Ir para conteúdo

laisalencar

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. laisalencar

    Ilha Grande - RJ

    Fui para Ilha Grande com meu namorado na semana passada. Não tenho nem palavras para descrever como amei o lugar. Tudo muito lindo, muito natural, me senti a vontade o tempo todo. Decidi escrever aqui para dar algumas dicas para que está indo. Espero que sejam úteis. - Para chegar até Ilha Grande você pode ir com a barca (R$ 4,50 e demora 1:30 hr pra chegar) ou com barcos particulares (mais caros). No cais ficam alguns homens gritando que tem barco pra Ilha por 20 reais, dizendo que eles chegam em 40 minutos e que a barca demora muito mais e bla bla bla. Caí na besteira de ir em um desses. HORRÍVEL. Super lotado e desconfortável, além de ser mais caro. Começamos já estressados. E detalhe: A IDA ATÉ A ILHA DUROU QUASE 2 HORAS, e não 40 minutos como eles dizem. Então, se você chegar em Angra após as 11 da manhã, não tenha pressa de chegar correndo até Ilha Grande. Vá de barca mesmo, o 1ª horário da tarde é 15:30 se não em engano. Ainda porque, não vai adiantar muito chegar na Ilha depois das 11, pq nesse horários todos os passeios de barco já sairam. -> Pousada - Ficamos em uma pousada muito boa chamada Mara e Claude. Fica poucos metros pra esquerda do cais de Abraão, na areia da praia mesmo. Pegamos um quarto com sacada de vista para o mar, com ar condicionado, ventilador, tv, frigobar, rede,cama de casal, banheiro e café da manhã incluso. Pagamos 150,00 a diária e gostamos tanto que ficamos um dia a mais. O dono (Claude) é um velhinho francês muito divertido. - A maioria das pousadas não serve almoço nem jantar. O que não tem problema pois no horário do almoço você vai estar nos passeios pela ilha, e na janta vai querer passear pela vila e jantar em um dos vários restaurantes que tem la. ->Aluguel de coisinhas - Alugamos máscara de mergulho e capinha a prova de água pra máquina todos os dias. VALE MUITO A PENA Não da pra ficar tirando foto dos passeios sem a capinha (alias, até dá. Mas você tem que tomar muito cuidado e não pode entrar na água com a máquina, nem filmar e tirar fotos em baixo da água. Aluguel da máscara: 10,00 por dia por pessoa Aluguel da capinha a prova de água: 15,00 reais por dia Sobre a capinha: Cuidado: tem várias barraquinhas perto do cais alugando por 25,00 reais. Não alugue! Você acha facilmente por 15,00 reais em outros lugares. E VALE MUITO A PENA ALUGAR. ->Comidas -Nós levamos vários lanchinhos de São Paulo para evitar gastos a mais na ilha. Principalmente nos passeios de barco você precisa levar algo pra comer. Os passeios duram por volta de 6 horas e só tem uma parada pra almoço, então é sempre bom levar um salgadinho ou bolacha, lembrando de levar um saquinho para jogar seu lixo. (Parece óbvio, mas acreditem, vimos pessoas jogando lixo no mar descaradamente. Triste.) Restaurantes: Ficamos 6 dias na Ilha e comemos em alguns lugares bacanas: - Restaurante Gabi Biel: muito bom e barato. Comemos 2 vezes lá. No ultimo dia pedimos uma picanha na chapa que acompanhava batata frita, arroz, vinagrete (que trocamos por farofa) e feijão. Pagamos 50,00 reais e comemos BEM!!!! -Pizza na praça: comemos 2 vezes lá. Na primeira pedimos pizza e nos arrependemos. Se você mora em São Paulo (conhecida por ter uma pizza muito boa) não vai gostar da pizza de lá, meio sem gracinha. Na segunda vez que fomos meu namorado pediu um macarrão alho e óleo (muito bom) e eu pedi um contra filé com arroz, fritas e farofa (que também estava muito bom). O lugar tmb é bem baratinho, nossa conta deu uns 50,00 reais também. - Padaria: acho que é a única da vila. Muito boa. Um dos poucos lugares que encontrei suco de laranja na ilha (um suco maravilhoso diga-se de passagem). Ela é um pouquinho cara. Um enroladinho de presunto e queijo custa uns 4,50. O suco custa isso tmb. Mas vale a pena fazer um lanchinho, e la tem Wi-fi. - Comida Japonesa: não sei o nome, mas fica do lado da padaria. Pedimos um hot holl que vinha 10 unidades por 24,00 reais. Quando chegou ficamos meio chocados, pois eles eram minúsculos. Mas estavam