Ir para conteúdo

cintia figueiredo

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

3 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Dicas de Noronha: Antes de ir: pagar a taxa pela internet, pois a fila é menor e você perde menos tempo no aeroporto. Importante: eles vão te dar um papel que deverá ser entregue no aeroporto quando for sair de Noronha (leia-se: existe alta probabilidade de você perder ou esquecer onde colocou esse papel - nosso caso-). Guardar esse comprovante em local seguro! Ao sair do aeroporto, não pegar a van/transfer pois eles te levarão para umas palestras. Nós preferimos curtir o fim de tarde na praia. Preferimos 1) pegar o taxi e ir direto para pousada, 2) correr para agendar atalaia e 3) ver o pôr do sol. Dica: Deixar as coisas na pousada e ir direto ao ICMBio, na vila do Boldró, agendar atalaia e outros passeios. Isso é muito importante, nós, por exemplo, fomos em baixa temporada e só tinha vaga para o último dia. Atalaia é uma das praias mais lindas, tem gente que não consegue vaga e acaba não visitando. Você paga uma taxa de 97,00, recebe um cartão que dá direito a entrar em algumas praias (Sancho, por exemplo) e trilhas por dez dias, pode agendar outros passeios também com esse mesmo cartão. Saindo de lá, escolha um pôr do sol para apreciar. Pôr do sol: Cada canto da ilha é um pôr do sol diferente, cada um mais lindo que o outro: no primeiro dia, fomos ao forte do boldró, pois o ICMBio já é no Boldró (Se o taxista for legal, ele te pega na pousada e leva para o forte, fazendo uma parada no ICMbio para agendar atalaia). Outro pôr do sol que amamos foi no bar do meio (pedir 2 drinks por pôr do sol, tudo muito caro). O lugar tem uma vibe incrível, fomos uns 2 dias lá, adoramos! Dizem que do mergulhão e do forte nossa senhora dos remédios também é bonito, mas não fomos. Tem o bar duda rei também na praia do meio, mas é estilo barraca de praia. Bar do cachorro, dizem que é legal ver de lá também. Pousada: ficamos na tubarão, ótima localização. Adorei a pousada, eles pensam em tudo o que você pode precisar. São muito atenciosos. Tem bike de graça e um café da tarde (16:00), estilo café da manhã. Como a comida em Noronha é muito cara, eliminamos o almoço (kkkk). Enfim, comíamos bastante no café da manhã, depois, alguns lanches rápidos, comíamos bastante no café da tarde da pousada e saíamos para algum pôr do sol. Então, comíamos num restaurante legal no jantar (gostamos do Xica da Silva e Triboiu, atum selado é delicioso. A pizzaria na moita também é legal, consegue ir a pé para todos esses). Ah, a sobremesa era sempre um sorvete delicioso do empório são Miguel, caminho de casa! kkk Dica: tem praia que é legal com a maré baixa, a maioria, e praia que dá para ir com a maré mais alta. Sendo assim, levem uma tabela das marés para programar os horários das praias que irão. Podem combinar uma praia de maré baixa e quando a maré subir, sigam para conhecer uma de maré alta. Então, podem combinar as praias de acordo com as marés e proximidade, como (Porcos + Cacimba, Sueste + Leão). Atalaia e Sancho fizemos cedo e combinávamos com praias perto da pousada como praia do cachorro e praia do meio no bar duda rei. Pode ser porto também, o snorkel lá é na maré alta. Maré Baixa: Atalaia (fazer trilha curta), buraco do galego na praia do cachorro, Sancho (passar pelo mirante dos golfinhos), porcos (só consegue chegar pelo acesso da praia da cacimba na maré baixa. Podem curtir porcos quando estiver baixa e ficar na cacimba quando começar a encher). Maré alta: Sueste (maré alta) e leão são vizinhas (não conseguimos, mas dizem que são lindas). Porto para snorkel. Dica: Fazer mergulho com cilindro com o bodão (whataspp 81 95958140 empresa mar de noronha). Foi inesquecível ver o naufrágio na praia do porto. Todos falam que a praia do porto é perfeita para snorkel (compramos um snorkel e levamos o