Ir para conteúdo

Casal Thundercats

Membros
  • Total de itens

    25
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Sobre Casal Thundercats

  • Data de Nascimento 09-06-1973

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Olá meus caros mochileiros! Nossa Viagem começou em New York, o lugar onde tudo acontece. Nem pense em andar de carro em Nova York, a não ser que você seja tão maluco quanto eu fui . Uma observação importante é que não compre a passagem sem antes tirar o visto americano, o próprio site americano avisa a todos aqueles que desejam viajar para os Estados Unidos a passeio para comprar a passagem somente após emitido o visto, pois além do site às vezes ficar fora do ar o sistema, por pior das hipóteses que seja, seu visto pode ser negado. Porém é muito raro o visto ser negado, mas se você errar em algumas das etapas da solicitação do visto ou desconfiarem que você está indo a trabalho ou morar nos States isso pode ocorrer. ãã2::'> Nova York é uma cidade onde você encontra todo tipo de louco nas ruas, como estávamos de carro, seguimos para o HARD ROCK CAFE do BRONX -Hard Rock Cafe Yankee Stadium . Na verdade ele fica anexo ao Ianque Stadium, uma super-estrutura de deixar qualquer um de queixo caído. Não entramos no estádio porque estava fechado, mas degustamos um delicioso hamburguer acompanhado de fritas e sorvete . Eu informo logo a todos aqueles que querem ir para New York, a cidade é realmente cara em todos aspectos, mas vale muito a pena você ir mesmo com todo o caos de sirenes de bombeiro, fumaça saindo dos bueiros, gente maluca cheia de gíria, gente do mundo inteiro. O metrô necessita de uma boa reforma, não espere encontrar trens que nem na Europa, lá é bem diferente, a cidade tem prédios antigos, farmácia que vende de um tudo, até cigarro, quer acredite ou não. é muito fácil quando você está hospedado na Time Square, pois é lá que tudo começa, e onde é perto de tudo mesmo , inclusive a rua da Broadway. Bem após comermos no Hard Rock, seguimos para o Hotel Confort Inn na Time Square, que fica na 39th . Se você pretende ir ver uma peça na Broadway, recomendo o Fantasma da Ópera e não pense de que chegando 2 ou 3 horas antes, você encontrará bilhete a um preço acessível, não mesmo. Ficamos hospedados 305 West 39th Street , Avenida Times Square Nova York NY , 10018 Estados Unidos. Ao comprar verifique se está incluso o cafá da manhã, pois tomar café na Macdonalds todo dia, ninguém merece! Compramos pelo site da Booking, o ruim é que não parcela, o bom foi o preço mas preste atenção porque na minha compra não estava incluso as taxas, é comum essas pegadinhas no site. Mas mesmo assim valeu muito pela compra, pois tomar café da manha em New york além de ser caro, você vai ter o trabalho de procurar um lugar. Os preços são na média de 400 reais a diária, é caro mas se você for colocar longe pode se arrepender bastante, pois às vezes o barato acaba saindo caro. Em Manhattan, por se tratar de uma ilha, existem poucos hóteis em comparação a outras cidades e tudo se concentra na mesma, apesar da Cidade de New York ser grande, a maior parte dos passeios turísticos estão concentrados nessa ilha e consequentemente próximo a Times Square. Para os grandes espetáculos, você tem que reservar com no mínimo um mês de antecedência, caso contrário poderá perder a grande oportunidade de ver um grande espetáculo da Broadway. Não estou aqui para fazer propaganda de empresa alguma muito menos ganhando nada com isso, mas se você procurar no site da decolar encontrará todos os passeios e o bom disso tudo é você poder parcelar a maioria. Não deixe para comprar na hora, pois além de ser o mesmo valor, você se planeja com mais antecedência (no meu caso 3 meses antes, e chegando lá maior parte dos passeios já estarão pagos, só restando a preocupação com alimentação. Fiz várias compras on line, o Fantasma da Ópera (não é barato , mas é fantástico) paguei 600 reais dois ingressos, começa às 20:00 e termina às 23:30. Compramos também pelo site, o new york city pass para cinco atrações,Ingresso para: 1- travessia de balsa para a Estátua da Liberdade e a Ilha Ellis; 2- O mirante Top of the Rock; 3 - Empire State Building ; 4 - Museu de Historia Natural ; 5 - Museu Discovery (Nessa época estava com o tema do filme Avengers) e por último o Hop on Hop off ( ônibus turistico que você tem direito a descer em determinado horário nos lugares turísticos) nome do voucher: GRAYLINE Todos os Loops em ônibus de Deck duplo Tour+ Passe 48 hs Duração: 2 dias. Preste atenção que existem vários para vender, procure o de dois dias e leia com atenção os lugares que dá direito a descer e retornar. Digo isso, pois havia comprado errado, mas consegui cancelar sem ônus nenhum, pois o que eu havia comprado era só uma excursão turistica de um dia, o meu objetivo era o de dois e o preço era o mesmo além de ter um guia a noite falando sobre os lugares. Preste bem atenção nos passeios que irá fazer, se for deixar pra pagar na hora, vai ter a desvantagem de pagar à vista, incluindo IOF e dependendo da cotação do dólar, prepare o bolso! Deixe no mínimo 6 dias, nos quais deixe um dia para andar de Hop On Hop Off e não vá para Museu algum, pois além de tomar muito tempo, você não aproveitará o passeio. Infelizmente como tínhamos somente 5 dias, não reparei esse detalhe, deixe para visitar os museus de metrô e o resto se possível andando. Tente ir na baixa estação se quiser tirar fotos mais tranquilamente, apesar que a cidade vive lotada o ano inteiro, no inverno a quantidade de pessoas é menor e você pode dar a sorte de encontrar o Central Parque cheio de neve, o que é a coisa mais linda com esquilos e não falta maluco correndo no frio de bermuda e tênis. Portanto para viajar para Nova Iorque , planejar é fundamental, a cidade é bem fácil de se locomover, as ruas são enumeradas sequencialmente, 37, 38, 39, 40, 41, 42. Se possível, fique entre essas ruas, senão terá que enfrentar trânsito que é terrÍvel (falo no caso de andar de táxi). Na Quinta avenida com a Street 48 , temos o Central Park, onde ficam os hoteis mais caros e o Museu de Historia Natural e Central Park, e próximo ao museu você terá o Shack Shack (Hamburgueria), todos os americanos e turistas vão comer o velho e tradicional hamburguer . Digo que é a opção mais viável economicamente e como o tempo é curto e a correria é grande, não resta melhor opção a não ser comer pizza e hamburguer. Preste atenção, quando você compra o New York pass, você normalmente está pagando por determinada modalidade, 3 ,5 , ou demais número de eventos que ele proporciona. Veja quais você realmente tem interesse, para não comprar algo por impulso e se arrepender depois. Não fomos no MoMa, de museu mesmo o de Historia já é de bom tamanho, mas vai de gostos para gosto. Também essa de entrar no Museu de graça é uma lenda, pois tempo em New York é dinheiro e se você não quer passar horas em uma fila, desaconselho essa idéia. Outra coisa que se deve observar, é que os reboques nos Estados Unidos são bastante eficientes. Fui deixar o carro estacionado a lado da calçado bem proximo ao Hotel no horário permitido, ou seja das 19:00 às 6:00 da manha, porém acordei às 7:30, fui procurar o carro e cade? Só lembrei daquele filme do Ashton Kurtner (Cara, cadê meu carro?) . A polícia multou às 6:15 e o reboque veio de imediato, eles são muito eficientes neste aspecto. Para piorar a situação, tentei falar com duas policiais e tinha dois malucos que tinham acabado brigar um com outro outro e e eu ali no meio tentando descobrir para que depósito o meu carro locado havia sido levado. Foi isso aí, segundo dia indo na NYPD pagar o reboque, que me custou 600,00 para tirar o carro , o lado bom é que aceitam cartão de crédito, o ruim é que ainda faltava pagar a multa que me custaram mais 400, 00 reais, ou seja, se estiver de carro pague o estacionamento se não quiser ter essa dor de cabeça. Outro lado ruim é o pedágio, que além de ser caro, você não vê tanto retorno (Túnel feio e as pista das rodovias algumas com buracos ) . Andar de carro em Nova Yorque é para os ricos e os metidos a besta feito eu, para encarar essa furada. A minha idéia era ir para o Canadá, e logo no primeiro dia que retornasse para New York, devolver o carro . Porém o cansaço me venceu, após 8 dias no Canadá, passamos mais dois em Woodboory no retorno a New York, porém após abastecer o veículo, o carro locado, o Kia Sorento começou a falhar no meio da pista, minha sorte foi ter chegado a tempo no Hotel que estávamos hospedados. Liguei para a Alamo e eles ficaram enrolando para me mandar um carro substituto, após muita insistência, eles enviaram um Impala da Chevrolet. Agora sim estavámos prontos para ir para New york, só que aviso de antemão, chegando lá devolva o carro a locadora de imediato pois dirigir em New York é loucura total! Mas tudo vale muito a pena conhecer a cidade, além de hamburguer , pizza e batata fritas, tem todos tipos de culinária internacional, vai depender do seu bolso de cada um. Pela cidade, comemos hamburguer e pizza quase todos os dias, opção mas barata e rápida. No Jantar, melhor hora para se comer bem, seguimos a um restaurante indiano, a comida era bem apimentada mas era gostosa inclusive uma massa que eles comem . Outra noite, chegamos a ir no temático restaurante onde tudo tem a ver com o filme FOREST GUMP. O Bumba Gump tem ótima comida e a especialidade que eu achei foi frutos do mar. Visitamos duas vezes o Central Park, é imenso e em um dia só você não conhece nem metade e a idéia não era de passar o dia todo no Central Park, mas sim dividir em partes o passeio. Em New York, você pode andar de metrô(opção mais vantajosa), de carro (menos vantajosa-estacionamento é caríssimo ), de táxi (se lembre que tem 15 a 20% acrescentado na corrida), cheguei a colocar o carro no em estacionamento coberto quando fomos para o passeio da Statue of Liberty. Uma observação muito importante, não deixe de andar com os passaportes, pois alguns lugares vão pedir e tem restaurante que você só entra com Passaporte e se você quiser ir a um lugar badalado em New York tem que fazer a reserva com antecedência através de email , como foi o caso do do 230 fifhth avenue informando o numero do cupon. Se lembre de pedir hamburguer com batata fritas, e reservar para ir dias de semana (segunda), caso contrario não pegará um lugar bem estratégico com vista para o Empire States. Os drinks são bons e você compra o cupon através do site de compras coletivas, o Groupon de NY onde na época cada cupon dava direito a consumir 100% do valor descrito no cupom, pagando somente a metade do valor. Tente falar palavras minimas em inglês, americano é muito fechado e alguns não sabem diferenciar o espanhol do Português do Brasil. Acham que nós falamos espanhol ou nos confudem com latinos, coisa que eles odeiam. Mas não é todos os lugares que vão fazer cara feia para você, dependerá do lugar e você encontrará muitos mexicanos. Se precisar ir no banheiro, a melhor opção é o Macdonalds, outro você poderá levar um fora ou negarem sua entrada se acharem que você só quer usar o banheiro. Aconteceu algo parecido, entramos na Ruby Tuesday eu e minha esposa coisa comum que fazemos primeiro vamos no banheiro para depois pedir algo para comer,. Porém o que ocorreu é que eles acharam que só queríamos utilizar o banheiro, aí começou o inferno, primeiro veio um cara para dizer que fosse para cima e não explicou porque não poderíamos ficar embaixo, mas eu sei o motivo, eles fazem a segregação racial, onde americanos embaixo e estrangeiros em cima. Chegando em cima, ela se dirigiu para o banheiro e eu sentei só que não no lugar que eles eram para ter especificado, Não deu outra, me pediram para levantar e ir para uma outra mesa só para casal, até aí tudo bem, só que eu ja estava chateado quanto a forma como estavam nos atendendo e após estar sentado, chagou uma moça para me expulsar, só que eu estava com ainda pegando os casacos de frio meu e de minha esposa. Fiquei chateado por conta de tanta pressão por conta deles em eu ter que sair para outro lugar, que falei Eu já Entendi ao invés de I Understand. Não deu outra, a atendente chamou o segurança para me perguntar Are you going? ou seja, o que estava acontecendo. Na mesma hora chegou minha esposa e eu que imediatamente disse a ela que fossemos embora, e ela sem entender me perguntava e o segurança e eu respondi a ele Nothing(nada) e descemos e saímos da lanchonete. Moral da história, lanchonetes muito turísticas e muito disputadas, nem todas você terá um tratamento vip ou se houver qualquer equívoco, faça como eu, não discuta com ninguém e se mande que eu digo a você que é melhor. Pelo fato da cidade ter muitos turistas e os funcionários vivem sob muita pressão , o extress deles pode acabar vindo pra você que é turista. Além disso tudo, você pode ser confundindo com algum maluco atirador ou terrorista . Para se ter idéia, quando estava chegando em Woodboory, um policial abordou nosso carro achando ele que eu estava com alguma atitude suspeita, mas estava somente tentando pegar a via loca para ter acesso ao Hotel e havia passado 30 m da entrada, como vi um carro da policia não havia como dar ré , reduzi a velocidade e esperei ele tocar a sirene. Não deu outra, parou perguntando para onde íamos, colocou a lanterna para ver o banco detrás, talvez pensasse que tinham mexicanos no carro ou armas. Os americanos vivem a toda hora em estado de atenção para que não haja nenhum episódio ruim. Todos os lugares, bolsas inclusive você passará por detectores de metal, pauzinho de selfie ou tripé jamais nem pensar, não vão deixar você entrar em museu algum, e nem brinque em falar a palavra terrorist muito menos na hora de embarque no avião, se for parado (minha esposa foi parada no embarque do avião para New York), mantenha-se calma e é uma simples averiguação para ver se a pessoa está transportando drogas no corpo. Jamais seja irônico dizendo que está levando um fuzil na cintura pois eles não aturam brincadeiras desse tipo e você pode deixar de viajar por conta de qualquer atitude infantil .São bem rígidos e bem formais em todos os aspectos, mas com tudo e todos, isso é para o bem estar de todos e eu concordo que realmente tem que haver isso, pois New York posso considerar uma das cidades mais bem protegidas do mundo. Resumindo, apesar da cidade ser muito louca, você comer mal e andar em um metrô sujo e feio, você se sentirá como nos filmes, em Nova York, a cidade mais imponente do Mundo! Bem, espero que tenham gostado do meu relato , pois essa foi uma das viagens mais louca que até hoje fizemos, contando inclusive com o passeio pelo Canadá. Bye .
