Ir para conteúdo

kau moreira

Membros
  • Total de itens

    29
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

13 Boa

2 Seguidores

Sobre kau moreira

  • Data de Nascimento Outubro 28

Últimos Visitantes

708 visualizações
  1. @Brenda Monteiro poxa, pior que eu não tenho anotado agora. Mas eu fechei todas nos hostels onde me hospedei, ganhava um descontinho porque estava hospedada e acabei nem saindo para cotar outros locais, dependendo de onde vocês vão ficar deve ter alguma agência de indicação na recepção. Pelo que me informei, os preços não variam muito não, mas dá para pechinchar haha
  2. @Carla CSvie Eu fiz o trajeto inverso em setembro de 2017. Sai de Maceió, fui para Maragogi, depois Porto de Galinhas e, por último, Recife. Eu achei bem complicado usar ônibus nesse trajeto. Era a minha primeiro opção por querer economizar com transfer, mas não deu. Os ônibus de Maceió para Maragogi eram com a Real Alagoas, mas tinham só 2 horários, se não me engano. De Recife para Maragogi, não sei te informar como fazer para chegar de ônibus. Uma opção seria fazer Recife x Porto de Galinhas x Maragogi, você poderia fazer um bate volta para Maragogi ou se hospedar lá. Se quiser passar um tempo por lá, converse com a agência e faça como eu fiz: vá com uma excursão pagando metade do valor, deu menos de R$ 50. Usei essa estratégia nesse pedaço: Maceió x Maragogi x Porto de Galinhas porque foi a melhor opção de deslocamento que eu achei para os horários que eu queria. Acho que consegues fazer no sentido inverso, de boa. Se puder ficar 2 dias Maragogi, fique. Conheça a Praia de Antunes e São Miguel dos Milagres, vale super a pena. A cidade não tem agito norturno, mas para quem ama praia é fantástico.
  3. @sihitz Em Carneiros, se for com passeio fechado, você tem acesso a um guarda-volumes. Na praia central de Porto de Galinhas, pode pedir para alguém olhar suas coisas ou pedir pra deixar em alguma barraca (que tiver consumindo algo) para que eles olhem enquanto você entra na água. Quando fui, estava sozinha, mas acabei conhecendo uma turma grande no Che Lagarto, aí acabei não tendo que lidar com isso. Mas é tranquilo, Porto de Galinhas é super seguro.
  4. @Bruna Picolo Acho que por Alemanha e Portugal fazerem parte de Schengen você não passará pela imigração quando sair de Frankfurt para Porto mesmo sendo brasileira
  5. @Murch_omf Os guris deram boas dicas. Perfil bem completo, fotos recentes, verificação e receber gente em casa para ganhar recomendações são coisas importantes a fazer. Caso não tenha como receber gente em casa, por qualquer motivo que seja, indico olhar na internet onde rolam os encontros do Couchsurfing na sua cidade. Lá você poderá encontrar vários membros brasileiros e gringos, isso pode te ajudar bastante... No início eu não podia hospedar ninguém porque morava com meus pais e nunca tinha conversado sobre essa possibilidade com eles, então comecei a frequentar os eventos, as festas e consegui bastante recomendação desta forma, além de fazer muitas amizades. O pessoal do Couch não gosta muito de ceder espaço para quem "só procura o Couch quando precisa", então mostrar que você está disposto a conhecer pessoas e culturas, compartilhar conhecimento e experiências, é sempre um ponto positivo. Até porque esse é um dos principais objetivos desse tipo de hospedagem.
  6. @richerpw Oi! Ainda não conheço Fortaleza, mas em Recife já fiquei no Piratas da Praia que é em Boa Viagem e ótima localização, além de uma galera com um astral gigante. Na época que eu fui, fizemos 'after' no hostel quase todos os dias e conheci pessoas maravilhosas que ainda tenho contato e viajei junto depois. Também tem o Cosmopolitan Hostel, também em Boa Viagem, 5min da praia. Tem piscina, tem bastante área comum e é bacana demais. Difícil te indicar o que fazer porque não sei o que gostas, mas uma coisa é certa: visite Porto de Galinhas (se ainda não conhece) e vá a Olinda. Sobre o amigo acima que passa "longe deste tipo de hospedagem", cada um escolhe o que mais convém. Mas hostel é uma forma incrível de conhecer pessoas de todo mundo e para quem gosta mais de privacidade e conforto, ainda há a possibilidade de ficar em quarto privativo. Hostels são seguros, nunca tive problema usando este tipo de hospedagem e, tirando as viagens que fiz em família, em todas as trips fiquei hospedada em hostel (Brasil/Europa/América do Sul). Todos os lugares tem sua particularidade, mas em geral as pessoas que estão em hostel tem uma outra mentalidade. Mas é aquela coisa, se você escolher quarto compartilhado, não deixe seus pertences de valor jogado pelo quarto. Pode não acontecer nada, mas pode acontecer... é questão de se precaver para não ter problemas e curtir ao máximo sua estadia.