nosso, valeu a pena demais. Levem pelo menos um para dividir). Água: perto da pousada tem um mercadinho (Breakfast). Lá compramos embalagens de 5 litros e ficamos enchendo as de 1,5litros (levar água para os passeios). Algumas praias não têm água para tomar banho, se for daquelas pessoas que se incomodam com o sal, levar uma garrafa com água da torneira. Transporte: usamos taxi e caronas. Não conseguimos usar o ônibus por que demorava muito. As caronas que pegamos foram ótimas, é super comum na ilha, adoramos! Os trechos de taxi são tabelados, entre 25 e 35 reais. A diária do bugre é 250,00, gasolina 6,00 o litro. Não alugamos, mas pensamos que talvez fosse interessante alugar um dia e usar para ir para várias praias, algumas mais distantes. Talvez, fazendo um roteiro legal para uma diária, seja interessante. Bike: se for usar, lembrem-se das pedras da vila dos remédios e de aprender a passar a marcha antes, caso contrário, pode ser obrigado a carregar a bike nas subidas das ladeiras (muitas) que encontrar no caminho. Ufa! Passeios: não fizemos o ilha tour, por que falaram que não dá para curtir as praias, é só bater foto e ir embora. Preferimos conhecer cada praia no nosso tempo, mas há quem dia que é legal fazer no primeiro dia para se ter uma noção melhor da ilha. Enfim, acho que vai de cada um e da quantidade de dias em Noronha. Fizemos um passeio de barco no final da tarde, com churrasco de peixe, pranchinha (plana sub) e pôr do sol. Foi legal. Só aconselho se tiver tempo livre... não consegui ver vida marinha nesse passeio.
  2. Dicas de Noronha: Antes de ir: pagar a taxa pela internet, pois a fila é menor e você perde menos tempo no aeroporto. Importante: eles vão te dar um papel que deverá ser entregue no aeroporto quando for sair de Noronha (leia-se: existe alta probabilidade de você perder ou esquecer onde colocou esse papel - nosso caso-). Guardar esse comprovante em local seguro! Ao sair do aeroporto, não pegar a van/transfer pois eles te levarão para umas palestras. Nós preferimos curtir o fim de tarde na praia. Preferimos 1) pegar o taxi e ir direto para pousada, 2) correr para agendar atalaia e 3) ver o pôr do sol. Dica: Deixar as coisas na pousada e ir direto ao ICMBio, na vila do Boldró, agendar atalaia e outros passeios. Isso é muito importante, nós, por exemplo, fomos em baixa temporada e só tinha vaga para o último dia. Atalaia é uma das praias mais lindas, tem gente que não consegue vaga e acaba não visitando. Você paga uma taxa de 97,00, recebe um cartão que dá direito a entrar em algumas praias (Sancho, por exemplo) e trilhas por dez dias, pode agendar outros passeios também com esse mesmo cartão. Saindo de lá, escolha um pôr do sol para apreciar. Pôr do sol: Cada canto da ilha é um pôr do sol diferente, cada um mais lindo que o outro: no primeiro dia, fomos ao forte do boldró, pois o ICMBio já é no Boldró (Se o taxista for legal, ele te pega na pousada e leva para o forte, fazendo uma parada no ICMbio para agendar atalaia). Outro pôr do sol que amamos foi no bar do meio (pedir 2 drinks por pôr do sol, tudo muito caro). O lugar tem uma vibe incrível, fomos uns 2 dias lá, adoramos! Dizem que do mergulhão e do forte nossa senhora dos remédios também é bonito, mas não fomos. Tem o bar duda rei também na praia do meio, mas é estilo barraca de praia. Bar do cachorro, dizem que é legal ver de lá também. Pousada: ficamos na tubarão, ótima localização. Adorei a pousada, eles pensam em tudo o que você pode precisar. São muito atenciosos. Tem bike de graça e um café da tarde (16:00), estilo café da manhã. Como a comida em Noronha é muito cara, eliminamos o almoço (kkkk). Enfim, comíamos bastante no café da manhã, depois, alguns lanches rápidos, comíamos bastante no café da tarde da pousada e saíamos para algum pôr do sol. Então, comíamos num restaurante legal no jantar (gostamos do Xica da Silva e