Ir para conteúdo

anapavao

Membros
  • Total de itens

    74
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Oi pessoal, estou planejando uma viajem pro Ceará, em família (casal + 2 crianças 10 e 6 anos) e gostaria muito de algumas dicas de quem já conhece!! Pensei no Ceará pois sempre tive vontade de conhecer Jeri, apesar que tenho um pouco de receio pois leio alguns relatos dizendo que não é mais a mesma coisa, mas tem muitos outros dizendo que ainda é maravilhoso.... fico na duvida!! Meu estilo de viajar é tranquilo, gosto de ficar um tempo em cada lugar e menos tempo me deslocando. Gosto de vivenciar os lugares, não curto passar só pra "por na lista de visitados" e tirar fotos, gosto mesmo de vivenciar o estilo de vida e a cultura de cada lugar, e pra isso precisa um pouquino de calma. Não me importo com restaurantes caros, na verdade busco opções mais baratas e quem tiver dicas de restaurantes com PF bom e barato (de preferencia aquele lugar onde o local come) eu gostaria muito de saber Me importo mesmo em conhecer lugares autenticos.... Sei que Jeri e Canoa não são mais tão rusticos, mas olhando as opções me parecem boas.... se tiverem dicas de outros lugares que podem ser melhores opções vou adorar tb. Como vamos estar com 2 crianças tb é importante que o lugar seja agradável para elas.... alguem tem experiencia de Jeri ou Canoa com crianças? Como foi? Tb queria saber sobre quem ficou mais tempo nesses lugares como foi, pois a maioria dos relatos que leio sao poucos dias ou mesmo bate e volta em cada lugar.... Separei o dia da chegada pra descansar em Fortaleza, os próximos 5 dias em Jeri, 2 noites em Jijoca (ficando um dia inteiro lá na lagoa Paraiso) , 2 noites em Fortaleza e 6 noites em Canoa... serão 5 dias inteiros em Canoa Quebrada. Penso em pegar lá uma pousada mais legal com piscina pras crianças ficarem numa boa e a gente relaxar enquanto faz alguns passeios. Mas tenho duvidas se estou colocando muito tempo em Canoa.... será que fico mais em Jeri??? Também queria saber mais sobre Canoa pq li coisas diferentes... gente falando que nao é boa pra criança e gente falando que é... gente dizendo que o mar é bravo outros que é calmo, gente dizendo que o mar é frio outros que é quente..... rs. Enfim! Gostaria muito de saber mais sobre Canoa de quem vivenciou alguns dias por lá. Moro na Escócia e to indo visitar o Brasil depois de 3 anos fora, então qualquer dica é bem vinda, como vou só em Julho tem tempo até de mudar todo o roteiro. Desde que seja no Nordeste pq quero praia e CALOR rs. Segue meu rascunho de roteiro: 28/06 - Santos / SP / Fortaleza / Hospedagem Vila Gale - Ficar por lá curtindo piscina e descansando da viagem 29/06 - Transfer Jeri via praias (talvez via estrada... to pensando ainda) 30/06 - Jeri - passeio leste 01/07 - Jeri - Praia Malhada 02/07 - Jeri - Praia Principal 03/07 - Jeri - Passeio Oeste e ir pra Jijoca 04/07 - Jijoca / Lagoa do Paraíso 05/07 - Ida para fortaleza - passeios a tarde orla, centro 06/07 - Passeio de bugue até Cumbucu (queria um passeio de dia todo, se alguem tiver alguma indicacao?) 07/07 - Ir pra Canoa Quebrada 08/07 - Canoa Quebrada 09/07 - Canoa Quebrada 10/07 - Canoa Quebrada 11/07 - Canoa Quebrada 12/07 - Canoa Quebrada 13/07 - Volta fortaleza / SP
  2. Oi Silnei, obrigada pela resposta. Eu fiz isso mas mesmo assim nao parece estar com todos os foruns iguais.... quando clico em Brasil abre tudo misturado, sem a opção de escolher a região o que era essencial obrigada de toda forma
  3. anapavao

    Roma

    obrigada Adriano. O do coliseu é só a entrada mesmo, mas tive que escolher a hora no site, isso que achei estranho.... talvez seja alguma novidade... Abs
  4. anapavao