  2. Olá meus caros mochileiros! Bem, vou ser bem sucinto nesse relato pois a viagem foi muito LOUCA. O roteiro de nossa viagem era o de passar 2 dias em Montreal mas antes passar em Woodbury comprar calças de ski , depois seguir para Quebec , ficando mais 3 dias hospedados e retornar a Montreal, ficando mais 3 dias , depois ir para MONT-TREMBLANT onde ficaríamos 4 dias. Seguiríamos rumo a Woodbory para fazer compras, onde ficaríamos 2 dias e por último New York , ficando 5 dias . Neste relato só vou falar do Canadá pois por ser extenso, deixarei NEW YORK para o próximo post. Viajamos pela Delta Airlines, de São Paulo a New York, duração da viagem em torno de 10 horas de Viagem sem escalas até New York. O fuso do horário de New York, você subtrai 2 horas do seu relógio, assim vale para o Canadá também (região de Montreal e Quebec). A maioria dos Võos pela Delta você chega bem cedo na cidade de New York, como meus planos era o de conhecer MONTREAL E QUEBEC, seguimos rumo a Montreal, mas com parada em Woodbory. Para quem não sabe, Woodbory é um outlet famoso proximo a New York (1 hora de carro) onde você encontrará facilmente marcas como NORTH FACE, COLOMBIA, NIKE , LACOSTE e outra grifes famosas. Tenho que alertar a todos que o CANADÁ de DEZEMBRO a MARÇO a temperatura pode chegar aos -40 graus, motivo este de todos andarem no shoppings subterrâneos, para escapar do frio. Louco aquele que diz que abaixo de 0 graus, tudo é igual, não é mesmo! Chegamos em New York, enfrentamos uma nevasca rumo até Montreal, um branco intenso que chega a dar um pouco de dor de cabeça de tanto você ver tudo branco. Pensei que íamos pegar temperaturas de -15 a -20, algo desse gênero mas não foi bem assim, chegamos em Montreal e estava fazendo -38 graus, frio intenso de congelar as mãos e pés em questão de minutos. Estávamos com casacos de ski, calça de ski, roupa térmica e malha quente. Alerta para aqueles que se aventuram nessa fria, os casacos que vendem na America do Sul (Chile , Argentina ou Brasil ) não são muito eficazes para o frio do CANADÁ, me refiro a Montreal e Quebec. Procure ir nas LOJAS ATMOSPHERA E PROCURE DE IMEDIATO ao chegar no Canadá três itens de extrema importância: CASACO A BASE DE GANSO ( INSULATED e a base de GOOSE -GANSO ), marcas como NORTH FACE, se você for bem abonado tem o CANADA GOOSE (o TOP de linha) mas se não quiser gastar, qualquer outro serve contanto que não deixe o frio passar, tem que haver que sejam a base de plumas de ganso, luvas tb de pluma de ganso(goose) , tem que ser luvas dessa natureza senão a mão congela, se tiver botas de neve melhor, senão compre na Timberland ou North Face que não escorregue no gelo. Outro item que não pode faltar, uma espécie de adesivo que coloca dentro da bota para esquentar os pés, pois se for andar na rua, seu pé vai congelar com certeza pois depois de uma hora andando sobre a neve, botas de neve não suportam o frio. Não é de se assustar, se você andar preparado para o frio, poderá aproveitar mais e tirar fotos ao ar livre. continua... No segundo dia, ainda usando os nossos casacos, seguimos para a RESO, que são as cidades subterrâneas, onde você pode se livrar do frio em caso de situações extremas (temperaturas abaixo dos -35 graus). Como estávamos de carro, lancei no GPS para ir para DOWNTOWN, centro de MONTREAL. Para estacionar, você tem duas opções: Estacionar na calçada nos locais onde é permitIdo (terá a letra P de parking ou stationament). Na máquina você entra com o número do estacionamento na calçada, coloca o tempo que que vaí passar no local e paga com cartão ou dinheiro. Preste atenção para não passar do horário, pois o risco de rebocarem o carro é enorme. Tem também os estacionamentos cobertos, porém são mais caros. Não andamos de metrô, apenas de carro. Tenha em mãos um GPS que tenha os mapas de MONTREAL E QUEBEC. Optamos por ficar nos dois primeiros dias no Plateau do Mont-Royal, não foi uma boa escolha pois além de ser caro, não tem lugar para estacionar a não ser ao lado da calçada nos locais onde são permitidos segundo os informes das placas. Se passar do horário permitido, o carro corre o risco de ser rebocado. Mas, tirando o frio congelante, temos uma infinidade de Restaurantes para todos os gostos, e não deixe de comer o Poutine (Putsin) em francês. Dirigir na neve não é coisa fácil, mas também não é coisa do outro mundo, escolha um carro que tenha pneus de neve e com certeza será um carro com câmbio automático. Você deve estar com um carro de preferencia um Jeep, ou um smilar que ande em terrenos variados, pois neve é o que não falta nas ruas, eles colocam sal grosso para não deslizarem os carros e não é extressante dirigir não, pois os canadenses boa parte são bem educados e a cidade é bem preparada para nevascas. Na Locadora em Nova York não diga que vai para o Canadá, pois eles vão te dar outro carro daquele que você escolhe, pois carro no Canadá não dura muito não devido a quantidade de sal que colocam nas ruas. Foi o que aconteceu com a gente, era para pegarmos um JEEP CHEROKEE, mas um Kia Sorento, não que o carro seja ruim, mas JEEP seria o carro ideal ao meu ver. Pois é, logo após minha esposa ter dito para atendente que íamos para o Canadá, na hora de pegar o Carro no estacionamento a mulher do balcão passou o rádio para a outra e com certeza deve ter dito para ela dizer que não havia mais o Jeep Cherokee . Bem, após duas horas de trânsito intenso, chegamos em Woodboory, compramos duas calças de ski impermeável na loja Colombia a um ótimo preço e minha e esposa dois flaces . Seguimos para Plateu do Mont Royal, tinha neve até o joelho. O Hotel que eu havia escolhido foi uma péssima escolha, caí no conto do vigário. Boa parte dos Hoteis no Plateau não tem estacionamento, ou seja, você coloca o carro estacionado na rua e fica dependendo dos horários pré-estabelecido para estacionar, não é muito fácio por estar em francês. Segundo Dia - Passeio pela RESO (CIDADE SUBTERRÂNEA) - os Canadenses para fugir do frio de -35 graus, optam por andar nesse imenso shopping subterrâneo que ao mesmo tempo fica interligado com as estações de metrô. Não tínhamos muita escolha, o frio lá fora era medonho, nunca havia visto algo daquele gênero. Terceiro dia, seguimos rumo a Cidade de Quebec, preste atenção que existe a cidade e o estado de QUEBEC. Seguimos rumo ao Carnaval da Cidade de Quebec. Após duas horas e meia, chegamos ao hotel, compramos a efigie (entrada para o parc Des jardins) . O lugar era lindo, cheio de decorações, tinha gente para todo lado, todos com seus casacos a base de goose, menos nós. Estávamos de bota de neve, casaco, o escambal, mas se você não estivel com a roupa propria para o frio do Canadá, você vai ficar que nem macaco de galho em galho tentando se abrigar do frio. Mas a emoção é o que vale, e encontramos Brasileiros em Quebec, maravilha em saber que não sofremos sozinhos. Não chegamos a fazer muita coisa pois não estávamos preparado, mas no dia seguinte, no domingo, seguimos rumo a Charlevoix. Uma cidade um pouco distante de Quebec, e ao mesmo tempo tínhamos o destino de ir andar de trenó de neve durante o dia. Chegando lá, me senti no pólo Norte, vocês nem imaginariam em ver um rio totalmente congelado, pensava que nas fotos iria ver uma linda paisagem, realmente é uma linda paisagem mas ao mesmo tempo sombria por conta do imenso frio que por ali faz. Não tive coragem de usar a máquina, pois além das mãos congelarem, optei por fazer o passeio e retornamos para Quebec quase ao anoitecer. A cidade de Quebec é belíssima, com restaurantes excelentes e não achei tão caro como em Nova York. Comemos em restaurante cozinha mexicana, Francesa, e Suíça pra fechar com chave de ouro com o velho fondue de queijo, este último sim foi com um preço salgado, mas nunca havia comido um fondue tão gostoso de queijo e eu ja fui há vários por aí a fora. No Terceiro dia seguimos rumo a Montreal, mas antes disso passamos na cachoeira congelada (Parc de La Chut -Montmorency) após passarmos três dias na cidade de Quebec, para ficarmos mais dois dias em Montreal e depois seguirmos rumo a Mont Tremblant (Estação de Ski mais famosa e bonita da região). Chegamos e como o de sempre o velho putsin ganha, é algo que você quer comer pois há de diversos tipos onde comemos, o lugar funciona todo dia 24 hs, imagina. Chegamos no Hotel que dessa vez era maravilhoso, a um preço òtimo o Hotel Quality Midtown, com estacionamento e café da manha incluso no pacote a um preço excelente, No outro dia fomos conhecer o BIODOME, que fica ao lado com o estádio Olímpico, onde vc tem a famosa torre olímpica, mas infelizmente estava fechada, só conseguimos bater foto do lado de fora. Se você me perguntar se vale a pena conhecer o Biodome, com certeza você não deixará de perder a oportunidade de ver uma estrutura dessas, onde você encontra diversas biodiversidades, em ambientes diferentes. Não podíamos deixar de bater fotos no Plateu do Mont Royal, onde você verá um monte de residencia cobertinha de neve e parques ao redor belissimos e pessoas andando Patins no lago congelado e por ultimo visitar o Parc Jean Drapeau. Bem, nosso passeio pelo Canadá termina com três dia na Famosa Mont Tremblant, com direito a banho no hot tube. Ficamos no LA TOUR DE VOYAGEURS - LES SUITES TREMBLANT. Um espetáculo de Ski in-ski Out, não tinha café da manhã, mas como eu havia comprado de tudo no mercado no caminho, que fica a 1:30 hs de Montreal de carro. Além de ser animado, possui uma vista maravilhosa a região, e além de você tomar banho numa espécie de hidromassagem bem quente do lado de fora do Hotel. O Hotel têm alguns desses Hot Tubes espalhados pelo recinto, sem falar que a cidade possui hoteis espalhados todos coloridos em uma arquitetura além de explêndida, altamente moderna , é algo imperdível! Bem até o próximo post em que falarei do retorno a New York. A Bientot!
  3. OLÁ PRINCIPE. ADVINHA ONDE EU E MINHA ESPOSA ESQUIAMOS RECENTEMENTE? MONT TREMBLANT - CANADA. MAIORES INFORMAÇÕES ENTRE EM CONTATO. ABRAÇO CARA E COMPREI UM FLACE VIU. LA PRECISA E MUITO KKKKK.
