Ir para conteúdo

Reno Ferraz

Membros
  • Total de itens

    44
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Reno Ferraz postou

  1. Fiz a trilha até o Everest Base Camp. Também passei alguns dias na Índia. FIZ TOTALMENTE INDEPENDENTE. Qualquer duvida posta ai...
  2. Olá Deve sempre lembrar do equipamento, cada duas pessoas o equipo equivale ao espaço de uma pessoa. Mas se vai acampar perto do carro, por exemplo, isso não importa, pois pode guardar tudo dentro dele. para carregar uma boa é dividir a barraca, uma parte para cada um, assim fica muito leve individualmente Quando acampo em dupla costumo levar uma barraca para 2 lugares, de 1780g. mas levo um saco impermeável para cobrir e esconder as mochilas, pendurada no alto de uma arvore ou outro lugar. Senão dois, mais mochilas, fica muito apertado... Abraço
  3. Oi, estava vendo seu roteiro, 10 dias vai ser apertado para o que voce pretende fazer, o que pretende fazer, me diz o que gosta de ver e dou umas dicas, belezas naturais, arqueologia, turismo urbano?
  4. Olha o meu Brs-8 está otimo, ja fez 4 anos de uso, agora ele, veterano dos Andes, está se preparando para embarcar em um trekking de 25 dias no Hymalaia, ate o Everest.
  5. Estou planejando fazer o trekking de forma totalmente autônoma, acampando e cozinhando a própria comida. Gostaria de saber como é para acampar na trilha, se tem alguma restrição ou lugares predefinidos para camping? a comida é cara na triha? carregar ou comprar durante a trilha mesmo? comida pra preparar, arroz, e sei la o que tem la...rs
  6. Estou de passagem comprada para a Índia, dia 4 de outubro e irei até o Nepal fazer essa trilha também. da mesma forma que você, solitário. Você sim é mochileiro, quem viaja com agencia guia e essas frescuras é turista, quem critica não sabe do que esta falando. Tem alguma dica útil???poderia passar algum contato? abraço
  7. Ele tem uma peça chamada REATOR, que é aquela peça que passa por cima do queimador, la dentro tem um arame que quando abre o combustível ele faz um movimento abrindo a passagem do mesmo, e também retirando qualquer obstrução que tenha ficado do uso anterior, o suporte deste arame que une ele ao registro se solta e não há como remontar a peça, assim ele não funciona mais, pois o tubo fatalmente acaba entupindo, mesmo que voce desmonte o sistema ele volta a a entupir em minutos de uso. Tentei lear para vários profissionais para tentar reparar a peça, primeiro obvio técnicos em fogão e afins, depois levei em oficina de hidráulica, armeiros, relojoeiros... ninguem conseguiu reparar a peça. Com relação ao Booster, como o amigo comentou anteriormente, sim, ele pode apresentar todos os problemas que o amigo relatou, mas ao contrário do Coleman eu consegui reparar todos estes pequenos problemas e meu Booster funciona perfeitamente com qualquer combustível.
  8. Nilton esse modelo O DEFEITO NÃO É O INJETOR, na verdade o injetor nesse modelo é soldado a ponta do REATOR, que é aquele tubo que passa por cima do Queimador. O defeito está ai dentro do reator e não no Ejetor, ele entope porque o arame que tem la dentro se solta e não tem como fazer ele voltar pra posição original. vc desentope e ele volta a entupir. e o defeito não tem nada a ver com o combustível, pode usar benzina da melhor qualidade, que quando o reator quebra não funciona mais.
  9. Nilton, infelizmente quem importava estes modelos de fogareiro era anteriormente a empresa Massaferro, Agora a Nautica assumiu a importação da Coleman, quando enviei meu 533 para garantia eles me devolveram o dinheiro. Segundo a loja que me intermediou no processo de garantia, não há como solucionar o defeito destes fogareiros, pois foi uma falha do projeto. Por esse motivo não são mais vendidos no Brasil e não há peças de reposição.
