Ir para conteúdo

Be_diniz

Membros
  • Total de itens

    318
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

4 Neutra

Sobre Be_diniz

  • Data de Nascimento 15-06-1985

Outras informações

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Ola gente! Faz tempo que nao posto aqui. Mas estava postando no meu blog o diário de viagem que fiz da minha viagem a ilha de Gran Canaria em junho/julho de 2017 e resolvi postar aqui algumas dicas das praias que conheci. Eu moro em Dublin, entao peguei um voo daqui direto para Las Palmas. Descendo lá, alugamos um carro no aeroporto (nao fizemos nenhuma reserva antecipada) e seguimos para a cidade de Puerto Rico, onde ficamos hospedados no hotel Servatur Montebello. Os precos de hotel la sao bons, bem diferentes de cidades da Europa tipo Londres, Paris ou mesmo Dublin. O hotel era bom, meio desorganizado com relacao aos quartos, mas a maioria dos quartos tem uma vista legal da praia, e nao tem ar condicionado. No final de junho, a temperatura estava uns 25 graus. A agua da praia estava bem gelada nos primeiros minutos, mas dava pra nadar. Vou colocar um resumo das praias que conhecemos, com o link do post no blog, mas depois posto tambem o relato da viagem: dia 1 – Praia de Puerto Rico dia 2 – Puerto Rico (cidade) dia 3 - Puerto de Mogan dias 4 e 5 - Hotel, Praia de Amadores e Patalavaca dia 6 - Praia do Ingles dia 7 - Praia de Amadores e Praia Maspalomas Eu gostei desse roteiro, a gente queria descansar e aproveitar as praias e nao ficar viajando todos os dias, por isso nao fomos muito longe na ilha, ficamos nas praias do sul. Tambem nao fomos no centro onde tem as montanhas. Mas da tranquilo pra pegar o carro e rodar a ilha toda se voce tiver disposicao! Algumas fotos: Praia em Puerto de Mogan Praia de Amadores (minha preferida) Link do diario de viagem: https://www.umtempofora.com/category/diarios-de-viagem/1-semana-em-gran-canaria/
  2. Ola pessoas... o forum Mochileiros ja foi minha base para pesquisa anos antes de eu vir pra Irlanda em 2014. Ainda moro aqui e quero ajudar quem esta vindo seja para passear, estudar ou morar. Como eu nao entro aqui mais com a mesma frequencia de antes, se alguem quiser falar comigo o meio mais rapido é comentando no blog ou na pagina do Face, ok? www.umtempofora.com Vou deixar aqui um dos ultimos posts que fiz, sobre intercambio de ferias em Dublin e Londres, com precos! Para ver outros posts é so navegar pelo blog! Intercâmbio de 1 mes em Londres ou Dublin Ola pessoas! Levanta a mao quem já sonhou em estudar ingles em Londres, na Inglaterra, ou em Dublin, na Irlanda! \o_ Pois é, Londres era o meu sonho também, mas eu queria ficar por pelo menos 6 meses, entao mas por causa da impossibilidade de trabalhar acabei descobrindo a Irlanda! Mas esses dias estava falando com um cliente brasileiro que veio para Dublin para estudar por apenas 4 semanas. Ele disse que nao queria largar o emprego que tinha no Brasil entao aproveitou as férias para vir melhorar o ingles. Essa pode ser a solucao ideal para muita gente. Voce nao quer largar tudo para morar em outro país, mas quer estudar ingles e ter uma experiencia diferente, viajar e conhecer lugares novos… um intercambio de 1 mes pode ser o ideal pra voce! Voce pode combinar 3 semanas de curso de ingles + 1 semana pra passear ou 4 semanas de ingles pela manha com as tardes e finais de semana livres. O melhor da Europa é a proximidade dos países sao perto e existem cias aéreas low-cost como a Rayanair, o que torna viajar muito barato. Eu trabalho na Eazycity Dublin e posso te ajudar com todos os preparativos: escola, transfer, acomodacao, transporte, dicas de passeios, na Irlanda. Meus colegas da Eazycity London podem reservar tudo pra voce em Londres! Eles nao tem nenhum