Ir para conteúdo

Marigaruti

Membros
  • Total de itens

    36
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Olá, hoje vim fazer meu relato sobre uma viagem feita para Bonito - MS. Fui com meu marido para Bonito no sábado dia 18/04 para aproveitar o feriado do dia 21 e 23/04. Segue o roteiro: Sábado - viagem de ônibus até o Rio (3 horas) - avião até Campo Grande - voo da Gol - viagem de ônibus de Campo Grande à Bonito (4 horas) Nó sábado a noite fomos até a agência e fechamos todos os passeios, pois em Bonito o número de pessoas por passeio é limitado diariamente. Como era feriado a cidade estava cheia e não conseguimos vaga para a Gruta azul - uma pena. Domingo - Parque Ecológico - boia cross pela manhã e cavalgada a tarde. Neste lugar podemos aproveitar o dia e na lagoa eles oferecem Standup / caiaque e tirolesa. Segunda - Boca da Onça - passeio maravilhoso! Me surpreendeu! Trilha + cachoeiras - sensacional! Terça - Gruta de São Miguel e flutuação no Rio da Prata (neste dia o ideial seria ter adiciona o Buraco das Araras tb - pois o Rio da Prata fica próximo de lá). Quarta - Manhã livre para abastecer a energia e Flutuação no Rio Sucuri. Quinta - viagem de volta. Saímos as 07:30 de Bonito e chegamos às 23:00 em Macaé. Vou enviar fotos e ir detalhando os passeios com o passar dos dias!
  2. Olá Rodrigo, Alugamos pela http://www.autoeurope.com - foi a segunda vez e correu tudo bem. Os preços são bemmm menores que da Hertz ou outra qualquer, eles são tipo um decolar de aluguel de carro, depois que você fecha com eles que eles indicam em qual locadora retirará o carro. Pegamos no aeroporto de San Francisco e devolvemos no de Las Vegas. Se precisar de mais alguma informação é só falar
  3. Aconteceu no meio da viagem e já havíamos ido nas atrações que sofreram com isso, ainda bem!! Não precisa de carteira internacional não. É só levar a nossa junto com o passaporte e nós não fomos parados em nenhum momento da viagem.
  4. Olá! Só conseguimos nesse preço em dois lugares em NY, nos quiosques da Tkts, um fica na Time Square e outro próximo ao Pier 17. Compramos no da Time Square, o detalhe é que tem uma filinha bem grande e vc compra ingresso somente para o dia. Dê uma olhada: http://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g60763-d273720-Reviews-TKTS-New_York_City_New_York.html
  5. Olá! Segue nosso relato, eu e meu marido tivemos 2 semana de férias e tentamos incluir as cidades que mais gostaríamos de ver nos EUA, ficou corrido mas aproveitamos muito! Compramos nossas passagens da American Airlines - aproximadamente R$ 2550,00 cada - com o trecho interno no mesmo bilhete. Rio de Janeiro - Nova York (JFK) - dia 21/09/2013 22, 23, 24 e 25 - Nova York 26 - Nova York - San Francisco - de avião - ao chegar no aeroporto pegamos um carro - alugado por uma espécie de booking.com de aluguel de carros, a autoeurope, que funciona na Europa e nos EUA tb - você aluga com eles e só depois de fechar eles indicam em qual locadora você retirará o carro. 27 - San Francisco 28 - San Francisco - Monterey 29 - Monterey - Santa Bárbara - Los Angeles 30 - Los Angeles 01/10 - Los Angeles - Las Vegas (de carro) 02, 03, 04 - Las Vegas 05/10 - Las Vegas - Rio. Nova York - Ficamos em um hotel no Queens, como reservamos apenas com 2 meses de antecedência não conseguimos achar nenhum hotel com preço razoável em Manhattan. Ficamos no Quality inn Woodside que ficava a apenas 1 quadra do metrô, fomos por indicação de amigos e foi ótimo. Quarto confortável, limpo, café da manha bem básico mas suficiente incluso na diária. http://www.qualityinn.com/hotel-woodside-new_york-NY476?source=gglocaljn1 Nosso voo chegou às 06:00 - Fomos de taxi para o hotel. Compramos o ticket ilimitado de 7 dias do metrô Era domingo e me desliguei ao fato de que alguns desses pontos poderiam estar fechados, no terceiro dia repetimos a biblioteca e o Crysler para conhecer por dentro! Valeu a pena! Grand Central Terminal Biblioteca Publica / Crysler Passeio por esta área Macys Almoço (dentro da própria loja - Self Service com variedade) Empire states - fomos somente no lobby, deixamos para subir no Top of the rock Intrepid - um porta aviões - atração bem legal que não estava no roteiro mas valeu a pena ter ido no dia Rockefeller Center (O Top of the rock fica lá) Magnolia Bakery Stone Street (próximo a Wall Street) Pub - Ullysses Segundo dia: Estatua da liberdade. Não fomos para a ilha dela. Pegamos o ferry boat grátis, entre do lado direito, dá pra ver muito bem, pra nós bastou. Depois disso passeamos pela região da bolsa, vimos o touro, passamos pelo monumento ao Word Trade Center mas não entramos. De lá passamos para um complexo de escritórios lindo. Lá do ladinho tem a Century 21, ótima para compras. Fomos a pé para o píer 17, mas estava em reforma. Almoçamos por lá mesmo, e depois atravessamos a ponte do Brooklin a pé e voltamos de metro para Broadway / Time Square comprar nossos ingressos. Enquanto não dava a hora do show dá pra dar uma relaxada tomando um drink no Hard Rock. Neste dia compramos no quiosque da Tkts por 70 dólares/cada o ingresso para o fantasma da opera, realmente espetacular! Recomendo! Terceiro dia American Museum of Natural History Show do Planetarium Dakota Buiding Almoço Central Park e seus pontos Time Square - Janta no bubba gump Quarto dia High Line Chelseah Market (Imperdível - principalmente o restaurante The Lobster) SOHO Village San Francisco Hotel: http://www.booking.com/hotel/us/the-pacific-heights-inn.pt-br.html?sid=5353bfaf9189341f677e83ba8ecc93f1;dcid=2 - reservamos pelo booking. Chegamos próximo ao horário do almoço então aproveitamos para ir para o Fisherman's Warf - é uma área que abrange vários piers - com restaurantes, lojas - passamos a tarde lá - um lugar lindíssimo! De lá fomos para o hotel e saímos para dar umas voltas de carro e conhecer a maior loja de cds dos EUA, a Amoeba, pra quem gosta de música e ter cds, lps, dvds é ótima! Na frente dela tem um Whole Food - que pra mim foi uma das melhores descobertas da viagem (só pra explicar - sou nutricionista euheuh), é um supermercado com foco em comida orgânica, com várias opções de produtos prontos para consumo como saladas, pizzas, comidas quentes, caldos Tem em várias cidades e é ótimo para passar e comprar algo saudável para o lanche ou jantar. No segundo dia Pegamos o sightseeing, compramos o pacote no nosso próprio hotel. Foi ótimo para conhecer os principais pontos turísticos, como a Golden gate. Neste dia almoçamos neste restaurante - http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g60713-d353960-Reviews-Hog_Island_Oyster_Company-San_Francisco_California.html e digo que foi a melhor refeição da viagem! Eu não gosto de ostras cruas, mas as de lá o sabor é maravilhoso! Após o passei no ônibus, fomos também na Lombard Street. Em San Francisco faltou só mais um dia para ir pra Alcatraz, nós até queríamos ir mas não havia mais ingressos disponíveis. Por isso compre antes de ir! Pelo menos 20 dias antes para garantir. Eu não esperava que a cidade fosse tão linda e agradável! No outro dia saímos bem cedo do hotel para irmos para Monterey. Fomos pela 1, a opção pelo litoral, cheia de paisagens maravilhosas! Leva mais tempo mas compensa muito! Chegamos antes do almoço em Monterey e fomos visitar o aquário da cidade. Ele é ótimo! Para crianças então, imperdível! Depois fomos fazer o passeio pela 17 Mile, uma estrada dentro de um condomínio fechado que liga Monterey a Carmel. Carmel é linda e aconchegante. Em Monterey ficamos no hotel: http://www.booking.com/hotel/us/comfort-inn-monterey-by-the-sea.pt-br.html?sid=5353bfaf9189341f677e83ba8ecc93f1;dcid=2 - reservado pelo booking também No outro dia pegamos a estrada para Los Angeles. No caminho passamos para almoçar em Santa Bárbara. Depois passamos por Malibu e Santa Mônica, conhecemos o Pier. Fomos de carro até Venice também No outro dia planejávamos ir para o Six Flags, mas o parque passou a semana toda fechada. Então fizemos o passeio tradicional, Hollywood, calçada