Ir para conteúdo

Giselli Braga

Membros
  • Total de itens

    44
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Nossa abandonei total isso aqui!!!!!! Quem ainda ver o tópico e precisar de alguma ajuda pro Peru aqui estou. Pra quem leu até aqui queria contar que tô feliz minha gente...ainda tô com meu chileno querido... tô indo pra lá mês que vem, mas vou pro litoral, se der eu tento uma complementação desse tópico do Chile porque vou pra um lugar fora da rota 'turística' do Chile, então o que valer a pena eu venho contar. Beijão a todos!!..
  2. Sonho sonho sonhooo ir em Ushuaia, mas so de lembrar que faz frio..OH MY GODDDD!!! quero de novo não gente...passei um frio danado numa cidadizinha no Peru que eu nunca vi aquilo, mais frio do que na neve em Santiago e da neve a 4900 numa montanha no Peru..cruz credo aquilo, quero praia e sol na próxima.. rsss..beijãooo
  3. Oi Bá..(olha a intimidade da pessoa..baiano é terrível gente.. ).. menina reparei o tanto de amigos de hostel estrangeiros , digo, que não falam espanhol que era a língua de onde você estava; que você pôde interagir, foi a única coisa que me faltou na viagem, eu não pude interagir com ninguém que falava inglês, eu não sei articular uma frase sequer, no Peru conheci uma americana, mas ela só falava inglês e nada de espanhol então eu ficava com cara de paisagem tentando entender o que ela falava com meus amigos (dois deles falavam inglês) eu dava gargalhadas interiores porque eu sabia a cara de c* que eu estava, conseguia entender o contexto e palavras soltas. Mas interessante isso de o que a língua pode ou não fazer por vc numa viagem dessa. Por sorte eu estava em países com a língua que tenho afinidade, mas eu pensei tanto em mim estando na Europa que só pensei: Vou lá sozinha nem a pau..kkkkk...beijoss passando só pra dar um oi mesmo..
  4. OI Dani Claro sim, tenho que contar a parte dos perregues que ficaram no Peru..rss..Espero que acompanhe. E obrigada. Beijo enorme.
  5. Oi Paty Eita que esse romance deu uma agoniada...rss..até em mim..kkkkk...E valeu pelo elogio. E vem o Peru aí..kkkk..ficou estranho isso.. ...abração!
  6. Oie..fique com depressão não que você ainda vai rir da minha cara no Peru .. ..ó né fácil não viu, tem dia que dá vontade de rancar os cabelos, aí a gente respira , dá uma jogada de cabelo estilo Joelma do calypso e segue..hihihi..(me imaginei fazendo a parada.. )..tá dando certo pra mim até agora. Ah vamos manter contato vai que as datas coincidam e a gente faz algo por lá.. Valeu por ter lido a saga...rs..beijos
  7. ...CONCORDO!!!!!!...esse povo da Bahia 'só jesus na causa' hein Taciano..kkkkkkk..abraçosss
  8. Oi Poly... que pena que foi 'breve'.. ..kkkkk...e valeu por estar acompanhando. Vem mais por aí..Beijo enorme.
  9. Riquao valeu demais o elogio. A viagem foi realmente incrível . O relato continuará sim, com certeza virão cenas do próximo capítulo..rs..beijão.
  10. Alectus tô aqui morrendo de amores pela história..quem disse que não sobrou homens românticos nessa face da terra minha gente???..ADOREI!!!..que sejam muito felizes sempre. Abraçoooosss..
  11. Oi Ramos..acredito que o certo é a parte do 'frio demais pra esse negócio de amor'..creio que vc não tenha lido direito a história, acho que nem eu nem ele eramos 'qualquer um' ou o 'o primeiro', eu fui recebida pela família dele, creio que isso diga muita coisa, pelo menos PRA MIM diz muito. Teve gente que se pegou lá por MUITO menos meu caro 'jovem'..sem nem ter 'conhecido' e conversado por 3 meses antes... Mas obrigada por ter acompanhado. Fique bem. bj
  12. OI ALetucs Valeu por acompanhar..e obrigada pelo felicidades..é esse signo é complicado não?..rss..beijão
  13. NÃO CONSEGUI MOVER AS ULTIMAS FOTOS QUE ESTÃO FORA DO LUGAR, NÃO FAÇO IDÉIA DO PORQUE, VOU DEIXÁ-LAS AÍ ATÉ VER O QUE ESTÁ ACONTECENDO..ESPERO QUE GOSTEM..
