Ir para conteúdo

Ana Amélia

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Sobre Ana Amélia

  • Data de Nascimento 28-03-1985

Conquistas de Ana Amélia

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. [t3]1º dia:[/t3] Saída do Rio com destino a Fortaleza. Contratamos uns transfer de Fortaleza para Jeri com a empresa Jeri Viagens off road: http://www.jeriviagens.com.br, o transfer foi bem legal e pontual, o motorista, Lúcio, era simpático e estava nos esperando no horário certinho no aeroporto. Nós íamos de ônibus, mas devido ao horário tivemos que ir de Hilux, entretanto, depois descobrimos que a diferença de preço não é tão grande e não vale a pena, estávamos em 4 pessoas e ficou por R$100,00 para cada, o ônibus custa R$60,00 por pessoa e você compra as passagens no aeroporto mesmo. Saímos de Fortaleza as 20:30 e a viagem para Jeri foi bem casativa visto que já estávamos há horas viajando, a Gol conseguiu atrasar o voo e fazer uma bela confusão com as escalas em São Paulo., atrasando a viagem em 4 horas, assim, chegamos em Jeri as 00:30. A primeira coisa a perceber foi o ar quente do lugar, mesmo sendo inverno e num horário tão tarde a temperatura não baixa mesmo e frio não existe nenhum por lá. O casaco na foto é por conta do ar condicionado, que parece ser uma necessidade pros motoristas desse mundo. Ps: jantamos no meio do caminho em uma casa, ou casarão, ou sei lá o que que se pode chamar, mas tinha uma mesa enorme na vanda de frente com diversas panelas cheias de comidas e vendiam um prato por 5 reais, a comida, boa e barata valeu a pena mesmo. E lá comemos a primeira coisa típica da região, mandioca frita, mas tipo batata chips. :'> O hotel: Senhor, misericórdia, isso que dá querer economizar demais... . Não sou de reclamar muito assim de hotel não, sou bem maleável com relação a isso e até aceito mais do que a maioria das pessoas aceita, mas nesse caso foi exagero da nossa parte aceitar tão pouco... pagamos barato, muito barato aliás e isso não dá tanto direito a fazer exigências, era essa aqui: http://www.pontamarjeri.com/ . Meu conselho? Não fiquem lá. Pelo mesmo preço ou pouco mais caro você fica em lugares melhores, ou mais aceitáveis. O café da manhã era péssimo mesmo, tudo bem que o hotel era limpinho, camas limpas e o chuveiro era quente, mas o banheiro nem tinha um vasculhante. O quarto era pequeno demais e não tinha portaria direito, aquilo lá é mais uma casa que virou pousada mas não tem estrutura alguma para tal. O preço, tá, o preço: R$100,00 a diária pra 4 pessoas. Como era tarde e estávamos mortas de tanto viajar só restou a cama para nos prepararmos para o dia seguinte. [t3]2º Dia[/t3] Depois do péssimo café da manhã do nosso hotel meia boca, fomos procurar os passeios. Nós não contratamos nada antes pois como era baixa temporada a gente pensou em negociar um pouco por lá e conseguir uns preços melhores. Escolhemos fazer os passeios da lagoa azul e do paraíso nesse dia. E para chegar lá só tem 4 maneiras: ou vai de bugre, que é o que quase todo mundo faz, de hilux, onde parece que a gente perde um pouco da aventura e da natureza, pois lá todo mundo vive de ar condicionado ligado, de jardineira, que é o meio mais barato, tava R$15,00 por pessoa, ou de quadriciclo, que é o mais caro mas pareceu o mais divertido e por isso optamos por esse último. E valeu cada centavo, ou reais, dezenas de reais, custou R$220,00 cada veículo, e é você mesmo quem pilota e pode levar um na garupa, alugamos 2 e partimos pra lá. A empresa que contratamos foi a http://www.boraquadriciclo.com.br/. Passamos em Preá, que é um vilarejo próximo e compramos logo um monte de água, tava R$1,00, a meta é economizar... Depois passamos pra ver a Árvore da Preguiça A lagoa azul é bonita, estava um pouco vazia mas vale a pena. A gente paga uma jangadinha barata de R$2,50 pra chegar no barzinho do outro lado e aí ficamos lá por uma hora e meia. Lagoa Azul: Depois dessa parada na Lagoa Azul, seguimos para a Lagoa do Paraíso. Essa sim é um paraíso. Bem mais bonita que agradável que a Azul. Vou colocar umas fotos aqui. Antes de chegar lá, olhando fotos na internet, nós achávamos que eram fotos com photoshop e que aquilo nem existia...queimei a língua. O almoço lá na lagoa não tem pra onde fugir, tem que pagar o preço que tiver lá. Comemos um pargo ao molho de camarão muito bom, não foi tão barato mas como a gente come pouco então no fim fica barato assim mesmo. Pagamos R$70,00, mas era pra duas pessoas, éramos 4 mas deu pra todos. Mas quem come um pouco mais fica enrolado, rs. Então a dica é levar alguma coisa na mochila pra ir beliscando as vezes, até porque não tem lugar pra comprar nada no caminho, é só areia e mar. Passamos na Lagoa do Coração para fazer o famoso sky-bunda. Cansaaaa subir as dunas depois que você descem cansa e você come areia...