brasileiro trabalhando la, mas se voce nao fala ingles, eu posso te ajudar com seu intercambio em Londres também! Claro que o valor é um fato importante pra muita gente, entao vou deixar aqui dois pacotes básicos (Dublin e Londres) pra voces terem uma ideia de quanto custa estudar em Dublin ou Londres por 1 mes. Nossos pacotes sao totalmente flexiveis, entao voce pode acrescentar ou excluir servicos como: uma semana a mais ou a menos de aula, cartao de onibus, adaptador de tomada, pode escolher um curso intensivo em vez de um curso normal, pode ir para o interior (Cork, Galway) da Irlanda em vez de Dublin etc. Intercâmbio de 1 mes em Dublin 4 semanas de curso de Ingles pela manha 4 semanas de acomodacao em quarto individual OU twin Valor do pacote: €1570 (R$ 5929) com quarto individual ou €1350 (R$ 5098) com quarto twin Aqui voce pode ver todos os pacotes para Dublin. Intercâmbio de 1 mes em Londres 4 semanas de curso de Ingles pela manha 4 semanas de acomodacao em quarto individual OU twin Valor do pacote: £1250 (R$ 5193) com quarto individual ou £1090 (R$ 4528) com quarto twin Aqui voce pode ver todos os pacotes para Londres. *Os preços em reais estao com a cotacao de hoje, entao isso pode varia um pouco a mais ou menos dependendo do dia que voce fechar sua cotaçao. Dai alguém vai dizer: nossa, mas vi um intercambio de 8 meses com quase o mesmo valor! Sim, porque um curso longo acaba saindo mais barato que um curso curto, mas nao esqueça que nos pacotes de 8 meses voce so tem uma ou duas semanas de acomodacao, e chegando aqui vai ter que procurar uma vaga, o que vai te custar por volta de 300-400€ por mes. Esses preços sao para flatshare: voce vai dividir uma casa com outras pessoas de várias nacionalidades. Caso queira morar com uma familia irlandesa, para praticar ainda mais o ingles, também temos! Enfim, eu quero que voce saiba que realizar seu sonho do intercambio é possível! Seja de 1 mes, 8 meses, 1 ano… ou mais de 3 anos já como eu <3
  3. Achill Island e Keem Beach www.umtempofora.com Eu acho uma pena que a Irlanda seja rodeada de praias lindas mas isso seja um desperdício, já que a gente nao pode aproveitar (agua gelaaada mesmo no verao). No Brasil eu nunca morei perto de praia, entao um banho de mar era raridade, só nas férias e olhe lá. Aqui, basta pegar um onibus ou trem e em meia hora estamos na praia. Nesse verao, eu fiquei obcecada em tentar entrar no mar pela primeira vez aqui na Irlanda. Fui pra Bray, Portmarnock, Bull Island, mas… nao rolou de molhar mais que os pés! Apesar de ter feito uns dias de calor, a água estava ainda muito fria. E num dos dias mais quentes, eu nao pude ir, entao acabou que mais um verao se passou e eu nao dei um mergulho aqui! Mas enfim, mesmo sem entrar no mar, foi esse ano, no finalzinho de julho 2016, que eu conheci a Keem Beach, uma das praias mais bonitas da Irlanda (pra mim foi a mais linda até hoje), que fica numa ilha, Achill Island. A ilha fica a umas 4h de carro de Dublin. Como eu ja estava no oeste mesmo, em Co. Mayo, estava bem perto. Fomos de manha, estava um pouco frio e nublado naquele final de semana. Assim que atravessamos a ponte e chegamos na ilha, o tempo estava péssimo! Nublado e chovendo. Mas logo comecou a melhorar. Fomos atravessando a ilha de carro, passando pelas casas, ovelhas. Paramos ao lado de um lago, onde voce pode alugar um kaiaque e ter aulas. Fomos seguindo porque o que eu queria ver mesmo era a Keem Beach. A estrada pra chegar lá, quando já estamos perto, é bem alta, na beira do ”penhasco”, e dá pra ver a praia da janela do carro! Tivemos muita sorte, pois estacionamos o carro e descemos até a praia, e o tempo abriu! Fez sol, dava até pra usar short/biquini, e tinha algumas pessoas na água, mas eu nao me atrevi. Estava bem gelada! Ficamos lá por umas duas horas, até que o tempo fechou de novo e parecia que ia chover. Entao voltamos para o centro da ilha. Seria bem legal dormir lá (tem hotéis e B&Bs) e poder aproveitar mais no outro dia. Ainda andamos por uma outra praia, onde tinha umas criancas e adolecentes tendo aulas de surf. Só sei que vou ficar muito triste se eu for embora da Irlanda sem nunca ter entrado no mar! haha