  14. [t1]Dia 05- 06 e 07 – Dia 14\06\2013 a 17\06\2013 - O ROMANCE[/t1] Sai de Santiago as 7:30 da manhã da Estação Rodoviária Alameda(existem duas por lá, a outra é a San Borja, me confudiu muito isso lá porque alguém por lá me disse que era a mesma mas não era, na volta fiquei tipo: o que faço agora.. porque desci na San Borja e não reconhecia o terminal, nada como você sair perguntando oras, achei o taxi , peguei e fui pro hostel com a naturalidade de alguém que vive em Santiago.kkk..) VOLTANDO: foi a estrada toda morrendo de ansiedade, de medo, de felicidade..tava tudo misturado, eu tava transtornada..kkk...principalmente porque eu não consegui ligar pro celular dele avisando a hora exata que eu tava saindo de lá ( eu não conseguia discar aquela pinoia de telefone, acho que faltava ou sobrava algum número..rsss)..então respirei fundo e falei: SIMBORA MINHA FILHA, qualquer coisa você sabe muito bem como voltar..oras bolas. Depois de 5 horas de viagem eis que chego na rodoviária de Coquimbo. Pequena e assustadora ( pra mim) naquele momento. Olhei pros lados, não o vi. Peguei a mochila, olhei de novo,todos me olhavam e resolvi sentar. E foi aí que meu cérebro borbulhou por um minuto. Primeiro pensei: aquele cabeça de vento tá atrasado; depois pensei: e se ele não vem e fez pra sacanear? ..aí pensei em seguida, deixa de ser doente mental, relaxa e espera porque ele não sabia que horas você ia chegar, qualquer coisa a cabine pra comprar a volta é logo alí. Quando terminei de pensar o bando de tontera, como 5 minutos, olho pro lado e eis que aparece minha fofura, com aqueles olhos azuis lindosss, e a primeira frase na cabeça: Obrigada senhor, é bonito(pra mim)..se fosse feio eu me matava agora..e cai na risada... ....eu tava tão morta de cansada que nem consegui levantar pra abraçar ele , então ele se inclinou me abraçou, aí eu levantei e abracei e nos demos um ‘fofo’.. ..os dois morrendo de vergonha..mas foi super fofinho..me contou que por culpa do avô ia chegar 1 hora atrasado, que o avô disse que o bus chegaria em 1 hora mais..mas ele resolveu ir 1 hora antes pra caso eu chegasse ele já estaria lá..eu ia matar ele se chegasse 1 hora depois.. ..Então olhamos um pro outro, meio que sem acreditar no que estava acontecendo, nos abraçamos por um largo tempo e depois fomos pra casa dos avós dele. Ah o nome dele né gente..Osvaldo Francisco (a mania de nome duplo que esse povo tem jesus cristinho..kkk) meu branquelo. Foram os dias mais felizes de TODA a viagem..dããããnnn claro!!!..Ele mora sozinho, na casa onde vive a anos, é de Santiago mas mora em Coquimbo, a irmã mora em Santiago com o pai e a mãe em Chiloé, ele vive perto dos avós, então fui almoçar lá e conhecê-los. Fui absurdamente bem recebida, o avô com toda a pompa e charme de um senhor chileno super educado e a avó o meu xodó total, ela é uma fofa, eu queria trazer pra mim e cozinha super bem, eu já falei da vergonha que passei lá né..então ô povo que come...é comida demais gente..aguento aquilo não, a refeição consiste em 3 ou 4 passos..Entrada+sopa+prato principal+sobremesa, eu faltava morrer..porque não eram quantidades razoáveis , era grandeeeeeeeeee...no segundo dia eu tive que falar porque eu não estava aguentando..rss..vergonha! A noite marcamos com uma prima dele pra fazermos pizza e conversar, fomos pro supermercado de maozinhas dadas.. ..eita negocio esperado esse tal de andar de mãos dadas, pra quem vive junto é algo banal, mas pra quem tá longe..uiiii..