é o preço que se paga. Falar em preço, paga só 5 reais pra descer lá umas 4 vezes. Na volta o guia, Shrek, nos levou para passar na Pedra furada. Tivemos que caminhar 900mt que pareceram 900km. O sol é forte e venta muito, você não sente calor, mas queima a pele, então, protetor solar é indispensável. E labial também. Só assim pra ir lá na Furada, se fosse pra sair do vilarejo e andar atá lá teríamos desistido(tá, somos preguiçosas mesmo) Ao voltar do passeio ainda tivemos pique para ir direto pra Duna assistir ao por do sol... A Noite em Jeri nem conseguimos ter forças pra nada, só saímos pra comer algo e depois direto para o hotel descansar para o dia seguinte. É assim que se faz quando se prioriza os passeio na natureza... as baladas ficam pra uma outra hora... Dica: Tem umas carrocinhas no meio da rua onde vendem tapioca e comidas, nós comemos uma galinha com arroz, por míseros R$2,50 e dá pra alimentar bem e é gostoso de verdade. Acho que vale a economia. [t3]3º Dia[/t3] Mais um café da manhã ruim e vamos em busca de um bugre...dia de conhecer a Lagoa da Tatajuba... pagamos R$140,00 no passeio para 4 pessoas.Bugre do Chiquinho (faz de conta que eu piloto!) Na ida passamos no Mangue Seco : e fizemos o passeio para ver o cavalo marinho. Não íamos fazer, mas era tão barato que fomos lá ver o bichinho né...afinal, você só paga se eles acharem o cavalo... R$10,00 por pessoa. Depois seguimos para a Velha Tatajuba, que é vila de pescadores que foi tomada pelas dunas. Essa foto aí é da travessia pra vila de Camocim A travessia é interessante, a gente sobe com o bugre numa balsa muito pequena e torce pra não virar né... Encontro do rio com o mar, indo pra Tatajuba: Passando na velha Tatajuba em uma senhora que conta a história de ocmo a vila foi tomada pela dunas, os guias param lá e você ouve a história depois segue-se pra nova tatajuba. Seguimos pra lagoa da Torta. E almoçamos por lá. E finalmente comemos a famosa lagosta. Não é tão barato quanto disseram que seria, mas ainda assim é mais barato que em qualquer restaurante de qualquer lugar do país. Na volta a gente vem pelas dunas, bem divertido. Passamos nas dunas do Funil e Encantada. Esta, segundo dizem, tem um navio soterrado por baixo dela... Depois disso chegamos de volta a Jeri e fomos andar pela vila e fazer as comprinhas. Tomamos um açaí, sorvete e comemos um crepe de Nutella, juntando calorias e energia pra aguentar a correria. A tardinha comemos um camarão no restaurante do Sapão. Falaram bem do lugar e fomos ver, de melhor só o preço, bem baratinho, meio kg de camarão médio por R$20,00, mas o tempero não era assim tão grandes coisas. Depois a idéia foi ir lá pra duna de novo, mas não assistimos o por do sol, apenas entramos no mar um pouco e depois assistimos a capoeira que rola lá a tardinha. De madrugada foi a hora de conferir a famosa padaria Santo Antônio, que abre as 2 da manhã e fecha as 6. Então, só tem esse jeito, ou permanece na rua ate abrir ou faz o esforço de acordar e ir provar os pães. Não é extraordinário, mas é bem bom, valeu, pra conhecer tá valendo tudo. Praia onde rola a capoeira e o pessoal se aglomera pra ver o por do sol. [t3]3º Dia[/t3] E então chega a hora de ir embora, na volta conseguimos um desconto no transfer e pagamos R$350,00 dividido pra nós 4. Mais 4 horas até Fortaleza agora, com parada pra almoço em um restaurante bem barato no meio do caminho, chamado Restaurante São Paulo. Pelo menos deu pra aprender nessa viagem que restaurante caro ou barato não define se a comida é boa ou não. Parece que tudo que comemos de mais barato por lá foi melhor. E só um aparte: a tapioca não é tão boa quanto pintam, eu fico