Ir para conteúdo

Pensador

Colaboradores
  • Total de itens

    326
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Nao entendo muito de motos, mas todas as vezes que fui la vi tanto motos subindo como descendo, mas a proporção das que sobem é maior. Quanto a abastecimento saindo do Rio, parece tranquilo, na dutra tem postos de sobra, vai passar um pedaco por dentro de sp e provavelmente pegar o rodoanel e pegar a Regis sentido Curitiba tambem é tranquilo quanto a postos de gasolina ate curitiba sao varios e muitos sao bons. Se sair beeemmm cedinho do Rio, daria tempo de parar saindo de sp na regis no posto 41 antes de juquitiba, a comida e boa e bem barata. Cuidado so no trecho da serra do cafezal, que esta em duplicaçao e o asfalto esta muito ruim com varios buracos. De Curitiba a Lages também e tranquilo, pode ir tanto pela 116 como pela 101. Pela 116 se for passar primeiro em urubici, sao joaquim e pela 101 se for subir por orleans depois, mas acho que no final tanto faz. De carro prefiro pegar a 101 mas e questão de gosto mesmo. Qualquer duvida avisa Espero ter ajudado
  2. Fica NA mole, é um quiosque, o primeiro à direita da praia tem ou tinha um tipo de banner ou bandeira da mormaii com o nome do quiosque.
  3. Então Gui... acho que deixar a volta em aberto não é possível... até por questão de imigração, você poderia em tese remarcar o bilhete se fosse preciso. Os hotéis que indiquei são bem legais para casal e bem confortáveis. Já vi que tem curiosidade em conhecer Londres, então coloque na trip, não vá passar vontade hehehehe acho mais lógico que seja a primeira cidade até por questão de logística. Um dia em Milão não sei... aliás um dia considero só como daytrip... e milão é relativamente grande... parar só para ver o duomo e a galeria vittorio emanuelle... parece muito trabalhoso... tem lojas bacanas lá... mas vai encontrar também em Roma... sei lá... Veneza daria tranquilamente aí vc faz um planejamento de trem que da suíça vc já vai para veneza... Poderia ser o voo de chegada em londres.... até paris no Eurostar de paris ao loire de tgv... do loire até a suíça quando fiz voltei a Paris e tomei o TGV o trajeto é longo tipo umas 7 horas de trem se não gosta de ficar tanto tempo no trem tem a opção de pegar um voo.
  4. Vou dar meu pitaco também rsrs... Já fiz lua de mel por lá então acho que alguns pontos são relevantes. A não ser que sejam mochileiros (ambos) de carteirinha, risque do mapa as opções mega econômicas que por experiência te digo que vão broxar o romantismo rsrs. Faça uma viagem sem pressa e com menos locais... depois vcs voltam para conhecer o restante muitas e muitas vezes... Lembre-se que estarão indo no começo do inverno (climatológico e não do calendário) europeu, não deve haver muita neve ainda mas os dias são mais curtos. Na minha opinião, cidades românticas para um casal: Paris, Roma, Veneza, Lucerna (tem muitas e muitas outras, mas tem que ter algum ponto de partida hehe). Ainda na minha opinião, fica legal começar com algo de impacto (até porque já está gravado no senso comum). Este início seria bacana por Paris, reserve 5 dias para conhecer e aproveitar a cidade. (um hotel muito bom é o sofitel arc de triomphe). Dali recomendaria ir até o vale do loire de trem e ficar uns 2 dias inteiros (3 noites) recomendo o chateau des tourelles, muito bom. Aí já estaria perto da suíça mesmo... se puder faça um trajeto com o glacier express, achei show de bola e pode ficar uns 2 dias em lucerna Por último iria até roma e fim (se forem 15 dias)
  5. Fabiane, Pode pesquisar neste: http://forum.mundofotografico.com.br/
  6. No intuito de ajudar... o restante até é possível fazer corrido, mas Milão a Paris passando por Zurique DE CARRO no inverno não dá mesmo. Abandone essa idéia. Amanhece tarde e escurece cedo. Não conhece o caminho... é um risco inútil. Se sair às 7 da manhã com tudo escuro deverá chegar às 10 da noite (otimista) com parada apenas para almoço, ou seja, dirigiria algo como 6 horas no escuro. Como com certeza vai parar para tirar fotos etc etc... vai chegar na madrugada do dia seguinte... PS eu já fiz várias vezes este trajeto de trem, apenas com itinerários diferentes... prefiro de trem, dá para tirar fotos tranquilo... e mesmo demorando é show.