  4. Mais um tour pela Irlanda! Dessa vez com Castelo, ruínas e lugares historicos e uma tumba mais antiga que as Piramides do Egito! Poat no meu blog http://www.umtempofora.com Fi um passeio de um dia inteiro, o tempo estava mais ou menos: muito nublado, mas só de nao estar chovendo já era uma vitória nessa Irlanda. Mesmo assim, tirei bastante fotos. Visitamos o Trim Castle, Newgrange e Hill of Tara. Já tinha visitado o Trim Castle mas fui de novo mesmo assim, o ingresso é baratinho. Perto do castelo, uns 20 min de caminhada seguindo o rio Boyne, tem as ruínas de uma igreja e um cemitério. Pode perguntar na portaria do castelo que eles te ensinam como chegar lá. Depois dali andamos na cidade de Trim (que é bem pequena) pra comprar lanches e continuar o passeio. O ponto alto pra mim foi Newgrange, que é incrível! Newgrange é uma ”tumba de passagem” que tem mais de 5000 anos! A passagem (corredor estreito) tem 19 metros e leva até uma camara com 3 alcovas. A passagem e a camara estao alinhadas com o nascer do Sol no solstício de inverno. Na recepçao voce compra o ticket (€7 adulto e €6 estudante) e eles vao te falar qual o horário do próximo tour. Porque a tumba fica longe entao em certos horários sai um mini-bus com um grupo. Nao lembro quanto tempo demorou isso tudo mas acho que a visita toda dura uma hora ou uma e meia. Primeiro o guia para na frente da tumba explica a história dela (muitos detalhes nao se sabe e talvez nunca saibamos). O guia foi bem grosso quando um rapaz estava tirando foto dele! Depois ele dividiu o grupo em dois, porque o interior é bem pequeno, ficamos para o segundo grupo. Olhando de fora o lugar parece ser enorme, mas o espaço lá dentro é bem pequeno e a entrada bem estreita. Uma das meninas no nosso grupo tinha claustrofobia entao ela ficou na recepçao, nem pagou o tour pra ver a tumba! E claro, lá dentro nao pode tirar foto. O guia apaga a luz e liga uma luz especial que simula a luz do Sol entrando pela entrada da tumba, o que acontece apenas nas manhas do solstício de inverno (18 a 23 de dezembro). Para visitar a tumba nesses dias e ve-la iluminada totalmente pelo Sol, voce precisa se inscrever e ser sorteado (o sorteio acontece no fim de setembro). Depois fomos para Hill of Tara, um dos maiores complexos de monumentos celtas em toda a Europa. Uma origem do nome Tara é ‘Teamhair’ – lugar de grande perspectiva. Em um dia de céu limpo dizem que dali da pra ver dá pra ver metade dos condados da Irlanda (nao tivemos essa sorte). Após o portao de entrada a primeira coisa que voce vai ver é uma estatua do St. Patricks, e depois uma igreja e um pequeno cemitério, que datam de 1822. A pedra da coroaçao chamada ”The Lia Fail” ou ”Stone of Destiny” (pedra do destino) desde os tempos pré-históricos, foi aqui que poderosos Reis Irlandeses tiveram seus banquetes inaugurais e foram aprovados pela ”deusa mae terra” Maeve. E abaixo mais uma tumba de passagem, chamada ”Mount of the hostages” (Monte dos Reféns) e é o monumento mais antigo de Hill of Tara (2500 a.C.). O último ponto era o Slane Castle, mas quando chegamos lá estava fechado. Também, a gente enrolou bastante nos outros lugares, lojinhas, cafés (ele fez o tour no nosso tempo e quando achamos uma loja fofa na entrada do Hill of Tara, demoramos um tempao lá olhando as coisas!) No inverno é bom checar a previsao do tempo antes de fazer o Boyne Valley tour, porque o Hill of Tara é um campo totalmente aberto enquando chove fica com muito barro. Mas nao priemos canico, que em marco/abril o tempo melhora! Summer is coming minha gente! Entre em contato com o Carlos para reservar seu tour, e se quiser alterar o roteiro e colocar/tirar algum lugar, ele é bem flexível e pode organizar um tour perfeito pra voce e seus amigos ou família. http://www.umtempofora.com