tão gostosos que até valeram a pena. -Restaurantes que paramos nos passeios de barco: todos muito caros. Pratos por volta de 70,00, 90,00 e até 130,00 reais. No primeiro que fomos não comemos nada. Em um outro passeio pedidos uma porção de peixe e uma de arroz. A conta ficou em uns 50,00 reais. -Carrinho de doces: quase na frente da Pizza na praça tem um homem com um carrinho grande de doces. Quem faz os doces é a mulher dele. Tem doces de tudo quanto é tipo: pavê, pudim, bolos, cocadas, pé de moleques.... e diversos sabores: Pavê de chocolate, limão, doce de leite, paçoca... Bolo de chocolate, limão.... Cada doce custa 5,00 reais e são muito bons! Comemos lá umas 3 vezes. Quando digo que 50,00 reais para o casal é baratinho é pq na ilha você dificilmente vai achar algo por menos que isso. Tudo la é muito caro, mas você acaba se acostumando. -> Internet -Algumas pousadas tem, a maioria não. Tem algumas lan-houses na ilha extremamente caras. 0,20 centavos por minuto. Fui algumas vezes bem rapidinho só pra ver meu e-mail. A internet é bem lerdinha, então cada vez que eu ia la ficava uns 3 reais, por mais que eu ficassem bem pouco e visse só algums e-mails. -> Passeios (com corações mesmo pois fiquei apaixonada) Não se preocupe em achar seus passeios. Tem MUITOS pontos de passeios pela vila. Cada portinha que você entra tem gente te oferecendo passeios. Conhecemos algumas agencias, mas passeamos todos os dias com a mesma, pois gostamos dela. Fica no comecinho da rua da padaria, do lado da lan house. O vendedor se chamava Lucas e foi MUITO prestativo, nos indicando muitas coisas bacanas. Passeios que fizemos: - Meia volta na ilha: muito bom. Começa 10:30 e termina 17:30 (mas você nem vê o tempo passar). Custa 90,00 e estão inclusos água, máscaras de mergulho e macarrões (pra boair). Fizemos esse passeio 2 vezes. O passeio é de lancha, então você chega muito rápido nas praias. O roteiro inclui, na ordem: > Lagoa verde: linda demais, ótima pra ver peixinhos e tartarugas. Vá para o lado oposto da onde os barcos param, depois das pedras. Lá tem menos pessoas e você vai conseguir ver mais peixinhos e quem sabe tartarugas e cavalos marinhos. Eu vi apenas peixes, meu namorado viu uma tartaruga. Ele sempre se afastava mais, eu tinha medo e ficava mais perto da praia. Mas se você quiser ver algo diferente não pode ser medroso que nem eu (também não vá fazer a loucura de ir longe demais ou ir pra onde é caminho dos barcos) > Helicóptero: acidente ocorrido em 1998 fez com que o helicóptero do empresário Eduardo Tapajós, dono do Hotel Gloria naufragasse. Ele está a 7 metros de profundidade. Na 1ª vez que fizemos essa meia volta na ilha a água estava muito escura e não deu pra ver nada. Na segunda, conseguimos mergulhar 4,5 metros (sem equipamento mesmo) e vimos o helicóptero bem de pertinho. Na mesma região (Praia do Bananal) é possível ver o local onde ocorreu o deslizamento no reveillon de 2010. > Parcel de Aripeba: Bacana pra mergulho. Tem uns corais com cavalos marinhos, infelizmente não vi nenhum. Vimos aranha do mar e 3 estrelas do mar enormes. A praia é do Willian Bonner. Mas ele não pode construir nada pq perdeu esse direito na justiça, já que ele estava tentando cercar a praia com cerca elétrica (what?). > Lagoa Azul: lindaaa. Onde finalmente vi uma tartaruga. Veio nadando na minha frente. Fiquei maravilhada. > Saco do céu: o saco do céu não é uma praia, é uma região. É um local onde dizem que o mar reflete perfeitamente o céu. Quando fui, não vi nada disso nenhuma das vezes. > Praia do amor: a praia é feia (se comparada às outras) e não tem nada pra se ver quando mergulhamos. Mas tem uma história bacana. Dizem que no passado um casal ia nessa praia pra namorar escondido. O pai da menina descobriu e matou o menino. Ela, por sua vez, acabou se matando. Hoje dizem que o casal que pular de mãos dadas do barco ou que escrever seu nome na areia, ficará junto pra sempre. Eu e meu namorados escrevemos nosso nome na areia, mas logo em seguida um urubu passou por cima... acho que é mal sinal né? hahahaha Alias, urubu é praticamente o único tipo de