Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Marcos Santanna

Membros
  • Total de itens

    66
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Marcos Santanna

    relato Viagem a San andres agosto 2016

    olá viajarei agora em janeiro e queria saber quantas pessoas cabem nesses carrinhos. Somos em 4 homens e gastaríamos muito dinheiro se nesse carrinho só couber 2 pessoas. obrigado pelas informações
  2. willypsy83, agora vc sabe como vive um jovem negro da periferia no Brasil, os policiais os param o tempo todo pra revistarem, inventam contravenções, os espancam e os prendem sem motivo algum. Não é nada de diferente do que acontece em muitos lugares do nosso país, a diferença é q os brancos de classe média aqui tem polícia pra defender e o pobre negro tem a polícia pra atacar. Gostei do relato Erica, apesar de não concordar com muitos dos motivos que vc acredita q ocorra essa violência, gostei muito de saber sua opinião. Eu tenho muito medo de entrar na Bolívia por exemplo, as duas vezes que estive lá tentaram me extorquir. Farei Monte Roraima e Salto Angel em dezembro e já desisti de conhecer o resto da Venezuela, só não sei ainda como irei pra Colômbia de lá, me disseram q dava pra comprar vôos nacionais com bolívares, mas vc me passou uma informação diferente, de qualquer forma só saberei disso quando estiver lá. Abraço
  3. Marcos Santanna

    Cuba, Costa Rica e Panamá (19 dias)

