Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

RGomes

Membros
  • Total de itens

    5
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Sergio Beck ainda é vivo, possui 3 filhos e mora em Botucatu. Após o falecimento de sua esposa abandonou o esporte, não sei ao certo por que motivo. Preside uma associação de produtores de mel nessa cidade e é fácil encontrá-lo lá, caso queira visitá-lo. Algumas lojas ainda possuem seus livros à venda, sendo a mais fácil de comprar a loja equinox: http://lojaequinox.multibits.com.br/catalogsearch/result/?q=beck&x=0&y=0 Sergio Beck foi e ainda continua sendo uma grande influência na minha vida, junto com Cristiano Requião, tendo sido inclusive incentivado por este para escrever seu primeiro livro em 1989, o "A Aventura de Caminhar". É de lamentar que ele tenha sofrido tamanha perda, pois parou definitivamente de escrever após esse episódio, sendo que na época estava escrevendo um livro de roteiros sobre a Chapada Diamantina. Defasado ou não, serve como registro de uma época. Sua postura humilde perante sua própria importância também colabora para seu próprio esquecimento, do seu papel na divulgação e orientação quanto às boas práticas no esporte. É uma lenda viva, queiram ou não. Os Livros que mais me influenciaram foram o "Convite à Aventura" do Sergio Beck e o "Manual do Excursionista" do Cristiano Requião. Os dois juntos se completam. E o mesmo pode ser dito do "Livro de cozinha do excursionista faminto" e o "Cozinhando ao ar livre". São leituras ótimas, excelentes livros que se não houver quem os proteja e divulgue na internet, ficarão esquecidos para sempre. Abraços!
  2. Aliás, se alguém possuir um exemplar do livro "Caminhos da Aventura" e quiser vender eu compro. Quanto melhor o estado, melhor a oferta. Como disse antes, é para ler e relembrar, nem penso em utilizá-lo para trilhas devido a desatualização. Se for para ficar na estante de alguém pegando poeira e traças, podem crer que estará em ótimas mãos. Abraços!
  3. Oi Wil Atualmente leio os livros no Sergio Beck como higiene mental. São uma ótima âncora, me fazem lembrar de como era quando os li pela primeira vez. Me teletransporto para aquelas épocas. Já não tenho interesse em ler por aprendizado, pois não é mais necessário. Adoraria recuperar um exemplar do "Caminhos da Aventura", pois fiz muitos roteiros nele presentes. Não que vá repeti-los, seria até perigoso, pois estão desatualizados. Seria mais para reavivar lembranças. Para mim é mais prazeroso do que ler um romance. É uma pena que tais livros tendam a ser esquecidos. Nunca vi um livro dele antigo em PDF. O livro de primeiros socorros por exemplo, de 164 páginas, está perdido no tempo e espaço. Só existe a versão de bolso a venda. Quem quiser ter esse livro hoje, nem em uma biblioteca o encontrará. São testemunhos, parte da história do montanhismo brasileiro que, em minha opinião, vão morrer com o autor e quem sabe serão perpetuados por alguma alma boa que escaneie e o torne eterno na internet. Fora isso serão comida de traças e abandonados em sebos por antigos donos que não mais praticam o esporte. Não digo que os livros que estão a venda devam ser disponibilizados em PDF na internet e sim os antigos, que não mais existam a venda comercialmente, o que em nada prejudicaria o Beck. Enfim, não é intenção criar debates mas um desabafo de quem continua presenciando nas montanhas cenas do passado, que tanto o Beck como outros montanhistas visavam evitar.
  4. Joge, Muito agradecido pela sua solicitude em responder tão rápido. Vou seguir suas orientações! Abraços!
  5. Prezado, Sou um admirador seu (embora bem mais velho) e o motivo disto é saber que perpetua e admira a obra e vida dalguém em comum: Sergio Beck. Gostaria de saber se possui material deste em (.pdf), estas revistas seriam as que mais me interessariam. Procuro também o "livro proibido", o "Santo Graal" do Sergio Beck, o "Caminhos da Aventura", mesmo sabendo que está muito desatualizado. Ler os roteiros me traz boas lembranças! Se tiver algum amigo seu que queira se desfazer de um exemplar em bom estado me avise. Pagaria bem por ele! Abraços e boas trilhas! Roberto
×
×
  • Criar Novo...