Ir para conteúdo

giborduchi

Membros
  • Total de itens

    9
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de giborduchi

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. quote:Originally posted by DonJuandeMarco Gisele... Temos o mesmo caso que é o de inclusão em um caso de cidadania já existente na família...bom vc se lembra de minhas postagens anteriores... Vc já obteve informações de que a documentação de seu descendente já foi transcrita na comune de origem??? Vc pediu a certidão negativa de naturalização em Brasília tmb??? Obrigado pelas informações... id="quote">id="quote"> Oi Don Juan! Entao, ja sei que as informacoes foram transcritas, o que a comune de origem falou eh que nao consta nada sobre cidadania, mas entao como foram parar la as informacoes que meu bisavo casou e morreu no Brasil? Meio esquisito, ne? Bom, mas nao importa, em teoria precisaria so de uma certidao de nascimento atualizada do meu bisa, onde constariam essas informacoes. Mandei um e-mail pra comune onde vou fazer o processo e expliquei meu caso, e perguntei quais documentos exigem, me responderam que TODOS, incluindo do meu bisavo. Agora vou mandar outro explicando melhor que tendo a certidao de nascimento ja com as transcricoes, ainda assim necessito todos os documentos. Quanto a negativa, tenho uma no nome da minha mae, com a qual vou arriscar. Eu postei uma mensagem no seu e-mail ha um tempo, mas nao tive resposta. E voce? Em que pe esta? Giseli
  2. Oi Renata, Voce tendo em maos a certidao ja com as transcricoes de casamento e morte voce TEORICAMENTE nao precisa dessas certidoes e nem da negativa de naturalizacao. Eu acabo de descobrir que foram feitas as transcricoes no meu caso (assim como o seu) e pra evitar outras surpresas desagradaveis estou mandando um e-mail pra comune pra verificar o que exigem nesse caso. Voce ja tem o resto da documentacao pronta? Ja sabe onde vai ficar? Eu, assim que tiver resposta da comune vou postar aqui pra dizer o que eles querem. Espero(amos) nao precisar!!! Boa sorte pra gente! Giseli
  3. quote:Originally posted by Alexandre Cordeiro Gostaria de saber como devo proceder para conseguir os documentos do meu tataravô e bisavô que se encontram no consulado em Porto Alegre, pois quero pedir a cidadania na Itália e vou precisar destes doc., estou certo? Como moro em SC vou ter que legalizar os documentos em Curitiba? Abraço e valeu id="quote">id="quote"> Alexandre, Se voce ler algumas paginas anteriores vai encontrar mensagens com informacoes uteis a voce. Se seus primos ja fizeram o processo e a pasta esta arquivada, o Consulado nao devolve nenhum documento. Se vai fazer o processo no Brasil, nao tera que apresentar de novo a documentacao do italiano, so a partir dele ate voce. O que o consulado faz eh transcrever as informacoes obtidas com o processo de cidadania ja realizado, para a comune de origem do antepassado. Portanto, se for fazer o processo na Italia, a unica possibilidade de nao precisar da documentacao eh entrando em contato com a Comune do antepassado (com uma copia da certidao de nascimento dele em maos), verificando se as informacoes foram transcritas para a Comune de origem. Essas informacoes sao de casamnto e morte (caso tenha casado e morrido no Brasil) E caso tenham sido transcritas devera solicitar um Estratto di Nascita atualizado, assim nao precisara de toda a documentacao de novo. Boa sorte! Giseli
  4. Ola pessoal e Mari! Quanto a negativa de naturalizacao, a informacao que postamos aqui (inclusive o Consulado fornece essa informacao) foi que a negativa pode estar em nome de outra pessoa, mas soube de alguem que exigiram no nome dela. E tambem consultei uma pessoa que trabalha com isso aqui, que me explicou que a lei italiana nao especifica nada que deve estar em nome do requerente, apenas diz ser necessario o documento emitido pelo orgao governamental. MAS, se encontrar alguem que quiser te complicar a vida exigindo que esteja em seu nome, vai ter que pedir outra em seu nome. Portanto, o melhor eh nao arriscar e trazer a certidao no seu nome, assim nao corre-se o risco... Ate mais Giseli
  5. Ola Arnaldo e todos! Tambem tenho o caso dos primos que obtiveram a cidadania. Primeiramente deve entrar em contato com a comune de Verona pra verificar se o processo da sua prima foi despachado pra Roma (procedimento que era feito ate 03/11/99). Caso nao tenha sido (sorte sua!!) podera usar a mesma documentacao que sua prima usou, apresentando somente os documentos do seu ramo familiar. E caso tenham enviado a Roma, pra desenterrar o processo eh um martirio que ninguem recomenda, assim seria mais facil comecar do zero. Quando o processo eh feito no Brasil (meu caso), a pasta eh enviada para a cidade de origem do ascendente e entao era (ate 03/11/99) despachada pra Roma. Agora meu proximo passo eh verificar na comune do meu avo (Castiglione Olona) se o processo esta la, no Brasil ou em Roma, caso esteja na comune, nao precisaria nem da negativa de naturalizacao, so dos documentos do meu ramo familiar. Entao, pensamentos positivos pra mim mocada!!! Quando tiver mais informacoes (ou duvidas!!), posto aqui.
  6. Ahhh! Depois que escrevi me dei conta! Se tenho que traduzir a negativa, tenho tambem que legalizar, o que deve ser feito pelo consulado no Brasil. Assim, terei que enviar a negativa de volta pro Brasil pra ser traduzida e legalizada, certo? Por favor confirmem se meu raciocinio esta certo. Obrigada Giseli (de novo)....
  7. Esqueci: Nao preciso apresentar a certidao do meu bisavo, mas sim a negativa. Esquisito, ne? E uma pergunta: tenho a negativa original, mas sem traduzir, e ja estando na Italia, qual o caminho pra encontrar tradutores? Giseli
  8. Oi Rodrigo e Mari! Obrigada pela resposta, a informacao obtida no consulado sobre a negativa foi essa mesmo, pode ser no nome de outra pessoa e em relacao a ja ter um caso comprovado de cidadania na familia (processo feito no Brasil), disseram que nao preciso buscar de novo a certidao do meu bisavo, so tenho que provar do meu avo ate mim. Ah, outra coisa, vi uma discussao aqui sobre devolucao de documentos no consulado e NAO DEVOLVEM NADA. Obrigada mais uma vez Giseli
  9. Oi Rodrigo! Ja estou na Europa ha 10 meses e no final de agosto irei pra Salerno ou Trento (a decisao nao depende apenas de mim), pra iniciar meu processo. Ja tenho todas as certidoes em ordem e tenho a mesma duvida do Don Juan: -Sou bisneta de italianos e os descendenetes do irmao do meu avo obtiveram a cidadania em um processo realizado no Brasil (a certidao do meu avo ficou na pasta do Consulado de Sao Paulo). Portanto, meu caso seria de inclusao e teoricamente eu nao necessitaria a certidao do meu bisavo, certo? Em relacao a negativa de naturalizacao (acompanhei toda a polemica...), preventivamente tenho uma (original sem traducao), mas como requerente consta minha mae, sera que vale? -O processo de inclusao eh mais rapido ou eh a mesma coisa? -E a ultima pergunta: alguem sabe me falar alguma coisa sobre SALERNO ou TRENTO? Vai ser um tiro no escuro... Obrigada Giseli
×
×
  • Criar Novo...