  7. @CleidianePadilha Eu sou de Floripa, o Carnaval de Floripa pode ser bom e ruim hahaha. Depende do quanto você quer gastar e o que gosta de curtir Se a ideia é curtir bloquinho de rua tem o Sujos (sábado de Carnaval) e tem os bloquinhos em Santo Antônio de Lisboa também (segunda é o melhor dia). Tem outros blocos espalhados pela cidade, mas na minha opinião esses são os dois melhores e maiores. No centro da cidade, durante todo o carnaval, tem shows nacionais variados de graça com opção de comprar camarote open bar também. Além disso, tem o desfile das escolas de samba no sábado de carnaval à noite. Dá para comprar arquibancada ou camarotes all inclusive que variam de R$ 150 a R$ 400, feminino. Se gosta de festa a fantasia e baile de máscaras tem o Municipal da Raça, no p12, na sexta de carnaval e no domingo tem o baile de máscaras na Alameda Casa Rosa - custam em torno de R$ 130 - R$ 170 (open bar) No circuito ''eletrônico" tem as festas em Jurerê (P12, Café de La Musique, etc) - todos os dias, durante o dia e noite.
  8. @elaine.ferreira Achei o roteiro bem bacana, mas extenso para 30 dias. Se estás realmente disposta a fazer tudo meio corrido, vale a pena. Se a ideia for mesmo curtir com mais calma (e TEM MUITA COISA legal para fazer) dividiria esse roteiro em duas viagens de 30 dias. Faria: Pernambuco, Alagoas, Sergipe e Salvador OU Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte e Paraíba. Seu translado entre as cidades vai ser de carro ou de ônibus? Mesmo sendo tudo "perto", perde-se pelo menos meio dia na função rodoviária - chegada ao local. Em setembro de 2017 fiz metade do seu roteiro em 30 dias. Minha rota foi essa, saindo de Floripa... Mas comecei por Salvador e depois subi. Pernambuco-PE Recife Olinda Porto de Galinhas Alagoas-AL Maragogi Maceió Sergipe-SE Aracaju Canindé de São Francisco Bahia-BA Salvador Morro de São Paulo Salvador
  9. @daemonnakna que pena que já retorna logo após a virada. Provavelmente estaremos na Lagoa por volta das 13h/14h no dia 1º. Vou te passar meu whats por mensagem, se ainda tiver na Ilha por esse horário, me chama! E ah, Ingleses é sempre lotado de gente! No reveillon com certeza vai ter agito na praia e no centrinho, nunca passei lá, mas deve ser bacana.
  10. @Rafaeldv acho uma boa você ir de Porto de Galinhas para Recife, não dei essa sugestão porque pensei que moravas em Maceió. Se for a Recife, já aproveita e dá um pulo em Olinda também.. vais curtir! Eu amei essa viagem, Nordeste é muito bom... espero que curtas também!
  11. @D FABIANO é tipo um restaurante popular.. prato feito por um preço bem econômico. Igual aos RU da vida, mas é uma iniciativa do governo. Sei que tem no Rio e em São Paulo
  12. @Rogerio K C Aqui em Floripa tem o Restaurante Universitário, ele custa R$ 1,50 para quem faz UFSC, mas quem é de fora pode comprar um "bilhete" por R$ 4 ou R$ 5, se não me engano. Fica na área central da cidade, dentro do campus da UFSC. Quando estava na faculdade, via alguns mochileiros usando esta opção, mas não é algo tão comum.
  13. @Lua Fotografia Eaii, tudo bem? Eu moro em Floripa, vou passar em uma festa dessas várias que tem na cidade. Mas sempre rola agito nas praias, indicaria a Joaquina ou o Campeche - próximo a entrada principal, na pequeno príncipe. No dia 1ª eu e umas amigas vamos almoçar na Lagoa da Conceição e depois vamos para o Bar do Boni tomar uma cervejinha, fica no final da Avenida das Rendeiras. Se não tiver planos e quiser acompanhar! Ficas até quando na cidade? Já sabe onde ficará hospedada?
  14. @D FABIANO Putz, que ruim.. O horário já era bem limitado. Agora a pessoa é obrigada a recorrer a aluguel de carro ou receptivo
  15. @D FABIANO Estranho! Me indicaram um ônibus para ir de Maceió para Maragogi e de Maragogi para Porto de Galinhas. Até cheguei a pesquisar porque sairia mais barato, mas desisti porque os horários não me atendiam O de Maceió para Maragogi é um da Real Alagoas que sai da rodoviária. O de Maragogi para Porto passava na beira da estrada. Tinha horários bem complicados, acho que eram 4 por dia (ou 2) e não tinha exatamente como saber que horas eles estariam na frente do posto de gasolina... por isso escolhi usar receptivo nessa parte do meu roteiro Maceió - Maragogi - Porto de Galinhas Mas isso foi em set/2017, não sei se ainda tem como está agora e o roteiro dele tem uma outra parada em São Miguel, o que pode complicar usar as opções de ônibus
×
×
  • Criar Novo...