da fama, fomos em outra Amoeba por lá, almoçamos lá no Hard Rock da região e depois fomos dar umas voltas pela região, ver a famosa placa de Hollywood. Em LA ficamos no http://www.booking.com/hotel/us/friendship-motor-inn.pt-br.html?sid=5353bfaf9189341f677e83ba8ecc93f1;dcid=2 - o dono é muito atencioso, nos deu um mapa e explicou a melhor maneira de chegar nos ponto turísticos. No outro dia partimos para Las Vegas de carro. Essa estrada é bem normal, sem vistas legais e um pouco cansativa. Ficamos no http://www.booking.com/hotel/us/the-mirage.pt-br.html?sid=5353bfaf9189341f677e83ba8ecc93f1;dcid=2 Mirage - reservamos pelo booking, preço melhor que no próprio site. Em Las Vegas o negocio é exagero! Tudo muito grande, rico! Os pontos turísticos principais são os hotéis, os cassinos, é lá que estão as lojas e restaurantes bons. Lá também tem 2 outlets Premium e 3 Ross (loja com produtos com pequenos defeitos com preços baixíssimos), ótimos. Fomos em dois espetáculos lá, no Le Reve que é no Hotel Wynn (espetáculo na água, emocionante) e no Love (homenagem aos Beatles do Cirque de Solei - lindo) que era no hotel onde estávamos hospedados. Os dois comprei antecipado pelo site do próprio hotel. O Love pegamos uma promoção de 50% de desconto, fique de olho no site do hotel! Ficamos com o carro até o último dia pois alguns hóteis são próximos mas nem todos, os outlets são longe da Strip (a Avenida principal, onde estão a maioria dos hotéis legais para visitação). Em Vegas fomos também na Freemont Street, uma rua coberta pela maior tv de led do planela, é um lugar menos glamoroso, mas o show compensa a visita! Meu marido é louco por carros, então dedicamos uma manhã no Exotic Cars. Ele fez um pacote e deu algumas voltas com 3 carros esporte e se apaixonou! O Caeser's Palace é pra mim o mais bonito! E tem um restaurante cheesecake factory - hummmm).
  6. Oi Ana, França só fui para Paris, mas Itália no último ano, fiz Veneza, Milão, Florença e Roma e no caminho paramos na Ferrari e fábrica da Lamborguine, dá uma olhada no meu relato, tem dicas e informações!!! amsterdam-praga-viena-veneza-milao-florenca-roma-em-19-dias-t76001.html Espero que ajude! Beijos!
  7. Parabéns pelo relato! Vou me basear nele pra montar meu roteiro da próxima viagem!
  8. Olá Juliana, vou acompanhar seu roteiro pois pretendo fazer um que entrem essas cidades esse ano também!!! No entanto, ainda não posso dar nenhuma dica ou sugestão, estou iniciando as pesquisas! Beijos e boa sorte!
  9. Oloco, que pena! Espero que não cancele de vez, quem sabe vc possa adiar até coneguir ir em outra época
  10. Renisson, - Fui para Veneza em Novembro e fiquei por lá mesmo, fiquei no Albergo Ai Tolentini (ótima localização e estrutura do hotel - quartos limpos, banheiros privativos) Paguei R$ 181,51 em um quarto triplo, sua nota é 8,2 no booking, tem wifi, café da manhã servido próximo do hotel e é próximo a Sta Lucia. http://www.booking.com/hotel/it/albergo-ai-tolentini.pt.html?aid=311840;label=albergo-ai-tolentini-ncOsVlPxyBJX4X2jojXNOwS14122803433:pl:ta:p1:p2:ac:ap1t1:neg;ws=&gclid=CIy58v-CoLQCFQf0nAod730AYQ Lá andamos muito a pé, somente no segundo dia usamos o vaporeto para passear pelo grande canal e conhecer as ilhas de Murano e Burano. A Catedral de São Marcos não cobra entrada, no entanto lá dentro tem alguns lugares que cobram pequenas taxas para serem acessados, paguei e não me arrependo. Você paga também para subir na torre que tem na praça, 8 euros e a vista é espetacular. Tem também o Palácio dos Doges (paga também - 15 euros se não me engano). Se vc quiser andar de gôndola paga tb, mas o passeio em si pela cidade vc pode fazer todo a pé e de graça. Quanto a alimentação varia muito, mas vi diversos restaurantes com pratos por 10 euros deliciosos. Lá eles utilizam a tinta do polvo para fazer risoto e massas, provei um risoto nero (pq ele fica preto) muito bom por 10 euros. Não compensa beber cerveja ou refri, o negocio é aproveitar o vinho da casa, custo baixo e normalmente gostoso.