Triboiu, atum selado é delicioso. A pizzaria na moita também é legal, consegue ir a pé para todos esses). Ah, a sobremesa era sempre um sorvete delicioso do empório são Miguel, caminho de casa! kkk Dica: tem praia que é legal com a maré baixa, a maioria, e praia que dá para ir com a maré mais alta. Sendo assim, levem uma tabela das marés para programar os horários das praias que irão. Podem combinar uma praia de maré baixa e quando a maré subir, sigam para conhecer uma de maré alta. Então, podem combinar as praias de acordo com as marés e proximidade, como (Porcos + Cacimba, Sueste + Leão). Atalaia e Sancho fizemos cedo e combinávamos com praias perto da pousada como praia do cachorro e praia do meio no bar duda rei. Pode ser porto também, o snorkel lá é na maré alta. Maré Baixa: Atalaia (fazer trilha curta), buraco do galego na praia do cachorro, Sancho (passar pelo mirante dos golfinhos), porcos (só consegue chegar pelo acesso da praia da cacimba na maré baixa. Podem curtir porcos quando estiver baixa e ficar na cacimba quando começar a encher). Maré alta: Sueste (maré alta) e leão são vizinhas (não conseguimos, mas dizem que são lindas). Porto para snorkel. Dica: Fazer mergulho com cilindro com o bodão (whataspp 81 95958140 empresa mar de noronha). Foi inesquecível ver o naufrágio na praia do porto. Todos falam que a praia do porto é perfeita para snorkel (compramos um snorkel e levamos o nosso, valeu a pena demais. Levem pelo menos um para dividir). Água: perto da pousada tem um mercadinho (Breakfast). Lá compramos embalagens de 5 litros e ficamos enchendo as de 1,5litros (levar água para os passeios). Algumas praias não têm água para tomar banho, se for daquelas pessoas que se incomodam com o sal, levar uma garrafa com água da torneira. Transporte: usamos taxi e caronas. Não conseguimos usar o ônibus por que demorava muito. As caronas que pegamos foram ótimas, é super comum na ilha, adoramos! Os trechos de taxi são tabelados, entre 25 e 35 reais. A diária do bugre é 250,00, gasolina 6,00 o litro. Não alugamos, mas pensamos que talvez fosse interessante alugar um dia e usar para ir para várias praias, algumas mais distantes. Talvez, fazendo um roteiro legal para uma diária, seja interessante. Bike: se for usar, lembrem-se das pedras da vila dos remédios e de aprender a passar a marcha antes, caso contrário, pode ser obrigado a carregar a bike nas subidas das ladeiras (muitas) que encontrar no caminho. Ufa! Passeios: não fizemos o ilha tour, por que falaram que não dá para curtir as praias, é só bater foto e ir embora. Preferimos conhecer cada praia no nosso tempo, mas há quem dia que é legal fazer no primeiro dia para se ter uma noção melhor da ilha. Enfim, acho que vai de cada um e da quantidade de dias em Noronha. Fizemos um passeio de barco no final da tarde, com churrasco de peixe, pranchinha (plana sub) e pôr do sol. Foi legal. Só aconselho se tiver tempo livre... não consegui ver vida marinha nesse passeio.
  3. PORTO DIA 01 - Descer na estação de metrô ALIADOS (obs.: muito cuidado, pois as regras do metrô de Porto são bem confusas. Podem pedir informações antes de comprarem os tickets/andantes) - Na avenida dos aliados tem um prédio lindo, a câmara municipal de Porto (não dá para entrar). -Descer a avenida dos aliados e subir pela rua dos clérigos. Tem umas lojinhas legais no caminho. Quando chegarem à igreja dos Clérigos, olhem para trás, para o caminho que acabaram de fazer, a vista é bonita. - Subam na Torre dos clérigos. O ingresso dá direito a conhecer a igreja também. A vista mais linda de Porto é de cima da torre, 360 graus. - Um quarteirão depois tem a Livraria Lello na rua das carmelitas. Tem que comprar um ticket que se converte em crédito para compras na livraria. O lugar é lindo e serviu de inspiração para o filme do Harry potter. Na mesma rua, um quarteirão antes da livraria, tem uma loja de