  4. Bem galera, quem vai pra Santiago sempre quer voltar! Então lá vamos nós de novo, hehe. Nossa viagem começa na Buenos Aires, que logo após terminarmos de fazer comprinhas, seguimos de avião do aeroporto de Buenos Aires (o AEROPARQUE) rumo a Santiago pelas Aerolineas Argentinas. Para quem não sabe, pode-se comprar passagens através do site da aerolíneas argetinas e de lá pegar o avião para Santiago. Como na época da compra a GOL ainda não havia retornado seus vôos para Santiago, pesquisei outras companhias e a mais em conta saiu a AEROLÍNEAS ARGENTINAS ENTÃO COMO DIz OS ARGENTINOS DÁ-LE. Chegamos em Santiago, peguei um veículo pela locadora ECONORENT no próprio aeroporto Arturo Benitez em Santiago. Eu acho muito bom para se dirigir o modelo da Hyunday modelo ACCENT, aconselho se for subir a cordilheira dos andes procure um carro que não seja muito grande, pois é muito estreita a estrada e esse carro ao meu ver é o ideal mesmo. Não aluguei com as cadenas(correntes), preferi economizar, porém antes de subir a cordilheira dos andes você verá uns nativos alugando as correntes, que custam em média 10.000 pesos chilenos, ou seja, 47 reais. Não havia necessidade de usar as cadenas, porém se você não tiver com as mesmas, os policiais não deixam você subir, mesmo num dia ensolarado sem neve na pista, parece brincadeira mais é. No primeiro dia da subia, acabei por locando as cadenas com os nativos locais, deixando minha carteira de motorista como documento de garantia na devolução. Saímos de Valle Nevado umas 5 da tarde chegando nos nativos umas 6 da tarde. Normalmente, escurece lá paras 7 horas (PM). Já no segundo dia tive a idéia de pegar o kit que vinha no carro de primeiros socorros e quando ele perguntou das cadenas, eu mostrei a bolsa preta e realmente colou eles nem conferem, economizei 30.000 pesos, ou seja, dois dias subindo para Valle Nevado e um dia para Portillo. Os dias estavam todos ensolarados, ótimo para tudo, bater fotos, filmar, e claro esquiar bastante em Valle Nevado. Comprei os Ski pass pelo site da DECOLAR, o bom é que você divide no cartão de crédito, podendo colocar mais dias, foi o que eu fiz, coloquei três dias consecutivos para esquiar em VALLE NEVADO. Levei os vouchers impressos e pegamos a cada dia o ticket pass. Ficamos hospedados no Departamentos Costa Nueva de Lyon reservado pela Booking.com, localizado no bairro PROVIDÊNCIA, não esquecer de reservar estacionamento nesse apart hotel. Preferi a hospedagem sem o café da manhã, mesmo pelo porque ele já vem com geladeira, fogão, tudo para você fazer o seu café em casa e na avenida providencia tem supermercado onde você compra de um tudo. Nós saíamos do Hotel de 10:00 da manhã, pois nem adiantava chegar muito cedo, pois só íamos esquiar meio dia (a locação de ski é mais barata se você locar somente meio dia). Chegamos por volta do meio dia, fomos pegar nossos tickets do dia e locar os esquis. Aconselho a levar sempre identidade, pois os chilenos como sempre desconfiados, a atendente veio com uma conversa dizendo que estava faltando o código de barras no voucher, mas era preguiça mesmo de ligar para a empresa, mas tudo deu certo, é só não dar uma de bobo ou leso para eles, disse que não tinha nada de código e aí ela foi verificar. Antes de subir, tem um posto, se lembre que tudo lá em cima é mais caro, inclusive água, compre biscoitos, refrigerante, chocolates, e se quiser comer tem um hot dog delicioso . também tem sanduíche natural para quem não quer engordar, pois cada minuto é precioso e caro, portanto você parar para comer no Bajo Zero, prepare-se pois é bem carinho. Tomamos duas cervejas em lata e da mais barata por quase 38 reais (convertendo de pesos para reais), então por aí você tira o valor das coisas. Toda vez que quiser saber quanto custa algo, divida por 500 e multiplique pela cotação do dólar que normalmente é 2,35 no cartão de crédito. Outra coisa , cuidado para não perder o ticket, ou deixar alguma luva, gorro ou capacete dando de bobeira, pois ficar ligado sempre é algo necessário ( iam roubando uns esquis locados e não conseguiram, roubaram um óculos meu com gorro e tudo ), você fica sem saber como foi que roubaram, pois são muito habilidosos e os ladrões do chile não são pobrezinhos, são bem de vida, são ladrões elitizados. Se há uma coisa que não falta é gente esperto querer dar o ganho nos Brasileiros, vi um casal dizendo que iam chamar a policia, mas não adianta, se der bobeira já era. Aconselho também se for esquiar ou andar nos teleféricos, se lembre que quando eles dizem que de 5:00 da tarde se encerram as atividade, encerram mesmo, isso na verdade são em todas estações de ski, e caso a pessoa não saiba descer a montanha é bom ficar ligada na hora. pois vi um marido desesperado pois a esposa ainda estava na montanha e eles não ligam os teleféricos não, disseram que a única forma dela descer era esquiando. Descemos várias vezes, infelizmente não estava como nós queríamos, pois não havia nevado mais e a neve ja estava escassa, algumas pistas verdes estavam quase na terra, pouquíssima neve mesmo, mas deu para descer e deslizar pelas pistas. Chegamos a pegar a Diablada (pista vermelha) e aconselho a caso você não seja o expert, tire os esquis e desça sentado na neve deslizando, pois foi o que fizemos e é a coisa mais certa a fazer se não quiser se machucar. As pista de ski são bem sinalizadas, mas se você prestar bem, a continuação de uma verde pode dar em uma pista vermelha, ou seja, você tem que desviar para a direita e continuar descendo pela . Mas deu tudo certo, forma três dias esquiando pra valer, no segundo pedi um esqui para expertos, o esqui é mais leve e dá para fazer manobras em paralelo, coisa que fica dificil para esqui de iniciantes. O esqui para experts custa um pouco mais caro, mas se quiser evoluir no esqui não dá pra ter pirangagem não. Mas de só de festa se vive, pegamos um terremoto de 6,4, não estávamos esquiando, estávamos no hotel e foi coisa de um minuto. Lembrei de um chileno que havia dito que constantemente tem terremoto em Santiago, e que não havia por se alarmar, estava na cama e o andar era o décimo segundo , então não havia nem como descer do prédio, o jeito era rezar para parar. Um dia antes havia rezado no cerro Santa Lucia, acho que a oração ajudou bastante, pelo menos estamos vivos para contar, mas acredito que os prédios devem ter algum tipo de amortecedor, senão ja tinha rachado vidros das janelas, quebrado meio mundo de coisa, pois boa parte dos prédios em Santiago são todos novos e uma engenharia que poucos no Brasil conhecem, inclusive as pistas automotivas, são de bem parecidas com as da Europa, inclusive quando se fala em pedágio, mas o que você paga é ressarcido em uma boa qualidade de pistas e túneis de tirar o fôlego de imensos. Ao locar um carro, seja em qualquer locadora, você paga em torno de 11000 a 12000 pesos chilenos, o CLP, que são na verdade 5.400 (pedágio) e 5.400 (seguro para terceiros), é obrigatório e no final da locação é que eles cobram. Mas nem se preocupe com isso, se preocupe em entregar o tanque cheio, para não pagar excedente, e não precisa entregar o carro limpo, se preocupe só em não atropelar algum chileno, pois quando você menos esperar verá um atravessando na rua assim do nada, logico na faixa de pedestre. Diferente do nosso povo Brasileiro, tenho que admitir que eles são muito educados no trânsito e você vai ver fast food para todos os lados. das vezes que comemos, foi no APLEBEES E NO RUBY TUESDAY ambos franquias americanas e se você pedir um hamburguer repare no tamanho, pois talvez um dê demais para duas pessoas, NORMALMENTE DÁ. Em Santiago, você encontrará o MANJAR no supermercado, não deixe de leva-lo para o hotel, é muito gostoso. O monte com huesilos (bebida de pêssego com trigo cozido) é uma bebida doce que você não deve deixar de tomar, talvez dê sorte em encontrar um gostoso, o que tomamos estava meio que sem graça. No mercado central, temos o peixe congrio a lo pobre (peixe com batata fritas e um ovo frito) bem gostoso o peixe, e se tiver coragem de tomar a sopa vai ver meio mundo de chileno tomando a sopa de mariscos, alguns com o Piscosur (bebida alcoólica muito tomada pelos chilenos), e temos a Pina (refrigerante de abacaxi) que tem um sabor bem diferente, e se gostar de um bom sanduíche, pode pedir o ITALIANO no JUAN MAESTRO , e tem o molho de pimenta que mais parece um ketchup apimentado, mas não é, é alguma iguaria deles e você verá que a maioria das comidas vem acompanhada com pimenta, ou vem apimentada, inclusive a costela no aplebees, na verdade o molho de barbecue passou longe, eles usam esse avermelhado, se não és fan de molho de pimenta, peça para vir a parte. Tomei muito suco de melão, e se for corajoso vá no patio Bela Vista e procure comer a CHORRIANA , o o pastel de Choclo. Agora peça um ou outro, pois vem bastante comida e caso não goste (eu mesmo não gostei), mas como diz o ditado tem gosto pra tudo, quem sabe vocês gostem. Não pode deixar de ir no MALL SPORT e deixar de visitar o PARQUE ARAUCO, pois são dois lindíssimos shoppings. Após esquiarmos três dias consecutivos, decidimos fazer os passeios rotineiros de Santiago, ou seja, MERCADO CENTRAL, CERRO SAN CRISTOBAN E CERRO SANTA LUCIA. No sábado, comemos no mercado central, procure um restaurante fechado dentro do Mercado, pois os que ficam abertos, você simplesmente comerá sentindo cheiro de peixe cru, nada agradável ao meu gosto. Eu comi um congrio a lo pobre e minha esposa comeu um pastel de centoja (pão ao leite com centolla). Para quem não sabe, centolla é um carangueijo gigante, em que vende na maioria dos restaurantes varia de preço, normalmente custa em média 160 reais . O meu prato custava 7000 pesos e o da minha esposa uns 8000 pesos, deus um total de 80 reais. Comer em Santiago não é tão barato como em Buenos Aires, preferi os fast foods, pois o unico lugar que indico a comer é o restaurante giratório na providencia, agora prepare o bolso, pois em média você gasta nele quase que 200 reais, mas vale a pena, o restaurante fica girando e os pratos são saborosos. Da última vez que nós fomos, comemos centolla ao molho e truta ao molho provençal, acompanhado do vinho mais famoso CASILERO DEL DIABLO (cabernet savignon) e uma água mineral. Nos dias seguintes, fomos visitar os cerros e na segunda feira, PORTILLO, que fica a 160 KMS de SANTIAGO, mas vale muito a pena, a paisagem é linda mesmo e a pista para subis muito boa, bem menos sinuosa que a de VALLE NEVADO, não tem comparação. Só prepare os bolso para pagar pedágio, acho que uns dois e não erre o caminho, senão paga mais hehe (eu errei e fui parar a 18 km da entrada). A pista é muito boa, só que após você rodar uns 100 kms, é bom prestar atenção no que o GPS manda, e caso tenha dúvida se o seu GPS o deixará lá, faça feito eu fiz, faça um simulação do trajeto, o meu deu certinho. O caminho para PORTILLO é o mesmo para quem vai para MENDONZA, por isso não tem muito erro, você subirá mais uma vez a cordilheira e terá duas pista mais adiante na subida, uma que dá para PORTILLO e a outra você segue para MENDONZA. Ao chegar próximo a Portillo, não se preocupe se o seu tanque já estiver nas ultimas, tem um posto nas redondezas, eu confesso que fiquei desesperado pois no trajeto não havia visto um sequer. Bem galera,espero que tenham gostado dessa redação e não deixem de visitar SANTIAGO, os cerros, vina del mar, VALLE NEVADO, LA PARVA, EL COLORADO (ESTAÇOES DE SKI TODAS NO CAMINHO A VALLE NEVADO) e se o objetivo é esquiar saber quais estam funcionando e mande brasa. Boa sorte e até mais!
  5. Demorei mais postei!! Nossa Viagem foi ano passado em Abril de 2013, época boa de viajar para Bahia, pois nem tá na alta estação nem muito na baixa. Saímos de Recife, rumo a Salvador pela companhia da AVIANCA, empresa pela qual achei mais vantajoso viajar pelo preço da passagem claro. Chegando em Salvador, pegamos um veículo básico, um corsa sedam (eles adoram empurrar esse carro) a desculpa é que a mala é grande e tal, mas acho que deve ter tido alguma promoção de venda deste veículo. Prepare-se, Salvador é um LOUCURA!. Quando falo de loucura, me refiro basicamente a uma coisa só, o trânsito de lá é é muito caótico, um GPS é de grande e necessário também para se chegar nos lugares, principalmente no hotel em que se vai ficar hospedado. Ficamos hospedados no Hotel Bahia Mar, situado no Bairro Jardim de Ala . Pensava em ficar na Barra, mas acabei desistindo por ser mais caro e não ter a vista tão linda e maravilhosa da que eu tinha. Em Salvador, é praticamente impossível se andar de táxi, primeiro porque o aeroporto fica muito distante de tudo, inclusive dos hotéis. Para se rodar na cidade, requer um carro, nem pense em ir sem um senão irá gastar bem muito dinheiro com táxi. Coloquei 2 dias na ida e um na volta, suficiente para conhecer um pouco a cidade e para mim o suficiente. Salvador, você roda em um dia e conhece praticamente boa parte, evite ir a noite para o pelourinho com jóias, relógio, porque a quantidade de viciados ali é enorme, não é uma cidade segura de se andar. IAQUE_CAPITULO56.zip Ilhéus, cidade onde foi filmada a novela Gabriela de Jorge Amado, inclusive com direito a conhecer a casa da Maria Machadão, o restaurante Bataclan localizado na Avenida 2 de julho, número 77, centro de Ilhéus, oferece diversos pratos, o que comemos era com arroz de banana, aconselho a comer, culinária excepcional. BAR VESUVIO BATACLAN RESTAURANTE Também temos o bar vesúvio (com musica ao vivo - violão ) e o restaurante Maria Machadão oferece um ambiente muito bonito. Em suma, deve-se colocar Ilhéus sim na trip para Bahia, pois para quem não sabe, lá fica mais próximo de PORTO SEGURO e dar para ir de carro tranquilamente. Locamos um carro pela internet para pegar em Ilhéus, as locadoras ficam bem que ao lado do aeroporto e tem para todos os preços. Havia locado um carro básico, embora sem saber qual, mas tentaram me empurrar o velho corsa sedam, com a história que a mala é grande, boa etc. Porém, recusei motivo este porque para ir pra Porto Seguro, inclusive Arraial DAjuda, não havia possibilidade nenhuma de andar com esse carro (nós íamos a famosa praia do espelho e como ela é cheia de buracos, imagina só andar com um corsa sedam antigão). Bem, Paguei um pouquinho mais, em um Fiat way (este bem mais alto e confortável), pois se eu tivesse ido com o sedam com certeza ia se quebrar no meio do caminho. Bem, chegamos em Porto Seguro, no dia seguinte por volta das duas da tarde, e seguimos direto para o Hotel na Praia de Taperapuã, que além de ficar bem situada, se lembre que tudo é longe, então se seu intuito é andar a pé e não locar carro, o certo é ficar o mais próximo do centro, onde fica a passarela do alcool, pois dependendo do lugar que você ficar hospedado, com certeza vai andar ou de táxi ou bastante a pé. Coloquei 4 dias em Porto Seguro, pois tem muita coisa para se conhecer, tanto em Porto Seguro , como nas redondezas (Arraial D'ajuda, Trancoso, a vila Histórica, etc. A noite, compramos dois ingressos para ir para a Ilha Aquários, uma pequena ilha em que que você atravessa numa balsa e em 10 minutos chega nela. A única coisa que realmente me deixou indignado foram os músicos de Axé, chegaram quase que duas da manhã, deixando o publico da CVC com a dancinha do ziririguidum e axé da Bahia. Mas não foi só isso, as empresas de turismo em Porto Seguro não estavam fazendo passeios no domingo, achei isso um absurdo,pois é, tem passeios que você deixa de fazer se não tiver um carro locado. ILHA DE AQUARIOS Não esperamos a banda iniciar a tocar, pois no outro dia tínhamos a praia do Espelho que segundo a 4 rodas, diz ser um paraíso tropical. Realmente ela é linda, aconselho muito levar snorkel, para se ver os peixinhos no mar . Chegamos cedo, com a maré seca e fomos andar rumo a praia, até que encontramos pedras e um mar bem calminho longe da civilização. Não deu outra, colocamos os snorkel no rosto e fomos apreciar a vida marinha. Não chega a ser Fernando de Noronha, mas dá para brincar um pouco de mergulhador. Chegando a hora do almoço, seguimos rumo a aldeia dos Pataxós e comprei um arco e flecha para me presentear. Almoçamos em Arraial D'ajuda, na Praia de Mucugê. Lá em Arraial D'Ajuda é bem bonitinho, lembra muito a praia da Pipa, embora a vida noturna de Pipa seja bem melhor(eles não fecham de 11 da noite) e não repare se você ver farmácias fechadas, não é a toa que dizem que baiano é preguiçoso, o único restaurante que ficou aberto até mais tarde foi o BOI NOS ARES, que são argentinos que trabalham . Porto Seguro é muito linda, mas o meu encanto foi por Arraial D'Ajuda, o ruim era que toda vez que íamos para arraial tinha que atravessar de carro com um ferry boat, pagando 15 reais ida e 15 a volta, ou seja, 30 reais para se chegar em Arraial D'ajuda. Há outra forma, que eu fiz e não aconselho, ir de carro pela estrada, pois demora muito para se chegar em Arraial e você acaba querendo voltar no ferry boat. Repare que finais de semana é mais caro, e passou das 23:00 hs, procure saber de que horas passa o próximo, pois na época era de hora em hora. Gente, não pense que Porto Seguro se resume somente ao Axé Moi e o Toa a Toa, e a passarela do alcool. Mas se seu intuito é paquerar, acho melhor ficar por ali mesmo, não vai faltar gente pra ver, pois chega de meia em meia hora ônibus da CVC e de outras empresas no ramo turistico. Em Porto seguro, temos a Praia de Taperapuã (onde estão a maioria do hoteis) e o axe moi e o toa a toa. Temos também coroa vermelha que fica a 10 minutos de carro, e que você encontrará várias lembranças dos índios que habitam a cidade são todos atualizados, , tem tv a cabo, celular e maquininha visa e mastercard para comprar lembranças, as ocas é só para se bater foto, dificilmente você verá um indio morando em uma delas. Só tomei banho de mar em Mucugê e na praia do espelho, não tive coragem de encarar o mar de Porto Seguro, ja me disseram que a água é gelada, não sei porque tomei banho somente em mucugê( Arraial Dajuda) e Praia do espelho (Trancoso), ambas de águas cristalinas e calientes. nÃO DEIXE DE TOMAR NA PRAIA A BEBIDA CAPETA, que é altamente refrescante, e uma coisa importante, é bom sempre ter cuidado se a praia fiar deserta, pois ja ouvi falar de furtos e assaltos, inclusive em ilhéus, na praia dos milionários, apesar de eu ter achado tranquilo, é bom não marcar bobeira e no caso de mulher sempre andar acompanhada . Bem, acho que é tudo pessoal e espero que essas informações tenham servido de algo para todos vocês, até a próxima viagem!!
