Ir para conteúdo

macrjunior

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Olá a todos, Estou na Sardenha e gostaria de alertá-los sobre o navio que faz a ligação entre as cidades de Santa Teresa di Gallura (Sardenha) e Bonifacio (Córsega): a princípio, há saídas diárias das duas empresas que operam o trecho, mas dependendo das condições climáticas (sobretudo do mar), a travessia (que dura aproximadamente 1 hora) é cancelada. Para quem tem um cronograma rígido, isto pode ser um problema, sobretudo se envolver passagem aérea. Segundo os habitantes da região, isto é relativamente comum acontecer e pode durar às vezes mais de um dia seguido, portanto, fiquem atentos
  2. André, cartões desta natureza, só se faz carga em dólares ou euros; francos suíços só se compram em casas de câmbio.
  3. Para quem fizer o Bernina Express, vale muito à pena hospedar-se pelo menos 1 dia em Tirano, uma bela cidade medieval italiana e ponto de chegada do trem.
  4. Tenho observado muitas dúvidas aqui a respeito sobre comprar ou não um passe de trem. Passei 16 dias entre setembro e outubro de 2014 no país, e acho que o Swiss Pass (ou similar) deve ser a escolha óbvia: você não precisa se preocupar com a compra de tickets e, caso haja quaisquer mudanças em seu intinerário (acredite, pode acontecer, por exemplo, por causa das condições climáticas ou surgimento de um novo destino mais interessante), você estará pronto a se deslocar sem pagar a mais por isto. Mais: há passeios nos trajetos que você poderá descobrir somente ao chegar a um determinado desti
  5. Em Interlaken, fiquei em outubro de 2014 no Hotel Beausite (www.beausite.ch), muito boa relação custo benefício, além de próximo (5 minutos a pé) da estação de tren Interlaken West. Se ficar no segundo andar (principalmente nos quartos ao fundo do corredor, no lado esquerdo, como o 25 e o 26), terá uma visão frontal da famosa "Jungfrau".
  6. macrjunior

    Ushuaia

    Oi, Julião, Estive em El Chaltén na segunda semana de novembro de 2012. Em uma tarde, por volta das 18 horas, o termômetro marcava +3,5 graus, com um vento cortante que diminuía a sensação térmica nem sei pra onde; cães de rua buscavam abrigo, desesperados...isto responde a sua pergunta? Abraços e boa viagem! Mauricio.
  7. Se o objetivo for apenas uma experiência de caminhar sobre o gelo, recomendo o mini trekking. O Big Ice creio ser mais voltado para praticantes de atividades desta natureza ou montanhistas, digamos assim. Importante lembrar que o clima muda com facilidade na região, e o que começou com um belo dia do sol pode se transformar em chuva ou algo pior. Fiz o mini trekking em Novembro de 2012 e achei-o muito bacana mesmo.
  8. macrjunior

    Bogotá

    Olá a todos, Tenho 41 anos, sou um viajante inveterado, mochileiro (ou quase isto) como boa parte de vocês e gostaria de relatar minhas impressões sobre Cartagena, Bogotá e Villa de Leyva, as quais conheci entre 19 e 30 de abril de 2012. BOGOTÁ: cidade grande, muito movimentada e extremamente policiada pelo Exército, Polícia e seguranças privados: estão por toda a parte, literalmente, portanto, creio ser bem segura. Hospedei-me em um hotel (GHL Hamilton) de uma rede norte-americana, quarto duplo a R$ 220,00 aproximadamente, muito confortável, espaçoso e com um ótimo café-da-manhã, além
  9. Olá a todos, Tenho 41 anos, sou um viajante inveterado, mochileiro (ou quase isto) como boa parte de vocês e gostaria de relatar minhas impressões sobre Cartagena, Bogotá e Villa de Leyva, as quais conheci entre 19 e 30 de abril de 2012. BOGOTÁ: cidade grande, muito movimentada e extremamente policiada pelo Exército, Polícia e seguranças privados: estão por toda a parte, literalmente, portanto, creio ser bem segura. Hospedei-me em um hotel (GHL Hamilton) de uma rede norte-americana, quarto duplo a R$ 220,00 aproximadamente, muito confortável, espaçoso e com um ótimo café-da-manhã, além
×
×
  • Criar Novo...