    Roma

    Galera, eu to indo esse final de semana pra Roma e vou ficar 5 dias por lá. Já pesquisei bastante e fiz um roteiro bacana, mas ainda estou com uma dúvida que nao encontrei resposta.. Eu comprei os ingressos antecipados para os museus do vaticado e para o coliseu, em ambos os sites, me pediu pra selecionar dia e hora. Eu queria saber se essa hora selecionada é obrigatória ou se posso chegar mais cedo ou mais tarde. No caso do vaticano eu realmente gostaria de chegar mais cedo mas meu ingresso está marcado 11:30 (era o primeiro horario disponivel quando comprei). Alguém sabe se só liberam entrada no horario marcado ou se o ingresso é válido para o dia todo?
  5. Desculpa galera! Acabei não vendo as perguntas, vi agora pq estava procurando o tópico pra indicar a uma amiga. Sei que tá um pouco tarde pra responder, mas quem sabe possa ajudar mais alguém... Essa viagem é maravilhosa, amei o Peru e tenho saudades! Lembrança boa ler esse tópico novamente.... É uma viagem que quero muito fazer novamente, mas com certeza incluiria um aluguel de carro nos planos! Bom, seguem os contatos que tenho: Guia privado em Cusco: Juan Carlos - [email protected] $180 dolares (2 dias de tour particular, cerca de 4 hrs por día, para 2 pessoas) quando chegamos ele perguntou se poderíamos dividir o tour com mais um casal, e diminuiu o preço, então pagamos 100,00 para nós dois, os dois dias. Minha opinião: Fiquei um pouco decepcionada pois tinha entendido (e combinado) com ele 2 dias de tour, com pausa para almoço. Mas nos dois dias o tour acabou bem cedo, antes do almoço. Minha sugestão, para quem como eu quer tranquilidade para curtir o lugar, apreciar, descobrir detalhes, e etc: Alugue um carro e vá por conta. Pesquise muito, leia sobre a história, sobre os lugares, leve um guia em papel, um eletrônico, trace uma rota, e conheço lugares fora da "rota turística" também. Pacote trilha inca + Macchu Picchu: Fechamos com o Saul - [email protected] na época ficou 390,00 dolares por pessoa (a trilha inca com todas as refeições e guia + entrada Machupicchu) Foi tudo direitinho. Dica: Sobre alugar o carro, acho que seria super válido também para fazer por conta própria a reserva de Paracas.... Nós pagamos um taxista que tb se denominava guia para nos levar em um tour mais privado, mesmo assim não foi o que queríamos.... o Lugar merece um passeio com mais atenção e tranquilidade....
  6. Pessoal, vou fazer uma conexão de 17 horas em Casablanca. Gostaria de saber se vcs indicam algum pequeno roteiro... Vou estar com marido e filha de 7 anos. Obrigada!!! Ana
  7. Oi Fernando!!! obrigada pela dica! Mas será que vale a pena mesmo no inverno??? e se eu ficar duas noites, não será no final de semana, e sim de segunda a quarta... Mesmo sendo julho (férias) será que é interessante? Nesse caso eu ficaria uma noite a menos em São João del Rei... Abs!! Ana
  8. Achei minha planilha.... seguem os valores! Estão por pessoa ok? Ica/Paracas: Ilhas Balestras + Reserva Paracas (em taxi privado a reserva) - 100,00 soles Passeio Buggy + Sandboard - 60,00 soles Vinicolas e Bodegas - 30,00 soles Lima: Museu Larco - 30,00 soles Cusco: passeio cavalos - 35,00 soles Vale Sagrado com guia privado (dividimos com apenas outro casal) 2 dias de passeio: 60,00 dólares Trilha inca - 390,00 dólares
  9. Obrigada pelas dicas Lielto!! Fizemos várias mudanças no roteiro.... seguindo umas dicas dos mochileiros... agora está: Carrancas - 1 noite Inhotim - 1 noite Ouro Preto - 5 noites - Festival de Inverno Lavras Novas - 1 noites São João del Rei - 3 noites - Inverno Cultural São Lourenço - 1 noite
  10. Vou incluir o Santuário do Caraça no roteiro... Só não sei se tiro um dia de OP ou um dia de Lavras Novas... O que vocês sugerem??
  11. Oi flavia!! Obrigada pelas dicas, adorei! Em julho quando vc foi estava rolando algo especial na cidade por ser ferias? Ouvi falar que la tem festival de inverno... Bjs!!
  12. Oi Julia!!! Muito obrigada pelas dicas! fiz algumas alterações no roteiro, e agora ficaremos 5 dias em Ouro Preto! Queria te perguntar algumas coisas: - Por que você não indica o museu da Igreja São Francisco de Assis? - quais os restaurantes bons e baratos (menos turísticos) por ai? - A noite há opções para dançar? Forró, etc? Muito obrigada novamente pelas dicas!! E se lembrar de mais alguma pode postar que agradeço!!! Bjão
  13. A idéia por enquanto é.. Ficar em uma fazenda em Carrancas : https://www.facebook.com/HotelFazendaRecantoDaSerraCarrancasMg?fref=ts Ficar na pousada dos Sinos em Ouro Preto: http://www.pousodossinos.com.br/ Ficar no Loft da Serra, em Lavras Novas: http://www.loftdaserra.com.br/site/ Ficar na pousada Pousada Recanto de Minas em Tiradentes: http://www.tiradentes.net/recanto-de-minas-pousada.htm Ficar na pousada Terra das Águas em São Lourenço: http://www.pousadaterradasaguas.com.br/ Se tiverem dicas de atrações imperdíveis nessas cidades, que ainda não incluímos, eu gostaria muito!!! Também gostaria de indicações de restaurantes bons e baratos! abs