  6. Não fez nem um ano, lá vamos nós de novo com Destino a Buenos Aires. Dessa vez ficamos hospedados na Recoleta, por 4 dias consecutivos no IQ CALLAU Apartments localizado na Calle Pacheco mello, 1857. Imagine o que é você alugar um apartamento bem espaçoso e confortável na recoleta por 100 reais a diária e o lado bom de você ficar hospedo em um aparthotel, é o de não ter o café da manhã e você mesmo comprar suas próprias guloseimas . Não deu outra, seguindo direto ao carrefour compramos DULCE DE LETCHE o famoso SALAMANDRA, vou te dizer eim, que aquele danado vicia mesmo. Também temos o EL BOSON vindo também da patagonia, mas o salamandra realmente pode-se dizer que é viciante. Também a Rosa mosqueta é item que não pode-se deixar de levar, para quem não conhece ela é um bom cicatrizante e um agente milagroso para pele, pergunte a um bom dermatolgista de pele que com certeza ele a indicará. Buenos aires ao meu ver é local para se comprar artigos de couro (cintos, bolsas, carteiras) pois o couro de lá é de primeira, digo isto porque comprei um cinto para mim e uma bolsa da PRUNE para minha esposa, agora pesquisem bastante que os preços variam de loja para loja. A Lacoste que fica na Calle Gurruchaga com a Calle Aguirre continua tendo promoções, mas antes acho bom ir também na LACOSTE da AVENIDA SANTA FÉ, digo isto porque quando nós fomos comprar encontramos itens em promoção na Santa Fé. O Peso Argentino continua em queda, inflação muito grande, mas para os Brasileiros a festa continua sempre. Na Lavalle 607, rua esta paralela com a Florida, você encontra cotação do paralelo do 1 real em peso a 5,2, ou seja, 1000 reais, 5200 pesos, podendo até pegar melhor cotação. O ideal é você ir de tênis, pois se roda muito pela cidade e se não tiver um bom sapato, prepare-se para os calos nos pés. Sapatos femininos não fazem sucesso com as Brasileiras, pois aquelas plataformas gigantes não se usa no Brasil , muito menos as calças pretas colantes. A Zara ficou muito a desejar, achei muito a lá C&A, e Buenos Aires está muito a desejar em itens da Nike, Puma e outras marcas . Acho que se quiser comprar algo mesmo de boa qualidade, bom certificar-se que é verdadeiro, pois acho tudo muito duvidoso, na minha opnião até agora só a Loja da Lacoste foi a que se salvou, o resto fica a critério de quem quiser comprar e gastar seus pesos. Agora quando se treta de roupas das Marcas como SALOMON, COLOMBIA, NORTH FACE, e a TIMBERLAND, como não são marcas tão assim requisitadas, ainda sim encontramos boa qualidade em muitos itens inclusive em sua originalidade. Compramos dois Casacos (Camperas) para ski na Salomon e ainda tinha calças a um preço bom caso você tivesse trocados reais por pesos, ainda assim se for comparar com o Chile, ainda sairia mais barato comprar na Salomon. Já nas lojas da Colombia, parece que houve um Boom nos preços, estão querendo igualar com a North Face. Lembre-se que não só vende roupas de frio nessas lojas, apesar de ser a especialidade delas. Já o tango, fomos assistir no CAFE TORTONI na avenida de Mayo 825(pronuncia-se majo) o show de tango que começava as 22:00 com término às 23:30 a um preço de 400 pesos duas pessoas. Já a consumação era livre, porém se quisesse assistir o show só pagando em especie, o que eles chamam de efetivo. Saímos que nem dois loucos, pois estava sem um vintém no bolso e fui sacar no SANTANDER RIO que ficava a 6 ou 8 quadras dali. Após sacar, conseguimos comprar os ingressos por muita sorte e entramos para assistir o show. Como não haviam tantos turistas assim em Buenos Aires devido a copa de 2014 em que boa parte torrou toda sua grana para assistir aquele vexame (eu não gastei um tostão), de logo estava feliz e alegre em saber que os Argentinos não foram campeões. Adoramos o show, e como Buenos Aires é muito segura voltamos a pé para o hotel na maior tranquilidade. De começo só andávamos de táxi, mas foram se acabando os pesos e para economizar o jeito era usar as canelas e gastar o dinheiro do táxi nas guloseimas, pois em cada esquina temos Padarias com uma infinidades de doces e perdi as contas de quantos bife de chorizo eu comi. Gostei muito do Los Inmortales na avenida corrientes, comemos ravioli com vinho e o melhor da festa = a conta acredite se quiser menos de 50 reais, convertendo de reais apara pesos. Fiquei triste porque queria comer truta mas o restaurante ASTURIA na avenida de mayo, entendo do dono não aceitar cartao (targeta magnetica) porque certa hora lota mesmo . O jeito era apelar para Piza, Bife de Chorizo e o Ojo de Bife com papas fritas (no Criollos Parrilla na avenida Santa Fé). Passeamos por todos os lugares, EL CAMINITO mesmo estava bombando, cheio de gente para todos os lados, para comprar as lembranças tem que andar e pesquisar bastante para não pagar mais caro. Os preço variam de Loja para Loja, e você acaba fazendo besteira (comprei dois potes de dulce de letche salamandra do pequeno, quando o dinheiro que eu paguei dava para comprar dois grandes nos mercados comuns). Andamos que só dois condenados, mas também para gastar as calorias que se consumia, era fundamental andar. Este ano fez menos frio que no ano de 2013, e vimos os argentinos todos nas ruas, aquela loucura total, gente demais, parecia um formigueiro, coisa que no ano passado não víamos tanta gente assim passeando pelas ruas. Cada lugar tinha seu vinho e sua forma de fazer o bife de chorizo, comemos em um restaurante no inicio da Av de mayo após a praça de mayo ,que ele vinha com batatas com casca estilo soutê e a carne também na chapa, a mais gostosa que eu ja havia comido. Andamos pela Buenos Aires, batemos fotos e comemos bem a um ótimo preço, ou seja, brasileiro faz a festa viajando para Buenos Aires. Desta vez, não andamos de subte, só de ônibus para ir para El Caminito e para ir para Ponte de La Mujer(Puerto Madero). Estava cheio de gente Puerto Madero, os restaurante praticamente lotados(fomos no domingo), ja vi que a praia dos argentinos é ir pra Puerto madeiro no domingo e andar de patins, tomar champagne e apreciar o rio da plata. Não tivemos coragem de procurar algum lugar, mesmo pelo porque deveria ter fila de espera nos melhores restaurantes, imagina 14 milhões de Argentinos, onde metade você poderia ver 15% passeando por toda vila, parece loucura, mas não parava de chegar gente. Galera, essas informações todas que estão aqui presentes assim como os demais posts sobre nossas viagens são para servir de guia para muitos viajantes que desejam saber mais sobre como andar pela cidade, locais turísticos, etc e tal. Não tendo nenhum interesse para nós divulgar com intuito de ganhar algo em troca, só passar mesmo nossas algo que possa ajudar a todos vocês, inclusive a mim mesmo, pois quem sabe eu não retorne e queira saber exatamente onde fica tal lugar. Pois bem, se lembre que sempre que for viajar para algum lugar, procure ler notícias de como estão as coisas pela cidade, mas não leve em conta tudo o que as manchetes falam, pois apesar de Buenos Aires estar passando uma crise danada devido a Inflação que eles estão passando, a cidade continua pacata, claro tem suas manifestações como a própria São Paulo também tem, mas eles são bem educados mas nem todos vão ser gentis. Embora o fato de você encontrar pessoas de mal humor, que não tratem você bem, lembre-se de uma coisa, você está ali para se divertir, fazer compras e fique sempre de olhos em suas coisas, porque existe sempre o mão fina que leva algo de você sem nem notar, digo isso por experiência própria. Bem a todos, desejo um bom dia e façam boas viagens . Até mais!!
  7. CAXIAS DO SUL - Nossa viagem começa rumo a Caxias do Sul. Saímos de São Paulo chegando de avião e pegando o carro diretamente com a locadora e seguimos direto para as Serras Gaúchas. Primeira parada foi em Caxias do Sul, onde ficamos num hotel bem estilo colonial o Hotel Bela Vista Parque, situado no bairro ANA RECH . Ao locar um veículo, se preocupe em alugar um que tenha ar condicionado, e coloque na calefação, pois dirigir no frio não é nada bom. Visitamos uma vinícola em Caxias, chamada LA CAVE, interessante a história da vinícola e tem bons vinhos apesar de estar desativada, pois os vinhos são produzidos em FLORES DA CUNHA, mas o tratamento que eles dão inclusive a degustação de vinhos a torna bastante agradável. Nosso destino mesmo era ir para BENTO GONÇALVES, região dos vinhedos . Para quem não sabe, ficar hospedado em Bento Gonçalves é bem caro, de logo resolvi ficar em CAXIAS DO SUL, unindo o útil (o bolso) ao agradável (os vinhos). Mas para quem tem um bom poder aquisitivo e deseja mesmo ficar em BENTO GONÇALVES você encontrará bons Hoteis e bem caros também. Caxias fica a 30 Km de Bento Gonçalves, e com a ajuda de um GPS tudo se torna fácil. Em Bento Gonçalves, no VALE DOS VINHEDOS havia várias opções de vinícolas, a Miolo, Casa Valdugo, poderia citar várias vinícolas as quais eu não fui hehe! Eu pensei comigo mesmo, esses vinhos eu encontro em qualquer lugar do Brasil, preferi procurar algo mais escondido e encontrei a vinícola perfeita, CAVAS DO VALE. O dono de extrema simpatia, me contou praticamente a história toda da região, que de fato me encantou sem falar do vinho dele ser muito bom e não ser daqueles de venda em grande escala, o que o torna um vinho saboroso e cuidado com muito zelo. O vinho LUCINDO maravilhoso, o PROVADO também de sabor inigualável, enfim, acho que para quem já visitou grandes vinícolas como eu e minha esposa, não poderia deixar de lado as menores e em contante crescimento. Depois seguimos a CAVE DE PEDRA onde você se degustará champagnes de extremo paladar, melhores até que muitos espumante Franceses. Tem a degustação da champagne Extrabrut, muito boa sem falar que você saberá toda a historia sobre CHAMPAGNE. Não esquecer que no caminho a Bento Gonçalves, na pista local ,você verá um restaurante com muitos carros estacionados onde você poderá comer o famoso PRIMO QUANTO, um franguinho pequeno mas saboroso e acompanhado uma salada e um bom suco de uva, não participei do rodízio de buffet. Bem, depois de tanta degustação de vinhos, seguimos a noite para GARIBALDI, procuramos saber onde tinha algum restaurante bom no local, a CHURRASCARIA E GRELHADOS ANGELUS. O nome pode até soar estranho, achei a comida muito boa e bem típica da região (sem falar do preço excelente) para a quantidade que vem!! Chegamos até a visitar um Bistrô que nos aconselharam, achei além de muito caro, aquele tipo de lugar em que você come uma azeitona e paga rio de horrores. A região de Bento Gonçalves, por ser muito turística, não vai faltar os famosos Pega trista besta. No outro dia, seguimos para NOVA PETRÓPOLIS, onde ficamos na pousada BINA'S HAUS. Gente, tenho que dizer eim, já havia comido a torta famosa de maçã Apfelstrudel em vários lugares, mas nessa pousada tenho que admitir PERFECTO. Eu digo isso, porque todos os Hoteis e pousadas que eu me hospedo, o fato de pesquisar bastante acaba me recompensando. Conhecida como o lugar ideal para comprar malhas , NOVA PETRÓPOLIS pode ser considerada uma cidade bem atraente em todos aspectos e tem bons lugares para se comer. Não deixe de visitar o PARQUE ALDEIA DOS IMIGRANTES e tirar belíssimas fotos . Comprar casacos de Lã, camisas de lã acrílica para o frio , roupas térmicas (evite as chinesas), digo isso porque lá eles produzem de tudo para frio e não há necessidade de comprar nada MADE IN CHINA, embora eles vendam (é mais barato, mais não é de boa qualidade). Eu reparei que quando as malhas não Nova petrópolis, vem de Caxias do Sul, mas lá está o polo de malhas desde camisas de Lã acrílica, Lã batida, roupas íntimas, as lojas ficam paralelas a avenida principal, tem que procurar bem, para não comprar produtos de segunda qualidade, o famoso chinesão . Compramos roupas térmicas (camisas e calças ) tanto para mim como para minha esposa da marca UPMAN e tem muitas cuecas , tudo de material bom mesmo e o melhor ainda divide no cartão de crédito. Para quem vai para lugares onde neva bastante, elas servem como isolante térmico e são tão boas que muitas quanto as importadas e claro bem menos onerosas. Após passarmos dois dias em Nova Petrópolis, seguimos a GRAMADO E CANELA. Apõs ficarmos dois dias em Nova Petrópolis, seguimos para Gramado e Canela, onde ficaríamos mais 4 dias hospedados no Hotel ACONCHEGO DA SERRA e havia comprado vários vouchers no site do restaurantegramado com várias opções de iguarias que você só encontra em Gramado. Tinha o buffet típico alemão, fondeu, etc... sem falar tem outras opções para quem tem criança no Parque Tomasini. Como eu havia conhecido mais museus da primeira vez, desta vez dei preferencia a conhecer os parques, cuja beleza encanta qualquer um. Ne primeira vez que nós ficamos em Gramado, ficamos hospedos no Hotel Glamour da Serra, para quem está sem carro é uma ótima opção. Neste agora que ficamos hospedados fica na divisa entre CANELA E GRAMADO e justamente na serra mesmo sem falar que ele tem uma varanda que você pode tomar um vinho e ver a paisagem (a lua ) e tudo se torna mais romântico. Nessa época, em junho, faz um frio danado, é saindo do carro para os restaurantes(a noite) e do restaurante para o carro (nem todos os dias). Época também que os gaúchos e gaúchas tiram o casaco com cheiro de naftalina do guarda roupa e vão desfilar pelas redondezas. Não pense que irá encontrar muitos turistas, pois a maioria são de Rio Grande do Sul , e os restaurantes tem que estar com reserva e tudo mais, não vale a pena arriscar. Tem um site que eu recomendo, o site restaurantegramado . Nele você encontra pacotes de todos os gostos, você faz o seu roteiro. Você compra os pacotes e faz a reserva para o dia e horário tudo certinho. Adorei todos, inclusive o Parque Tomasini onde você faz um passeio a cavalo pelo parque e para quem nunca subiu num cavalo, eles são dóceis e você tem uma experiencia muito boa em andar a cavalo num ambiente bem tranquilo, arborizado e deixe para ir em um dia de sol que não esteja chovendo. Gosto muito do Fondue do La Familia de Gazon (ja fui duas vezes) e com certeza irei mais vezes!! Nos posts anteriores falei sobre os museus, etc etc, neste vou falar dos PARQUES. São todos perfeitos, nenhum paga mico, pelo menos os que eu fui estão de Parabéns, inclusive o PARQUE DA FERRADURA, ECOSPERRY, PARQUE TOMASINI, PARQUE DA LAGOA JOAQUINA BIER Há alguns anos atras, li uns comentários dizendo que os chocolates da Florybal tinham gosto de parafina, pura mentira, deslealdade da concorrência somente. Sou chocólatra e de bom gosto, ja devorei chocolates desde os Argentinos(Bariloche) aos Franceses e Suíços e vos digo, são bons sim. Sem falar que quem tem criança não deve perder de ir ao Parque Florybal, vou levar um dia quando tiver os meus, com certeza lá estarei!! Vocês deve estar vendo que a viagem foi em 2013, mas devido a copa, infelizmente os Hotéis estavam custando horrores e se tornou inviável ir, mas a vontade bateu inclusive em saber que existe agora um snowparque, neve artificial em Gramado ja pensou? Passear pelo Parque joaquina Bier e o parque do Lago negro são opções Free. Enfim, Gostei muito de passear pelas Serras Gaúchas e embora haja pedágio na maioria, sem bem cuidadas e seguras. Quem se aventurar em ir mais adiante, siga em frente. Existe a rota romântica, mas essa eu acho melhor ir na primavera para ver as flores e se for em Dezembro prepare-se para o calor, apesar de ter um cenário bem bonito e caro, você não vai ter o prazer de tomar o vinho naquele friozinho regado claro de uma boa calefação. Bem, demorou mas aqui está o post, para todos Boa viagem e aproveitem para comprar bem muitos vinhos para tomar em Gramado e Canela, pois os melhores estão bem aqui, na nossa terra!