  10. Não recomendo o Coleman 533, pelo contrário. já tive 3 e todos pararam de funcionar com o mesmo defeito!!! No Brasil o modelo Dual Fuel 533 e o Exponent 442 não é mais vendido. Quando enviei um dos meus Colemans pela 3º vez a garantia a loja me devolveu o dinheiro pois disse que o importador não vende mais, pois " o Coleman Dual Fuel 533 e o Exponent 442 todos os fogareiros desse modelo apresentaram defeito grave que o inutiliza"
  11. Gente não comprem adiantado entrada não, ja vi muita gente que fez isso e acabou perdendo o ingresso, pois as estradas cruzam uma região muito instável, e os desmoronamentos são constantes. Se voce vai de trem tem que pensar na volta tbm, se for voltar no mesmo dia da vizita não dá pra ver nada, pois o trem que volta é 12:30 . ou seja entrar em MP as 8 da manha pra sair 11:30 não compensa. è como a amiga falou MP é 3 dias no mínimo pra aproveitar...
  12. Na real a gente cozinhou só dentro dos abrigos, qua são umas casinhas. A temperatura tanto no abrigo de 4000 como no de 5130 ficava oscilando em torno de 1 e 5ºC (medidos com o termômetro/altímetro fora do pulso). o multifuel se saiu bem a 5000, mas o APOLO se passasse alguém rápido perto ele apagava até ... é isso ai... Abraço
  13. perto de quando eu vou, irei eu minha esposa e minha filhinha, vamos fazer isso também, ir de ônibus até Corumbá pegar o trem em Quijarro até Santa Cruz, depois bus pra La Paz e bus pra Cuzco novamente. Cuide pra comprar as passagens pra Corumbá que chegue bem cedinho, tipo 5:30 e corra pra fronteira, pois no lado boliviano demora no mínimo umas 5 horas na fila para fazer o registro de imigração, sábado a imigração fecha as 14h e domingo não abre. pode entrar com identidade ou passaporte, mas tem que fazer a "papeleta amarila" senão depois pra sair da Bolivia e entrar no Perú voce vai pagar multa e pode atrasar sua viagem tbm. lembre de levar a carteira internacional de vacina CIV, que você faz em aeroportos ou portos próximo da sua cidade. Para fazer sua CIV é grátis, basta levar sua cartira nacional de vacina com a vacina de Febre Amarela dentro a validade que é 10 anos, tem postos em portos ou aeroportos para esse fim. é que podem pedir a CIV pra você quando for comprar passagens principalmente, em geral quem não tem leva uma mordida da policia local. se tiver mais alguma duvida manda mail: [email protected] Abração
  14. Poxa, provavelmente estarei cruzando a fronteira da Bolívia em Puerto Quijaro dia 27/12....pena pois vocês já teriam voltado...abração
  15. Salkantay não fecha também, acontece que essa trilha possui um trecho um pouco mais difícil de caminhada que atinge aproximadamente 4000m de altitude. na latitude que a trilha fica ela pega a época úmida bem no verão brasileiro, então certamente pra quem vai de novembro a fevereiro há grande possibilidade de pegar tempo ruim com bastante frio, ventos fortes, chuva, chuva congelada e neve, principalmente em fevereiro. Então a maioria das agencias não leva turistas nessa época, mas nada impede de transitar pelas trilhas, basta estar equipado, existem postos de controle na entrada e ao longo da trilha, onde cobram pedágios, mas de longe é mais barato que pagar uma agencia pra te levar pela mãozinha. Abração e boa mochilagem!!!