variedade que gosto muito. O nome é fábrica de não sei o que. ____________________________ DIA 02 - Podem voltar pela rua dos clérigos até a estação de trem São Bento. O prédio é histórico e dentro tem painéis com azulejos portugueses lindos. - Subindo um pouco, encontrarão a Sé do porto, catedral. A vista de lá é bem bonita. -Em seguida podem descer pela rua das flores, onde tem barzinhos e artesanatos. - Continuar descendo a rua das flores e chegar no palácio da bolsa. Vale a pena fazer a visita guiada em Português. Seria bom ter informações sobre os horários antes. - Ao lado do palácio da bolsa tem a Igreja São Francisco. Tem um ticket que dá direito a conhecer umas catacumbas e a igreja toda no estilo barroco e com decoração talhada em madeira e banhada de ouro. _____________________________ DIA 03 - Um lugar bem bonito são os jardins do palácio de cristal. - Para compras mais baratas tem a rua Santa Catarina com várias lojas. Só vale a pena ir se for para fazer compras. Mas lá tem um café super famoso: Café Majestic, estilo confeitaria Colombo no rio de janeiro. Não deve ir lá para jantar, somente para conhecer o lugar que é bem bonito e fazer um lanche. - É legal fazer um passeio de barco pelo rio Douro (por do sol) também. Assim que chegarem à Ribeira, tem umas barraquinhas vendendo. Observem se tem algum pacote que já tenha a visitação à cave de vinho incluído. _____________________________ FIM DE TARDE/NOITE - IMPERDÍVEL - Podem continuar descendo as ruas de pedras até chegar à popular Ribeira (beira mar à margem do rio Douro). Lá tem música e bons restaurantes. Podem terminar os passeios na Ribeira, sempre tem um astral legal por lá. - Atravessar pela ponte Luis I até o outro lado (Gaia). Lá vocês podem fazer visita a uma cave de vinho (Até hoje não sei qual a melhor, cada um diz algo diferente. Acho que fui à Calém ou Porto Cruz. Mas basta visitar uma delas). - Quando for perto do por do sol, podem ir à taberninha do manel, na orla de Gaia, pedir um bolinho de bacalhau e uma taça de vinho branco ou verde. Agora é só assistir ao por do sol (escolher um dia de céu limpo). O mais lindo de Porto! Gosto ainda mais de ir até umas escadarias de madeira na beira do rio Douro e ver os barcos rabelos que transportavam vinho antigamente e ver o sol se por no rio. LINDO! ______________________________ OUTROS - Podem passar um dia ou tarde em Aveiro também, é a Veneza de Portugal. Tem uns canais pela cidade inteira e passeios de barco. Se gostarem de ovo, comam os ovos moles de Aveiro (tem que ser o original), uma delícia! Vale muito a pena! - Shoppings: Norte shopping e Mars Shopping. Em Gaia tem o shopping El corte inglês com muita coisa de marca. Um pouco caro, mas eles fazem algumas promoções. A vantagem é que tem várias marcas no mesmo lugar. - Para sair à noite, todos vão para as galerias Paris. Lugar com muitos jovens e alguns barzinhos. - Outro passeio que pode ser feito à noite seria assistir alguma apresentação na casa da música. Podem ver a programação na internet e avaliar se tem algo interessante. Tem um mercado bom sucesso lá perto com muitos quiosques de comidas bem gostosas e diferentes. Podem lanchar ou jantar lá um dia. - Se tiverem tempo, podem ir um dia às piscinas de Leça para conhecer. São piscinas que ficam dentro de umas pedras, podem olhar fotos na internet para ver se gostam. Mas lembrem-se que talvez esteja bem frio. - Outra igreja que dizem que é linda é a Santa Clara, mas está em reforma há anos e ainda não consegui entrar. É um pouco difícil de achar, mas podem procurar saber se, finalmente, concluíram a reforma. - Tem um aquário bem legal chamado Sea Life. Achei mais interessante para crianças, mas é bem interessante. Lá perto tem uma orla bem bonita também. Podem caminhar até a foz do rio Douro. Vejam que é um pouco mais distante do centro. Boa viagem e aproveitem o encanto de Porto!
