Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

PC Palmeiras

Membros
  • Total de itens

    22
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Depois de muita pesquisa, estou tentado a fazer uma "loucura". Vejam como ficaria este roteiro: Jun/15: Berlim - dias 08 a 12 13/06 (trem saindo de Berlim às 05:50 e chegando em Munique ao meio dia) Munique - dias 13 a 15 16/06 (saio de trem cedo para Oberammergau) Oberammergau - dia 16 16/06 (saio de trem ao anoitecer para Berchtesgaden - noite na cidade) Berchtesgaden-Königssee - dia 17 17/06 (saio trem ao anoitecer para Salzburg) Salzburg - dia 18 19/06 (saio cedo de ônibus para Hallstatt) Hallstatt - dia 19 19/06 (saio de shuttle ao anoitecer para Cesky Krumlov) Cesky Krumlov - dia 20 20/06 (saio de ônibus à noite para Praga) Praga - dias 21 a 24 24/06 (saio de ônibus às 23h para Budapeste) Budapeste - dias 25 a 27 27/06 (saio de ônibus ao anoitecer para Viena) Viena - dias 28 a 01/07 02/07 - (viagem de volta ao Brasil sai ao meio dia) Estou com muita dificuldade em excluir alguma dessas cidades. Muitas das viagens me deixarão no destino por volta das 23 horas no meu destino. Vocês acham que está muito ruim? Quais cidades vocês excluiriam? Mais uma vez, obrigado.
  2. Pessoal muito obrigado pelas infos! Estive pesquisando um pouco, e me pareceram muito interessantes os passeios para Hallstatt e para o lago Königsee, na Alemanha. Estou pensando em tirar um dia de Praga (ficando por lá 3 dias inteiros e cortando Kutna Hora) e 1 de Budapeste (mesma coisa). O Roteiro então seria: 07/06 a 12/06 - Berlim (saída a noite - 22:00 de trem para Munique) - 05 dias 13/06 a 16/06 - Munique (com um "day trip" para Füssen) - 04 dias 17/06 a 19/06 - Salzburgo, Hallstatt e Köenigssee - 03 dias 20/06 - Cesky Krumlov - 01 dia 21/06 a 23/06 - Praga - 03 dias 24/06 a 28/06 - Viena - 05 dias 29/06 a 01/07 - Budapeste - 03 dias 02/07 - Volta para Viena para pegar o voo. Às perguntas: - Praga e Budapeste ficarão muito apertados? - Vale a pena cortar Kutna Hora, que aparentemente só tem o Ossuário de atração? - 04 dias em Viena seriam pouca coisa? Se não for, eu deixaria Budapeste com 04 dias também. - 03 dias em Munique valem a pena? - Penso em alugar um carro em Salzburg para fazer as viagens para Hallstatt e Köenigssee. Vale a pena? - Existem outras opções melhores a partir de Salzburg, com paisagens mais bonitas que Hallstatt e Köenigssee? Todas as viagens serão feitas no período do começo da tarde, de acordo com dicas que li do AdrianoLB em outros tópicos aqui no fórum. Fiz isso em Paris, Londres e Amsterdã, e realmente pude aproveitar bastante os dias dos deslocamentos. Ainda de acordo com as dicas do Adriano, e endosso aos demais viajantes, vale muito a pena entrar em uma cidade e sair em outra, bem como fazer os deslocamentos mais curtos possíveis. Meu roteiro só está ficando extravagante porque quero pegar a festa de aniversário de Munique, em 14/06. Se eu não estiver abusando da boa vontade, desde já agradeço a colaboração.
  3. Oi pessoal, mais uma vez venho pedir ajuda, para uma outra viagem. Desta vez quero conhecer cidades do Leste Europeu e a Baviera. Já adquiri minha passagem aérea, chegando em Berlim (07/06) e regressando por Viena (02/07). Paguei R$ 2.500,00 pela Iberia. Considerei um bom preço, considerando o mercado atual. Estou em dúvida com relação à ordem das cidades. A ordem natural é até tranquila, mas a questão é que no fim de semana do dia 14/06 ocorrem as festividades do aniversário de Munique, e dizem que vale a pena estar na cidade. Então eu estou pensando no seguinte roteiro: 07/06 a 12/06 - Berlim 13/06 a 16/06 - Munique 17/06 - Salzburgo 18/06 - Cesky Krumlov 19/06 a 22/06 - Praga 23/06 a 27/06 - Viena 28/06 a 01/07 - Budapeste 02/07 - Viena (direto pro aeroporto) Sei que o caminho natural seria Berlim - Praga - Viena - Budapeste. Ocorre que eu tenho vários dias e gostaria bastante de conhecer estas outras cidades. Vocês acham que é viável fazer estes deslocamentos? Se possível gostaria de sugestões para conhecer pequenas cidades na Áustria e na República Tcheca. Desde já agradeço a colaboração de vocês!
  4. PC Palmeiras