  8. ALPES FRANCESES - Lugar exótico e ótimo para quem quer passar sua Lua de Mel . Como chegar: Você pega um avião de São Paulo pela companhia Air France, KLM ou AIR SWISS. DESEMBARQUE: o lugar mais próximo ao alpes franceses é GENEBRA -LOCALIZADA NA SUÍÇA. Você desce no aeroporto de Cointrim-Suíça e escolhe o seu trajeto. O meu foi o de ir visitar CHAMONIX - depois LYON, COURCHEVEL 1850 E POR ULTIMO ZERMATT (SUÍÇA). Neste post vou falar da viagem aos ALPES FRANCESES. CHAMONIX - o lugar é um charme e não pense que só é para os amantes de alpinismo e esqui. Há muita beleza natural a se vistar e lindas paisagens do mundo gelado. Eu e minha esposa decidimos de ir em Março, na baixa estação época em que não está tão frio como costuma ser em janeiro e fevereiro. Descemos em Genebra(Geneve) e na parte francesa(fiz uma locação de um veículo pela SIXT) locadora de veículos . O aeroporto de Genebra, ele esta dividido em Partes, uma parte francesa e uma parte Suíça. Saindo do aeroporto, seguimos direto para um hotel que havia reservado pela hoteis.com no em um local chamado LES HOUCHES. para quem não sabe, LES HOUCHES fica bem próximo a Chamonix (10 minutos) de carro, ou seja, ao invés de locar um Hotel em Chamonix preferi ficar em LES HOUCHES, por ser mais barato. La você encontra desde praticantes de esportes radicais e aqueles que tem bom gosto em apreciar um bom bistrô nos Alpes Franceses, tomar água dos alpes, Chamonix é o paraíso ! CHAMONIX LES HOUCHES fica a 1:30 de GENEBRA DE CARRO, tem 2 pedágios, em torno de uns 80 reais o total , aceita-se cartão de crédito nos mais caros e sem falar da pista ser de primeiro mundo. Exige-se que o carro seja locado com as devidas correntes para neve, mas dificilmente você irá usá-las, mas como é lei, não é bom estragar o passeio . Ficamos hospedados em LES HOUCHES POR 4 dias, o primeiro foi somente para chegar e a noite seguimos rumo a Chamonix e comemos uma boa carne com um bom chocolate quente. Preferi não ir a bistrô e a um especie de pub a la FRENCH ALPS. Locamos um veículo a diesel, uma BMW e quer acredite ou não, a um preço que no Brasil jamais conseguiríamos, 140 REAIS o dia. Se você for depender de transfer, se lembre que com um carro você se desloca para tudo que é canto, faz compras no carrefour, e compra meio mundo de chocolates que só vendem lá mesmo. Tomamos café da manha só no primeiro dia, ja ciente que ia ser algo bem simples e caro. Optamos por comprar após os passeios todas as guloseimas, presunto, queijos, champagne (nao combina com frio eim) e claro o velho e bom crossaint e o pão francês. Aconselho a comprar pelo menos um vinho bordeux, além de ser saboroso, combina muito com os queijos que você irá consumir no hotel. Neste hotel em que ficamos cobravam para utilizar os utensilios (talheres, pratos, microondas e quer acredite o freezer). Achei um absurdo, mas eles são assim, reduzem o valor do hotel e cobram tudo a parte, inclusive o café da manha. O que fiz, usei a varanda do hotel de freezer, compramos alguns talheres descartaveis e tudo resolvido. No segundo dia, seguimos para CHAMONIX e chegamos no ponto turistico. Lá tínhamos a opção de comprar o MONT BLANC ILIMITADO que que a parti de 3 dias, dava também direito a ir ao acesso a COURMAYER. Bem, para quem não sabe, Courmayeur é uma estação de ski italiana, embora fosse bonita, não me aventurei a ir, pois não estava nos nossos planos visitar os alpes italianos e além de tudo tinha o pedágio a pagar que não era nada barato. Comprei 3 dias de MONT BLANC ILIMITADO, que além de COURMAYER como havia dito antes, também dava direito a esquiar por toda região do MONT BLANC (monte branco), ou seja, por LES HOUCHES, BREVENT, FLEGERE, ETC... E LÓGICO UM DOS LUGARES MAIS EXÓTICOS DO PLANETA : ALGUILE DU MIDI e O FAMOSO MER DE GLACE. ALGUILI DU MIDI Visitamos pela manha o ALGUILE DU MIDI (agulha do meio), você sobe em um teleférico enorme fechado e bem seguro e chega a mais de 3200 metros e aprecia a paisagem dos ALPES FRANCESES INCLUSIVE O MONT BLANC e vê ainda os a galera FREE RIDER descendo pelas geleiras com intuito a esquiar pelo Mont Blanc. A tarde fomos esquiar em CHAMONIX. Eu sei que esquiar não deve ser coisa nada fácil para inclusive nós Brasileiros, os franceses já nascem com esqui no pé! Mas existe uma pista gratuita em CHAMONIX de nível fácil, embora o lugar ideal para começar quem nunca colocou os pés em um esqui seja COURCHEVEL, mas se já esquiou alguma vez na vida e gostou e quer continuar, não há lugar mais seguro no mundo que CHAMONIX e COURCHEVEL. MER DE GLACE A FRANÇA se preocupa muito com segurança, os franceses são muito parecidos com os Brasileiros, são bem descontraídos, embora seja outra cultura. No segundo dia, optamos por visitar o MER DE GLACE, nós pegamos o TREM DE MOTEVENERS, chegando lá pega-se um teleférico e por fim estamos a ver O MER DE GLACE e outras maravilhas feitas pela mão do homem. O passeio foi mais uma das mais espetaculares belezas que eu já via até hoje, com direito a fotos de deixar qualquer um com inveja. O ideal é que você tenha todo o suporte para poder se aventurar no mundo do gelo. Quando digo suporte, me refiro a botas para neve, gorro, cachecol, luvas de esqui (as melhores são as que os dedos ficam juntos), e assim sequencialmente: camisa de manga comprida social em algodão ou a camisa térmica, camisa de lã ou Flace, e por último ou bom casaco de frio de preferencia impermeável e respirável e uma calça para esquiar também de preferencia impermeável, pois se você for do tipo que cai de vez em quando, com certeza a calça irá ficar molhada no final da tarde. Esquiar não é fácil, mas se você tive boas aulas e for persistente com certeza irá desenvolver a técnica de esquiar . Para se obter melhor desempenho no esqui, após as primeiras aulas, se quiser começar a esquiar em paralelo o ideal é locar um esqui intermediário, que vai facilitar bem muito as manobras. Se lembre em evitar altas velocidade, pois por ser um esqui mais veloz, você sentirá uma diferença muito grande em termos de velocidade. Mas retornando ao assunto, caso vc não seja esquiador como eu e minha esposa, CHAMONIX não é só para os amantes do esqui. Caso seu objetivo seja somente apreciar a Natureza e uma boa comida temos diversos bistros, cada um mais lindo que o outro. Só tem um detalhe, chegar bem cedo para poder encontrar uma vaga nos restaurante, pois nos finais de semana lotam mesmo. Portanto chegue cedo pois os melhores restaurantes ficam lotados e você acaba tendo que ir para um que não é grande coisa e pagando caro. Se estiver disposto a comprar um lindo casaco, aproveite para ir na ROSSIGNOL, é um pouco cara, mas vale muito a pena se você estiver podendo comprar alguns itens de frio. No terceiro dia, só esquiamos mesmo, e foi formidável , não há lugar melhor no mundo que esquiar na França. LYON-FRANÇA No quarto dia seguimos rumo a LYON, cidade além de ser linda, ao meu ver é uma autêntica cidade francesa, pois ainda mantem a sua arquitetura bem antiga e a igreja Notedrame de Lyon é de extrema beleza que só você indo conferir para entender . Comprei um óculos empório armani para mim e um dolce cabana para minha esposa a um bom preço, mas isso foi no centro de Lyon, e aconselho a quem está de carro procurar comer sempre nos centros comerciais, por ter um ótimo preço . Mas as compras mesmo são no centro, os preço são melhores e não se espante se ver muitos árabes pela rua, lá tem muito muçulmano, alias toda França tem. Ficamos em um hotel a 10 km do centro, e de donos provavelmente árabes. VISTA DA CIDADE DE LYON DA IGREJA NOTREDAME LYON -CENTRO Após três dias em Lyon, seguimos para COURCHEVEL 1850. Para quem nunca ouviu falar, Courchevel é o melhor lugar para quem quer esquiar no mundo, lá existem inúmeras pistas de esqui, centenas de canhões para fabricação de neve e um dos melhores crepes em todas rua e ate mesmo dentro da estação. Bem, existem 3 na verdade, COURCHEVEL 1650, COURCHEVEL 1750 E COURCHEVEL 1850 CUJA QUAL É A MAIS CHIQUE E MAIS VOLTEDA PARA ESQUIAR. Ficamos mais uma vez, prÓximo a COURCHEVEL pois além de ser uma das melhores do mundo, os hoteis situados na mesma são bem caros. O Nome da cidade que ficamos foi BRIDES LES BAINS - ficava a 30 Km de COURCHEVEL, mas a pista é boa e dá pra chegar sem extresse algum. COURCHEVEL Chegamos em BRIDES LE BAINS por volta da 20:00 hs e como eu havia reservado um apart hotel, quando chegamos ficamos sem entender onde encontrar as chaves. Bem, como nao havia acessado meu e-mail, eles avisaram que as chaves estaria no escritorio e tudo mais. Mas como Deus é brasileiro, tudo deu certo, encontramos no restaurante alguem que ajudou e nos informou tudo detalhadamente, pois na França é comum vc ver pouquíssimos funcionários, pois serviço lá é caro. seguimos no outro dia para COURCHEVEL . Como eu disse antes, lá é o melhor lugar para quem quer aprender a esquiar, tem professores para todos os idiomas, é primeiro mundo mesmo. Eu ainda duvidei de um francês quando fui verificar as pressões do esqui, mas eles são superprofissionais, mas nao custa testar para ver se esta tudo em ordem pois esquiar não é nada barato. Quando eu digo que tem bons profissionais, se lembre que aulas particulares não são bem onerosas 130 EUROS = 130X3,40= 442 REAIS. BEM, minha mulher quis dar uma de Adriane Galisteu e conseguiu. Detalhe que ela ja sabia esquiar. Ta vendo como homem é bicho besta! Mas, esquiar lá não é caro não, é o preço normal. Optei por comprar o MINI PASS - que dava direito a esquiar na VERDUN (PISTA PARA INICIANTES) e outras demais que não lembro o nome mas são bem sinalizadas e muito bem protegidas. Alem de visitar MEGEVE , que também tem uma estação de esqui e passeios mirabolantes de carruagem com o cavalo levando, bem caro mesmo. Se você não esquia pode muito bem andar nessas carruagens e se sentir o príncipe de Mônaco. Bem, espero que tenha dado algo de informações, antes desconhecidas para Brasileiros e quem sabe até estrangeiros, pois esquiar não é para todos. Estive também em Meribel, onde Michael Schumacker se acidentou, e te digo de antemão, mesmo que você seja acostumado a esquiar e dominar a arte, se lembre daquele velho ditado: m... acontecem. foi o que aconteceu, ele saiu fora da pista, tropeçou nas pedras e se machucou feio. Espero que ele esteja se recuperando pois sou muito fã do Schumacker e fiquei muito feliz ao saber que ele saiu do coma, não tinha como o prêmio não ser da Alemanha, até o nosso herói levantou do coma de quase 6 meses justamente quando a Alemanha estava ganhando. PARA AQUELES QUE GOSTAM DE OUVIR UMA BOA MÚSICA, A RÁDIO MONT BLANC FM ON LINE, PARA QUEM QUEM DESEJA SE SENTIR NOS ALPES, NÃO TEM COISA MELHOR. BEM A TODOS APROVEITEM PARA FAZER ALGO DIFERENTE E CONHEÇAM OS ALPES FRANCESES. ATÉ A PRÓXIMA!
