Ir para conteúdo

F M

Membros
  • Total de itens

    748
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

106 Excelente

1 Seguidor

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Boa noite, Fora da Zona de Conforto. Ótima postagem. Eu acrescentaria experimentar o verdadeiro "stroopwafel", de preferência o grande, feito na hora. Salut !
  2. Boa noite, caa_milalopes. Durante o inverno, os dias são mais curtos e costuma fazer muito frio. Caso não precise ir neste mês e/ou seja sua primeira visita a estas cidades, eu iria entre final de abril e outubro (e dependendo do que você quer conhecer, também não iria em agosto). Espero que o tempo de sua viagem seja bem longo. Um mês para Londres, Paris e Amsterdam (e arredores) acho pouco. Incluindo Barcelona então... Salut !
  3. Boa tarde, Pâmela Pecle Dantas. Visitar os locais históricos da 2ª Grande Guerra me interessa. Os da Alemanha visitei muito poucos. Quero visitar os demais, faz algum tempo. Quando pretende ir e qual a duração prevista de sua viagem? Para quem quer conhecer os horrores dos campos de concentração, a Polônia é o melhor local, em minha opinião. E os campos de Auschwitz-Birkenau são os mais importantes, podendo ser visitados por conta própria num bate-volta de ônibus a partir de Cracóvia. Bom planejamento!
  4. O sítio da RFB tem muitas informações sobre viagens ao exterior. Pesquise lá. E se ainda tiver alguma dúvida depois, entre em contato com a embaixada/consulado do Brasil aí ou com a própria Receita para esclarecer seu caso específico. Bom retorno!
  5. Um "bonjour" pronunciado como um francês será muito difícil para quem não fala bem o idioma. Pronunciar mesmo errado, com sotaque brasileiro, será suficiente para ter a boa vontade extra em ser ajudado. Em geral, a simples tentativa de falar a palavra será reconhecida e bastante valorizada. Sim, verdade. Pode-se perfeitamente visitar a França sem nada saber de francês. Você mesmo provou isto. O problema é outro. Sim, claro, como em qualquer parte do mundo. Em geral, é o que acontece, incluindo na França. Muito difícil de acontecer. Mas se você fêz alguma "barb
  6. Excelente resumo de como interpelar alguém na França. Recomendo começar SEMPRE com um "Bonjour" (ou "Bonsoir", se for o caso) e logo em seguida um "s'il vous plaît". O resto da frase pode até ser em inglês mesmo. Isto lhe abrirá muitas, muitas portas para a boa vontade do seu interlocutor francês em lhe ajudar. Você provavelmente se surpreenderá. Bon voyage !
  7. Boa tarde, Ca.tercia89 Estou programando uma viagem para o próximo ano e tenho pesquisado a respeito do deslocamento entre a rodoviária e os aeroportos, pelo que li o mais vantajoso para mim seria o "frescão" mas não consegui encontrar relatos mais detalhados a respeito. Encontrei alguns falando que é possível embarcar dentro da rodoviária e outros relatam embarque nas proximidades da novo rio, parece que existem várias linhas com nomes singulares e segundo o que li é preciso tomar cuidado para embarcar no destino certo. Queria saber se alguém do Rio ou que tenha recentemente utiliza
  8. Boa tarde, Sergio Moreira Neves Você pode relatar o ocorrido ao PROCON-MG, para que eles fiscalizem a empresa e apurem a irregularidade. Boa viagem!
  9. Boa noite, Eduardo Cabrera. Março costuma ser frio nestes países. E o dia é curto. Considere isto em seu planejamento. Será corrido, em minha opinião Eu ficaria facilmente os 15 dias em Paris. Mas sou suspeito para falar da lá. :) Minhas dicas são: viagem sem pressa e aprenda palavras básicas em francês (elas lhe abrirão muitas, muitas portas na França e cantão francês na Suiça). Quanto a auxiliar, estamos aqui para ajudá-lo. Basta postar sua pergunta. Se pudermos o ajudaremos. Mais cidades nesta rota, há várias. Mas seu roteiro está apertado
  10. Boa noite, imjoaogabriel Cada país tem suas leis sobre a hospedagem de menores. Consulte o consulado/embaixada para obter as informações necessárias ao seu caso. Boa viagem!
  11. Boa tarde, @Magda S. Marinho Já perdi, faz tempo, as contas das vezes que viajei. Fiz viagens com e sem pacote, total ou parcialmente. Não desaprovo nenhuma delas, pois todas têm suas vantagens. Cabe a cada viajante decidir a melhor opção para si. Como prefiro montar meu próprio roteiro, faço quase todas as minhas viagens por conta própria, seguindo meu tempo e interesses em cada local. Evito assim ficar preso ao horário e itinerário do pacote pronto, que quase sempre não me agradam. Mas precisa-se tempo para planejar a viagem. A do pacote está pronta, só esperando por você.
  12. Boa tarde, @Magda S. Marinho Às vezes, quando o voo está cheio, os funcionários pedem (algumas vezes exigem) que os passageiros com bagagem de mão mais volumosa permitam que ela seja despachada sem custo, exatamente por receio dos bagageiros da cabine não comportarem toda a bagagem. Boa viagem!
  13. Boa noite, @Veronica Cardoso Realmente, isto dificulta um pouco. Conhecer um pouco de inglês ajudaria MUITO. Faça um curso básico de alguns meses e enquanto isto, viaje pelo Brasil ou América do Sul. Sim, claro. Seja bem-vinda! Quem sabe você não se interessa em se juntar a alguma viagem sendo planejada aqui. Frequentemente, os usuários pedem companhia. Sim, certamente. Mas você precisará de tempo para aprender lá. E isto custa caro. No exterior, como turista, não é permitido. Bon voyage !
  14. Boa noite, @Carol Magnoni Parabéns pelo relato. Muito bom! E tenho certeza que você vai adorar a Colõmbia. Boa viagem!
  15. Boa noite, @lmelo01 Você poderia se apresentar e ser mais específico em sua pergunta para que possamos tentar ajudá-lo? Boa viagem!
×
×
  • Criar Novo...