Ir para conteúdo

cariocasemroma

Membros
  • Total de itens

    79
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Não me lembro exatamente de todos os gastos, mas vou postar alguns (todos os valores são para duas pessoas): Passagens aéreas: Brasília-Lisboa-Roma e Lisboa-Brasília => R$ 4800,00 com taxas, pela TAP e Roma-Londres, pela British => 211 euros, com taxas Eurostar: 97 euros Trenitalia: Roma-Napoles-Roma => 38 euros e Roma-Florença-Veneza-Roma => 98 euros Hospedagem (valores em quarto casal sem café da manhã) Mercure Roma Piazza Bologna (5 noites) => 634 euros Ibis London Blackfriars (5 noites) => 455 GBP (libras esterlinas) Ibis Paris Opera La Fayette (8 noites) => 712
  2. Olá. Jéssica, obrigado pelas observações. A descrição está lenta por falta de tempo mesmo. Vamos ver se no final de semana dou uma adiantada. Os dez mil reais que levei foram para despesas com transporte, compras e alimentação em 23 dias pela Europa, para duas pessoas. A hospedagem paguei em cartão de crédito, em alguns casos antes de viajar, em outros no check-in ou check-out. Levei parte desse dinheiro em espécie e parte em travel money. Os 25 mil englobam todos os custos da viagem (passagens aéreas, de trem, hoteis, passeios, ingressos). Já saí do Brasil com muita coisa paga, por isso sob
  3. Dia 7 – quarta-feira – 05/06/2013 Dia de deixar Roma e seguir para Londres. Fomos de avião, em voo da British Airways. Tomamos café da manhã, nas proximidades do hotel, já que este não estava incluído na diária. Como já havia informado, ficamos no Mercure Piazza Bologna. Um hotel muito bom, bem localizado, limpo, organizado, perto do metrô, porém longe das atrações turísticas para quem quisesse ir a pé. Achei até bom, já que ficávamos longe do burburinho. A diária média ficou na casa dos 130 euros. Digo média porque variava dependendo do dia da semana. Não tínhamos café da manhã incluído,
  4. Marcos, também senti falta de uma visita guiada. Havia vários grupos lá com guia, mas os que eu encontrei eram em línguas que eu não domino (alemão, russo, coreano, japonês, etc). Até mesmo em inglês, eu entendo muito pouco e ainda teve a questão da grana que estava direcionada ao guia ser usada para pagar táxi por causa da greve. Porém, não sei como eles conseguem fazer a visita em apenas duas horas. Eu fiquei cinco horas andando, sem parar para nada, sequer para comer, já que existe um restaurante lá dentro das ruínas. E nessas cinco horas acredito que tenha visto 70% do que gostaria de ver,
  5. O que ocorreu foi exatamente o que o Marcos disse. Existe um email de confirmação sem o código de barras e existe o bilhete com o código que pode ser impresso pela internet. O turista argentino levou o primeiro. Foi exatamente a explicação que o funcionário da empresa de trem deu a ele. Quanto às fotos, não sei como inseri-las aqui. Agradeço se puderem me ajudar na empreitada.
  6. Dia 6 – terça-feira – 04/06/2013 Finalmente chegamos ao nosso último dia em Roma. Saímos do hotel por volta das 9h, pegamos o metrô para Termini (MEB – sentido Laurentina), com conexão para Otaviano (MEA-sentido Battistini) e fomos para a visita guiada da Necrópole do Vaticano. Essa visita foi uma das coisas mais interessantes que fizemos em nossa viagem à Europa. Trata-se de um roteiro que mistura fé e história. Pra começar, é preciso reservar com bastante antecedência. Eu fiz a reserva cerca de três meses antes.Você precisa mandar um email em inglês para o endereço indicado no sit
  7. Desculpem a ausência, mas vamos lá à continuidade do relato. Dia 5 – segunda-feira – 03/06/2013 Chegou o dia de realizar um sonho de infância: o de conhecer as ruínas de Pompeia. Nesse passeio deu tudo errado, mas, ao final do dia, deu tudo certo, rsrsrs. Vou explicar. Às 6h saímos do hotel em direção ao metrô. Fomos para a estação Termini. O trem saiu de Roma às 7h35 e chegou a Nápoles às 8h45. A passagem foi comprada com antecedência pela internet e custou 19 euros por pessoa.metrô para Termini (MEB – sentido Laurentina) Quando chegamos à estação de Nápoles, seguimos as setas
