Ir para conteúdo

andre amaral

Colaboradores
  • Total de itens

    378
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

5 Neutra

Sobre andre amaral

  • Data de Nascimento 21-09-1974

Bio

  • Ocupação
    Administrador

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. O bonde 10 sai do aeroporto pra estação central direto e demora uns 35 minutos. Agora, de trem é o mesmo preço e bem mais rápido.
  2. andre amaral

    Amsterdam

    Dá uma olhada no www.9292o.nl , mas pra esse itinerário, ou pega o ônibus 197, que é praticamente direto, ou o trem até Amsterdam Lelylaan e, de lá, o Tram 1.
  3. Uma visita bacana, mesmo para quem não é chegado em cerveja é a Cervejaria Cantillon (http://www.cantillon.be). Fica a uns 15 minutos caminhando a partir da Grand Place e é quase igual a como era em 1900, quando foi fundada. A Cantillon fabrica cervejas tipo Lambic, uma cerveja exclusiva da região de Bruxelas. Diferente das Lager (baixa fermentação) e Ale (alta fermentação), a Lambic tem fermentação espontânea: eles deixam o mosto descansando por uma noite em um recipiente aberto para que as leveduras que estão no ar ajam sobre ele e fermentem. E essa levedura da Lambic só tem na região do Rio Seine, que cruza Bruxelas. Custa R$ 10, você passeia pelo meio da produção completamente artesanal e ainda tem direito a dois copos de degustação. No total, é coisa de 1:00h a 1:30h de visita.
  4. andre amaral

    Amsterdam

    Em outubro, o clima varia muito na Holanda. Espere chuva e uma temperatura na casa dos 5oC a 18oC; por outro lado, os parques ficam muito bonitos com o outono. Pra ir do aeroporto ao centro, o mais fácil é pegar o trem: a estação de trem fica dentro do aeroporto de Schiphol e a viagem sai € 3,90.
  5. andre amaral

    Bruges

    Nas proximidades de Bruges, quem gosta de cerveja tem que visitar a Westvleteren, que fica a uns 70km de distância, perto da fronteira francesa. A Westvleteren é uma das 6 abadias trapistas que fazem cerveja na Bélgica e a mais exclusiva delas. As 3 cervejas da Westvleteren são vendidas apenas na própria abadia, mas só consegue sair de lá com uma caixa quem agenda com antecedência e dá placa do carro e tudo. Pra turista, que não consegue fazer isso, há o In De Vrede, um bar/restaurante que fica em frente e onde se vende essa preciosidade. Dá pra comprar umas poucas garrafas pra levar, também.
  6. andre amaral

    Amsterdam

    Só cerveja e vinho.
  7. Boa sorte na jornada. Só me permita discordar de uma coisa: fotos não são pra mostrar pros outros. São também, mas o outro vê uma vez e pronto. Eu pego hoje fotos do meu primeiro mochilão pra Europa, há 15 anos, e viajo de novo. As imagens, as recordações, são pra nós mesmos; com o tempo vemos que nossa memória não é tão infalível.
  8. andre amaral

    Amsterdam

    Kleber, dá pra pegar um trem de Schiphol (o aeroporto) pra Amsterdam Centraal e dar uma volta pela cidade. Talvez pegar um daqueles barcos que fazem passeio pelos canais (saem da frente da estação) que ajuda a ver mais coisa em menos tempo. É pouco pra conhecer bem Amsterdam, mas é melhor que ficar parado no aeroporto.
  9. Felipe, deixe sempre sua picape com vidros abertos e destrancada quando estiver megulhando. Obviamente, sem nada de valor dentro. A dica é estranha, mas é isso: eles sabem que o sujeito está mergulhando e se estiver trancada, vão quebrar os vidros da picape pra ver se tem algo dentro. O carro em si não roubarão.
  10. Sobre a questão Crise e Turismo, dois pontos interessantes: - Apesar da crise estar pegando bem mais pesado pesado no sul da Europa, o que mais ouço nas ruas em cidades turísticas é gente falando espanhol (e com sotaque característico da Espanha) e italiano. - Sim, Portugal, Irlanda ou Espanha estão numa situação mais grave, mas a noção de crise do europeu é muito diferente da nossa. Eu falo pra eles como eram as coisas nos anos 80 e 90 (hiperinflação, troca da moeda de 3 em 3 anos, essas coisas...) e eles acham que estou mentindo. Mesmo os tombos que passamos com crise do México, da Argentina, da Rússia e do caramba até meados dos anos 2000, o que se vê aqui é fichinha perto disso. Bem ou mal, as coisas funcionam, os serviços públicos continuam excelentes, há confiança nas instituições e tudo mais. Os problemas maiores são desemprego (e olha que viver desempregado aqui, é outra história) e o bando de arauto do apocalipse que aparecem na vida política.
  11. Opa, boa ideia. Quem tiver alguma dúvida sobre Holanda e Bélgica fora do mainstream, posso ajudar. Estou em Eindhoven, sul da Holanda, pertinho da fronteira com os vizinhos do sul. Já que a ideia é jogar conversa fora... impressão minha ou a crise não tem afetado tanto o turismo na Europa? Tudo quanto é canto que vamos, vemos voos, hoteis e cidades sempre cheias.
  12. andre amaral

    Barcelona

    Quatro dias é uma boa conta. Quando fui, fiquei 5, mas um deles numa day trip para Girona e Costa Brava, e deu pra conhecer legal.
  13. Pra quem estiver vindo pra Holanda e Bélgica esses dias e pretende usar os trens entre as duas, prepare-se. Em dezembro, o serviço regular foi substituído pelo Fyra, um serviço de alta velocidade que melhoraria o transporte entre os dois países. O antigo InterCity foi desativado, mas o novo Fyra está um caos: trens danificados pela neve e gelo, linha com problemas e o serviço entre Amsterdam e Bruxelas altamente prejudicado, com muitos atrasos, cancelamentos e baldeações de ônibus em alguns trechos. Está uma revolução entre políticos, ferroviários, população e as empresas de trem. Na melhor das hipóteses esperam regularizar tudo em 3 semanas, até lá, quem precisar pegar um trem, vai ter qu ter muita paciência.
  14. andre amaral

    Bruges

    Nessa, passe pelo 't Brugse Beertje (literalmente O Ursinho de Bruges... http://www.brugsbeertje.be/index_en.htm), que possui uma carta de cervejas bem extensa. Também faça uma visita na cervejaria De Halve Maan, onde fabricam a Brugse Zot e a Straffe Hendrik. A visita em si é muito bacana.
  15. Obrigado pelas dicas e sugestões, mas a viagem ficou adiada pro final do ano, quando será mais fácil termos as semanas necessárias. Valeu!
×
×
  • Criar Novo...