Ir para conteúdo

adrianoduraes

Membros
  • Total de itens

    18
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. Muito bom o post So uma correção Em susques tem hotel barato sim Chegamos lá a noite de moto e achamos 3 hotéis confortáveis e bons precos Ficamos num que deixaram guardar a moto numa garagem improvisada
  2. Olá Saulo Foi tranquilo dormir na caverna Depois de um tempo dentro vc acaba acostumando No Brasil realmente tem muitos lugares top para conhecer Vale muito a pena ir na terra ronca Lugar inusitado...
  3. No início de 2016,eu e o Junior planejamos uma viagem de moto ate terra ronca Fizemos o trajeto e mostrando aos amigos entao alguns resolveram participar da aventura Foi combinado de sairmos de Uruacu dia 20 de outubro de 2016 Éramos 3 motoqueiros saindo de Uruacu Go(eu,Junior,Marnei)e três de Brasília(meu Irmao Rodrigo,marcio e marcos que são irmãos)sendo 5 tenere 250 e uma xre 300. No último momento Andrey e marquinho resolveram ir de carro 4x4 para acompanhar a gente nesta viagem Motos revisadas e abastecidas,saímos de uruacu as 5 horas da manhã no dia 20 e paramos em niquelandia para abastecer novamente e tomar um café da manhã reforçado Combinamos de encontrar o pessoal de Brasília na cidade de Cavalcante no final do dia para tomarmos uma cerveja artesanal do "chileno",por sinal muito famosa na regiao Nesta viagem optamos por realizar o maior trajeto possível por estrada de chão e então de niquelandia fomos para colinas do sul e de lá para Cavalcante por estrada não pavimentada(neste trecho são 119 km) passando pelo povoado do rio preto e povoado de capela. Chegamos antes do horário de almoço na bela cidade de Cavalcante e já fomos direto para a cachoeira de Santa Barbara(considerado por muitos como a mais bonita cachoeira do Brasil) que fica nas terras dos kalungas Após curtir a cachoeira fomos ao restaurante no povoado de engenho 2(ponto de saída para a cachoeira)aonde almoçamos uma comida goiana da melhor qualidade Então voltamos para Cavalcante para encontrar nosso grande amigo Dyou que mora na cidade e sempre nos recebe bem quando passamos por la Chegando lá ficamos sabendo que a turma de Brasília iria atrasar e só chegaria bem tarde na cidade Fomos procurar uma pousada e o Dyou ofereceu sua chácara para repousarmos Após experimentar umas cervejas na cervejaria aracê(chileno),voltamos para a chácara do Dyou para dormimos Pela manhã encontramos o pessoal de Brasília e qual foi nossa supresa quando o Marnei disse que não iria mais na moto "porque não tinha experiência " e resolveu ir no carro com o Andrey e o Marquinho,deixando sua moto na casa do Dyou Encontramos o Rodrigo,Marcos e Marcio,fomos todos a uma padaria para tomar o cafe da manha e iniciamos mais uma etapa desta viagem De Cavalcante fomos pelo asfalto até a cidade de Teresina de Goias De lá iniciou mais uma etapa de nossa viagem off road Pegamos uma estrada de terra logo após Teresina e subindo e descendo serra chegamos em ourominas Apos o povoado de ourominas fomos até uma balsa sobre o rio paranã e continuamos numa estrada de chão até a entrada do parque terra ronca,entrando pelo parque chegamos no vilarejo de São João Entao optamos por seguir até a região das cavernas Foi uma viagem nesta parte de mais de 200 km de chão e chegamos no final da tarde após comermos muita manga nas estradas e com direito a perder em alguns trechos Chegamos na caverna de terra ronca 1,lá perto era a casa do seu Ramiro(guia mais conhecido da região)e combinamos com seu sobrinho de nos guiar nas cavernas da região Neste momento alguns amigos resolveram ir dormir na pousada Alto da Lapa que ficava proxima a entrada da caverna terra ronca 1 Eu,Andrei,Marnei,e marquinho optamos por dormir acampados próximo à entrada da caverna,na beira de um rio bem bonito e lotado de mosquito borrachudo Rodrigo,Marcos,Marcio,e Junior optaram pela pousada (afinal alguns dos amigos não conseguem ficar nenhum dia sem tomar banho quente e eles queriam dormir no ar condicionado rsrsrs) Combinamos de nos encontrar no outro dia na pousada para iniciar as explorações das cavernas Combinamos um preco justo para tomar cafe da manha na pousada e com direito a bicada dos papagaios(eita bicho atentado)kkk Pela manhã formos para o interior da caverna terra ronca 1(muito bonita por sinal)a tarde fomos numa cachoeira chamada palmeira. Foi combinado no inicio da viagem que iriamos pernoitar dentro de uma