  9. SUÍÇA- GENEBRA (genevè), ZERMATT , SAAS FEE E SAAS ALMAGEL[/b]. Os nomes podem até soar estranho, mas são lugares inusitados e localizados nos Alpes Suíços e uma da Regiões mais nobres da Suíça. Em primeiro Lugar se você que ir para SUÍÇA NO INVERNO, aconselho a ir em março, pois além ser baixa estação, nessa época não faz tanto frio como em Janeiro e fevereiro (temperatura 0 e -15 graus celsius), ou seja muito frio mesmo. Já em Março temos entre variação (10 e -4 graus celsius) .Nossa viagem começa desembarcando no AEROPORTO COINTRIM DE Genebra-SUÍÇA (Genevè) em Francês . Viajamos pela KLM, normalmente essas empresas fazem conexão em AMSTERDAM no aeroporto da Holanda e você muda para uma pequena aeronave seguindo diretamente para Genebra- Suíça. São 12 a 13 horas de viagem de São Paulo a Amsterdam e 1:30 de AMSTERDAM A GENEBRA, portanto evite ficar sentado durante esse tempo, ande no avião, normalmente os holandeses ficam sentados do começo ao fim do vôo, nem pense em fazer o mesmo, minha esposa ficou com as pernas inchadas. Nós saímos de São Paulo, descemos na Holanda e seguimos direto para GeNEVE . O objetivo nosso era esquiar nos Alpes Franceses e nos Alpes Suíços e conhecer Lyon-França e um pouco de Genebra-Suíça. Para quem não sabe, próximo a Genebra (1:30 de carro) se chega em Chamonix-França. Mas nesse post vou comentar somente sobre a Suíça, especificamente região dos VALAIS. Para quem não sabe, Genevé (Genebra) Suíça faz fronteira com a França, até no aeroporto, quando você chega existe uma parte Francesa e uma Suíça, pense na confusão. Para usar os carrinhos de levar as bagagens tem que se pagar 1 franco suíço, moeda da Suíça para quem não sabe. Locamos um carro na SIXT (parte Suíça) pelo site da SIXT e não foi caro não, 140 reais a diária e se lembre que BMW lá é o fiat do Brasil. Deixe um cartão liberado só para o seguro que não fica em torno de 1000 Euros (na França a moeda é Euro), Fica bloqueado esse valor mas depois que você entrega o carro, eles estornam o valor nem se preocupe. Leve um GPS com os mapas instalados da França e Suíça pois são de extrema importância para se rodar por aquela região. O meu GPS tem o programa do IGO primo, muito fácil de colocar os mapas e para rodar pela Suíça pode sim chegar de carro nas cidades, muitas pessoas acham que só roda de trem, mas chega-se sim de automóvel em vários lugares e se o seu objetivo é somente visitar as cidades da Suíça, tem VEVEI onde fica a fábrica da NESTLE , tem-se outras cidades como . Paga-se pedágio para andar pelas pistas, mas trem também não é barato e o bom de se viajar de carro é você poder parar nos lugares, bater fotos, comprar coisas pelo percurso etc. DE GENEBRA A ZERMAT, SÃO 4:30 um percurso por pistas muito boas e chegando em Zermatt ver a famosa montanha MATERHORN(do chocolate toblerone), e nos supermercados você se deparará com um TOBLERONE GIGANTE, se e se você for praticante de ski, poderá esquiar em uma das melhores estações de ski da Suíça. Hoteis em Zermat não são nada baratos, por isso optamos por ficar próximo a ela, em SAAS ALMAGEL. Você poderá encontrar hoteis pelo site da Booking ou da hoteis.com. O lugar era lindo, uma paisagem de tirar o fôlego mesmo, e próximo a ela temos SAAS FEE (uma estação de ski suíça). Em SAAS FEE tem trenó noturno, é coisa de tirar o fôlego mesmo, você descer de trenó anoitecendo pelas montanhas. Achei que esquiar em SAAS FEE não é para iniciantes, portanto não aconselho a ninguém esquiar ao menos que seja bom no assunto, As pistas são muito inclinadas e não há tanta preocupação com a segurança quanto nos Alpes Franceses, pelo menos foi o que eu notei. Não esqueça de botas de neve , um casaco de preferencia impermeável (pode ser com tecnologia goretex ou similar, “respirável ou seja que deixe seu corpo transpirar) , luvas , cachecol, gorro, uma camisa de tecido algodão ou térmica e uma de lã por cima e por último o casaco , rossignol ,salomon, colombia , marmot (marcas bem conhecidas e com tecnologia apropriadas para frio). Comprar casaco na Suíça não é uma boa opção, muito caro mesmo você comprar roupa na Suíça. Se um dia for na Argentina no inverno, temos na avenida Santa fé (BUENOS AIRES) tem uma loja da Salomon, os preços são acessíveis, mais em conta do que da marca Colombia e na Timberland(shopping palermo) também se encontra botas para neve bem mais em conta do que em Estações de Ski. Retornando a SUÍÇA , Em SAAS FEE também temos trenós motorizados para crianças e adultos e a bóia que você desce de uma rampa na neve. Se quer voltar a ser criança, não deixe de ir a SAAS FEE. Se o seu objetivo é esquiar nos alpes Suíços, prepare o bolso. Se for querer andar com cães movidos a trenó peça para a atendente do hotel ligar para VERBIER –estação de ski suíça ou qualquer outra nas proximidade e agendar o passeio e também preparar o bolso pois é bem carinho . Infelizmente não andamos de trenó pois tem que agendar, o suíço é rico e normalmente não está nem aí , não é a toa que a maioria que trabalha no serviço pesado são os portugueses. Retornando a nossa viagem, chegamos em SAAS ALMAGEL no hotel que eu havia reservado, pegamos o carro e seguimos direto passear em SAAS FEE (dizem que é a pérola dos alpes Suíços . E pode ter certeza que é e desfrutamos de um delicioso fondue de queijo . Você deixa o carro no estacionamento, e vai andando pela cidade que é bem pequena e dá para fazer tudo a pé. Não deixe de ir com roupas próprias para neve, pois você vai pisar a toda hora na neve mesmo. Para se chegar em ZERMAT, você deixa o carro estacionado na estação Gornegrath e dentro do estacionamento você pega um trem rumo a Zermat. Paga-se tudo, menos o ar que se respira, mas vale muito a pena. Deixe para ir bem cedo, no máximo umas 8 da manha, pois além de ser caro para chegar em Zermat, cada minuto ali é precioso. A cidade é linda mesmo, e não circula carros por lá, só carros elétricos e os mesmo são os que os deixaram na ESTAÇÃO rumo ao paraíso glacial. Não perca tempo, pegue o transporte elétrico e siga direto a estação. Se for esquiar, se lembre que as nomenclaturas são bem diferentes das usuais, Suíço quer ser diferente em tudo mesmo. Eles não são tão bilingues como dizem por aí, mas entendem um pouco do inglês. Você irá encontrar portugueses em muitos lugares na Estação. A lingua é o dutsch (alemaõ) e o chopp alemão é muito bom, e alguns vinhos que não sejam da região(alemão sabe fazer de melhor linguiça e chopp ao meu ver). O cartão de crédito é aceito em lá em cima, não esqueça de liberá-lo para viagens internacionais. Mas não esqueça de comprar uns Franco Suíços, talvez você necessite, nunca se sabe. O importante também é alugar o carro com correntes para neve, pois é obrigatório levá-las consigo no automóvel nessa época(março) embora tenho total certeza que não vai precisar pois as pistas são muito boas e bem cuidadas, em Março não neva com tanta intensidade como em janeiro e fevereiro. Outra coisa, quando se reserva o hotel, eles te dão um cartão, não o perca, vai precisar na hora de pagar o estacionamento em SAAS FEE , é como se fosse um documento de identificação (suíça tem certo controle), e não esqueça de quando viajar levar tudo impresso de hoteis em que vai ficar hospedado, um suíço me perguntou se eu sabia falar ingles, disse mais ou menos em inglês e se lembre do seguro SCHENGE, para viajar para Europa deve-se ter o Seguro e o passaporte em dia, se estiver faltando 6 meses para vencer, pode tratar de tirar outro passaporte , mudou a regra e poucos sabem disso, e lá na Suíça muita coisa é na base do cartão de crédito, pagamento em cartão ou dinheiro. Até para abastecer o veículo, você coloca o cartão de crédito, e a maquina devolve, você abastece e e depois sai o recibo. Tudo é fácil, basta só ter calma e tem pistas que você vai voar, mas tenha cuidado com os foto sensor de velocidade. Tem lugares que você só pode rodar a 40, 60, 80 km/h. Quando devolver o carro, procure ver se a pessoa é realmente da locadora de veículos, e se for se hospedar em GENEBRA a parte francesa é muito mais em conta que a Suiça. Fique hospedado próximo ao aeroporto, pois depois de entregar o veículo, prepare o bolso para pagar o taxi caso fique muito longe. Genebra é uma cidade onde todos os conflitos são resolvidos por lá, os grandes chefes de Estado se hospedam nos Hoteis em Genebra, motivo pelo qual, os hotéis serem tão caros na Suíça ( o mais barato fica em torno de 600,00 reais) e na parte francesa você encontra alguns e a um preço mais razoável 200 reais .Acho difícil algum depoimento sobre esse lugar pouco conhecido pelos brasileiros mas ao meu ver, um paraíso de montanhas e glaciares , sem falar do chocolate suíço, fondue de queijo, fondue de chocolate, da raclete , canivete suíço, relógios suíços (em Genebra temos várias marcas, Festina, etc, existem alguns relógios TISSOT que saem pela metade do preço, mas é raro, nada na Suíça é barato e evite ir na Swiss.com , lá é muito caro e procure sempre falar com os Portugueses, lá tem um monte trabalhando e eles são bem legais, ajudam bastante em dar dicas de compras, tem uma loja chamada INTERDISCONT em Genevè, tem preço razoáveis. E quando estiver andando por Genebra, preste muito atenção nos trens, eles passam na rua e são bem silenciosos, tem que se ter cuidado mesmo para não ser atropelado por um. Espero que minha experiencia de viagem seja de útil pois o lugar repito é inusitado e são poucos que se aventuram nessa jornada. Procure ver sites sobre a Suíça e saber mais pois informação nunca é demais. Boa sorte!!
  10. Olá Casal Mochileiros Snowboarderes. Adorei o comentário de vocês, eu e minha esposa estamos pretendendo ir em 12 de março de 2014 a 25 de março de 2014. Gostaria de saber se eu encontro neve suficiente para esquiar (nós esquiamos de ski), e como pretendo visitar também a materhorn (na suíça), au midi aguile(frança) e Zermatt (Suíça). Não sei bem como vai ser meu roteiro, mas quero aproveitar ao máximo meus dias nesses alpes que ao meu ver, são os mais lindos do mundo e em Chamonix quem bem sabe, foi um pioneiro neste esporte que a cada dia os brasileiros se aventuram mais e mais. Estamos pensando em locar um veículo, mas já ouvi dizer que os pedágios são altíssimos e não penso em gastar muito a não ser esquiando e fazendo bem parecido quanto vocês, dou o maior valor ao que você fizeram, pois dinheiro não está caindo do céu que nem neve né? E outra, quem bem sabe, esquiador seja de snowboard ou ski, não perde tempo almoçando em restaurante, pois a neve além de ser cara, o tempo passa muito rápido, que vc nem sente, né verdade? Minha gente, obrigado pelas dicas e se puderem me dizer em euros e os lugares que valem a pena visitar, será de grande utilidade para eu e minha esposa, pois nossa lua de mel será nada mais nada menos que esquiando nos alpes suíços e se possível os franceses tb. Aguardo notícias .
  11. Hum.. Cerro catedral... Estive lá em agosto de 2012, infelizmente não registrei nenhuma foto, pois havia sido furtado no ônibus (levaram minha maquina canon), mas ainda consegui filmar alguma coisa. Eu acho muito bonito o visual de Cerro Catedral, porém as pistas na minha opnião são mais para esquiadores experientes, mas foi uma experiência ótima, embora não tenha feito nada a não ser levar muitos tombos e filmar minha mulher tendo aulas, pois aquele Almancay é um inferno, muita gente e o lugar é muito pequeno e como minha esposa estava com o pé machucado devido a bota estar muito apertada, acabamos por ter que ficar ali mesmo. O lugar mesmo para subir é em La ochita, pelo menos para iniciantes. Você é de nacionalidade Brasileira meu caro Príncipe? Aquele abraço e obrigado pelas dicas sobre a roupa a ser usada, sempre aprendemos coisas novas e é importante se manter atualizado.