  4. DIA 01 - Descer na estação de metrô ALIADOS (obs.: muito cuidado, pois as regras do metrô de Porto são bem confusas. Podem pedir informações antes de comprarem os tickets/andantes) - Na avenida dos aliados tem um prédio lindo, a câmara municipal de Porto (não dá para entrar). -Descer a avenida dos aliados e subir pela rua dos clérigos. Tem umas lojinhas legais no caminho. Quando chegarem à igreja dos Clérigos, olhem para trás, para o caminho que acabaram de fazer, a vista é bonita. - Subam na Torre dos clérigos. O ingresso dá direito a conhecer a igreja também. A vista mais linda de Porto é de cima da torre, 360 graus. - Um quarteirão depois tem a Livraria Lello na rua das carmelitas. Tem que comprar um ticket que se converte em crédito para compras na livraria. O lugar é lindo e serviu de inspiração para o filme do Harry potter. Na mesma rua, um quarteirão antes da livraria, tem uma loja de variedade que gosto muito. O nome é fábrica de não sei o que. ____________________________ DIA 02 - Podem voltar pela rua dos clérigos até a estação de trem São Bento. O prédio é histórico e dentro tem painéis com azulejos portugueses lindos. - Subindo um pouco, encontrarão a Sé do porto, catedral. A vista de lá é bem bonita. -Em seguida podem descer pela rua das flores, onde tem barzinhos e artesanatos. - Continuar descendo a rua das flores e chegar no palácio da bolsa. Vale a pena fazer a visita guiada em Português. Seria bom ter informações sobre os horários antes. - Ao lado do palácio da bolsa tem a Igreja São Francisco. Tem um ticket que dá direito a conhecer umas catacumbas e a igreja toda no estilo barroco e com decoração talhada em madeira e banhada de ouro. _____________________________ DIA 03 - Um lugar bem bonito são os jardins do palácio de cristal. - Para compras mais baratas tem a rua Santa Catarina com várias lojas. Só vale a pena ir se for para fazer compras. Mas lá tem um café super famoso: Café Majestic, estilo confeitaria Colombo no rio de janeiro. Não deve ir lá para jantar, somente para conhecer o lugar que é bem bonito e fazer um lanche. - É legal fazer um passeio de barco pelo rio Douro (por do sol) também. Assim que chegarem à Ribeira, tem umas barraquinhas vendendo. Observem se tem algum pacote que já tenha a visitação à cave de vinho incluído. _____________________________ FIM DE TARDE/NOITE - IMPERDÍVEL - Podem continuar descendo as ruas de pedras até chegar à popular Ribeira (beira mar à margem do rio Douro). Lá tem música e bons restaurantes. Podem terminar os passeios na Ribeira, sempre tem um astral legal por lá. - Atravessar pela ponte Luis I até o outro lado (Gaia). Lá vocês podem fazer visita a uma cave de vinho (Até hoje não sei qual a melhor, cada um diz algo diferente. Acho que fui à Calém ou Porto Cruz. Mas basta visitar uma delas). - Quando for perto do por do sol, podem ir à taberninha do manel, na orla de Gaia, pedir um bolinho de bacalhau e uma taça de vinho branco ou verde. Agora é só assistir ao por do sol (escolher um dia de céu limpo). O mais lindo de Porto! Gosto ainda mais de ir até umas escadarias de madeira na beira do rio Douro e ver os barcos rabelos que transportavam vinho antigamente e ver o sol se por no rio. LINDO! ______________________________ OUTROS - Podem passar um dia ou tarde em Aveiro também, é a Veneza de Portugal. Tem uns canais pela cidade inteira e passeios de barco. Se gostarem de ovo, comam os ovos moles de Aveiro (tem que ser o original), uma delícia! Vale muito a pena! - Shoppings: Norte shopping e Mars Shopping. Em Gaia tem o shopping El corte inglês com muita coisa de marca. Um pouco caro, mas eles fazem algumas promoções. A vantagem é que tem várias marcas no mesmo lugar. - Para sair à noite, todos vão para as galerias Paris. Lugar com muitos jovens e alguns barzinhos. - Outro passeio que pode ser feito à noite seria assistir alguma apresentação na casa da música. Podem ver a programação na internet e avaliar se tem algo interessante. Tem um mercado bom sucesso lá perto com muitos quiosques de comidas bem gostosas e diferentes. Podem lanchar ou jantar lá um dia. - Se tiverem tempo, podem ir um dia às piscinas de Leça para conhecer. São piscinas que ficam dentro de umas pedras, podem olhar fotos na internet para ver se gostam. Mas lembrem-se que talvez esteja bem frio. - Outra igreja que dizem que é linda é a Santa Clara, mas está em reforma há anos e ainda não consegui entrar. É um pouco difícil de achar, mas podem procurar saber se, finalmente, concluíram a reforma. - Tem um aquário bem legal chamado Sea Life. Achei mais interessante para crianças, mas é bem interessante. Lá perto tem uma orla bem bonita também. Podem caminhar até a foz do rio Douro. Vejam que é um pouco mais distante do centro. Boa viagem e aproveitem o encanto de Porto!
  5. Olá, Alessandra. Acabei de voltar de viagem. Fiz reserva somente no restaurante giratório e para a vinícua. Nos outros, só pedia mesa para dois e conseguia. Muitas vezes, no almoço. Talvez pela época do ano ou por ser somente duas pessoas. Gostei de todos, menos do giratório. Só vale a pena pela vista, pois achei a comida ruim e cara comparada com os outros.
