Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Rosa Moura Silva

Membros
  • Total de itens

    11
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

1 Neutra
  1. Muito obrigada por compartilhar conosco tantas informações. Adorei o relato, me animou mais ainda para conhecer a Colômbia.
  2. Que ótimo relato! Deu para viver um pouco junto, a experiência que foi sua viagem.
  3. Juliana, seu relato é maravilho. Em junho, estou indo passar 5 dias no Uruguai e 5 dias na Argentina. Vc me ajudou bastante nas dicas. Obrigada. ps: que lindo que seu filho gosta de visitar museus. É uma coisa que não abro mão em minhas viagens ps2: horrorizada com o preço das coisas nos mercados do Uruguai
  4. Obrigada pelo relato. Vou próxima semana e me inspirei super nas suas dicas para fazer o meu roteiro.
  5. Legal. Acho que é isso, eu imagino um orçamento entre 5 e 6 mil. Aí a pessoa vai vendo quantos dias passa e os passeios que vai fazer. Mas tem uns que ao meu ver são imprescindíveis.
  6. Muito inspirador seu relato. Também tenho o sonho de conhecer as Torres. João Paulo, o orçamento da sua viagem ficou em quanto?
  7. Eu até fiz como o Filipe numa viagem, mas os sacos sempre chegavam rasgados no transporte aéreo. Uma vez, a mulher que faz o check-in já rasgou o saco na minha cara para colocar a etiqueta de identificação da bagagem. Eu não tinha muita grana para investir numa “Transport Cover” da Deuter e também não queria algo muito feio, feito pelos sapateiros. A dica da Liliam me salvou. Comprei a capa de viagem na China, fiquei bastante receosa, já pensando em mandar reforçar as costuras quando ela chegasse. A capa não é a melhor, mas acho que foi um bom custo X benefício, já que viajo, uma, duas vezes ao ano, sem grandes aventuras e queria algo que protegesse principalmente as fivelas das mochila e contra arranhões leves e sujeita. Paguei 21 dólares (já com frete) e ela chegou com um mês e pouco. A capa serve como de chuva e capa de bagagem, tem alças em cada uma das extremidades e zíper que dá para colocar cadeado, o que para mim foi bom, pois minha mochila não é muito segura, tenho que usar aquelas presilhas para fechar. A capa ficou um pouco folgada para minha mochila, pois o tamanho é único e minha mochila é de 60 l, mas isso não é um grande problema, pois só vou usar para despachar mesmo. Deve “vestir” muito bem numa de 75/80l. No geral fiquei bem satisfeita com minha escolha. A capa comprei no site http://www.pabbos.com
  8. Muito divertido e rico de dicas, seu relato. Parabéns! ps: acho que rolou um romance com a Nathy, hein, rsssss
  9. Pessoal que está atrás de hospedagem, tente o Real Paulista. É um hotel bem simples, mas limpo e organizado, numa praça que fica bem na av. paulista há alguns metro da estação Brigadeiro. Tem shopping, farmacia, boteco... tudo em frente. E o preço é bem camarada. Eu e minha turma ficamos lá, ano passado e estamos indo novamente. http://www.hotelrealpaulista.com.br/ Ano passado, fui para o Lolla de metrô, descendo na estação Butantã. É uma caminhadinha boa, mas esteja pronto, pq vc vai caminhar muito durante o festival. Daí a volta é mais caótica. É melhor voltar de ônibus, pois o metrô fecha, tem dia que de meia noite, e tem dia que é de 01 da manhã, e nem todo mundo consegue entrar. Nem que vc pegue um ônibus para algum lugar perto de onde vc se hospedou e depois um taxi para chegar no destino final. Nas imediações do Jockey vc não conseguirá taxi. Fica tudo uma doidera! Para saber qual o ônibus pegar, coloca do google maps, que em sampa ele traça os roteiros bem direitinho.
  10. Ótimas dicas. Chego no Chile em 02/04, passo 5 dias em Santiago, depois sigo para o Sul. Gostaria de saber o nome dos Hostels que vc ficou... e se na subida do Vila Rica, já estão inclusos as roupas/equipamentos que você usou e no nome da Agência?
×
×
  • Criar Novo...