  12. Olá Amigo príncipe! Eu ainda não havia terminado o post, mas de qualquer forma vc tem uma certa razão. Aulas são sempre bem vindas, com certeza. Mas, o aprendizado mesmo vem com a prática mesmo e vídeos são bons para se ter noção do que lhe espera pela frente. Quanto a segunda pele, suar é normal e quando se está esquiando com sol na cabeça acho que tudo é questão de você virar cebola. Sentiu calor, vai tirando e amarrando na cintura, sentiu frio coloca tudo de volta O tempo é muito instável, pode ta fazendo sol e com o passar do dia, o sol ir embora e o fato de você ficar indo e vindo no carro buscar roupa para se aquecer perde bastante tempo e tempo é precioso em uma estação de ski, concorda? Estou indo esquiar em Chamonix, Zermatt e se possível Courchevel ano que vem.
  13. CHILE - SANTIAGO - TEMPORADA DE SKI ALTA E MEDIA TEMPORADA Boa tarde meus caros colegas mochileiros! Santiago para quem bem pouco conhece, é uma cidade com uma infra-estrutura imensa, não pense que você vai chegar lá e vai desenrolar em andar de carro pela cidade, pois eu digo por experiência própria que não é fácil. Bem, vou descrever como foi minha viagem a vocês e espero que sirva de algo para quem pretende esquiar ou se aventurar neste esporte. Eu e minha esposa víamos de Buenos Aires, após ter passado 6 dias passeando e fazendo comprar (é o lugar ideal para quem pretende comprar roupas de ski, anteparras (óculos de ski), capacete, etc... verificar os meus comentários da viagem em Buenos Aires ). Chegamos em Santiago no dia 27/08/2013 - primeiro dia - nos dirigimos à Providência, no entanto nos perdemos e acabamos por decidir a comprar um GPS, pois a cidade tem pistas imensas, vários túneis, embora serem muito bem conservadas devido ao pedágio, o trânsito muda finais de semana e a pessoa acaba se perdendo no meio do trânsito altamente congestionado. Em suma, o com o uso do GPS você encontrará tudo bem mais fácil sem necessidade de ficar rodando pela cidade gastando combustível. Outro detalhe importante, é você antes de viajar, tirar no detran um carteira chamada de PERMISSÃO INTERNACIONAL PARA DIRIGIR ,(você pode solicitar on line no site do detran, escolher o local de entrega e o prazo médio que eles dão fica em torno de 2 dias. Passamos cinco dias esquiando, três dias em El COLORADO 28, 29 e 30 de agosto/2013 e dois dias em VALLE NEVADO 31/08 e 02/09 de 2013. Os três dias foram de sol intenso na estação de ski EL COLORADO. Na subida, você encontrará pessoas alugando as cadenas (correntes) de uso obrigatório . Depois mais na frente você se encontrará um posto policial, normalmente eles abordam os carros com intuuito de perguntar sobre as correntes(cadenas em espanhol), no entanto como não neva, disse para eles que não tinha nieve Como não estava nevando, ainda disse que não tinha nieve, sendo assim liberaram tranquilamente. Para quem vai para regiões mais distante, como PORTILHO aconselho tentar comprar ou alugar (verificar qual é mais viável, dependendo dos dias que você vai para o ski resort, com certeza o melhor é você ir de tranfer, sem sombra de dúvida, principalmente se você não está preparado fisicamente total (um dia de ski deixa a pessoa muito cansada). Segundo dia de muito sol, nós estávamos em cima da neve esquiando e o sol tinindo pra valer, muito calor, tinha gente esquiando de calça jeans e camisa comum coisa que eu nunca havia visto antes (não vá fazer o mesmo, pois ao cair na neve você quando você se levanta a neve derrete de imediato e você pode sentir frio depois todo molhado) . Terceiro dia - ao meu ver foi o que teve melhor rendimento, pois já estávamos mais aptos a fazer manobras melhores que no segundo, no primeiro dia mesmo foi mais fotos do que esquiar. No quarto dia, seguimos rumo a VALLE NEVADO, você segue como quem vai para EL COLORADO, chegando já a uns 2700 metros, por aí, você ja vê uma placa indicando VALLE NEVADO, pena que não deu para bater umas fotos, além de você perder tempo na sessão, já estávamos em cima da hora e não se dá para subir e descer a cordilheira correndo, tem que ir devagar em determinadas curvas, que são muito íngremes, mas o fato de não ter neve no caminho facilita bastante muito a subida e descida. Acredito que se eu fosse em junho ou julho, iria de excursão, não teria coragem de subir aquilo ali com neve. Bem, chegando em VALLE NEVADO você vê atendentes simpáticos, superprofissionais, diferente de EL COLORADO que tratam muito bem os brasileiros, (o tratamento em Valle Nevado é nota mil), mas isso pouco me importava, o que eu queria mesmo era esquiar. Mas não me arrependo, colocaria tudo de novo, porém VALLE NEVADO primeiro lugar e em segundo EL COLORADO. Aconselho a chegar cedo em ambas estações, pois estacionamento é o problema, você encontra mas distante lugar para estacionar o carro e cansa bastante você andar no sol quente com botas de neve. Quando for andar, não esqueça de folgar a bota, para não machucar sua perna. Se for esquiar, aperte tudinho de novo, também não esquecer. Tudo no ski requer calma, principalmente para o inciante que não está acostumado. Apreenda essencialmente a frear. Santiago parece muito com uma Grande São Paulo em termos de trânsito, embora a cidade ser calma e as pessoas serem muito educadas, e muito na delas, mas quando o assunto se trata em dar informação, não tenho o que reclamar. A moeda é o CLP - peso chileno, se vc quer ter ideia quanto custa algo, divida por 500 e multiplique pelo dólar. Exemplo: 10.000 (dez mil pesos) = 20 dólares x 2,45 (cotação do dólar em reais no mês de agosto de 2013) teremos em reais 49 reais. Bem, é isso aí, se você tiver uma conta no Santander, será de grande utilidade, pois diferentemente da Argentina, em Santiago você não lucra muito nas compras, apesar da baixa tributação. De logo, lhe afirmo que se for tirar 100.000(cem mil pesos no caixa), será cobrada uma taxa de 3.000= = fica em torno de 12 reais. Bem, em suma, se tiver dinheiro em Conta corrente, acho a melhor opção do que usar o cartão de crédito, pois além de você pagar IOF, ainda paga em dólar, o que não é nada bom. Aconselho muito a ir com o GPS ATUALIZADO COM O MAPA DO CHILE, ou senão, vá no (só vende neste) PARQUE ARAUCO, nas tiendas(lojas) FALABELLA, lá você encontrará um GPS, compre um lacrado e peça para colocar para funcionar, pois dei o azar de comprar um com defeito e passei 3 dia que nem louco rodando a cidade, pois o trânsito é uma loucura, mas com GPS, tudo se torna fácil e tranquilo, com certeza. Se estiver nevando, aconselho a procurar comprar uma cadena(corrente), pois além de ser obrigatório, você vai ter sérios problemas ao subir e descer as Cordilheiras dos Andes. Subimos cinco vezes a Cordilheira, estava muito sol nos 4 dias, tive sorte pois o aluguel custa 10.000 pesos = 56 reais por dia, imagina! No Quinto dia começou a nevar em Valle Nevado quando já estava em cima da montanha, só que perguntei antes as pessoas do Valle Nevado se havia necessidade de colocar as cadenas(correntes) nos pneus, eles disseram que não. Conclui que é importante ter essa danada na mala do carro, senão vc pode perder o dia mesmo. Conheci um paulista que ele disse que estava sem as cadenas, disse que passou uns mau bocados e deixou de subir por que não achou para alugar, dose né? Outra dica, deixe para tirar dinheiro no caixa rápido do SANTANDER, apesar de não ser da índole dos chilenos passar nota falsa, nunca se sabe concorda? Chegando no hotel, depois de rodar mais de 6 horas (contando o fato de ir atras do maldito GPS), além de só ter pra vender neste PARQUE ARAUCO que é lindo, mas com o extress, fica dificil de admirar a paisagem. O bom lado da coisa, é que o site da decolar vende os passes de ski já com equipamentos inclusos, para se ter idéia, esquiar não é esporte barato eim. Normalmente uma pessoa gasta em média 250 reais por dia para esquiar, sem contar comida, bebida, roupas de ski, etc. Se quer realmente se aventurar como eu, a prática do ski, prepare o bolso. Como estive antes em Bariloche, por lá ja havia comprado calça, casaco (saco), luvas, anteparras de marca varia de 40.000 a 80.000 pesos= (óculos de ski ou googles), gorro = 30 pesos na argentina, cachecol (bufanda em espanhol) = 70 pesos argentinos = 20 reais . Se lembre sempre de perguntar em Espanhol, ninguém sabe nem que diabos é googles, é um absurdo, mas é a pura verdade. ROUPAS PARA ESQUIAR - Primeiro que você vira uma cebola, ou seja, em caso de calor, você vai descascando. Primeiro uma camisa de manga comprida em algodão ( ou roupa térmica - , e uma calça comprida em algodão ou calça termica). Depois uma camisa de manda comprida em lã acrílica e por último casaco de ski e calça de ski. Existem calças e casacos para todos os bolsos, eu particularmente acho o ideal um de boa qualidade e tecnológico. Os da marca COLOMBIA são de ótimas para para prática, e existe 2 modelos ( um mais caro com tecnologia omini tech e outras sem ser tão caras, mas que são também são ótimos para esquiar.Aconselho a comprar um casaco folgado, pois nele mesmo você vai carregar diversas coisas dentro dele(água, chocolate, etc). Bem, o ideal é que você entre no site e veja os modelos, procure um impermeável e respirável, pois quando você pratica esqui você transpira muito. Tem uns mais modernos com um forro prateado ou dourado, esse é o melhor porém o mais caro, vai depender do seu bolso. As calças da COLOMBIA são ótimas, mas existem outras marcas como a SALOMON (tem ótimas anteparras), A NORTH FACE (a mais cara) e A TIMBERLAND (especialista em botas para neve e outros esportes). Se você pretende andar direto na neve, tipo ficar em VALLE NEVADO, caso não vá esquiar, não deixe de procurar botas para neve, para seu pé não congelar. Os óculos de ski, existem os espelhados de cor laranja(naranja) na minha opnião os melhores, tem para vender na SALOMON . Quando estiver em uma estação de ski, nunca deixe de ficar de olho em seus pertences, um pequeno vacilo e já era, te roubam mesmo. Sempre que sair do quarto do hotel deixe a mala no cadeado, principalmente jóias e até bijuterias. Voltando ao assunto, existem dois tipos de óculos de ski, um para dias nublados e outro para dias de sol. Na caixa vem exemplificando com desenhos mostrando detalhadamente, e as meias o ideal é que sejam finas, vão tentar lhe empurrar meias grossas, não há necessidade que sejam de lã, mas nem muito fina nem muito grossa, ok. Em dias de frio, aconselho a amarrar um cachecol no pescoço e importante máscara para o rosto, seu nariz congela mesmo e quando o frio começa a bater é muito importante. Deixe para colocar o casaco de ski e a calça quando já estiver na estação de ski. Se você quiser também existem no mercado roupas térmicas, camisas e calças (essas você veste antes de colocar o casaco e a calça de ski), o bom é que elas aderem ao corpo e que sequem rápido. Evite as roupas térmicas de origem china, o material não é dos bons. No Brasil tem lojas que fabricam esse tipo de roupa, Up Man é uma delas. Caso contrário em lojas especializadas em esportes radicais. Caso um dia chegue a ir em Gramado, vá em NOVA PETRÓPOLIS lá vende casacos de Lã batida masculino e feminino a um preço excelente, e camisas de lã acrílico. Já as roupas de ski só vendem mesmo na ARGENTINA ou no CHILE . Se tiver tempo, pesquise preços, ande com uma calculadora no bolso de mão e veja se é viável para o seu bolso. Uma Casaco de Ski bom custa em média 400 a 500 reais e a calça em torno de 300 reais no máximo. Se for comprar no Brasil vai pagar o dobro, portanto aconselho a comprar por lá mesmo. Se for Passear em VINA DEL MAR, tem um shopping MARINAS ARAUCO que tem ótimos preço em roupas da COLOMBIA, melhor do que na própria Santiago, mas tudo vai depender de sorte também. Existe um shopping em SANTIAGO chamado MALL SPORTS, lá vende de tudo, os preços são bem salgados e você encontra equipamento para todo tipo de esporte, principalmente SKI. Mas como está em um local estratégico, você toda vez que vai para EL COLORADO OU VALLE NEVADO passa bem próximo a ele. Prepare-se no mínimo 2(dois) meses antes em academia com musculação e exercícios aeróbicos, vai precisar estar em forma. Assista na internet vídeos no youtube de ROBERT PUENTS, ele ensina muita coisa, e assista várias vezes e tente entender o que ele ta fazendo para colocar em prática as aulas. Faça aulas de ski, prepare o bolso. Individual custa em média 300 reais, e em grupo 200 reais. Evite olhar para baixo, e sempre que sentir que está indo rapido demais, comece a frear em cunha, abrindo um pouco as pernas em forma de V se for descendo para trás e se for para frente V invertido sempre colocando cruzando as pernas e forçando para diminuir a velocidade. Não vá dar uma de maluco e ir direto para as pistas de nível intermediário e avançado, você pode se machucar gravemente . Não tenha vergonha em ficar com as crianças tentando a aprender, se lembre que temos que começar do início mesmo, para depois não se acidentar e perder a coragem . Aprender a colocar os esqui nos pés e a tirar também é importante, pois em caso de você cair várias vezes, será necessário saber como tirar os ski presos as botas. Um fato muito relevante é o de verificar se a pressão está muito grande, colocaram pressão demais no meu ski e perdi o dia por causa disso. É de sua obrigação verificar se o ski está com a pressão suficiente para que você possa soltar em caso de queda. Infelizmente em EL COLORADO você não tem o mesmo tratamento que em VALLE NEVADO. O bom de EL COLORADO - as pistas são largas. Bem, se você comprou na DECOLAR, pode imprimir duas cópias, pois você vai precisar de uma para deixar onde pega os PASSES a outra onde você pega os bastões de ski. Não ligue se aparecer alguém gritando ou lhe xingando, tem muitas pessoas assim no mundo, somente as ignore. Se você nunca esquiou na sua vida, compre em VALLE NEVADO mesmo, e vá direto para a pista de INICIANTE. O tratamento é bem diferenciado e muito organizado. Em El Colorado tem pistas bem largas, algumas com uma inclinação já de intermediário, o que se faz ? Caso você tenha medo mesmo, tire os skis e desça devagar até a menos inclinada e coloque-os e continue. Aprenda a frear, isso é o principal e depois girar em cunha em forma de zigue-zague, existem professores e instrutores . Santiago é uma cidade repleta de comércio . Não estranhe, pois a maioria das lojas abrem de 10 da manhã e fecham de 9 da noite. Quando você chegar em Santiago, vai alterar logo a hora do relógio , com uma hora a menos, e só altere a hora quando estiver no BRASIL. Acesse o site de EL COLORADO e de VALLE NEVADO para saber mais detalhes sobre pistas, tem vídeos mostrando as pistas, tem descrição de tudo. Se lembre que esquiar é um esporte caro, deixe para comer bem quando for jantar. Leve 2 garrafas, uma de 500 e outra de 2 litros e deixe no carro, leve biscoito, barrinha de cereal, chocolate, ou o que preferir e mantenha sempre a calma e esqueça essa de aquecer, é pura bagatela, você já vai malhando logo na subida. Quando for andar com as botas de ski, não esqueça de deixa-las folgadas para poder andar sobre a neve . Só aperte quando for realmente esquiar e evite ao máximo olhar para baixo, ou seja, para os esquis sempre cruzando as pernas em V INVERTIDO. Sempre que for colocar os esquis em uma inclinação sempre coloque ele de uma forma que não deslize (normalmente perpendicular a descida, nunca paralelo) e quando for encaixar verifique que ele não está se movendo, caso fico firme e fixo, encaixe o outro pé e vá virando devagar um e o outro pé até e quando achar que está confiante, vá descendo devagar e evite bater os skis um contra o outro na hora de frear em cunha e se possível incline para dentro um pouco , você vai sentir o atrito que os ski andam mais devagar. Quando estiver em uma estação de ski, procure sempre falar com as pessoas que trabalham na Estação, e preste sempre atenção nas placas com o tipo de inclinação. Verde=iniciante, azul = intermediário, e vermelho= avançado. Nunca ultrapasse seu limite e evite esquiar sozinho, pois em caso de acidente você pode precisar de ajuda. Outro conselho, sempre evite adquirir velocidades grandes, pois se lembre que no hora de parar você pode se dar mal, se acidentando e uso do capacete é importante. Bem, boa sorte a todos e sempre que possível tenha aulas, aqui só são umas dicas de amigo. Nunca descarte o Professor, SKI MAN. Boa sorte a todos.