  6. cintia figueiredo

    Santiago

    Legal, Fabiano! Obrigada pelas dicas. Gostei muito. Peguei as sugestões dos restaurantes nesse tópico. Mas vou revê-los agora mesmo! Valeu pelas sugestões!
  7. cintia figueiredo

    Santiago

    Gente, li muito aqui no mochileiros e montei esse roteiro para 5 dias. Alguém tem sugestões que possa ajudar? Obrigada! Dia 1: Chego à tarde Sky Costanera Jantar: Restaurante giratório Dia 2: Vina del mar e valparaiso La Sebastiana Jantar: Água para chocolate Dia 3: (Manhã: centro) Assistir à troca da guarda no Palacio de la Moneda Esquina das ruas Paris e Londres Calle Nueva York Paseo Ahumada Plaza de Armas (Museu de Arte Pré-Colombiana, correios, Catedral Metropolitana, Museu Histórico Nacional, teatro, biblioteca). (Tarde) Tarde: cerro santa Lucia Desça do Santa Lucia por trás, na saída norte, e você já está na porta do bairro Lastarria y Bellas Artes, um naco do centro que concentra os museus e o público ligado à arte, os cafés mais bacanas e lojas de estilistas alternativos. Jantar: Aqui está coco Dia 4: 10:15 - Vinícula Undurraga (11.000, duração 11hora e 15 min) 12:00 – Almoço em Isla Negra Jantar: Gaston e astrid Dia 5: Museo de La Memoria y Derechos Humanos Parque Quinta Normal Almoço: Ocean pacific La Chascona Cerro São Cristovão Pegue o funicular para chegar até a Terraza Bellavista, e tomar um mote con huesillos e depois suba a pé um curto caminho até o Santuario Inmaculada Concepción, bem no topo da colina, onde está a estátua da santa e uma capela concorrida. Desça pelo outro lado do monte com o teleférico e depois a pé, passando pelo Jardin Botánico Mapulemu e o Jardin Japonés, até a saída pela rua Pedro de Valdívia Norte, já em Providencia (a caminhada é longuinha; vá de tênis). Jantar: Bellavista Plaza la aviacion - (show de água e luzes)
  8. Gente, li muito aqui no mochileiros e montei esse roteiro para 5 dias. Alguém tem sugestões que possa ajudar? Obrigada! Dia 1: Chego à tarde Sky Costanera Jantar: Restaurante giratório Dia 2: Vina del mar e valparaiso La Sebastiana Jantar: Água para chocolate Dia 3: (Manhã: centro) Assistir à troca da guarda no Palacio de la Moneda Esquina das ruas Paris e Londres Calle Nueva York Paseo Ahumada Plaza de Armas (Museu de Arte Pré-Colombiana, correios, Catedral Metropolitana, Museu Histórico Nacional, teatro, biblioteca). (Tarde) Tarde: cerro santa Lucia Desça do Santa Lucia por trás, na saída norte, e você já está na porta do bairro Lastarria y Bellas Artes, um naco do centro que concentra os museus e o público ligado à arte, os cafés mais bacanas e lojas de estilistas alternativos. Jantar: Aqui está coco Dia 4: 10:15 - Vinícula Undurraga (11.000, duração 11hora e 15 min) 12:00 – Almoço em Isla Negra Jantar: Gaston e astrid Dia 5: Museo de La Memoria y Derechos Humanos Parque Quinta Normal Almoço: Ocean pacific La Chascona Cerro São Cristovão Pegue o funicular para chegar até a Terraza Bellavista, e tomar um mote con huesillos e depois suba a pé um curto caminho até o Santuario Inmaculada Concepción, bem no topo da colina, onde está a estátua da santa e uma capela concorrida. Desça pelo outro lado do monte com o teleférico e depois a pé, passando pelo Jardin Botánico Mapulemu e o Jardin Japonés, até a saída pela rua Pedro de Valdívia Norte, já em Providencia (a caminhada é longuinha; vá de tênis). Jantar: Bellavista Plaza la aviacion - (show de água e luzes)
  9. Gente, estarei hospedada em Santiago. Posso comprar a passagem de ônibus IDA para Vinha e comprar a VOLTA por Valparaiso? Ahh.. alguém sabe a programação de carnaval por lá? Estarei em Santiago nessa época. Obrigada
×
×
  • Criar Novo...