  7. O pessoal já deu ótimas dicas... só pra ajudar na parte do frio, utilize o sistema de camadas; segunda pele - fleece - impermeável na parte de cima e na parte de baixo segunda pele do tipo polartec e calça. Quanto ao casaco impermeável existem os sem forro e outros com forro de penas (eu gosto mais deste segundo tipo). Não esquecer gorros, luvas e um calçado adequado para frio e neve... e boa viagem!
  8. Vi suas mensagens anteriores e o Adriano te deu umas dicas 10... O que eu poderia acrescentar é que tendo tempo e vindo de BH poderia conhecer a região das águas em MG... caxambu, são lourenço a parte serrana, montes verdes, maria da fé, poderia conhecer o PNI, campos do jordão, aparecida, a cidade de são paulo se não conhece... depois pode ainda fazer as praias a partir de paraty indo a ubatuba, caraguá... depois conhecendo ilha comprida aih para em curitiba para conhecer... de depois segue o roteiro que o adriano falou. De floripa da pra conhecer a guarda do embau, praia do rosa, garopaba, laguna etc. Quanto a pedágios não dá pra escapar muito não e nem é tão expressivo que justifique... vai pegar um trecho da dutra ou airton senna depois de sp para curitiba se não me engano tem 5 ou 6 pedagios de 1,80
  9. Creio que o problema não deve persistir durante tanto tempo assim... Em todo caso e SE a Disney é algo importante poderia escolher como destino Paris e a Eurodisney... quanto ao frio não tem jeito... Orlando com certeza tem um clima mais ameno mas como ficaria 2 meses nos EUA imagino que iria pegar frio indo para NY ou outras cidades...
  10. Basta constituir advogado e solicitar a inclusão. Dependendo da Comarca é algo relativamente rápido. Não há necessidade de mencionar o documento espanhol.
  11. Entendi Marcos, como eu nunca fiz mochilão, será uma adaptação em todos os sentidos rs. Essas mirrorless realmente confundem a mente de quem não tem experiência com fotografia porque tem umas características muito boas. Pelo que eu percebi na DSLR, seria ideal como uma outra lente porque a que vem (18-55mm) talvez não seja o suficiente, talvez com mais uma de 55-200mm seja melhor para algumas ocasiões. Porém, para a Nikon D3300, não vi nenhum Kit com preço acessível para mim, mas vi da Nikon D3200 (Kit básica mais uma de maior alcance) pelo preço da D3300...Será que essa outra lente seria realmente necessária? Obrigada pela dica : ) Vou dar meu pitaco no intuito de ajudar ok... Depende muito do tipo de fotos que vc deseja fazer... às vezes compactas resolvem... se pretende virar fotógrafa ou ter isso como passatempo sério é recomendável uma DSLR. As mirrorless também já ajudam, o grande problema que vejo hoje nas mirrorless é a ausência do OVF, se bem que os visores EVF tem melhorado muito mas eu não acostumei ainda (é o visor por onde se tira a foto, sem ele tira-se a foto pelo liveview que é a tela de LCD). Caso se decida pela DSLR, veja que a nikon até certos modelos não tem motor de foco incorporado, encarecendo a compra de lentes... talvez seja o caso de pensar optar por Canon. Quanto às lentes, depende muito das fotos que vá fazer. Não entendo de Nikon, transplantando para Canon, se o objetivo é paisagens, irá precisar de uma grande angular, uma 10-22 ou a nova 10-18 ajudam um bocado - para Nikon, bastaria ver quais as lentes disponiveis. Se o seu objetivo é fotografar animais por exemplo irá precisar de algo parecido com uma 400mm numa cropada... A lente do kit é uma walkaround, uma lente para tudo em outras palavras. Meu conselho é que faça uma viagem com ela sem comprar nenhuma outra... na volta após editadas as imagens veja do que sentiu falta aí sim inicie a busca por novas lentes... Tem gente fissurada em nitidez das primes... outros na versatilidade das lentes zoom... outros precisam de lentes claras etc etc...
  12. Creio que neste caso quanto ao movimento da água, deve se regular o tempo de exposição variando abertura e com muita luz será necessário um filtro ND; Quanto ao desfoco, normalmente maior o zoom maior o desfoque ou seja menor profundidade de campo; novamente terá que verificar a questão de abertura da lente, maiores aberturas (número f menor) menor profundidade de campo. No caso da sua cam, o sensor é 1/2,3 um sensor relativamente pequeno o que dificulta mesmo o desfoque; mas existem softwares que fazem o desfoque em pos edicao e algumas cams tem essa função desfoque (até celulares já tem)... não sei como fica o bokeh nesses casos.
×
×
  • Criar Novo...