Ir para conteúdo

willybuss

Membros
  • Total de itens

    89
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

5 Neutra

Sobre willybuss

  • Data de Nascimento 24-08-1986

Bio

  • Ocupação
    Apaixonado por meios de transporte: Ônibus, Trens, Aviões e Návios

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Pelo visto a Argentina está barata para se chegar, mas extremamente cara para estar.
  2. Apresentação sensacional. Aguardando o relato. Boa viagem.
  3. Muito interessante, parabéns pelo relato.
  4. Muito legal o seu relato. Uma curiosidade, na sua foto a montanha russa com trilhos vermelhos pertencia ao Playcenter de São Paulo, após o fechamento ela foi vendida para este parque.
  5. K ra le o. Que relato foda. Muito bom o seu detalhamento, muito bom o seu guia de como se virar em CDE. Valeu por compartilhar. A tríplice fronteira oferece muito, pena ambos os países terem malandragens.
  6. Na volta por volta das 13h00 ainda deu pra ir no Muffato almoçar no quilo, levar mamãe e bebê para o Hotel e eu fui fazer a viagem reversa em direção ao aeroporto para devolver o carro e findar o luxo, agora só no busão. Na quarta-feira sem o carro após o café da manhã fomos ao Parque das Aves, usamos o ônibus da linha 120 - TTU x Parque Nacional, o terminal fica super perto do hotel e fomos a pé, mesmo tendo um ponto na rua do hotel, embarcando no terminal pegamos ele cheio, mas deu pra mamãe sentar com o bebê. A viagem levou cerca de meia hora e foi muito calor. A entrada do Parque das A
  7. Sempre acompanho o mochileiros e leio relatos de todos os destinos, adoro aquela galera que vai pra países pouco badalados e fico esperando a minha hora. Também li um relato recentemente do Nando trota, que disse palavras sábias, onde as pessoas acham que quem viaja é rico, que tem moleza, etc, mas ninguém vê as economias que você faz o ano todo, as compras que você faz no cartão e as horas que você perde procurando passagens baratas e locais baratos para hospedar, além de inúmeras pesquisas de transporte. Indo ao meu relato, eu sempre uso o cartão de crédito para pagar quase tudo para
  8. Que relato bacana. Meu pai nasceu em Pancas e eu já visitei a cidade, infelizmente com pegada de visita familiar, mas me encantei com as belas montanhas, que aliás no verão fazem a cidade virar um caldeirão. Na próxima vez que eu for a cidade quero explorar o eco turismo e espero ajudar com relato.
×
×
  • Criar Novo...