Ir para conteúdo

samuel_gouvea

Membros
  • Total de itens

    134
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra

Sobre samuel_gouvea

  • Data de Nascimento Novembro 2

Bio

  • Ocupação
    funcionario publico
  1. entre os VHF/UHF, um dos mais bem cotados é o chinês quanseng TG UV-2. é excelente! entre os UHF (faixa do talkabout) tem um "puxing" (china também) bem bom. esse dá pra configurar os canais de TA, e os usar exclusivamente. seria legal se existisse no TA um canal "emergencial" usado pra pedir socorro em parques nacionais, por exemplo. é certo que ajudaria MUITO!
  2. oi ronaldo, depende de qual grau de impermeabilização vc quer... no piso, passei por dentro e fora. no sobreteto, só por dentro - por fora ficou igualzinho... o cheiro sai totalmente quando seca totalmente - eu não senti nada, e em termos de faro, só perco pra cachorro - é pra compensar a visão, hahaha!!!
  3. olá lenadro, as vantagens são as expostas por vc, e a desvantagem (ser mais difícil remover) pra mim é vantagem, pois pressupõe maior durabilidade... o solvente que eu recomendo é o "amazonas", vc deve achar em lojas de couros como diluente ou solvente pra cola de sapateiro. tome cuidado pra não usar selante de silicone, é absolutamente mandatório usar PU... e não deixe de compartilhar conosco os seus resultados!
  4. ah não... não é veda-calha em spray não. é a cola mesmo, em tubete pra ser aplicado com pistola, mas diluído a 25% (mais ou menos) e aplicado com pincel. a maioria desses silicones em spray não é, de fato, impermeabilizante... eu tenho um aqui, nem sei a marca, e vou fazer um teste num guarda chuva pra ver...
  5. Kat1980, desculpe pela demora em responder - é que eu estava fora do ar, hehehe... não conheço o produto de que vc fala não... vou ver se acho no comércio por aqui e tentar formular um parecer. agora, não se anime muito com eles não... a maioria dos impermeabilizantes comerciais é pra aplicar em superfícies rígidas, daí eles não casam tão bem com as barracas, flexíveis... abração!
  6. eu também já presenciei uma situação parecida... só que o outro cara era farmacêutico, e retrucou dizendo que, além de conhecer infinitamente mais de farmacologia que todos os médicos que ele conhecia, nenhum deles testava medicamentos pra saber se existe alergia antes de receitar... e lebrando que, no SUS, nem na cara do paciente eles costumam olhar... gostei dos kits dos amigos... vou, como prova de admiração, copiar
  7. eu tenho um cavitador no trabalho, é show mesmo, hehehe... o tal do óleo é triste mesmo no quesito lambança - a patroa que o diga, quando vê calças novinhas com um vergão escuro de limpar a faca recém afiada (não adianta, jacu da roça que sou... )
  8. no meu caso ainda estou afiando com as pedras tradicionais, da mesma forma que meu pai fazia... a diferença dele é que eu uso óleo ao invés de água. a habilidade mais importante pro afiador é a de manter um ângulo constante com a pedra. e o resultado é bem bão... olha só:
  9. tá bem bão mesmo, além de ônibus pro arraial e kombis pra subir até no parque, tem calçamento em boa parte do caminho (e salvo engano, em TODO o trecho do arraial ao parque). apesar do acesso facilitado, felizmente o parque hoje conta com limitação do número de visitantes. apesar do felizmente, essa limitação é absurda, e só existe em função da falta de educação dos farofeiros que eram comuns demais lá há 10-12 anos (auge da fase negra do parque). a gente sabe que 1 farofeiro causa mais impacto que 50 montanhistas responsáveis, mas separar os dois é impraticável... daí a limitação. os preços são razoavelmente elevados, o que ajuda a espantar os farofeiros - mas a qualidade dos serviços prestados é EXCELENTE: os chuveiros e banheiros são ótimos e limpos, a área de camping idem, etc. pra mim, que vivo aqui do lado, acampar lá não vale tanto a pena (especialmente no inverno, com dias muito curtos) mas pra quem vem de fora ou vem nos dias longos do verão (mesmo com o risco de chuva) eu recomendo demais da conta, hehehe... não deixe de me avisar quando vier, às vezes a gente se esbarra premeditadamente por lá
  10. pessoal, peço desculpas por não ter respondido adequadamente antes... quem eu conheço que comprou lanolina comprou na web, na BHERZOG (http://www.bherzog.com.br/). o nome correto é "lanolina anidra". é só dissolver no óleo de mocotó (acho que encontra em lojas de couros, etc) à quente e aplicar.
  11. véio do mato, voismice mora em que cidade? eu moro pertinho de ibitipoca, em JF...
  12. pessoal, existe uma alternativa às oxidaçoes... uma pintura estável e extremamente resistente. ainda não apliquei esse tratamento em facas, mas estou pensando em aplicar numa mundial véia que eu resgatei e reformei (é uma excelente faca). tudo que eu pintei com essa tinta ainda está perfeito, sem soltar, descacar, arranhar, etc. a tinta é o primer preto fosco vinílico da lazzuril, e a minha idéia é aplicá-lo após corroer a lâmina em ácido ou percloreto até atingir uma textura fosca. isso ajuda muito na adesão da tinta, que é bem rala e copia bem a textura das peças. se a idéia for dar uma tratamento numa peça de trabalho, que vai sofre abuso incessante e pouquíssima manutenção, essa seria a minha escolha... ou mesmo aplicar a parafina ou carnaúba sobre a pátina à quente, coisa que já fiz, não sai e funciona bem demais...
  13. a propósito, se o rambo voltar, me chama... tem uns trem bacana aqui, como biólogo adoraria observar, estudar e praticar o manejo desses bichos...
  14. não, é bothrops mesmo... não é lachesis não - se fosse era facim de ver pelo rabo arrepiado. só num sei a espécie exata, hehehe... acho que na região (zona rural, entre itapuruna/RJ e Muriaé/MG) não tem lachesis. o pior é que foi a minha esposa que a viu, a menos de 1 metro do meu pé (estava de chinelos), depois de pegar um MONTE gigante de lixo de poda de árvores pra queimar... é possível que eu a tenha pego com as , antes de saber que ela tava lá óia o perigo!!!
  15. não!!! não ouvi falar disso não!!! vc tem fonte??? pode confirmar?
×
×
  • Criar Novo...