  8. Pessoal, este foi o roteiro que montei antes da viagem. Ele foi seguido em mais de 90%. Em relação aos gastos, já tem muita coisa que esqueci, mas vou procurar colocar aqui os gastos principais, como passagens, hotéis e passeios. Levei o equivalente a 10 mil reais, para duas pessoas, em 23 dias pela Europa. Deu e sobrou. Isso sem incluir os gastos com hotel, passagens aéreas e de trem de longa distância, que foram pagos com cartão de crédito. No total, essa viagem me custou uns 25 mil, mas eu fiz muitos passeios e comprei várias lembranças. Dia 1 – Embarque Brasília-Roma – Quinta-feira
  9. Dia 4 - domingo - 02/06 Saímos do hotel antes das 6h, pegamos um metrô e duas estações depois estávamos em Termini. Nosso trem para Florença sairia às 6h55. Na verdade, minha intenção inicial era mesmo fazer só Florença, ficar o dia todo lá, visitar a Galeria Uffizzi, etc, mas, quando fui comprar a passagem de trem, o preço para Veneza estava tão convidativo que o diabo soprou o meu ouvido e eu fiz essa loucura. Não tive a coragem de colocar isso aqui no Mochileiros, pois seria execrado, mas digo de peito aberto: VALEU MUITO A PENA. Tomamos café na própria estação, ficamos com medo de
  10. Seguindo o conselho de colegas, tirei Bruxelas do segundo e aumentei um dia em Berlim. Pra ficar mais tempo, só tirando uma das cidades. Vou ver o que há de interessante em cada cidade e ver se é factível. Caso não seja, tiro Amsterdam e deixo a cidade para uma outra viagem. Caso exclua Amsterdam, teria mais três dias. Vocês sugerem aumentar mais um dia em Praga, Viena e Budapeste, igualando-as a Berlim, ou acham que Berlim merece mais que 3 dias? Incluindo Amsterdam, o roteiro seria o seguinte: Dia 1 - Embarque em Brasília para Berlim com conexão em Paris (Air France) Dia 2 - Paris - Be
  11. Obrigado pelas respostas. Fiquei assustado com o frio. Peguei 15 graus em Londres em junho e quase congelei por causa do vento. Sou carioca, não estou acostumado a isso, mas acho que é algo em que se pode dar um jeito. E em relação aos dias, está ok?
  12. Em junho deste ano, fui à Europa pela primeira vez. Inclusive, estou compartilhando aqui com vocês os relatos da viagem. Já estou no terceiro dia, de um total de 23, mas é só aguardar que um dia eu termino. Bem, estamos planejando voltar em abril de 2014, mas dessa vez teremos uma semana a menos. Exatamente 18 dias para aproveitar alguns dos lugares que não foram vistos na primeira viagem, na qual conhecemos Roma, Florença, Veneza, Nápoles, Pompeia, Londres, Paris e Lisboa. Estamos na dúvida, na verdade, entre dois roteiros. Gostaria da opinião dos colegas aqui. Roteiro 1: Dia 1
  13. Dia 3 – sábado – 1º/06/2013 Ficamos hospedados no Mercure Piazza Bologna. O hotel fica mais afastado do centro de Roma, mas é muito bem servido de comércio e, sinceramente, achei a localização ótima. Ficamos bem longe da muvuca dos turistas, mas, ao mesmo tempo, ao lado de uma estação do metrô, que, em poucos minutos, deixava-nos na porta do Coliseu ou em Termini. Eu sempre me hospedo em hotéis da rede Accor. Quando a grana tá mais folgada, fico num Mercure. Quando tá curta, fico no Ibis. Prefiro não ter surpresas. A rede é padronizada em praticamente todo o mundo. O único incoveniente
  14. No mês de junho, fizemos uma viagem à Europa, nossa primeira viagem, e conhecemos os principais lugares que gostaríamos de ver. Foi muito cansativo e, alguns podem dizer, meio corrido, mas posso dizer que valeu muito a pena. Como foi uma viagem bem longa, vou fazer o relato aos poucos, mostrando o que fizemos dia a dia, procurando dar dicas e ajudar os colegas daqui, afinal, também fomos muito ajudados. Dia 1 - Embarque em Brasília Somos cariocas, mas moramos em Brasília e, por isso, nosso ponto de partida foi a Capital Federal. Embarcamos em um voo da TAP com destino a Roma e escala
  15. E pelo que eu vi no vídeo, nesse passeio mais radical, eles fazem um trecho com velocidade menor, entre a London Eye e a Torre de Londres, para os passageiros terem uma visualização melhor das atrações que circundam o rio. Eles vendem o ingresso pela internet e, pelo que vi, algumas datas e horários esgotam cedo. Achei~um bom passeio, com o inconveniente de ter o azar de pegar uma chuva na hora marcada.
×
×
  • Criar Novo...