Ir para conteúdo

Harpyja

Membros
  • Total de itens

    18
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. Depois de vermos algumas fotos e relatos resolvemos conhecer a região de Sengés (PR) e Itararé (SP). Quase todas as atrações ficam em Sengés, razão pela qual fixamos base na cidade. Pousamos no Hotel Sengés, que fica na beira da estrada. O dono do Hotel, Seu Nildo, foi fundamental para nossa viagem, pois forneceu todas as explicações e mapinhas, feitos à mão, para conseguirmos visitar os picos. Não contratamos guias e não levamos GPS, conseguimos fazer todas as trilhas sozinhos, apesar de termos pego uma estrada errada no final da "Trilha das Sete Cachoeiras". Nosso roteiro de viagem foi o seg
  2. Passeio super rápido pelo Parque Ecológico Guapituba, situado na cidade de Mauá, duas estações antes de Rio Grande da Serra, linha 10 CPTM. Fica literalmente em frente à estação. Já tinha visto no site CPTM e me deu uma mini curiosidade de conhecê-lo. Também conhecido como Parque Ecológico Alfredo Klinkert Junior, é um lugar calmo porém um pouco mal conservado. Olhando aqui na net, a palavra "Guapituba" seria uma palavra de origem tupi, podendo significar "o abundante de aguapé" ou "rio onde há muito aguapé". Talvez explique o fato do laguinho e dos córregos estarem tomados pelo vegetal.
  3. Nesta visita ao Parque Estadual da Cantareira, bolamos um roteiro que contemplasse, no mesmo dia, todas as trilhas abertas dos núcleos Pedra Grande e Águas Claras. Como já conhecíamos muito bem o parque, fiz dois anos de estágio lá, nossa previsão é que daria tempo. Iniciamos a caminhada 9:30hs já ao som de bugios ao fundo. Fizemos a Trilha da Bica, ao lado da portaria, em cerca de 40 minutos. Circular, não tem erro. Destaque para as milhões de formigas que estavam no caminho, na serrapilheira. Várias subiram por nossas roupas. Avistamos apenas um pica-pau e muitas borboletas. Grande diver
  4. Olá, Postei um relato antigo, quem quiser dar uma olhada tem umas fotinhos lá: serra-das-confusoes-pi-3-dias-acampando-no-parque-nacional-t93719.html abçs
  5. Verão de 2006, eu e Alex decidimos fazer uma trip diferente, atravessamos e sertão do Piauí até alcançar os Lençóis Maranhenses. Uma das paradas foi justamente o Parque Nacional Serra das Confusões. Quando dormimos na cerâmica da Serra da Capivara, a mulher havia nos indicado, segundo ela, o único guia que fazia o parque das Confusões, Waltércio era o nome dele. Contato feito, arrumamos uma carona para Caracol na caminhonete do próprio IBAMA e, lá na cidade, contratamos o transporte que iria nos deixar no parque e nos buscar 2 dias depois. Ficamos 3 dias e duas noites (acampando) no parque.
  6. Valeu mesmo Tati ... putz, pior que não sei te responder... só vimos estes chalés por lá... mas com certeza tem outros lugares por ali... dá uma pesquisada... não sei qual teu roteiro, mas qualquer coisa pode passar na volta... se bem me lembro acho q ficamos cerca de uma hora por lá... cachu bonita, mas tem outras tão legais ou até mais bonita na Chapada... sei que tem várias que nem conhecemos... mas lá em Cavalcante as que ficam na comunidade Kalunga são lindíssimas... abçsss
  7. Escolhendo aleatoriamente um roteiro dentre os muitos em minha listinha de pendências de visitação, partimos de bumba rumo à Campos do Jordão. Passagens compradas de última hora, embarcamos sábado 09:00hs no Tietê e 12:00hs já tocávamos a campainha do albergue em Campos. Inicialmente iríamos passar todo o final de semana no Horto (Parque Estadual Campos do Jordão), mas a notícia de que a maior trilha (Celestina) estava fechada, e a limitação de horário de funcionamento do parque (17:00hs), nos fizeram optar por passar a tarde restante dando um rolê na cidade, deixando para domingo o esperado s
  8. Visitar o Parque Anhanguera era um projeto antigo, adiado por quase 10 anos. Lembro que logo após sair do Parque Estadual da Cantareira eu comentei com o Bodão para fazermos uma visita por lá, afinal é uma baita mancha verde no mapa da cidade. Quando eu tentei conhecer todos os 100 parques de São Paulo também ensaiei uma visita e nada. De última hora, numa troca de e-mails decidimos ir conhecê-lo. Carlota não pode ir, fomos apenas eu e Muller. Fizemos um mercadinho para o piquenique (não queríamos cometer o erro de Santo André) e marcamos na Barra Funda. Um certo atraso e descemos na Lapa. Tiv
  9. Fala Leo, pelo que vi, em geral os passeios curtos não precisam de guia. Já em em relação ao pernoite "7 quedas", quando eu fui não estava aberto ainda, mas o funcionário do parque disse que era necessário prévio agendamento. Talvez fosse recomendável vc dar uma ligada/e-mail para o Parna perguntando e, no caso, agendando. Abçs
  10. Fala Ana, Obrigado Sim, incrível... quase 6 meses depois ainda to "brisando" nas fotos!!! abçssssss
  11. Sim Leo, na verdade mais ou menos. No Parna vc só assina um livro na entrada e fica de boa, sem a necessidade de guias, aliás nem cobra ingresso, é super sinalizado, sem erro. Na Cachoeira do Segredo também fomos sem guia e não fomos barrados na entrada. Vale da Lua, Cristais e Poço Encantado também sem guia. Já em Cavalcante, entramos na trilha da Ponte de Pedra por uma propriedade particular que exigia a presença de guia (Zé Pedrão cobrou R$ 100,00 a diária), a visita à comunidade Kalunga (cachoeira Sta Bárbara e Capivara) também exige um guia para acompanhar (o Zé Pedrão cobrou R$ 70,00 mas
  12. Olá colegas, Acabei de postar meu relato sobre a Chapada dos Veadeiros: chapada-dos-veadeiros-parna-segredo-vale-da-lua-ponte-de-pedra-e-kalunga-t89544.html Tem umas fotinhos e uns vídeos tb... Se alguém quiser tirar dúvidas e souber responder, estou à disposição, abraços...
  13. Relato sobre caminhada pela Chapada dos Veadeiros realizada entre 01 e 05/07/2013 Dia 01 - Parna Chapada dos Veadeiros Quinta-feira - 27/06, depois de muito tempo e muita confusão em minha vida pessoal tirava merecidas e fracionadas férias. Vasculhando a internet em busca de informações sobre a Chapada da Diamantina, viagem que faria no final do mês subsequente, recebo uma mensagem do Carlota dizendo: - vamos p/ Chapada dos Veadeiros tb?! E foi assim, tínhamos a chance de cumprir uma promessa de 15 anos antes quando, visitando a Chapada dos Guimarães, juntamente c/ o Chico e o Carlos (
×
×
  • Criar Novo...