  14. Dia 11: Fomos cedo a praça de Ollanta e encontramos o grupo que nos levaria a Trilha Inca. Compramos um estoque de folhas de coca!!! (e acredite, ajuda muito!) O começo da trilha foi tranquilo. Eu e meu marido acabamos indo na frente do grupo e chegamos no primeiro acampamento com 40 minutos de antecedência do grupo. Esse acampamento era tranquilo! Banheiros com vaso sanitário (os próximos eram com o buraco no chão e bem emporcalhados), mesas de madeira para as refeições e até uma vendinha onde se pode comprar suprimentos de emergencia. Dia 12: Esse é o segundo dia da trilha inca, o famoso dia do desafio Fui mascando folhas de coca o tempo todo... Só sei que nesse dia, apesar de toda dificuldade e de ter esperado o grupo no meio do percurso, ainda chegamos no final com 2 horas de vantagem para o resto do grupo. Não é fácil!!! Mas descobri que até que estou em forma rsrsrs. No primeiro dia, passamos por uma menina que estava voltando, em cima de um burro... a Guia explicou que todos os dias pessoas desistem, e fiquei com medo de eu ser uma delas rs. Dia 13: 3o dia de trilha Inca. Nesse dia a trilha é BEM linda... passa por partes de mata, partes de rocha com túnel... muitas construções incas... um momento para curtir um ótimo período consigo mesmo e meditar caminhando. Dica: Ao invés de calças impermeáveis (que achei que deveriam ser muito desconfortáveis) compramos polainas. Elas foram muito úteis!! Nesse dia choveu em alguns períodos e a polaina foi super prática, não deixou entrar água na bota, que é o que importava. Bom (e pequeno) investimento!!! Dia 14: Minhas impressões sobre a Trilha Inca: Para mim, a MELHOR parte de Macchu Picchu foi o caminho. Passei por paisagens fantásticas, pisei no caminho feito pelos incas que percorreu tão longas distâncias, vi construções incas perdidas no meio da mata, vivi o desafio de subir uma altitude tão intensa, venci meus medos e respirei natureza e cultura. Chegando em Machu Picchu, me senti em um shopping center... Um lugar "pra turista ver"... um amontoado de gente muito intenso... Tudo bem que o lugar é lindo, e o que mais me agradou de lá foram as montanhas! As formações em volta da cidade é o que de fato tornam ela especial... Mas comparado com o Vale Sagrado, comparado a imensidão das pedras de Sacsayhuamán, a beleza do templo das águas de Tambomachay, a engenhosidade de Pisac, a cultura ainda pulsante em Chincherro, os círculos perfeitos de Moray, o esplendor e magnificência de Ollantaytambo... o rosto na rocha... Não, decididamente Machu Picchu é uma cidade linda, um vilarejo inca que ficou intocado, mas não tem a força do Vale Sagrado!!! Então... minha dica é valorizem o Vale Sagrado, porque ele é simplesmente ESPETACULAR! E a trilha inca, experiência mais que especial, que vou carregar pra sempre... aqui, o meio significou totalmente o fim! Ficamos em Machu Picchu até umas 14 horas e pegamos o ônibus para Águas Calientes. Chegando lá: banho quentinho, colchão macio e refeição farta era tudo que queríamos rsrs. Ficamos no Adelas Hostel (55 dólares/diária), hostel bem tranquilo, cama bem macia e bom café da manhã!! A noite passeamos um pouco por Águas Calientes que tem um charme único! toda contornada pelo rio Urubamba e gigantes muralhas naturais... Dia 15: Pegamos o trem para Ollanta das 09hrs. Chegando lá já fomos para Cusco e voltamos ao hostel Pariwana... Aproveitamos o dia para passear por Cusco, comprar lembranças e descansar! DICA: Nos indicaram um restaurante chamado Don Pimiento, cujo Menu custa 8 soles e acompanha uma entrada, uma sopa e um prato principal. Ficava bem próximo do Pariwana então fomos conferir. Um restaurante simples mas bem razoável! Um espaço grande e sempre lotado! As opções são poucas (variando todos os dias) mas os pratos saem bem rápido! É um lugar típico que o povo local frequenta, por isso o preço em conta. Valeu super a pena! Boa comida, preço melhor ainda. Voltamos pra almoçar ou jantar algumas vezes e acho uma dica super importante para deixar registrada aqui. Dia 16: Fizemos um passeio de cavalo que o próprio Pariwana estava oferendo por um preço bem modesto, na zona X, que compreende alguns templos dentro de umas cavernas subterraneas. Foi bem legal, apesar desse dia estar meio chuvoso! Veleu. Dia 17: Aproveitamos o dia para curtir um pouquinho mais de Cusco. Dia 18: Dia de voltar pra casa... partimos cedinho. Mas antes de sair, uma última foto do sol nascendo no umbigo do mundo!
×
×
  • Criar Novo...