pássaro que você vai ver na ilha. TEM MUUUUITO URUBU! >Feiticeira: a ultima praia do passeio. A história do nome é devido á uma escrava velhinha, que logo que foi alforriada foi morar nessa praia. Dizem que ela fazia muitos rituais na beira do mar. Por isso o nome. Tem umas pedras na direita da praia que é muito bonito de mergulhar, em um determinado ponto você se vê entre dois paredões enormes. É lindo. Na praia tem uma cachoeira tmb, mas não fomos. Quem vai por esses passeios de barco não tem tempo de fazer as trilhas, pois ficamos 40 minutos em cada praia. - Ilhas de Angra: o MELHORRRR passeio de todos. Não tenho nem como dizer como é lindo. (120,00 reais por pessoa) São 4 paradas: ] - Cataguases: praia linda de morrer. Provavelmente o lugar mais lindo que já vi. Joguem no google. - Botinas: duas ilhas minúsculas e muito parecidas. Parecem aquelas ilhas de desenhos. 7 metros de profundidade e muitos peixinhos lindos. Amei! Joguem no google tmb. -Lagoa azul -Almoço caro em Japariz -Lopes Mendes (25,00 reias por pessoa) O barco nos deixa na Praia do Pouso e temos que fazer uma trilha sofrida até Lopes Mendes, que fica do outro lado da Ilha Grande. A trilha é rapidinha (uns 30 minutos), mas tem umas subidas que judiam. Eu cheguei na praia com as pernas tremendo. A praia de Lopes Mendes é muito linda e quase não tem ninguém. É como se fosse um paraíso só seu. Vale a pena andar até a ponta esquerda da praia, onde tem umas pedras e um barril enorme (mais alto que eu, que tenho 1,70 de altura) que caiu de um navio há muito tempo atras. A praia tem muito caranguejo. A areia toda é cheia de buraquinhos, e eles se escondem antes mesmo que você tenha tempo de admirá-los. Mas vimos bastante siris e caranguejos andando pelo mar. A areia é estranha de um jeito bom. Ela é fofa de um jeito diferente, não sei explicar. Faz barulho quando você anda. A praia é linda pra se ver e nadar, mas não vimos nada quando mergulhamos. No passeio diz que você pode fazer uma trilha pra Praia de Santo Antonio. Mas era muito mal sinalizado o local e não encontramos, ficamos com medo de entrar na trilha errada e acabar nos perdendo. A Praia do Pouso, que é onde o barco nos deixa e nos busca, tem um restaurante flutuante. - Taxi Boat Um dia eu e meu namorado caímos na ENORME BESTEIRA de dormir até mais tarde. Quando saímos da pousada, por volta do meio dia, já não tinha mais nenhum passeio pra sair e as lojas estavam TODAS FECHADAS (sim, eles fecham a tarde toda devido ao baixo movimento). Mas nem tudo estava perdido. Alugamos um taxi boat para conhecer a praia do Abraãozinho. Pagamos 10,00 reais cada. O taxi boat deixa a gente na praia e combina que horas volta pra nos buscar. A praia e quase deserta, mas é bonita (bonita, não maravilhosa). Na volta pedimos pro moço nos deixar na praia preta. É bacana, mas nada de mais. Tem umas ruínas de um presidio, mas as ruínas principais ficam em Dois Rios. Voltamos pra Vila do Abraão por uma trilha, de 20 minutos e super tranquila. Ouvimos falar que no shopping tem uma agencia que faz uns passeios diferenciados, para grupos pequenos com foco em ver os bichinhos mesmo (tartarugas, cavalos marinhos, peixinhos). Fomos la, a dona é uma estrangeira chamada Gigi, bem enrolada. Conversamos com ela e ela ficou de nos ligar na manhã seguinte dizendo se ocorreria o passeio mesmo (pq o tempo não estava muito bom). Acordamos sem chuva, sol bonito, não muito forte, mas o tempo estava muito bom. Ela não ligou e quando ligamos ela disse que não ia rolar o passeio pq tinham poucas pessoas. (Sendo que ela havia dito que o passeio ERA para poucas pessoas). Quando questionei ela meio que se embananou e disse que estava indo pra Angra. Depois a vimos no cais com um pessoal. Enfim, ficamos muito chateados. Nossa vontade era de ficar mais uma semana na ilha, para fazer todos os passeios que não fizemos. Com certeza voltaremos. O lugar é lindo demais. Espero ter ajudado quem pretende ir para lá. Importante! Na ilha não existem caixas eletrônicos. A maioria dos lugares aceita cartão, mas mesmo assim leve uma quantia em dinheiro.
×
×
  • Criar Novo...