ir andando do hostel e não precisa pagar nada pra entrar. A vista la de cima é muito maneira, da pra ver a cidade toda. Depois fomos a um parque de diversão chamado Fantasilandia. Por mais que o Brasil tenha parques de diversao tao maneiros quanto este, valeu muito a pena usar uma tarde la. Num calor de 35 graus, entrar naqueles brinquedos que tem agua era um alivio gigante. 03/01 Pegamos o onibus para Mendoza. Esse caminho, por mais que seja longo, vale a pena ser feito de dia, porque passa pela cordilheira dos andes. A vista é muito legal e da pra tirar umas fotos muito loucas da estrada. Paramos na Aduana para mostrar a documentação para entrarmos na Argentina. Depois disso a viagem fica meio monotona, mas ainda assim a vista é muito impressionante. Chegamos em Mendoza num calor desgraçado, mas sorte nossa que nosso albergue tinha piscina. Hostel Itaka fica no meio da Av. Aristides Villanueva, que é uma rua que deve ter uns 40 bares e boates. E ele ainda tem um puta de um restaurante que da 15% de desconto pra quem esta no hostel. Nesse dia só demos uma volta rapida pela rua, pra encontrar supermercados e procurar sobre esportes que poderiam ser feitos nessa cidade. A noite fomos em um bar/boate que tinha na frente do Hostel. POR ACA. Barato, muito maneiro, 2 andares e cheio de gente bonita. Pessoal de Mendoza gosta de beber, e isso faz com que a noite fique muito engraçada ^^ 04/01 Pagamos para fazer um tour por umas vinicolas. Fomos em 2, uma pequena, meio que familiar, e uma gigante, ja para exportação e tudo mais. Muito legal ver como é feito e experimentar os vinhos. Depois fomos em uma fabrica de produção de azeite, que tambem é bem interessante. Isso tomou a parte da tarde toda do dia. A noite fomos num Hostel chamado Mendoza Inn que tinha Pizza e Tequila liberada numa festa por 50 pesos se eu nao me engano. Muita pizza mesmo e muita tequila na cabeça hehe. Fomos no Por Aca denovo nesse dia, e foi outra lembrança memoravel 05/01 Saimos do Hostel, mas deixamos as malas la para fazer Rafting. Nao lembro o preço agora, mas nao foi muito caro não. Um micro onibus pegou a gente no hostel e levou pro meio das montanhas num rio muito revolto e barrento. Foi muito maneiro, em cada bote cabia 6 pessoas e o condutor que no nosso caso era um cara do Nepal que nao sabia falar espanhol que ficava gritando desesperado em ingles mas só eu entendia hahahaa. Depois de algumas horas de rafting e viagem de volta, chegamos no hostel e esperamos ate as 19h para pegarmos o onibus para Rosario. 12 horas de viagem, por isso é bom pegar em um horario noturno. Galera, o onibus chegou aqui em Punta, quando eu chegar no Brasil ou em Montevideo eu escrevo um pouco mais. Espero estar ajudando alguem, msm o relato sendo bem superficial ^^
×
×
  • Criar Novo...