  11. Oi Fernando, Em Praga não fizemos câmbio não, pois em Amsterdam gastamos mais euros do que previmos e como era o único país com moeda diferente nós sacamos assim que chegamos no aeroporto. Sacamos no débito e a taxa se eu não me engano foi R$10 ou 12,00 por saque. Usamos um pouco de cartão de crédito também. Pra calcular quanto estávamos pagando eu sempre dividia o valor por 10 pra ter noção do valor em reais. Praga é uma cidade linda! Apaixonante! O Castelo, o Centro todo medieval, a comida, as cervejas, cada ruela, a Ponte Carlos, tudo muito charmoso. A viagem foi super tranquila. Compramos os bilhetes antes pela internet (www.cd.cz) e não dava pra marcar lugares, então a marcação automática nos colocou no mesmo vagão mas em assentos separados. Imprimi os tickets aqui e no trem, durante a viagem, vem um funcionário conferindo e validando.
  12. Que bom que gostaram meninas, conforme for dando tempo vou melhorar o relato! Nem fala em gelato Marcos, que que é aquilo?! Bom demais! Os que eu mais gostei foram os de frutti di bosco (frutas vermelhas) e nocciola (avelã), fora que em Florença tem uma loja da Lindt na Praça do Duomo e lá eles tinham um sabor muito diferente: Figo com nozes, divino!! E sobre os restaurantes algo que nos ajudou muito foi o bendito aplicativo do Tripadvisor, lá tem a pontuação, comentários de clientes, como chegar nos restaurantes e tudo offline.
  13. Roma: De Florença até Roma deu 22,50 euros de pedágio. Pela manhã passamos em Pisa e almoçamos por lá, depois fomos para Roma. Aqui tem muitooos detalhes mas vou resumir nosso roteiro por lá... Primeira coisa: devolver o carro! Nada de dirigir naquela cidade com trânsito louco e nem tem porque, o transporte público lá é muito bom. Primeiro dia: Museu do Vaticano, capela Cistina (comprado antecipado) Basílica de São Pedro (grátis) Castelo de S'antagelo (lá na praça do Castelo compramos o Roma Pass 30 euros). Lá vimos o por do sol, lindo! Segundo dia: Coliseu - cortamos uma fila enorme por ter comprado o Roma Pass. O mesmo ingresso vale para o Fórum romano e Palatino (como era sábado podemos dar uma olhada na casa de Augusto). Almoçamos e depois demos uma volta no Capitólio, Terceiro (tudo a pé): Piazza Navona Pantheon Fontana de Trevi Praça da Espanha e Escadaria espanhola, voltas pelas ruas próximas cheias de lojas E por último encher o restinho que sobrava da mala no supermercado próximo ao B&B (vinho da Toscana, chocolates, macarrão, molho pesto e umas balinhas italianas (urgg amargas pro meu gosto) mas meu marido adora, "Golia". Em Roma eu recomendo dois restaurantes próximos ao hotel onde ficamos. 1 - Sue & Giu Cucina Romana: um restaurante familiar com uma comida caseira e caprichada, eles vão de mesa em mesa conversando, vendo se estão sendo bem servidos, e no final eles dão um biscoitinho doce feito pela "mama", uma graça de atenciosos. http://www.tripadvisor.com.br/ShowUserReviews-g187791-d2320420-r131665563-Su_Giu_Cucina_Romana-Rome_Lazio.html 2 - Trattoria Palazzaccio - o preço deste é pouca coisa maior que o outro, mas nada absurdo. E os pratos são espetaculares! Perfeitos! Massas, frutos do mar, o melhor restaurante que fui na Itália. http://www.tripadvisor.com.br/Restaurant_Review-g187791-d1556749-Reviews-Trattoria_Palazzaccio_Dal_1971-Rome_Lazio.html - O hotel de Roma foi escolhido principalmente pela localização, ele é apenas uma quadra da Praça Cavour, onde há um ônibus que faz o transporte até o aeroporto. O ônibus não para mais bem na praça, para a uns 100m de lá a direita (no site fala o nome da Rua e número). O transporte é super confortável e sem nenhuma parada (5 euros - http://www.sitbusshuttle.com/ ) E tem um funcionário que fica lá vendendo os bilhetes - aquele de laranja na foto. Minhas sugestões pra quem vai pra Itália: aproveite a culinária, experimente todos os sorvetes possíveis! O passeio gastronômico pra mim é uma das melhores partes! Quanto ao aluguel do carro: pra quem gosta de dirigir e não ter muito horário pra ir e vir vale a pena! O combustível lá é caro mas pegamos um carro a diesel bem econômico. Os pedágios lá são caros tb e o interessante é que vc pega um bilhete na hora que entra na rodovia mas não paga nada ainda, só vai pagar quando sair da rodovia, pois no posto de saída eles calculam proporcional a quanto você andou. Nós seguimos a dica de alugar na Autoeurope e tudo correu perfeitamente. Ficamos com medo pois o valor era bem menor do que alugar direto das locadoras e o carro que reservamos, segundo meu marido, não existe mais, mas foi tranquilo. Nessa empresa vc reserva pelo site deles mas você retira em diversas empresas de locação, nós retiramos nosso carro na Europcar. No geral da viagem curtimos muito da nossa maneira, sem muitos horários e necessidade de ver todos os pontos turísticos correndo, a gente viu o que deu e o que nos agradava mais, sem estress. Anexei uma planilha variada que eu fiz antes de ir, está meio bagunçada mas tem algumas dicas, assim como valores (em reais com o câmbio da época). E lembrando que as diárias dos hotéis foram para quartos triplos. Hotéis e transporte.xls
  14. Florença: No dia 12 pegamos a estrada em direção a Florença (deu 17,70 euros de pedágio). Paramos em Maranelo para conhecer a terra da Ferrari, lá visitamos o Museu e fizemos um passeio de ônibus pela fábrica e na pista de testes (onde os pilotos testam os carros de F1). Depois fomos para o Museu da Lamborghini (10 euros) em Modena (34km de Maranelo). Chegamos à noite em Florença foi difícil de estacionar, o estacionamento publico próximo ao hotel fica no Mercado Centrale (só que eu não me informei, quando o cara do B&B disse "público" pensei que fosse na rua...) então rolou um desgaste que poderia ter sido evitado se eu me informasse melhor, pois o trânsito é louco mas dá pra sobreviver muito bem se você souber onde estacionar hehehe O estacionamento custou 25 euros/dia. No outro dia fomos no Duomo, subimos até a cúpula (8 euros), mais de 400 degraus mas a vista compensa! Depois demos umas voltas pelo centro, em cada esquina tem esculturas diferentes e lindas. Às 13:00 retiramos nossos ingressos para ir a Galeria Ufizzi, muitas galerias e salas com estatuas, bustos e pinturas dos grandes nomes da arte, é visita certa em Florença (comprei antecipado para evitar a fila 4 euros/pessoa da reserva). No fim da tarde foi hora de olhar a feira em frente ao mercado municipal. Em Florença compensa muito comprar coisas de couro e pashiminas! Tudo lindo e a um bom preço! E claro uma visita a um supermercado (adoro!) pra conhecer os produtos locais, comprar umas coisas diferentes pra provar. No outro dia fomos para a Piazalle Michelangelo de ônibus - 1,20 euros (comprado na banca de jornal na frente da estação de trem - na hora não sabíamos disso, ficamos rodando pra descobrir). Lá tem uma vista linda e tem uma igreja aberta a visitação 100m acima da praça. De lá descemos a pé para o Centro histórico. Fomos para a Santa Croce - como está em reforma o museu pagamos 4 euros (normal é 6,00), a igreja é bem bonita e nunca vi tantos túmulos dentro de uma igreja. Os meninos foram no Museu do Galileu (9 euros), não entrei, pra quem curte física e engenhocas acho que vale a pena, eu fui dar uma voltinha na Ponte Vecchio ver as jóias! Lá é cheio de joalherias.
×
×
  • Criar Novo...