  16. Olá pessoal, Desculpa não responder os posts, mas fiquei um tempo em entrar, verdade desanimei um pouco com o site, acho que perdeu o foco. Estive procurando informações sobre a região do Everest, e só encontro posts de pessoas que vão por agência. Se for pra postar informações sobre agencia então teria que mudar o nome do site para TURISTAS.COM Porque como já disse antes, mochileiro de verdade viaja bem diferente de um mero turista, e consegue muitas vezes ver muito mais coisas, não por que tem dinheiro e sim porque tem conhecimento, coragem e esperteza!!! desabafos a parte, postem ai as suas impressões sobre a viagem de voces... Grande Abraço
  17. Olá, sou montanhista e a dois anos adquiri um par de Talkbout, e sem duvida é de muita utilidade em campo, hoje tenho 3, em breve receberei um Dual Band Baofeng UVR-5r, e já sei que terei de providenciar o meu COER. Gostaria de saber se há alguma restrição para usar ele fora do Brasil, por exemplo se for para a Cordilheira dos Andes, na Argentina, Chile, Perú e etc... teria algum problema? como devo proceder para usar meu rádio nesses locais? Abraço
  18. Em uma das minhas andanças pelos Andes Bolivianos levei uma FALCON 2, já tinha comprado a minha quando fui ler os posts aqui do Mochileiros, até fiquei com medo depois de ler alguns, mas mesmo assim levei a falcon 2. Acampei na beira do Lago Titicaca, em uma praia na Isla del Sol, só pra lembrar que lá está a mais de 3.000m e na praia não há qualquer proteção contra o vento Andino, qualquer um que passou uma noite ao ar livre nos Andes sabe que o vento não é brincadeira. Ela resistiu por 5 noites, sendo as 5 de chuva e vendo intenso, de uma da manha até as 6, e em 2 noites teve um um pouco de chuva congelada e neve fina por cerca de 2 horas. a foto acima foi tirada na primeira manhã, notem muitos saco de dormir e roupas postas para secar sobre as barracas vizinhas. Quando cheguei na tarde anterior deviam haver pelo menos umas 25 barracas a mais que pela manha, esta foto eu tirei la pelas 8h quando resolvi sair da barraca, a maioria das barracas maiores o pessoal desmontou cedinho pois não resistiram a chuva e ao vento da noite. no video que o amigo postou anteriormente o vento está pegando lateralmente a barraca, mesmo assim ela resiste, eu montei com a traseira voltada para o vento, a noite ele mudou e ficou de frente, a barraca estava bem esticada e nem se mexeu. Saldo da empreitada: 5 noites de chuva 2 delas com neve ventos andinos NENHUMA GOTA ENTROU!!!! será que eu fiquei feliz com os 123 Reais e 75 centavos que paguei por ela ?????!!!!!
  19. Oi Nilton Acho que você falando de um modelo de fogareiro e o pessoal esta falando de outro. O Exponent 422 e o 533 são esses das fotos. E os dois modelos tem o mesmo reator, e infelizmente o mesmo defeito. Também não é possível trocar o ejetor nesses modelos, por isso acho que você deve estar falando de outro modelinho. Em ambos os casos o problema é que o araminho que tem dentro do reator e que serve como um auto desentupidor, se quebra ou solta da parte onde é preso ao registro de combustível. Ele funciona indo e vindo passando pelo orifício do ejetor sempre que gira o registro, então uma vez quebrado ele fica parado e não tem como consertar, pelo menos não no campo. Assim mesmo que você desentupa, logo ele vai entupir novamente. tenho um 533 parado em casa com esse defeito. tinha um 422 mas tbm deu defeito e mandei pra garantia 2 vezes e quebrou das duas, acabei sendo reenbolsado pelo lojista que disse que a Coleman não fornece mais esses modelos devido a muitos casos de garantia, que chamaram de defeito de Fabricação.. Abraço
  20. Olá, o Pedro havia perguntado sobre o Fogareiro APOLO DA NAUTYKA, eu tenho um Msr-pocketrocket Ultralight, a gás. Em uma escalada na Cordilheira Real Bo encontrei um escoteiro de SC que estava acampando perto dos glaciares a +- 4.100m, e ele acabou subindo conosco até o Campo Alto Rocca do Potossy, a 5.130m de altitude, ele estava usando um fogareiro creio que um Guepardo, com cartucho Tekgas Nautika que é o utilizado nos Apolo. Em 4000 ele cozinhou tranquilo, mas a 5130 não teve o mesmo sucesso. demorou mais de 15 min pra começar dar sinal de ebulição em 1l de agua. Desistimos e acabamos preparando toda comida em meu Booster, funcionando com gasolina boliviana. Eu sempre carrego meu MSR pocketrocket para montanha, mas como um Backup do Booster, pois seu desempenho é bem inferior em grande altitude. neste dia liguei o MSR só por curiosidade e percebi que perde muito para o fogareiro a gasolina. Você mencionou o Jetboil, que imagino seja bem melhor que um Apolo ou mesmo o MSR a gás. pois o fabricante da Jetboil afirma que este aproveita cerca de 75% da energia do combustível contra menos de 45% nos fogareiros a gás comuns. então imagino que seja bom mesmo na altitude...eu particularmente não tenho experiência com o Jetboil, o que vejo sempre em alta montanha é o pessoal usando MSR de modelos variados funcionando com benzina. comparando: JETBOIL: +- R$ 550,00 NAUTIKA APOLO: +- R$ 90,00 Voltando a pergunta original do Pedro: CREIO QUE 4.000 m de altitude seria o máximo para o NAUTYKA APOLO com eficiência. Espero ter ajudado Um Grande Abraço a todos!!!
