Ir para conteúdo

0nze

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre 0nze

  • Data de Nascimento 07-09-1986

Outras informações

  1. Duas cargueiras eu acho difícil, os avanços são curtos. Antes eu usava essa barraca solo, serve perfeitamente. Atualmente uso com a minha mina, eu tenho 1,71 de altura e ela 1,65, cabemos de boa dentro da barraca e sobra espaço para as duas mochilas (lembrando que levamos pouca coisa). Usamos essa barraca e usaremos ainda por um bom tempo, só troco ela pelo modelo semelhante da Asteq. Quanto ao frio, é como nosso amigo citou acima.
  2. Eu tenho 1,72 fico sentado na barraca numa boa, mas a cabeça fica pertinho de encostar no teto, quem for maior vai sentir um certo desconforto.
  3. Nada! Fácil, fácil. Eu também sou iniciante nessa vida de mochileiro e na segunda ou terceira montagem eu já tinha a manha de deixar ela bem firme no chão e bem esticada. Geralmente monto a barraca sozinho, mas se você for acampar com alguém e tiver ajuda, acho que dá pra montar em menos de 5 minutos. Eu gostei muito dessa barraca pelo design aerodinâmico e pelo baixo custo. Realmente fiquei feliz com a compra, mas repito: Sou um mero novato na vida de mochileiro, me faltam perrengues!
  4. A Guepardo é uma "marca" nacional, mas seus produtos são importados... não fabricam nada aqui. Tudo "made in China". Abraço! Valeu pelo esclarecimento!
  5. É sim! Tanto na tela quanto no sobreteto. Quero testar na chuva. Tô ansioso.
  6. Primeiro gostaria de me desculpar pela demora em voltar aqui para realizar esse post. Correria. Para tirar as conclusões se realmente teria valido a pena o investimento na Guepardo Everest 1P, nada mais correto do que por o produto à prova né? Antes, porém, quero deixar claro que esse foi o meu primeiro camping selvagem, logo, caso alguns mais experientes quiserem opinar, sejam bem vindos. Vamos então ao assunto: Fui acampar entre 24/07 a 28/07 na Chapada Diamantina (realizarei post na devida sessão e volto para colocar o link aqui), no Vale do Capão. Tive apenas um amigo como guia (ele tem grande experiência na área) e levamos duas barracas, a dele uma Eureka, e a minha Guepardo Everest. Sabemos que é exagero mas eu queria testar a barraca. No primeiro dia ficamos no camping do Seu Dai: Barracas no camping, primeira noite. Na primeira noite, observei o espaço interno: Dentro da barraca, na parte superior há uma espécie de tela onde você pode colocar alguns equipamentos. Nas laterais, o mesmo esquema de tela para colocar objetos. O espaço interno é bem amplo. Eu tenho 1,72m de altura e 62Kg, deito dentro da barraca com mochila, equipamento (levo pouca coisa) e comida numa boa e durmo confortavelmente. Acredito até que com pouco equipamento e aproveitando os avanços da barraca (que não são tão grandes mas cabe alguma coisa) durmam duas pessoas numa boa. Acho ideal pra ir com uma mina, aí amigo... hehehe Algumas imagens demonstrando o espaço interno: Aqui vale ressaltar a vareta que deixa a parte dos pés mais alta e o sobreteto não toca a tela, não condensa água. Minha bagunça dentro da barraca: Ainda tinha o avanço de ambos os lados, onde eu deixava o tênis: Na segunda noite fomos acampar em Águas Claras, selvagem: Não choveu, mas ventou muito, MUITO. Ponto pra barraca!! Eu armei apenas com as varetas e os espeques, não cheguei a usar as cordas pra ajudar na sustentação e durante ventos bastante fortes que vinham do vale a barraca nem balançou. Durante as duas noites que passei nesse pico, nada a reclamar. A barraca me acolheu perfeitamente, dormi tranquilo sem sentir o vento forte que fazia lá fora. Não choveu, então ainda não atestei questões de impermeabilidade. Durante o dia, no calor a barraca ficava com as portas abertas e a tela fechada, aliás o espaço interno é totalmente telado, o sobreteto fica bem suspenso e firme não tive problema com condensação. Subimos o morrão, e deixamos as barracas, dava pra ver lá de cima!! Só pra