com a minha comida mineira... Ao chegar em Fortaleza ficamos agradecidas pelo hotel, que tinha um quarto grande, dividido em duas partes e com uma mini cozinha(que não foi uilizada nem uma unica vez,rs) e nossa vista era linda, de frente pro mar e podendo ver o por do sol da janela. Mas tudo que é bom dura pouco... http://www.deltashoteis.com.br/index_port.html. O chuveiro não esquentava e jogava água pra todo lado, menos em cima da gente, a mini cozinha não tinha utensílios pra serem utilizados, a geladeira era de 1922 e nem refrescava a água, desligava quando apagávamos a luz, as janelas não tinham tranca e...o pior... ficamos no primeiro andar bem em cima da piscina e área de lazer, então ouvimos barulho até altas horas da madrugada e não adiantou ligar pra portaria 3 vezes como ligamos, o barulho permaneceu até os bêbados cansarem das suas garotas de programa e se retirarem. Enfim... banho e rua. Bora achar um empresa que nos levasse pra fazer os passeios, todos longe demais diga-se de passagem. Não precisamos andar nada pra achar logo umas 20 diferentes. Mas contratamos o Castelo, um guia divertido e gente boa que fez um desconto pra gente nos valores e tratamos já tudo com ele. Deixar o telefone aqui caso alguém se interesse: 85 3094-0190 . Ele de cara ja fez um city tour com a gente bem barato só pra gente dar uma olhada na cidade, pagamos 30 reais pra nós 4. Fomos ver a praia de iracema e meireles, praia do futuro, igreja da Sé, Mercado Central, Centro cultural Dragão do Mar, Mausoléu do Castelo Branco. Vista do Hotel: Ponte do ingleses: Igreja da Sé: [t3]4º Dia:[/t3] Finalmente um café da manhã decente, apesar do defeitos do hotel o café foi ótimo! :'> Escolhemos o passeio de Cumbuco pois era o mais perto, pagamos R$90,00 pra nós 4. Ele nos pegou as 9:00 na porta do hotel e seguimos em carro privativo pra Cumbuco. Fizemos um passeio de jangada, pelo qual não dávamos nada, pois parece sem graça subir numa jangada e entrar no mar vazio, sem nada pra se fazer...errado, foi super divertido, nem sabemos explicar porque, mas foi. Na verdade a praia lá não encanta os olhos, mas o passeio de bugre foi o melhor. R$40,00 por pessoa e você escolhe se quer passio com emoção ou sem, cuidado com a escolha...rs. Pedimo com emoção e as descidas nas dunas são radicais mesmo, muito bom, divertido demais. O bugreiro nos levou pra fazer skybunda e tireolesa, mas dessa vez o cansaço não nos permitiu encarar as dunas não, melhor ir só com o motor mesmo. Tomamos banho em um rio cristalino que tem esse mesmo nome(criativo né?). Passamos em frente à casa que o Luciano Huck entregou pelo Lar doce Lar, só pra ver que existia mesmo né (vai que era conversa da Rede Globo,rs) Ao voltar do passeio paramos no Mercado Central para umas compras, prepare seu bolso, tem muita coisa legal pra comprar por lá. A noite resolvemos andar até a feira do Meireles, que se revelou longe demais pra ir a pé de onde estávamos. A feira é bastante legal e tem muita coisa que vale a pena conferir. A dica pra quem gosta: alugar patins e andar no calçadão superlotado com mil gentes trombando em você, mas é legal!
  2. Boa tarde gente alguém me diz ai algo a respeito da Pousada Recanto das Caldas, estou indo para Caldas dia 02/07 e vou me hospedar nesta pousada, alguém sabe me dizer se é boa? Aproveito para pedir algumas dicas sobre o que fazer e o que não deixar de visitar em Caldas!
  3. Ana Amélia

    Fortaleza

    Valeu Antonio! Vou dar uma olhadinha sim nas distancias... Aproveito pra perguntar sobre hotéis em Fortaleza e pousadas em Jeri, reservamos no Tabajara Flat em Fortaleza e na pousada Ponta Mar Jeri, sabe me dizer se são bons?! Desde já obrigado!
  4. Ana Amélia

    Fortaleza

    Boa tarde galera, Sou novata por aqui e por isso espero encontrar ajuda de vcs.Minha situação é a seguinte. Estarei indo para Fortaleza em Junho, porém não conheço nada por lá.Gostaria de dicas sobre passeios, lugares que nãoo devo deixar de visitar em fim minha programaçao é a seguinte; -24-06 á 27-06 Jericoacoara -27-06 á 02-07 Fortaleza (sendo um dia no Beach Park, um em Canoa, um em Morro Branco, etc...) Fiz uma boa escolha? Gostaria que me dessem alguma dicas sobre onde comer, o que fazer a noite?!
×
×
  • Criar Novo...