  5. Restaurante Carlo Magno em Trastevere-Roma.. muito bom e o prato de massa é 5/6 euros e a pizza (inteira) é 3/4 euros... queria voltar la so pra comer la de novo! hahaha
  6. Eu tenho uma dica muito boa de restaurante bom e barato em Roma, no Trastevere. Chama Carlo Magno e tem pizza individual (mas grande) de 3 euros, massa de 5 ou 6 euros. Muito bom! Mais infos e fotos: http://www.umtempofora.com/onde-comer-em-roma-trastevere/
  7. Post tirado do meu blog Um Tempo Fora https://umtempofora.com Muita gente escolhe a Irlanda pra fazer intercâmbio por causa da facilidade em viajar para outros países da Europa. Assim como já dei um pulo em Edimburgo em um dia, também dá pra ir ali almoçar no País de Gales e voltar de noite a tempo de dormir e ir pra escola na manhã seguinte! Eu já sabia desse passeio de ferry, mas nunca tinha conseguido achar as passagens promocionais, até que mês passado meu amigo me passou o link e tcharan, fomos pra Holyhead por apenas 12 euros ida e volta. A empresa é a StenaLina e o link é esse aqui. Na terça a viagem custa 6 euros, e 12 no domingo. Holyhead é a maior (imagina as outras) cidade da ilha de Anglesey. Além do Farol, tem lugares históricos, como tumbas e igrejas e um museu marítimo. Fomos no domingo, mas na terça seria melhor, já que a cidade é bem pequena e de tarde TODO o comércio fechou. Parecia uma cidade fantasma! O barco é enorme, lá dentro tem cinema, restaurante, free shop e várias outras coisas. Saímos de Dublin às 8:20 am e chegamos lá por quase meio-dia. A vista é bem bonita, o tempo estava bom, e quando chegamos na estação, basta atravessar a ponte e estamos na vila. Logo após a ponte tem um mapa na parede indicando os principais pontos turísticos de Holyhead, como não dava pra fazer tudo, escolhemos o mais famoso, o Farol (South Stack Lighthouse). Fomos andando intuitivamente (não vi nenhuma placa indicando o caminho) e logo encontramos uma mulher cuidando dos seus cavalos, que nos falou sobre o caminho: poderíamos ir pelas montanhas, que segundo ela levaria umas 2h pra chegar lá, ou pela estrada, que seria 1h. Fomos pela estrada. No caminho, pasto, muito verde, cavalos e ovelhas. Depois de mais ou menos 1h e meia, chegamos no Farol! Mas um pouco antes dali tem uma prainha bem massa, tive que descer uma escada de madeira que quebrou e ninguém nunca consertou pra chegar lá, mas é bem bonito e estava vazia! A paisagem ao redor do Farol é incrível! Tem uma torre (baixa) que dá pra subir e tem tipo um mini museu dentro, mas era pago, e também dava pra entrar no Farol, pago também! Ficamos por ali um tempo e depois subi uma montanha, lá em cima vi dois lagos e vários patos, com o mar lá embaixo, lindo! Eu estava completamente sozinha em cima da montanha, com um lago no topo… achei tão lindo que poderia ter ficado horas lá! Queria muito voltar pelo caminho da montanha, mas meu amigo queria voltar pela estrada, que é mais fácil. Até tentamos pegar carona na volta mas os welsh não são muito de ajudar não! haha Na volta como andamos mais rápido (na ida paramos toda hora pra tirar foto), chegamos na cidade em 1h. Aliás, aquela cidade deve viver das ovelhas, e apesar de ter muito turista fazendo esse passeio, acho que eles não ligam muito pra turista não, pois a infraestrutura é bem precária, não vi muitas placas indicando os caminhos, as