Ir para conteúdo

takami

Membros
  • Total de itens

    66
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    2

takami venceu a última vez em Novembro 15

takami tinha o conteúdo mais apreciado!

Reputação

53 Excelente

1 Seguidor

Outras informações

Últimos Visitantes

1.196 visualizações
  1. Vale a pena elaborar um roteiro independente com os relatos postados aqui neste site, tem muitas dicas ótimas. A América Central é surpreendente, ainda mais com o mar cristalino do Caribe, realmente estar lá é viver um sonho!
  2. @D FABIANO tudo jóia? Passei sim pela Playa de Juan Griego, mas foi rápido. Os venezuelanos estão usando as balsas de CONFERRY normalmente, mas como estava com pouco tempo e consegui agilizar um vôo de ida e volta, então aproveitei para não perder tempo. Eu tinha ouvido falar dos hotéis VENETUR, mas não cheguei a verificar. Logo que cheguei acabei ficando num hotel lá no Centro até alugar um carro que tivesse espaço para eu dormir dentro. Desta forma a viagem ficou bem flexível e com muita liberdade. A ilha não é grande e a gasolina é de graça, então consegui conhecer os melhores lugares, prai
  3. Fui conhecer Isla Margarita na Venezuela por ficar numa área caribenha e tinha ouvido relatos de que a ilha era bem bonita. Mesmo apesar da crise que a Venezuela vem enfrentando, fui conferir pessoalmente como está a situação deste País. A falta de abastecimento do comércio tornou vários bairros abandonados. Com relação ao turismo, apesar de ter diminuído bastante, ainda havia alguns nos locais mais famosos. A primeira praia q visitei é a praia de Yaque, onde tinha um pessoal praticando windsurf e surf a vela. Essa praia fica atrás do aeroporto e é considerada uma das melhores pra se visi
  4. Fui para o Panamá com objetivo de conhecer San Blas. Essa viagem foi realizada em dezembro de 2019 e foi um total de 9 dias. Também aproveitei para conhecer Porto Belo, Bocas del Toro, Canal de Panamá, Casco Antiguo e a Cinta costeira. Por meio de 2 onibus coletivos consegui chegar até a última estrada, onde só é permitido a passagem dos índios kuna yala. Os índios controlam tudo na região. A partir daí, tive q aguardar algum deles passar com seus jeeps pra conseguir transporte até o Porto Cartí, onde saem os barcos para as ilhas de San Blas. As ilhas mais próxima
  5. takami

    Ilhas Fiji

    Aqui vai a edição das filmagens durante a minha estadia na Ilhas Fiji
  6. takami

    Ilhas Fiji

    Diário Ilhas Fiji Consegui uma temporada de 10 dias nas Ilhas Fiji. Iniciei me hospedando no Hostel Bamboo, próximo do aeroporto. De lá consegui agendar o ônibus para o cais onde sai a lancha para as ilhas. O mar e o visual são incríveis, muito bonito. Esse circuito das ilhas faz a fama das Ilhas Fiji. Realmente são várias ilhas paradisíacas, onde servem saborosas refeições. Quando se reserva a hospedagem, já está incluso as 3 refeições, café da manhã, almoço e janta. Existem inúmeras ilhas, na maior parte delas o acesso é somente para hóspedes das pousadas. Não é possível fi
  7. Estive lá em Novembro, mas não anotei todos os gastos.
  8. Diário Nova Zelândia Resolvi conhecer Nova Zelândia, um lugar famoso por ser cenário de tantos filmes devido às suas belezas naturais, como lindas montanhas, praias, rios e cachoeiras. Cheguei num domingo em Auckland e a primeira coisa foi procurar um lugar para alugar um carro, pois tinha lido relatos de que as Agências de Turismos não chegam na maioria dos lugares turísticos. Escolhi um carro econômico e que eu pudesse dormir dentro dele em caso de emergência. Dirigir na mão inglesa é bastante complicado no início. A sorte é que consegui alugar o carro no domingo, onde
  9. Fiquei 33 dias na Austrália. Iniciei a minha viagem em junho na Cidade de Cairns em Queensland, pois meu grande objetivo era conhecer a Enorme Barreira de Corais. Este é o melhor local de acesso e fechar os pacotes de mergulhos, pois está próximo dos melhores recifes de corais. Como tirei um dia inteiro pra cotar as agências de mergulhos, então sobrou tempo pra visitar alguns lugares como o Aquário da Cidade. Há uma infinidade de lugares para mergulhar, no entanto o lugar principal chama-se Osprey Reef, o qual só uma empresa no momento está autorizada a chegar no local, que é
  10. No primeiro mergulho da manhã deste dia encontramos um natiloide, que é uma espécie de molusco pré histórico. Podem ser encontrados numa profundidade de até 500m. É comum encontra-los no leste do oceano índico. Finalmente chegamos em Osprey Reef, as marolas ajudou e passamos a madrugada inteira a todo vapor rumo a esse requisitadíssimo lugar pelos mergulhadores, chamado Osprey Reef. Estava todo mundo na expectativa, é um lugar repleto de enormes tubarões. Fizemos uma espécie de arquibancada natural para assistir a alimentação dos tubarões. Fomos nos acomodando nas rochas de for
  11. Depois de quase 1 dia de viagem, bastante longo, dentro de um avião, cheguei no aeroporto de Cairns em Queensland. Acordei cedo muito empolgado. Fiz uma visita ao porto onde ficam as embarcações. pois meu grande objetivo era conhecer a Enorme Barreira de Corais. Este é o melhor local de acesso e fechar os pacotes de mergulhos, pois está próximo dos melhores recifes de corais. Pela enorme quantidade de yatches e cruzeiros dá pra se ter uma idéia de como os corais são muito frequentados. Fiz cotações com os cruzeiros para mergulhar nos melhores points da região. Sempre viajei se
  12. Poço das moças Nos reunimos às 6h da manhã para descer a Serra do Mar em Paranapiacaba e ir ao Poço das moças pelo vale do Quilombo. Após 3,5h de descida chegamos a uma fazenda onde o proprietário fazia criação de alguns pavões. Ele nos contou que o primeiro casal de pavões que ele teve foi morto pelo cachorro do vizinho, mas como ele gostou da idéia, obteve posteriormente mais um casal, onde gerou uma bela ninhada e agora habitam inúmeros pavões. O Sandro está se aperfeiçoando cada vez mais nas suas piruetas, fazendo um belíssimo salto. É um dom que é pra poucos. Chove
×
×
  • Criar Novo...