ilustrar: Bom, tenho pouca experiência mas como isso a gente só adquire na prática é isso ae. A barraca tem vários pontos positivos e me atendeu bem. É um bom produto nacional, de custo baixo e valeu a pena o investimento. Continuarei usando ela por um tempo enquanto compro outros acessórios e vou me aprofundando nessa vida de mochileiro. Agradeço a atenção de cada um de vocês e espero que minha experiência sirva de alguma forma pra algum novato como eu. Taí a barraca com minha mochila e equipamentos pronto pra voltar pra casa depois de uma experiência incrível em solo baiano. ISSO É BRASIL!!
  7. Vou registrar toda a viagem e tentar mostrar o meu uso da barraca, o modo que eu penso em fazer/improvisar certas coisas, afim de trocar uma dica com o pessoal mais experiente. Acho que a barraca vai cair bem pra o meu uso, conforme eu for pegando experiência procuro investir uma grana mais alta numa barraca que atenda bem o meu perfil. Quanto mais experiência melhor eu vou improvisar certos esquemas então... bom, cês sabem como é. Mais uma vez obrigado pela atenção prestada por cada um de vocês. \,,/_
  8. Galera.... Sem palavras! Primeiro gostaria de agradecer toda atenção prestada. Os reviews, os vídeos, as fotos, as dicas, as críticas. Vou me atentar pra tentar reformar o piso de alguma forma pra melhorar a vedação como alertado. Gostei muito do design nela por ser aparentemente aerodinâmico, acho que esse foi o principal motivo por eu tê-la comprado. Mas depois de todos esses toques fiquei ansioso pra por à prova. Julho tá chegando e o Vale do Capão tá me esperando, quem for colar pelo pico, manda um salve! Estarei com alguns amigos, podemos conversar. Galera, SEM PALAVRAS! Me senti membro da família agora. HAHAHAHA
  9. Eu só devo testar agora em Julho. Devo viajar pra Salvador, depois vou pra chapada diamantina. Mas pelo que eu conheço do clima de lá essa época eu não devo pegar nenhuma "condição extrema". Devo ir pro Vale do Capão, Vale do Paty. Mas se rolar acampar em alguma data anterior, num pico aqui pelo estado de São Paulo e de repente eu pegar uma chuva inesperada eu posto aqui também.
  10. Falae pessoal! Sou novo no fórum e venho há algum tempo lendo sobre o mochilão de vocês, eu que acampei pouquíssimas vezes na vida fui tomado por uma vontade de começar a meter o pé na estrada e explorar o mundo por aí. Estou montando meu equipamento para camping, onde eu provavelmente vá fazer sozinho ou acompanhado no máximo por uma pessoa. E também penso em me juntar em alguns grupos (quem topar, tamo aeee!!!) que queiram seguir eventualmente a mesma rota. Quero começar aproveitando a chegada do inverno pra fazer algumas trilhas e acampar em alguns locais do estado de São Paulo. Quero começar com trilhas fáceis e ir aumentando o nível conforme ganho experiência. Bom, eis que comprei a minha barraca! Uma Guepardo Everest para uma pessoa. Eu tenho 1,72m e sou magro, peso pouco menos de 65Kg, dentro da barraca e com equipamento eu tenho um espaço confortável sozinho. Creio que com outra pessoa da minha estatura e porte físico até caiba numa boa, porém sobra pouco espaço pro equipamento. Aí ou algo fica de fora ou tem que compactar. Ainda não acampei com a barraca, mas tive oportunidade de montá-la em terra e me pareceu bastante estável e segura. Alguém mais tem essa barraca e já acampou com ela? Ela aguenta bem chuvas e ventos? A julgar pelo design, a depender da direção do vendo você monta ela numa certa posição que me parece ficar aerodinâmica, mantendo a barraca no chão numa boa. O material parece ser de boa qualidade e a barraca é incrivelmente compacta. Monta e desmonta muito facilmente, é leve e ocupa pouco espaço na mochila. E ela vem numa embalagem fechada que dá até pra pendurar na mochila. Eu gostaria de ter mais opiniões sobre alguém que já usou ela em condições adversas, frio, chuva, vento... -- Obrigado, e eu devo começar a ser mais frequente por aqui.
×
×
  • Criar Novo...