trilhas, não vi um táxi sequer por ali, nada! Fora que no domingo à tarde, quando voltamos do Farol, estava tudo fechado, rodamos a cidade e vimos apenas um pub, um take away chinês (não aceitava cartão) e um restaurante indiano. Entramos no pub e o cara já avisou que não tinha comida. Ok, vamos voltar pra estação que lá tinha uma lojinha. Estava fechada também! Tivemos que esperar a hora do embarque 8:30 pm pra poder comer! O bom é que a comida não era tão cara lá dentro, comemos um prato enorme de fish and chips e acho que foi uns 9 euros. Foi um passeio bem cansativo, pelo menos umas 3h de caminhada, mas foi barato e valeu a pena! Na volta pra Dublin, depois de comer, fomos achar uns sofás ou poltronas confortáveis e dormimos! Chegamos no porto mais ou menos meia-noite e na saída havia apenas uns 3 táxis, que não foram suficiente pra levar todo mundo que chegou, e como é uma boa caminhada até sair do porto e estava frio, todo mundo ficou ali esperando pra ver se apareciam mais táxis e nada. Nossos celulares estavam sem bateria então nem dava pra chamar um. Depois de esperar uns 15 min resolvemos ir andando em direção à saída, e logo encontramos um táxi vindo, pegamos ele e chegamos no centro de Dublin! As dicas são: leve lanches e água pra passar o dia, e já chame um transfer ou tenha um celular pra chamar um táxi quando chegar em Dublin.
  8. A Irlanda é linda, não me canso de falar! E o melhor é que não precisamos ir longe pra conhecer lugares com paisagens incríveis e cenários de filmes. Esse tour é feito por várias empresas de turismo saindo daqui de Dublin. Basta digitar no google ou passar por qualquer tourist office no centro da cidade e reservar seu tour. Mas recomendo demais o que eu fiz, porque foi com um transfer, não com ônibus tipo excursão (esses eu sempre evito, porque é muita gente e geralmente é super corrido), então fomos só em 3 pessoas + o motorista. Leia mais: https://umtempofora.com/2015/06/23/tour-glendalough-e-wicklow/
  9. Não acredito que não tinha falado desse castelo ainda! Conheci em Novembro de 2015, porque estava indo passar o final de semana em Charlestown, Co. Mayo, e fui procurar o que tinha pra visitar ali por perto. Adoro visitar castelos (é uma coisa tão diferente pra quem viveu no Brasil a vida toda) então aproveitei pra reservar um tour atraves do site oficial. Leia mais: https://umtempofora.com/2016/03/20/passeando-na-irlanda-belleek-castle/
  10. Kilkenny é uma cidade medieval que vale a pena conhecer aqui na Irlanda! Fica a 1h30 de carro e mais ou menos 1h50-2h de onibus de Dublin. As maiores atrações da cidade sao o Kilkenny Castle e a St Canice’s Cathedral. Leia mais: https://umtempofora.com/2016/06/18/o-que-fazer-em-kilkenny/
  11. Nossa, desculpa por nao ter respondido! Vc veio? Enfim, dez e jan sao meses bem ruins pra turistar, escurece muito cedo (4 da tarde), eh frio e chove bastante!
  12. Sim, eu dormi!! rsrs https://umtempofora.com/?s=zurique
  13. Como ir do aeroporto ao centro de Zurique https://umtempofora.com/2015/02/07/como-ir-do-aeroporto-ao-centro-de-zurique/
  14. Muito bom o relato, e fotos lindas! To indo pra Londres pela segunda vez daqui 2 semanas, na primeira vez fiquei 4 dias e não fiz nenhum passeio pago.. agora dessa vez fico 4 dias também e vou fazer o tour do Harry Potter *_* (amooo!!) e Stonehenge, além do Museu de cera e London Eye. Ainda não fui pra Amsterdã e Praga, mas ta na lista!
  15. O aeroporto de Dublin não fica muito longe da cidade, e o transporte público até o centro é bem barato. Se você não está carregando muitas malas, vale a pena pegar um ônibus! Veja todos os tipos de bus, além de taxi e transfer, com preços: http://umtempofora.com/2015/01/17/aeroporto-de-dublin-centro-e-vice-versa/
×
×
  • Criar Novo...