    O dólar não pára de subir. E agora, o que eu faço?

    O que eu pensei foi bobagem absoluta. Não compensa mesmo. Isso porque os valores que as casas de câmbio pagam por seus dólares nunca serão favoráveis, mesmo na Europa. Talvez, sacando com um cartão do tipo "travel money" direto do caixa eletrônico poderia haver alguma vantagem, mas esta seria tão pequena, e o risco tão alto que, realmente, não vale a pena. Então fujam! É uma cilada, rsrsrs
  5. PC Palmeiras

    O dólar não pára de subir. E agora, o que eu faço?

    Estou percebendo que o dólar está ganhando valorização em relação a quase todas as moedas, inclusive o euro. Seria uma boa aposta comprar dólares agora, para daqui a um mês trocá-los por euros no país de destino? Abs.!
  6. PC Palmeiras

    9 países em 30 dias na Europa: É possível?

    Eu nunca fui à Europa. Vou pela primeira vez agora em setembro. Mesmo assim, pelas pesquisas que fiz das coisas interessantes que existem nas cidades, posso afirmar que a sua proposta seria extremamente corrida, e você não aproveitaria bem a sua viagem. Para se ter uma ideia, 20 dias seriam bem "gastos" só com Paris e Londres. Como você tem 30 dias para ficar lá na Europa, eu sugeriria que você dedicasse a viagem para conhecer as grandes capitais e cidades pequenas interessantes de 2 ou 3 países. Eu particularmente vou visitar França, Inglaterra, Holanda e Bélgica, que são todos fronteiriços, em 16 dias, e pelo tempo apertado, só vou conhecer as capitais, e mesmo assim o básico do básico. Paris 5 dias, Londres 6 dias, Amsterdã 3 dias, Bruxelas e Bruges 2 dias. Meu palpite é o de que você deve escolher os destinos que prefere, colocar cidades próximas umas das outras dentro da Europa e aproveitar mais o seu passeio em cada cidade/país. Certamente, absorverá muito mais de 2 ou 3 culturas do que de 10, e terá lembranças muito mais marcantes da sua viagem. :'>
  7. Pessoal, vou para a Europa e entrarei pela Espanha. Na minha foto do passaporte, estou de cabelo curto e sem barba. Agora, meu cabelo está bem maior e estou com barba. Seria perigoso ir assim e ser barrado na imigração? Ou eles possuem treinamento para entender esta situação? Obrigado, Paulo.
  8. PC Palmeiras

    Visa Travel Money - Perguntas e Respostas

    Confidence cambio. Tem meu nome, mas não tem chip.
  9. PC Palmeiras

    Dinheiro, cartão de crédito, VTM... - Perguntas e Respostas

    Eu já tenho um VTM em dólar, de outra viagem, e estou indo para a Europa. Compensa fazer outro VTM, em euro, ou eu não perco muito com o feito em dólar? Pretendo sacar direto da minha conta através do meu cartão Ourocard, que tem as funções débito e crédito. É tranquilo? E, finalmente: um simples extrato bancário da conta corrente vinculada ao cartão serve para demonstrar posse de recursos na imigração em Madri? Obrigado!
  10. PC Palmeiras