é sucesso..no caminho dei de cara com um gato lindo e dengoso que subiu nas minhas costas (safado). A noite não poderia ter sido mais agradável, comemos, tomei o tal do pisco, mas eu tava pra lá de baguidá sem beber nada então depois do segundo gole eu parei, já tava com sensação de embriaguez, ãã2::'> não entendia porque eu estava no nível do mar..mas vai entender..AH nível do mar porque Coquimbo é no litoral do Chile, gente o pacífico tem umas águas super escuras...deu medo no inverno, espero que sejam lindas no verão.. Depois foi o resto da noite pra nos conhecermos, sentir o cheiro, o tato, deitar e assistir tv colados ficar repetindo que a gente fazia aquilo tudo só que pela tela do computador e agora estávamos juntos o resto é sensurado né gente . Foi incrível. Até hoje aquilo tudo parece sonho. Tá chega de melação. Apesar de ter ido pra ver ele eu fui conhecer a cidade também, conheci lugares legais e fascinantes como uma cruz gigante que tem lá, super famosa,creio que se chama Cruz del tercer milenio, passeamos de carro pela costa ( a orla), o Forte, o Mirante (que será pra sempre lembrado, momento especial, não tenho foto dele porque foi só curtir o por do sol abraçadinhos ..piorei a melação não foi... adorooo..), o Porto, feirinha de artesanato e a festança a noite, eu não entro em detalhes de como chegar a esses lugares porque eu não faço a menor idéia..eu tava de carro com o namorado e curtindo a vista então nem prestei a menor atenção..hihihi..se alguém se interessar me fala porque aí eu pergunto pra ele). Gente lá fazia um frio absurdo, muito mais que em Santiago, muito mais do que na neve... Fui pra Boate , me esbaldei no Reggaeton, tinha estranja lá além de mim, tava super animado, fomos eu, ele e o melhor amigo dele.Antes de irmos conheci outros amigos dele que foram tomar umas cervejas na casa dele. Gente, páááára tudo, eu não sou fluente em espanhol, mas eu falo e entendo espanhol certo Giselli? ERRADO!!! Eu não entendi bulhufas do que aqueles malucos estavam falando, só palavras soltas, eles falam absurdamente rápido, e eu sentada na mesa só respondia: Anham..Anham..kkkk...Osvaldo virava pra mim e perguntava: amor você tá entendendo¿ e eu: NADA de NADA amor..e caiamos na risada, e depois eu disse: amor estou desistindo de tentar entnder a partir de agora ok minha cabeça tá doendo porque to forçando a pobresinha a funcionar demais..ele não se aguentou e caiu na risada, eles falam muitas gírias e eu ainda não conheço todas, tem uma que eu fico perdidinha, uma tal de WEON, eles usam pra tudo e eu ainda não consigo identificar os significados dessa zorra..mas eu chego lá. Eu posso dizer que estou mais que apaixonada pelo país e pelo namorado, vamos completar 7 meses juntos e ótimos 7 meses mesmo de tão longe, nos damos super bem, é de mesmo signo _ ESCORPIÃO_ UYYYY...kkkkk....deu tudo certo, não fui assasinada, não rancaram meu cabelo, nem minha pele..ai credo..kkk..adorei a família dele e agora em Fevereiro vou largar o carnaval (se é que será em fevereiro) pra ir pra lá passar as férias, só 3 dias com o namorado não dá né, então retorno pra passar 20 dias..uêbaaaa...(antes que alguém pense: mas porque ele não vem pra cá agora? eu respondo: ele ainda estuda, está no penultimo ano da universidade e ainda não trabalha para o meu sofrimento..kkkkk...)e agora a nossa vida é assim: quando sentimos vontade de estar juntos, fazendo coisas normais de casal como ir num restaurante ou coisa assim a gente se arruma, faz um jantar e come juntos, como se estivéssemos frente a frente, é triste e romântico ao mesmo tempo, a gente gosta e faz com uma certa frequência, e pasmem a ideia foi dele..ô menino romântico de mãe..=P..Ele até hoje guarda a minha passagem de ônibus pra Coquimbo na carteira e o papel de um chocolate que eu levei daqui e a caixa de chocolate da cacau show que eu dei a ele..ficou fascinado pela cacau por sinal. Eu diria que é super difícil isso de namorar alguém que está em outro país, mas quando a gente gosta, gosta e ponto. E pra vocês desejo todo amor, carinho, e respeito que eu pude encontrar nessa viagem, tanto do novo namorado como dos novos amigos. Parece que eu escolhi a dedo!.. O retorno a Santiago foi triste, não tirei foto na rodoviária, estávamos muito triste e o ver pela janela do bus chorando foi a coisa mais linda do ano.. beijocas
