Ir para conteúdo

clovisher

Membros
  • Total de itens

    17
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre clovisher

  • Data de Nascimento 15-10-1980
  1. Eu também vou passar o hogmanay lá , e pretendo ir por mais 3 dias em isle of skye... Tenho muitas dúvidas e encontro poucas informações...
  2. Otávio, Obrigado pelo comentário! As refeições realmente são importantes, quando descuidamos problemas podem acontecer... Sabias as palavras e ensinamento de Jesus.
  3. Esta é minha visão/versão sobre a travessia Marins itaguaré, realizada nos dias 27, 28 e 29 de setembro de 2013. Aqui eu pretendo relatar como foram os preparativos para a travessia que iniciou-se meses antes, o perrengue que eu passei por não ter dormindo no primeiro dia de acampamento, o efeito que uns kilos a mais produz no desempenho, demonstração de respeito e amizade que eu vivênciei, além de dicas e avaliações sobre planejamento e equipamentos. Quem estiver buscando um relato mais técnico recomendo o do Renato: travessia-marins-x-itaguare-t87374.html A minha travessia
  4. Renato, parabéns pelo relato!!! Pude reviver cada momento da trilha, vc nao deixou escapar nenhum detalhe...
  5. Olá, Fábio boa noite, Eu tenho a impressão, que as rochas encontradas na travessia petropolis Teresopolis são mais ásperas que as rochas encontradas aqui na serra do mar de SP, na travessia não peguei chuva, só alguns pontos de barro. Já aqui na serra do mar as rochas,estavam mais úmidas, atravessar riachos foi super complicado, parecia sabão mesmo, e cheguei inclusive a escorregar em algumas pedras secas, a limpeza da bota sempre fiz conforme recomendação da fabrica, ela só foi usada em trilhas com barro e/ou pedras, nunca viu produtos químicos. Sempre dei preferencia as botas nacion
  6. Eu usei minha Titan esse final de semana na serra do mar e foi muito tenso, ela escorrega muito nas pedras, até nas pedras secas, se a pedra estiver molhada então... para min a bota se tornou muito perigosa nesse ambiente, foram vários tombos que não deveriam ter ocorrido. A bota falhou na versatilidade, pois já usei ela na travessia petropolis x Teresopolis e não tive problemas. Depois dos tombos deste final de semana, estou receoso em continuar usando a bota que é recém adquirida e esta novinha... Eu já havia usado o solado vibram em outras botas e nunca havia escorregado assim...
  7. Olá Gvogetta, Obrigado pelas respostas!!! Elas foram muito elucidativas. Vou acabar estudando a possibilidade de adquirir uma barraca mais leve! Saudações!
  8. Olá saudações a todos, Tenho algumas dúvidas que que já foram postadas aqui, mas que ainda permanecem. Minha barraca uma ótima manaslu, que aguenta tempestade, furacão e terremoto. Mas os os 3 kilos e poucos dela tem feito com que eu reveja a necessidade de tudo isso, meus joelhos tem reclamado do peso total da mochila e uso mais nas montanhas da região sudeste do Brasil, e com menos frequência em lugares da América do sul. Estou pensando em migrar para esses sacos bivak, pois vi vários com peso em torno de 1/2 kilo e outros vários com menos de 1k. Se alguém usa e souber resp
  9. Olá, também penso em adquirir esse aparelho para usar em trilhas e travessias de montanha. alguém tem, recomenda? Existe outros produtos similares? Abs
  10. Ola, eu comprei uma calça impermeável da north the face nos estados unidos e ficou muito, grande para min, ela é tamanho XXXL com a membrana hyvent. Talves ela possa servir para vc. eu tenho 1,80 e pesava 95k, e ela ficou muuuuiiiito grande. se tiver interesse entra em contato comigo, a calça esta nova e com etiquetas nunca foi usada. Até mais. Sent from my iPad using Tapatalk HD
  11. Ola pessoal, As dicas aqui estão muito interessantes e eu gostaria de fazer uma observação sobre o uso do gps de smartphones, tenho visto muitas criticas sobre o uso do gsp destes equipamentos, mais isto é relativo, final do mês passado fiz mais ou menos 4 horas de trilha noturna na serra dos orgaos, com forte neblina e chuva, (a trilha noturna nao estava nos planos) usei o gps do meu smartphone com uma track que eu havia carregado previamente para o caso de emergência e o sinal teve uma precisão milimétrica com a trilha, a localização do satélite se deu em segundos, mesmo sem sinal da op
  12. clovisher

    Barracas MANASLU

    Comprei uma barraca manaslu e hoje chegou. Por uns poucos segundos fiquei muito feliz, por enquanto não vou dizer nada, as fotos falarão por si. Já enviei por e-mail para a manaslu, e vamos ver o que vai acontecer, postarei minha análisa da barraca da compra e da finalização. Eu iria usar a barraca neste final de semana e no próximo. Será que terei que correr para o Carrefour? ...
  13. Olá, eu também estou pesquisando GPS para comprar. Cheguei a conclusão que é importante ter bussola eletrônica, barômetro, permitir a adição de mapas com marcação de pontos, ser resistente ou a prova de água. Dos modelos que vc listou o unico que eu compraria é o vista HCX., No entanto como o schumma falou, o modelo extrex 30 é mais recente e tem esses recursos, e pela diferença de preço vale a pena. Os outros modelos podem não lhe atender na trilha, ou deixar de conter funções importantes para o trekking. Outro modelo que gostei foi o 60cxs e o 62s todos da Garmin. Sds.
  14. Olá, Eu já viajei de carro no chile, não fiz esse percurso que vc fará. No caminho que eu percorri, cordilheiras/litoral não vi um buraco nas estradas, era tudo muito bem sinalizado, seguro e tranquilo. Se no seu caminho for cruzar as cordilheiras, o ideal é um carro 4 x4 e tem que levar correntes para colocar nos pneus, pois existem postos de checagem que não lhe permitem seguir se não tiver correntes. Eu dirigi com minha Habilitação Brasileira mesmo, não tive nenhum problema, mas é bom checar isso no site do consulado do chile. Saudações!
×
×
  • Criar Novo...