    Visa Travel Money - Perguntas e Respostas

    Fui para o Uruguai e para a Argentina em Janeiro, e acho valioso contar minha experiência. No primeiro dia, o caixa eletrônico que tentei usar com meu cartão de banco engoliu meu cartão e não devolveu. Ninguém resolveu o problema, apesar de o pessoal local ser simpatissíssimo e ter tentado me ajudar. O caixa que deu problema era de um banco uruguaio, e não das grandes redes mundiais, como HSBC ou Santander. Eu havia tirado cópia do cartão, e nele havia o telefone da central de atendimento no Brasil. Pode-se ligar a cobrar, o atendimento é muito rápido e imediatamente bloquearam o cartão do banco. Havia levado apenas 100 dólares em espécie, e um VTM. Eu tinha pego VTM em dólares, pedi para os meus familiares o recarregarem para mim e saquei em pesos uruguaios sem problema nenhum. Incrivelmente, tentei sacar com o VTM em um caixa eletrônico daquele mesmo banco uruguaio, e novamente meu cartão não foi devolvido. Como tinha um cartão reserva, fui salvo, e saquei todo o restante do dinheiro, para não passar mais sustos. Este último saque foi muito tenso. Fui ao caixa eletrônico com muito medo, porque se eu perdesse este último cartão, ficaria sem recurso nenhum na viagem, e teria que voltar à pé para o Brasil O mais legal é que tinha um caixa eletrônico do Santander em Montevidéu que tinha dólares disponíveis. Levei dólares para a Argentina, e me dei bem no câmbio por lá, com uma pessoa de confiança que pagou uma cotação muito boa. Agora a pergunta: Vou agora para a Europa, Paris e Londres. Já tenho o VTM em dólar, e pretendo novamente tentar usar o cartão do banco para fazer saques por lá. Pretendo levar apenas uns 600 euros em espécie. Vale a pena fazer um outro VTM em euro? Como vou para a Inglaterra, compensa ter também em libra? Ou, por ser apenas um backup, apenas o VTM em dólar já é suficiente?
  11. PC Palmeiras

    Primeira vez na Europa - Pra onde ir?

    Bom galera, percebendo que eu cometi alguns enganos ao comprar a passagem, tanto para o destino quanto para a quantidade de dias, eu suspirei fundo, desencanei e remarquei. Agora vou para Paris no dia 19/09 e volto de Paris para SP no dia 07/10. Esquecendo os custos que isso me causou, agora estou em dúvida quanto a dois possíveis roteiros: 1ª opção: 19/09 - SP-Paris 20/09 - 14:00 Paris 21 - Paris 22 - Paris 23 - Paris 24 - Paris 25 - Paris 26 - Paris - Londres (Eurostar 10:30 - 13:00) 27 - Londres 28 - Londres 29 - Londres 30 - Londres 01 - Londres - Amsterdã (Trem + Ferry, partindo às 19:30 e chegando às 10:00) 02 - Amsterdã 03 - Amsterdã 04 - Amsterdã 05 - Amsterdã - Bruges (Ônibus partindo às 08:30 e chegando às 13:00) 06 - Bruges - Bruxelas (trem parte às 13:00 e chega às 14:00) - Bruxelas - Paris (Thalys, sai de Bruxelas às 21:10 e chega em Paris às 22:30) 07 - Paris - SP vôo às 07:40 Como segunda opção, eliminei a Bélgica, e procurei não iniciar a viagem por Paris (apesar de o vôo chegar lá), por receio de que as outras cidades pareçam menos interessantes: 2ª opção: 19 - SP - Paris 20 - Paris 14:00 - Paris - Amsterdã (Thalys parte às 16:30 e chega às 20:00) 21 - Amsterdã 22 - Amsterdã 23 - Amsterdã 24 - Amsterdã (viagem noturna, Trem + Ferry para Londres) 25 - Londres 26 - Londres 27 - Londres 28 - Londres 29 - Londres 30 - Londres - Paris (Eurostar 10:30 - 13:00) 01 - Paris 02 - Paris 03 - Paris 04 - Paris 05 - Paris 06 - Paris 07 - Paris - SP 07:40 Estou realmente em dúvida entre estas duas opções, principalmente pelo fato de que, terminando a viagem em Paris, seria facilitada a compra de souvenirs para levar para o Brasil, além de vinhos, que dizem ser baratos. O que acham? Obrigado!
  12. PC Palmeiras