  15. [t1]Dia 04 - 13/06/2013[/t1] Já que amanhã é dia das crianças aqui vai um relato do dia que eu mais fui criança nessa minha vidaaaaaaaaa...EU NA NEVE..kkkkkkkkkkk... ..ô dia bom, apesar de ter passado mal subindo aquele maldito zig zag da montanha..ô senhorr..eu xinguei viu.. .. Mas é tudo muito lindo, aquela imagem vai ficar marcada pra sempre. Bom nosso passeio passava por todas as estações, mas como era comecinho de inverno tinha estações que não estavam funcionando porque não tinha neve suficiente. O guia (A FIGURA DO SÉCULO esse guia) nos levou logo na mais alta, que era a que tinha neve, o Valle Nevado, caminhamos, brincamos, fizemos as criancices de sempre..comi neve....tá ok, não me julgue.. ..eu tinha que compensar a quase morte pra poder chegar lá né.Comecei a sentir calor com aquela roupa toda, SIM CALOR!..a gente tava mais próximo do sol afinal, e não era invernão rigoroso então as roupas começaram a sair do meu corpo, vocês vão ver que no fim das fotos eu tô quase pelada...ups..quase..pra quem tava na neve é um quase . Foi o dia de brincar e dar de maluca, até anjinho eu fiz..=)))))... Na Estação Farellones paramos pra comer. O casal que estava na van com a gente eram ótimos, o bom dessa viagem foi que só tinha nós 4 na van então fizemos as coisas no nosso tempo, isso foi bom demais. Tomei uma sopa doida aguada com uns pedaços ENORMES de pollo, mas tava gostosa. Gente comentar uma coisa, que povo é aquele??..comem demais!!!!!!!...tudo era muito, é muita comida numa refeição só, eu passei vergonha lá na casa dos avós do namorado..jijuss!!.. Na volta resolvi sentar no banco da frente com o motorista e Regi resolveu vir comigo também, foi a minha salvação, vim conversando com o guia, contamos toda a vida um do outro inclusive do meu namoro com um Chileno, foi tanta resenha com minha cara..rss..Ok, a conversa rendeu tanto que seguiu pra mesa de bar depois do passeio e ele e Regi tomaram uma gelada, a tal da ESCUDO, esse dia foi bom viu..rs..voltamos pro hostel. À noite, esperamos uns amigos chilenos da Regi pra sairmos e comermos, enquanto isso chega gente nova no quarto, a Silvana, super gente fina, vinda do Atacama, sozinha também, uma senhora de mais de 40 anos. Tive sorte nessa viagem, só conheci gente BACANÉÉÉÉRRIMAA!..fomos todos comer em um dos milhares de bares que tem na Calle Pio Nono, realmente é uma rua show de bola pra ficar. Enquanto isso a galera gozando altas com minha cara por conta do namorado chileno que vive em Coquimbo, com uns papos de assassino, daí pra pior..eu comecei a me irritar e resolvi ir dormir porque eu tinha que acordar super cedo pra ir pra Coquimbo ver o tão famoso namorado da Giselli...(ficou conhecido assim por lá). ..Vou começar explicando, eu não o conheci nessa viagem, o conheci ANTES da viagem, pela internet. Um dia resolvi retomar meus estudos de espanhol e entrei num site chamado LIVEMOCHA, tipo uma rede social pra aprender outras línguas e entrar em contato com outras pessoas(mundialmente falando) que também estão aprendendo o mesmo idioma que você, ou o seu idioma, elas te ajudando com o idoma delas e você ajudando outras pessoas com o seu. Eu gostava muito, conheci muita gente bacana lá, inclusive a pessoa desse romance que vos falo. Eu já tinha minha viagem pra fazer quando o conheci, apenas dei uma desviada na rota, se é que me entendem ..hihihi...pra dar uma passadinha pela casa dele..^^...Começamos a namorar pela internet uns 3 meses antes da viagem, ou seja, eu nunca o tinha visto, só pelo skype, claro!..Foi a pessoa que me tirou do mal estar de um relacionamento anterior que me fez mal, então decidi que eu ia lá, eu não poderia estar tão enganada sobre ele. E NÃO ESTAVA!!!(pelo menos até esse exato segundo que estou escrevendo..rs)..E lá fui eu..
×
×
  • Criar Novo...