  14. VIAGEM A BUENOS AIRES - INVERNO -AGOSTO Galera se vocês forem no meio de junho a início de setembro, podem se preparar para a temporada de inverno na Argentina, pois lá o que você vai encontrar pessoas bem vestidas, a cidade é belíssima, limpa, e o metrô (chamado de subte) leva a vários lugares, menos a RECOLETA e caso você não goste muito de andar, tem táxi, ônibus e metrô, sem necessidade de locar um veículo. Segunda vez que colocávamos os pés na ARGENTINA, a primeira foi em Córdoba e Bariloche (inclusive Cerro Catedral) e com um dicionário de espanhol (vocabulário prático de viagem PORTUGUÊS -ESPANHOL - EDITORA CLIO) tudo se torna bem fácil e outra coisa importante é você fazer um roteiro dos lugares os quais você pretenderá visitar ou senão compra aquele livro da folha de São Paulo sobre Argentina, fala da história e dos lugares com mais detalhe. Aproveite para tirar o passaporte, reservar hóteis através da decolar, hoteis.com ou pela booking. Verifique se está incluso o café da manhá (breakfest - em ingles ou desajuno - em espanhol ) e se está incluso o IVA imposto cobrado normalmente na ARGENTINA E CHILE, que chega a ser em torno de 21% do valor da reserva, seja do HOTEL ou do veículo locado. Compre cadeados para colocar nas malas e coloque nome e endereço nas mesma(caso de extravio) e os documentos, passaporte, notebook, celular, maquina fotográfica e filmadora todos numa bolsa para transportar na mão, alguma roupa de reserva e alguns casacos na mão mesmo, para não exceder o peso. Não colocar líquidos ou sabonetes na bolsa de mão, se se for transportar tem que levar um saco transparente e no máximo 100 ml por frasco. Esses detalhes parecem ser pitorescos, mas fui parado na POLÍCIA FEDERAL porque minha esposa havia colocado um sabonete na minha bolsa de mão, para você ter idéia. Não solte jamais brincadeirinhas com as pessoas da empresa aérea se fizerem perguntas, você pode deixar de viajar por causa disso. Seja claro e objetivo, não transportar nada que contenha alcoól ou produto inflamável. Somente responda que não tem nada desse conteúdo e boa viagem. Primeiro Dia (quarta feira - martes) . Chegada em Buenos Aires - Pegamos um remise no aeroporto Aeroparque (táxi comum em que o valor é cobrado segundo Rua ou bairro em você vai ficar-custa em média 120 pesos = 120/3.5 = 34 reais. Caso seja no cartão de crédito sai o dobro, ou seja, 60 reais. Fomos direto comer Pizza, você encontra em toda esquina uma pizzaria (é o que não falta em Buenos Aires e uma opção econômica), não esquecer de liberar seu cartão de credito para fazer compras no exterior e andar com a identidade, pois eles sempre pedem. Passaporte também eu aconselho e muito tirar, pois mesmo que não seja obrigatório, facilita bastante na entrada na argentina e depois que chegar no hotel , deixá-lo trancafiado na mala de viagem e andar somente com a identidade. Jantamos uma Truta ao molho roquefort (alguns restaurante tem couvert (encobierto) não confundir com couvert artístico) ,ou seja, uma entrada onde vem pãezinhos, crotons, paté, manteiga, queijo ou anchovas, e cobram por pessoa em media 15 a 20 pesos = , mas vale a pena e os pratos a maioria são para duas pessoas). Coloquei 6 dias em Buenos Aires e achava que ia ser muito, no entanto foi o suficiente e ainda bem que tivemos tempo para comprar tudo aquilo que queríamos e bater as fotos de recordação. Escolhi um hotel fica próximo a tudo nos primeiros dias, ficamos dois dias hospedados no LA PAIX, você acorda tomando champagne no café da manhã (coisa de louco né) , embora o café da manhã seja um fraco , mas o que importa mesmo é a localidade. Porém se vc tem rinite alérgica, procure ver um hotel sem carpete, pois o mesmo tem nas paredes. Segundo dia (quinta- feira - jueves)- Seguimos rumo a PALERMO, onde você se vislumbrará com parques belíssimos, aquele frio que deixa qualquer um de cabelo em pé (Use cachecol de lã, uma camisa de algodão de manga comprida fininha, uma de lã acrílica , casaco de lã batida e por ultimo uma calça jeans e se for muito friorento, coloque uma calça fininha de algodão por dentro) e um óculos de sol (que apesar de você ver aquele o tempo com o sol belíssimo, faz frio mesmo assim, ou senão compre uma campeira (jaqueta de frio) onde você poderá comprar no shopping Alto de Palermo (lojas Colombia, Salomon e North Face), Galeria Pacífico (Scandinávia) ou na SALOMON - Avenida Santa Fé - Recoleta , mas antes não esqueça de ir trocar seus reais na lavalle 607(perpendicular com a a calle Florida), lá você poderá trocar seus reais por pesos, ou seja, 1000 reais = 3500 pesos, deixe pra trocar tudo quando a cotação estiver nessa faixa de preço para você não perder dinheiro. Os argentinos são pessoas bem legais, bem prestativos MAS cuidado com a tal da nota falsa, nunca dei o azar de pegar, mas sempre que possível verifique a nota de 100 e 50 e 20 pesos, são as prediletas para falsários. A forma de você verificar é a mais simples, coloque a nota para o alto e veja se aparece A imagem na luz, muito fácil. Pegamos um subte (metrô) e descemos na avenida onde fica a PLAZA DE ITÁLIA. Se você sair cedo para PALERMO, verá pessoas a toda hora e instante com cachorros passeando pelos parques, é algo comum na BUENOS AIRES se contratar pessoas para passear com seus devidos cães. De lá fomos andando até a PLAZA SICÍLIA EM BUSCA DO PARQUE 3 DE FEVEREIRO. O engraçado que não sei bem se passamos por ele, mas vimos uns 2 ou 3 parques e até que em fim no passeio das rosas (Paseo El Rosedal) no entanto como estamos no inverno, porém flores só na primavera, o que deve ser muito bonito. Terceiro Dia - Sexta-feira(viernes) - Rumo A CASA ROSADA, OBELISCO E PLAZA DE MAYO e o restante: compras, câmbio, fotos, etc.. O Bom de você andar em Buenos Aires, é o fato de ser uma cidade bem plana , não acho legal andar de táxi, pois além do trânsito ser intenso, os taxistas costumam rodar muito PARA FAZER VOCÊ GASTAR OBVIAMENTE e você também queima as calorias adquiridas nas pizzarias e nos cafés que arrodeiam a cidade por toda parte. Uma observação importante a ser feita, caso você peque um táxi, prefira descer numa avenida principal em algum ponto de referencia (Ex: Galeria Pacífico caso seu hotel esteja próximo a ela) e de lá vá andando até o hotel se não quiser ficar DANDO VOLTAS. Você vai ter um pouco de extress em andar na rua (calle Florida) pois estará cheio de pessoas falando cambio a momento e querendo vender passeio de tango, e as coisas são o que eu chamo de pega turista besta. Para passear e somente trocar dinheiro (cambiar). Evite falar com os cambistas na rua, pois se tornou um comércio trocar dinheiro, e eles sempre tiram lucro em cima de você. Se a viagem inclui compras , troque seus reais por peso e pegue um taxi na Avenida Córdoba e desça entre os números 4200 a 4900 ou se quer chegar diretamente no lugar certo, peça para o táxi parar bem próximo a Gurruchaga e Aguirre (lá você encontrará outlets desde lacoste, cacharel, Puma, todas as grifes famosas do mundo a um preço bueno. BUENOS AIRES ainda continua sendo o lugar ideal para quem vai fazer compras, caso esteja com esse objetivo leve somente o essencial na mala (casacos na mão e roupas na mala), dessa forma, você poderá trazer toda ou quase toda BUENOS AIRES na mala. Retornando ao nosso passeio, fomos tirar fotos do famoso OBELISCO passamos na frente do CAFÉ TORTONI, onde ao lado você encontra aulas de tango a 50 pesos, mas infelizmente não tiramos fotos, mas da próxima vez quem sabe vamos ter aulas de tango, que não é tão caro quanto no Brasil e você pode matar de inveja a titia que dança tango na academia. Outro lugar que não há como você deixar de ir, bater fotos e se caso você seja bem abonado, prepare o bolso, as coisas não são baratas, no entanto se a matéria for esquiar, vale a pena pesquisar bastante as lojas de ski. Nós praticamente visitamos a Scandinávia(Galeria Pacífico), compramos um capacete para minha esposa pois íamos esquiar no CHILE e o valor do aluguel já paga um capacete - mas isso é outra historia. Lá no shopping você encontrará também a TIMBERLAND, no entanto gostei mais das lojas do SHOPPING do alto palermo, além de mais opções em matéria de ski, você pode ver alguma bota de neve (nieve) caso haja interesse em comprar óculos de ski (em espanhol) anteparras ou googles. No terceiro dia , mudamos de hotel, ficamos no MONARCA HOTELESS, embora o Hotel seja bom, infelizmente na Argentina o que não falta é ladron, verifique sempre suas coisas antes de sair do hotel (check list final), deixe tudo trancado no cadeado dentro da mala. Não deixe de visitar o STARBUCKS Coffee, você vai ver em toda esquina, tem bebidas exóticas - nós fomos no de PALERMO (no parque El rosetal). Quarto dia - Sábado - Rumo a RECOLETA, do hotel onde estávamos fomos andando mas vale a pena, pois você vai vendo loja belíssimas coisa que você só vêem em PARIS. Além de ter várias obras e esculturas de arquitetos franceses, o que deixou a cidade muito enriquecida de CULTURA e ARTES. No caminho, paramos e comemos umas medialunas e algumas gostosuras argentinas Almoçamos em um restaurante argentino chamado PARRILLA Aires Criollos, fica na avenida Santa fé, Recoleta- comemos um prato que eu vi numa revista chamado ojo de bife com papa fritas - que ao meu ver é delicioso e um vinho trapiche de uva malbec -peça o cardápio de vinhos (la carta) e uma garrafa de água mineral para acompanhar. Se tiver com reais a conta sai bem mais em conta, se lembre que 1 real = 3,5 pesos e bom apetite. Quinto dia - Domingo- RUMO A EL CAMINITO - fomos no SHOPPING GALERIA PACIFICO onde você pega um cartão pois é através dele que vc pode pegar ônibus e o subt(metro). Nos quiosques vc carrega o mesmo, e se prepare que ao carregar ele desconta dez pesos da quantia que você carregar. Chegando em EL CAMINITO (DOMINGO) , passamos pelo HAVANNA (não é charuto eim) são alfajores , na minha opnião os melhores, você compra uma caixa no valor de 87 pesos = 24 reais com todos os sabores e peça degustação que eles dão . A rua estava repleta de turistas, lojas e lembranças. Almoçamos BIFE DE CHORIZO com PAPA FRITAS, não confundir com ojo de bife ((outra especialidade argentina) e não lembro bem o lugar que almoçamos, embora minha escolha não tenha sido das melhores , na verdade como o lugar é turistico, não espere que venha bastante comida ou maravilhosa, se a fome for grande, coma na rua o famoso CHORIPAN - pão com linguiça, eu particularmente adoro. Na volta ao Hotel perdemos de ir na PONTE DE LA MUJER, muito linda e tem cassinos (pra quem gosta de jogar). Sexto dia - Segunda-Feira - Lunes - Término de compras, ver o que faltou comprar e deixar tudo pronto pois nosso próximo destino seria SANTIAGO-CHILE- ESTAÇÕES DE SKI EL COLORADO E VALE NEVADO. Só mais umas dicas: Deixe dua carteira sempre no bolso de dentro do casaco e evite andar muito tarde pelas ruas de Buenos Aires, apesar da cidade ser bem tranquila, nunca se deve dar um vacilo. Não visitamos o a região do TIGRE, como é inverno, não arrisco, não tive muita vontade de andar onde tem água (caso de naufrágio as chances de sobreviver na água gelada não são das melhores). Espero que os comentários sejam um pouco útil, mas informação demais nunca é o bastante. Como dizem os Argentinos: Sorte .
×
×
  • Criar Novo...