cavernade e acampado escolhemos a caverna São Bernardo para pernoite Entramos dentro da caverna as 18 horas,andamos bastante passamos por um riacho e chegamos numa praia aonde montamos acampamento No outro dia cedo(domingo),Rodrigo,Marcos e o Marcio tiveram de ir embora já que trabalhariam na segunda feira Eu,Junior,Andrei,Marcos e o Marnei fomos a caverna de são mateus(a mais bonita que conhecemos,apesar de ter um acesso mais difícil) A tarde optamos por seguir viagem,pegamos a estrada e paramos num bar no povoado de São João para tomarmos um refrigerante e pensar aonde iriamos dali já que viajamos sem outro destino pre estabelecido Fomos a São Domingos e não achamos nada interessante que nos fizessem dormir na cidade e resolvemos continuar a viagem ate a campos belos num trajeto ja previamente marcado e colocado no gps(sempre marco o tracado pelo Google earth )e tb por estrada de terra Eu e o Junior fomos na frente nas motos e o restante do pessoal no carro 4x4 Já escuro,vimos que o carro não estava seguindo a gente,optamos por parar a moto e após eles não aparecerem fomos devagar até um bar na beira da estrada Qual foi nossa supresa que lá o telefone estava funcionando e o pessoal tinha ligado para gente Eles erraram o caminho e chegaram no asfalto por um trecho nao conhecido e acabaram chegando na nossa frente em campos belos Lá fomos tomar uma cerveja e comer um churrasquinho porque ninguém é de ferro Escolhemos uma pousada e fomos descansar No outro dia a intenção seria ir até a chapada dos veadeiros,mas por dica do dono da pousada resolvemos ir a Aurora do Tocantins no rio azul(considerado o menor rio do mundo ) Curtimos bastante o rio de águas translúcidas e resolvemos dormir no povoado de São jorge(na entrada do parque da chapada dos veadeiros)já em Goiás Após passarmos novamente em Cavalcante para o Marnei buscar sua moto,e viajando por bonitas estradas chegamos no final do dia a São Jorge Fomos jantar e beber uma gelada e de lá para a pousada dormir No outro dia saímos cedo para uruacu,aonde chegamos para o almoço Foi uma grande viagem,custo baixo,conhecemos lugares alucinante de Goiás e do Tocantins e já estamos programando a próxima para o jalapão
  4. Caramba Viagem alucinante Recentemente fiz um pedal da cachoeira da prata até próximo a cachoeira da Santa Bárbara na terra dos kalungas em cavalcante GO e há 1 mês fiz uma descida de caiaque da ponte do rio novo até a cachoeira da velha na região do jalapao(quem nos deixou no rio foi o Cristiano através do Belêco e o resgate também foi um parceiro deles e esqueci o nome ,aliás são guias bem honestos e recomendadíssimo). Relembrei de vários locais que vc passou e já bateu uma saudade imensa destes locais alucinantes. Futuramente estou pensando uma fazer uma viagem de moto nestas duas regiões além da terra ronca. Parabéns pelo relato,bem detalhado. Show
  5. Show o seu relato,uns dos mais detalhados que já vi no mochileiros.Vou aproveitar muitas dicas na minha viagem para a Europa. Parabéns.
  6. Olá Joni,eu fiz esta descida com o Renato e tb tenho este caiaque da Intex.vamos lá,o caiaque é estável em corredeiras leve a moderada(porém na travessia o mesmo estava carregado e entrava muita água dentro,tínhamos que descer várias vezes do caiaque para retirar a água ),por ser bem leve o mesmo desenvolve bem em águas paradas.O material é feito de um pvc bem ruim,porém nunca furei o mesmo(já tive um pequeno rasgo com um caiaque inflavel da sea eagle,num pequeno pedaço "inocente"de toco),eu acho que o caiaque desenvolve uma velocidade boa. A favor:preço/peso/facilidade de levar materiais para acampamento/facilidade de transporte no carro Contra:qualidade do material/em qualquer corredeira entra água dentro do mesmo e como não tem válvula para retirar a água,tínhamos que descer do caiaque para esvazia-lo Só acho que vale a pena comprar quem está iniciando no esporte,para saber se vai gostar e aí investir num material melhor,como vc já prática o esporte,eu penso que vale a pena comprar coisa melhor Abraços
  7. Excelente pernada com excelentes companheiros. Valeu Renato e Peter Quando forem ao Huayhuash,nao esquece de levar os “todinhos e danoninhos” hehehe Valeu,abraços
  8. Muito legal sua viagem,gostei bastante também do seu site com os relatos bem detalhados. Parabéns
  9. Show de bola esta travessia Renato.As fotos ficaram muito boas e o lugar parece ser muito bonito.
×
×
  • Criar Novo...