    só tenho uma coisa pra dizer sobre sua tirolesa na Costa Rica, ANIMAL! só que pelo seu relato achei os passeios muito caros. Espero que termine seu relato em breve....
  4. fabricio, de santa elena não saem vôos para ciudad bolivar, mas além de caracas vc sabe se tem vôos para el vigia ou alguma outra cidade da venezuela? Valeu
  5. James, acabei de voltar de Buenos Aires e conheci 2 venezuelanos lá, ficamos no mesmo quarto de hostel, eles me disseram que estão todos querendo sair da Venezuela e que não se pode mais comprar passagens de avião dentro da Venezuela com bolivares, mas que até o meio do ano se podia e que compensava muito comprar passagens internacionais já que a cotação estava mais ou menos 1 dolar pra 100 bolivares. Acho que pela época que vc fez a viagem compensaria muito mais vc viajar de avião, mas me disseram também, que ainda vale muito a pena viajar dentro da Venezuela de avião, as passagens estão entre 1000 e 2000 bolivares com uma cotação de 1 dolar pra 160 bolivares, sai de graça! Estou com muito receio de ir pra Venezuela, quando estava lá um dos venezuelanos me disse que estão acontecendo assassinatos de estrangeiros por taxistas, mesmo assim eu vou, mas não posso negar que eles me assustaram ainda mais, mas o prazer por viajar é maior que o meu medo.
  6. então LF Brasilia, eu achei o espanhol colombiano mais fácil que do resto da America do Sul, eu acho que o mais complicado é o porteño, em Buenos aires sim se usa muito vos e lá tem tanta gíria e o ll tem som de xis, as vezes fica difícil de entender, mas depois de uma semana vc se acostuma. Bom, eu sou péssimo para conjugação correta e ainda me confundo quando falo no passado e tem ainda o el e o lo, eu troco tudo, mas mesmo falando errado todos te entendem sem maiores problemas. Achei que eles falam num ritmo bem agradável. Uma coisa que me deixava muito irritado era quando eu chegava num restaurante e o garçom começava a falar em um inglês bem podre comigo, eu ficava ferrado, porque na Colômbia não se vê muitos brasileiros, pelo menos nas cidades que fui, então eles achavam que eu era estadunidense, eu finjia que não estava entendendo até ele falar em espanhol comigo ou até ele perguntar de onde eu era. Em Manizales, mal ficava no ponto que sempre tinha uma buseta passando, em Bucaramanga a mesma coisa, mas acho que depende do lugar que vc vai. Para saber o roteiro sempre perguntava pros recepcionistas dos hostels ou perguntava na rua, os colombianos são muito solícitos, queria muito voltar pra lá, tenho muita saudade.
  7. oi James, acompanhando todas as postagens. Uma pergunta, vc por curiosidade chegou a ver quanto eram os vôos internacionais no aeroporto de Maiqueta? queria fazer os trechos caracas-bogotá-são Paulo ou caracas-são Paulo. E vc chegou a ver os preços dos produtos em Caracas, por conta da cotação será que vale a pena comprar alguma coisa lá? valeu, seu relato me fez fechar meu próximo tour para Venezuela e Colômbia ......
  8. Fabricio, valeu pelo relato, me ajudou bastante, mas tenho algumas perguntas. Primeiro, acho que vc não colocou o valor pago para o monte Roraima, quanto vc pagou para esse tour? Outra coisa, quando vc foi para o monte Roraima aonde vc deixou suas malas? imagino que não tenha levado para a montanha. Outra pergunta, como os vôos na Venezuela são baratos devido ao câmbio pretendo comprar minha passagem de avião para Colômbia e depois de volta para o Brasil no aeroporto de Caracas, só por curiosidade vc não chegou a ver quanto estava a viagem para o Brasil ou algum trecho internacional? Tenho dúvida se estou fazendo o certo em comprar esses trechos lá. Por último, já ouvi muitos relatos de extorsões da policia da Venezuela, vcs passaram por alguma situação desagradável? apesar de vc ter se deslocado na maioria dos trechos de avião.
  9. Olá Ricardo, o que posso te recomendar é ir até Salento, mas só vá até lá se você e sua namorada gostarem de trekking (andar por trilhas), se não vcs podem conhecer as plantações de café, já que essa região é conhecida como zona cafeeira. As cidades de Pereira e Manizales são próximas, não vejo razão pra irem até Medellin depois de Pereira e depois voltarem para Manizales. Estava lendo e descobri que em Pereira tem uma Thermas, mas não sei quanto se paga para entrar nela. Vi que vc tem pouco tempo, mas se vc conseguisse ir até Zipaquirá nos primeiros dias em Bogotá, vc poderia ir até Villa de Leyva nos últimos dias em Bogotá, quando voltar de Manizales, mesmo passando só um dia lá. Eu conheci Villa de Leyva de bicicleta, mas vcs podem alugar um triciclo motorizado e dividindo sairia mais barato. Bom, pelo tempo que ficarão lá é o que acho possível fazer, abraço.
  10. Gente, tem uma coisa que esqueci de colocar no relato, quando fui de Villa de Leyva para San Gil não peguei uma van que ia direto até a cidade, na época só tinha a opção de ir primeiro a cidade de Tunja e de lá pegar um ônibus até a cidade de San Gil, mas se você não se lembrar disso na hora não se preocupe, qualquer pessoa que você perguntar no terminalzinho de Villa de Leyva sobre San Gil vão te falar dessa opção.....
  11. james, tem uma coisa que não entendi, vc viajou com toda sua bagagem para salto angel? não tinha como deixar em algum hotel em ciudad bolívar e ir só com o básico para lá? To querendo muito ir em dezembro, mas estou com um pouco de medo das histórias que leio, até de turistas que ficam presos por meses por não terem o dinheiro que os policiais pedem nas extorsões. Eu juro que já estava pensando em esconder o meu dinheiro no frasco de desodorante, mas depois da sua história já mudei de ideia né rsrs. Uma última pergunta, vc disse que eles revistam tudo, mas eles revistam a carteira também? há um limite de dinheiro que vc pode andar por lá? isso porque não sei o que farei com esse dinheiro que levarei, ah, e tem o celular e a câmera também, eles não implicam com isso, porque na bolivia eles tentaram me cobrar propina por isso, sempre digo que o maior problema nessas viagens é a polícia. valeu
  12. parabéns pelo mochilão, to curioso pra ver salto angel e qual foi sua rota até a Colômbia.
  13. Oi Rosana, então, Villa de Leyva é uma cidade colonial e bem pequena, saí no sábado a noite pra encontrar alguma coisa, mas, só dá pra entrar em alguns restaurantes na praça principal ou próximo a ela e se não me engano a maioria fecha as 9 da noite, lembro disso, porque estava morrendo de fome e fui obrigado a comer umas empanadas com um vendedor de rua. Em San Gil tem balada sim, mas só funciona de sexta e sábado, por isso não fui, tem uns bares que dá pra ir, mas não são barzinhos, são botecos mesmo, fui em um na praça principal em frente ao meu hostel, comprei um refrigerante, conversei com algumas pessoas e fui dormir, já que não tinha nada pra fazer de madrugada. Barichara esquece! nem se hospede por lá, vc pode conhecer a cidade em algumas horas, muito pequena, duvido que tenha alguma coisa. Abração...
  14. Então Ernan, depois de fazer a viagem descobri que em Medellin existe uma pedra com uma escadaria gigante que tem uma vista muito bonita da cidade e uma cidadezinha vizinha. Fiquei sabendo também que existe uma laguna que fica próxima de Medellin, mas não lembro dos nomes desses lugares. Acredito que tenha outros relatos sobre Medellin que falam a respeito, infelizmente não posso te ajudar melhor, mas dá uma procurada em outros relatos que vai conseguir informações mais precisas. Abraço, obrigado por ler meu relato.
×