    Primeira vez na Europa - Pra onde ir?

    Obrigado pela ajuda, Adriano! Pensando bem aqui, vou inclusive ajustar meu roteiro, para que eu conheça Madri também, aproveitando a viagem, e não chegando em cima da hora. Encontrei um vôo na KLM, com bagagem incluída, ida e volta, Madri-Amsterdã por R$ 360,00. Ida no dia 21/09 e volta no dia 03/10. Creio que, comparando com os preços das low-cost, que me cobrariam um valor extra em cada trecho para despacho de bagagem, o preço esteja bom, não? Abraço!
  13. PC Palmeiras

    Primeira vez na Europa - Pra onde ir?

    Encontrei passagem para Madri, voando pela má afamada Ibéria, por R$ 2.071,00, indo no dia 19 de setembro e voltando no dia 03 de outubro. As passagens para daqui a 30 e 60 dias estão muito caras, e para setembro também estavam em uma média de R$ 2.600,00. Fui precipitado ao comprar a passagem? Foi caro? Ademais, como Inês é morta, estou montando a minha viagem, com a rota Paris - Londres - Amsterdã. De início, meus planos seriam esses: 19-20 set: SP - Madri 20 set: Madri - Paris (Vôo Air France R$ 165,00) 21 set: Paris 22 set: Paris 23 set: Paris 24 set: Paris 25 set: Paris - Londres (Eurostar R$ 110,00) 26 set: Londres 27 set: Londres 28 set: Londres 29 set: Londres 30 set: Londres - Amsterdã (Ferry Stena Line R$ 210,00) 01 set: Amsterdã 02 set: Amsterdã 03 set: Amsterdã - Paris (Eurostar R$ 110,00) Paris - Madrid (Air France R$ 165,00) 04 set: Madrid - SP Estou em dúvida se faço o contrário, começando por Amsterdã, e seguindo para Londres e Paris. Fica muito ruim assim? Obrigado pela ajuda!
  14. PC Palmeiras

    Primeira vez na Europa - Pra onde ir?

    Obrigado, Adriano. Pretendo ir em Agosto ou Setembro deste ano. Quero comprar as passagens, tanto a intercontinental como os deslocamentos com antecedência de 60 dias. Vou ficar hospedado em albergues. Talvez vá com um amigo, mas a tendência é que eu viaje sozinho. O que está pegando mesmo é essa dúvida entre leste europeu ou Londres, Paris e Amsterdã. Abraço!
  15. Oi pessoal! Em setembro pretendo ir à Europa, passar uns 20 dias e estou na dúvida sobre ONDE ir. Tenho muita vontade de conhecer o Leste Europeu: Berlim, Praga, Budapeste e Viena. Nos meus planos, eu gostaria de alugar um carro e rodar por estradas secundárias, conhecer os lugares com calma, estas coisas. Por outro lado, como é a primeira vez que vou pra lá, e só posso viajar uma vez por ano, estou bastante inclinado a conhecer as tradicionais Londres, Paris e Amsterdã, fazendo os trechos por trem ou low-cost, o que aparecer mais vantajoso na hora. Algum palpite? Se eu for pro leste europeu, vou ficar pensando que deveria ter visitado Paris? Obrigado!!
×