  21. Muito boa a explicação do amigo Bullseye... não tenho esse conhecimento técnico todo que o amigo comentou, mas tenho a experiência pratica de montanha. Sou morador do sul o Brasil, e escalador de Alta Montanha, portanto já utilizei fogareiros dos dois tipos em situações de temperatura semelhante em altitudes diferentes. E como o amigo comentou, a temperatura ambiente é o que mais influencia no desempenho desses equipamentos. Mas a altitude também afeta os dois tipos, porém os de combustível liquido tem menor perda de desempenho, sem duvida. a 5000m com +- 0ºC ferver 1l agua Multi fuel com gasolina = +- 7 min Fogareiro cartucho Tekgas= +- 18 min Rendimento: Cartucho tekgas= +- 5 miojos 800ml de gasolina= ja cozinhei por 5 dias 2 cafés por dia (2l) 3 refeições diárias, variando entre sopas não industrializadas, arroz comun e integral, macarrão comun, legumes etc... tempo aproximado por preparo de refeição 30 min Assim dá pra ter uma base, do custo beneficio.... Abração
  22. Olha, já usei aqueles fogareiros elétricos comuns em camping, na verdade não o levei, mas tinha para alugar no próprio camping, aqui no litoral de SC na Guarda do Embaú. Já vi muitos argentinos usando resistências elétricas para aquecer água dentro da própria garrafa térmica, em terminais e aeroportos. Os chamados "Rabo Quente". Também já vi em hostal o pessoal cozinhando dentro do quarto, com um desses da foto que postei, nada sofisticado, que custam em média R$ 30,00, ou até mais barato. Como o amigo mencionou, a desvantagem é que geralmente não são bivolt.
  23. Depois de muita relutância acabei comprando um fogareiro chinês da marca Booster, e para minha sorte tive uma ótima surpresa, portanto resolvi compartilhar. Como nos conhecemos; Depois de um divorcio litigioso com um Coleman Exponent 533, que me abandonou na montanha Huyana Potossy, a mais de 5.000m, me deixando a mercê da bondade de estranhos e com um monte de miojinhos para criar sozinho, voltei decidido a comprar um MSR, por mais que tivesse de tropeçar em beiços da minha cônjuge por longos meses, pois sabia que brincar de casinha próximo as nuvens valeria muito a pena!!! Um ano depois estou de volta a Bolívia, agora para escalar o Monte Sajama, e havia pesquisado na Calle Sagarnaga e certamente os preços eram imbatíveis comparado com os do Brasil. Mas para minha surpresa nesta temporada não encontrei os MSR em nenhuma das lojas que havia pesquisado, haviam somente os BOOTER chinoquinhas, por tentadores U$ 85,00. Já havia visto fotos dele na net e todo tipo de comentário, estilo dizem que é do bom, dizem que não presta... então apesar de suas belas formas, ali todo languido, recostado sobre uma placa de ardósia, meu instinto xenofóbico falou mais alto e resisti aos seus encantos e seu charmoso sotaque cantonês. Parti então para a Andean Base Camp alugar uns equipos. Depois de um tempinho de cinderela provando toda sorte de sapatinhos de escalar, percebi alguns MSR em uma vitrine, e perguntei se era para alugar, e a moça disse que não!!!! No, no se alquila!!! Perguntei por que¿... e a resposta foi que não estavam alugando mais os MSR pois a benzina estava difícil de se conseguir, e estes fogareiros não funcionam bem a não ser com ela. Que tinha até usado gasolina, mas sempre dava problemas de entupimento e fuligem negra, o que dava um paladar nada apetitoso aos quitutes. Então quais vocês