Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Nilton Martz

Membros
  • Total de itens

    360
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

2 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Nilton Martz

    CouchSurfing - como se hospedar em casas de desconhecidos

    Sim, é tranquilo. Basta fazer o cadastro, e após pedir pousada grátis na casa de alguém que também é cadastrado no CouchSurfing na cidade ou região onde você pretende visitar. Quanto à imigração você terá que estar de acordo com as exigências necessárias para entrar no pais e o tempo de permanência. Certamente que você terá que provar ter dinheiro para pagar hospedagem. Se hospedar no estilo couchSurfing será uma opção sua. Isso não interessa à imigração. Você terá que mostrar e provar que tem dinheiro para a hospedagem e alimentação no tempo de permanência no país.
  2. Nilton Martz

    Tracklog para Praia do Camburizinho

    A trilha para as três praia de é única. Começa no extremo lado direito (para quem está de frente para o mar) passando pela Prainha Preta, seguindo para a Praia Camburizinho. Ali tem o mar de um lado e um lago de água doce, separado do mar por uma faixa/banco de ateia. Subindo o rio que deságua no lago por cerca de mais hora se chega às duas cachoeiras e um laguinho.
  3. Nilton Martz

    Ajuda, sobrevivência

    Compre equipamentos de camping e bushcraft no site e-Bay. Eu sempre compro neste site. É tudo mais barato do que nas lojas. Baixe este aplicativo, e ótimas compras.
  4. Nilton Martz

    companhia para viajar

    Tenho uma amiga que viaja sem dinheiro, de carona. Procure ela no facebook: Luana Dum Suspiro Spero (nome verdadeiro seguido de um "apelido").
  5. Nilton Martz

    Fogareiro militar 1970 - ajuda

    Pode ver no you tube este modelo de fogareiro funcionando.: Coleman 530 A 46
  6. Nilton Martz

    Fogareiro militar 1970 - ajuda

    No site e-Bay tem muitos deste fogareiro: Coleman 530 A 46
  7. Nilton Martz

    Equipos comprados no exterior

    Eu compro equipamentos no exterior pelo site e-Bay. É um site idôneo, seguro. Garante a devolução do pagamento feito se o cliente não receber a mercadoria.
  8. Nilton Martz

    Travessia Petrópolis-Teresópolis em julho

    Quanto o guia está cobrando?
  9. Nilton Martz

    Fogareiros... Qual comprar?

    A marca Queshua e Coleman também tem bons modelos de fogareiros à gás e multifuel.
  10. Pesquise no Google. Tem alguns sites que vendem fogareiro multifunção (multicombustível). No site Ebay tem muitos modelos e marcado de fogareiros multifuel, que usa: gasolina, benzina, querosene; e alguns usam também parafina líquida.
  11. Nilton Martz

    Bushcraft - como conseguir lenha sêca em tempo de chuva

    Eu levo lápis e apontador de lápis quando vou acampar no mato. Eu uso como kit para iniciar fogo. Apontando o lápis sai palhas de madeira bem finas. Junte as palhas amontoando-as. Use fósforos,isqueiro ou pederneira para pôr fogo nas palhas do lápis. Em seguida, após pôr fogo,coloque graveto sobre as palhas já incandescentes; e vai acrescentado lenha conforme a labareda cresce. Tive a idéia de usar palha de aço para iniciar fogo enquanto eu apontava um lápis,observando as palha que saía do apontador. A idéia deu certo. Incluí na minha prática de bushcraft como "kit para fogo".
  12. Nilton Martz

    É possível viver mochileiro?

    Sinto e penso como você, diogenezzz. Por possuir uma personolidade fóra do padrão, que a sociedde exige, sou incompreendido pelas pessoas "comuns", sou tido como "anormal". Eu nao fujo do padrão estbelecido, apenas nao me enquadro nele. Me sinto perdido e extranho entre a multidão nas ruas, não me enquadro no sistema de vida delas. Não que eu não queira; é que não me adapto. Tento um relacionamento mais próximo, mas me sinto isolado mesmo em meio a muita gente: elas me são extranhas. Eu também sou um extranho aos olhos delas; nao me compreendem também. Existem pessoas como eu, que pensam, imaginam e sentem o que sinto, que buscam objetivos semelhantes aos meus. Mas são raraa, não é fcil encontrá-las. Já conheci muitas durante viagens e acampamentos. Geralmente são pessoas descompromissadas com a sociedade, que vivem em paralelo com o sistema de vida cotidiano, comum à maioria. São denominadas "bicho-grilo". Muitas é hippie, outras são "zen". Ou estão imersas em filosofias e doutrinas esotéricas. Existem aqueles que se divorciam da Sociedade, partem em rumos divrsos caminhando pelas estradas querendo se distanciar de todos, sempre querendo chegar à algum lugar que se sintam em casa. Porém nao chegam jamais, porque ese lugar não existem. São eternos fugitivos. Vivem em um mundo que so existe na imaginação e nos seus sonhos. Mas não se cansam de buscar essse "paraiso perido" aqui mesmo no planeta Terra. Porém não são alheias ao mundo e à realidade que as cercam. Compreendem claramente o que tudo o que ocorre em seu entorno; conseguem ver a realidade além o que enxergam as pessoas comuns, alienadas as estereótipos da civilização global atual. Por muitos motivos rejeitam esse mundo essencialmente materilalista, onde até as coisas espirituais são comercialuzadas. Para fugir disso tudo, a estrada tem sido o melhor caminho. Para muitos é uma jornada sem fim.
  13. Nilton Martz

    É possível viver mochileiro?

    Um jeito de viajar por vários países e cidades, economicamente, é pedir auxílio passagem em postos de Assistência Social, e dormir em albergues públicos do governo. È fácil conseguir passagens de ônibus e pousadas. Basta procurar estes serviços na(s) cidade(s) por onde passar. Tem mochileiros viajantes que percorreram e conheceram os países da América do Sul desse modo. Seja cara-de-pau, não tenha vergonha de pedir essa ajuda. Estes órgãos do governo existem para essa finalidade; e os solicitantes são bem atendidos.
  14. Nilton Martz

    O que preciso para mochilar pelo Brasil?

    Aos viajantes que querem peregrinar pelo Brasil, ou outros países, uma opção boa para quem está a andar sem rumo é pedir auxílio em postos de Assistência Social, afim de conseguir passagens de ônibus rooviários, com destino à outra cidade ou estado. Albergues municipais concedem leitos por algumas noites. No estado de São Paulo tem os restaurantes BOM PRATO, do governo estadual, com refeição na bandeja, tipo "prato feito", no valor de R$ 1,00 Trabalhar como garçom free lance em quiosque na praia é outra boa opção (70/80 reais a diária). Se não se importar de carregar peso, pode-se trabalhar em Terminais de Cargas e CEASA, carregando ou descarregando caminhões, em cidades por onde passar (70/150 reais a carga).
×