estão usando ¿ a gás¿ E imaginem que me deu todo tipo de comichão a hora que ela disse: não nós temos uns multicombustivel iguais a aqueles vendidos na Salantay, ( a lojinha que eu tinha acabado de sair!!!). Que segundo ela me falou, funcionavam bem com qualquer combustível, já haviam testado gasolina, querosene, diesel, tiner... e que com gasolina era perfeito. Terminei de pegar as coisas e saí no pinote!!! Agora decidido a Contrair matrimonio, finalmente uma cocinilha de montaña descente. Eram essas referencias que me faltavam!!! Da-me esto!! E peguei a caixa novinha com ele brilhando dentro. Paguei e sai a procura de uma gasolinera. Eles não gostam muito de vender em vasilha a gasolina nos postos bolivianos, acho que tem medo de que façam coquetéis molotov, mas depois de muito insistir e até mostrar o fogareiro, uma moça acabou me vendendo 2l de gasosa muy buena!!! A primeira noite no parque Sajama fiquei acantonado na vila, pois cheguei tarde e estava uma nevasca tremenda!! Dentro de minha abitacion fui finalmente testar meu brinquedo. Depois de uma lida rápida no manual em inglês que não explica lhufas alguma, fiz o procedimento que já havia visto no Youtubis. E ..Fire on the Hole!!!! Começou com uma chaminha amarela feia e de repente um jato!!!! Sabia que era a hora de dar força total!!! Uma labareda azul se formou como que por magia, seguida de um rugido que me fez pensar nos pilotos de teste dos primeiros Messerschmitt Me 163 Komet: o único avião-foguete a operar na Segunda Guerra. Bom tinha que ser macho mesmo pra pilotar numa bomba!! Devaneios a parte, deu um medão mesmo que aquilo fosse explodir, pois faz um barulho medonho. Alguns minutos depois e nada de cabum, coloquei então uma panela com arroz integral, já que era pra testar, melhor colocar algo duro de cozinhar mesmo... Eu estava a aproximadamente 4700m de altitude e fazia uns 4º C. Arroz integral demora pra ficar pronto mesmo em casa, então não estranhei os 40 min de cozimento. Já os kinojo, 3 min normalmente, 1l de água nessas condições cerca de 6 min. Já estamos juntos a mais de um ano, e estamos muito felizes, eu uso ele ao menos duas vezes por mês, e nunca me deixou na mão. É muito fácil a manutenção, se eu ver que há interesse neste tópico, eu postarei um com dicas sobre cuidados com ele. Em suma é muito bom, podem comprar sem medo!!!
  24. Vai descobrir que é e melhor escola que voce poderia fazer, vai aprender mais em um mes que em 3 anos de Escolinha. geralmente funciona assim: 1º dia: Ai caramba!!! não entendo nada!!! gente que confusão!!! melhor eu fazer cara de quem entendeu e sorrir!!! 2 ao 5 Dia: Peraí, fala mais devagar que eu entendo!!! 7º Dia: Sy Sy lo coprendo!! pero no hablo muy byen!! 10º Dia: Que esto?? que passa? tive un sueño e jo ablava epañol..creo que hay activado el traductor en my cabeza!!! 15º Dia em diante: Hablo epañol muy byen!!! pero ajer temprano no hablava!!! Brincadeira!! não sei escrever em espanhol, mas é mais ou menos assim mesmo! A dica mais importante, não deixe de tentar falar por vergonha de não saber falar direitinho... Os gringos vem aqui falando: Eu querer caipirina... e todo mundo acha lindo!! Como o amigo falou, cuidado com os falsos cognatos!!!! Ri muito com uns Chilenos que lamentavam perder sua busseta!!! mas não se preocupe, perder um Micro onibus não é o fim do mundo!!! Abração Boa vigem
×
×
  • Criar Novo...