Ir para conteúdo

BCarlos

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Será que com R$ 1.200,00 consigo comprar em La Paz todos os acessórios abaixo ? Jaqueta Anorak Impermável/Corta Vento, Calça Impermeável/Corta Vento, Luvas Impermeáveis (isso na Loja Tattoo) + Calça e Blusa Fleece, Calça e Blusa Segunda Pele, Mochila 70+15L, Balaclava e Gorro Fleece (Boas Falsificações) ??? Se trocar os R$ por dólares, isso deve dar uns 550-570 dolares, em Bolivianos isso será uns 3.795 a 3.933 . Dá pra fazer um estrago grande com isso. Há muitas lojas de montanhismo com preços que variam muito, se achar alguma promoção compra tudo isso e ainda sobra troco. O mais caro será a mochila, depois a jaqueta. Luvas impermeáveis não existem, digo isso porque viajo de moto e as luvas carissimas waterproof nunca são, já cansei de comprar e terminar iludido. Prioriza qual vc precisa e é essencial, o resto dá um jeito.
  2. Muito obrigado pelo link. Acabei de voltar de uma viagem ao Salar de Uyuni com a minha esposa e meu filho de 14 anos, decidi ir lá de última hora. Logo após a ceia de Natal, comentei que poderiamos ir a um lugar inusitado, sempre quis conhecer o salar de Uyuni, então convidei minha familia a entrar nessa "roubada" comigo, ao final de contas como foi tudo de última hora, decidimos fazer um mochilão familiar já que não encontrei passagens aereas disponíveis a preços razoáveis. Meu filho gostou da experiência e minha mulher também, meu filho não pensava que a Bolivia pudesse ser um destino tão bacana de férias. Mas ao assistir o Globo Reporter e rever tudo aquilo que vimos há uns dias atrás, meu filho simplesmente se virou pra mim e comentou se eu sabia que o Globo Reporter ia fazer essa matéria, pois agora suas férias na Bolivia eram o tema central da reportagem. Virei o super pai e o destino obscuro escolhido matéria de capa.
  3. Eu fiz o passeio de 3 dias/2 noites desde Uyuni nos dias 31 dezembro a 02 janeiro. Como era Reveillon todas as agências estavam com o preço a 900 bolivianos, quem estava com 4 paxs cobrava até 800 bolivianos. O tour mais longo era de três dias devido aos problemas entre as comunidades e não poder entrar na Reserva Avaroa. O tour de 3 dias consistiu em: dia 01 - visitar o cemitério de trens (ferro velho sem graça), o Salar de Uyuni com tempo para visita à Ilha do Pescado, final do dia cruzar o salar e dormir fora do salar (nós dormimos em Puerto Chubica), logo após sair do salar. Isso foi muito bom porque aproveitamos bem a visita à Ilha do Pescado (paga 30 bolivianos). O alojamento HOSPEDAJE VIRGEN CANDELARIA DEL SALAR, foi o melhor das duas noites com quartos duplos, comida boa, banheiros limpos. Temperatura dentro do quarto às 04:30hs era de 21 graus! Aproveite para carregar as baterias da máquina fotográfica, filmadora aqui. dia 02 - passamos por vários caminhos, já fora do salar, cruzando desertos altoandinos com direito à parada para o mirador de um vulcão (meio sem graça) com formações rochosas muito bonitas e visitamos quatro lagunas, na laguna Hedionda for servido o almoço e no final da tarde chegamos à Laguna Colorada. O pior alojamento que vc pode encontrar na Bolivia, dormem TODOS os participantes do teu tour no mesmo quarto, banheiros sujos e fedorentos. O pior que não há nada melhor por perto, ou seja, é isso ou dormir numa barraca a -5 graus às 05:00hs. dia 03 - visita aos geyseres, volta por trás da laguna Colorada, e retorno a Uyuni no final da tarde. O caminho é muito bonito. Pagamos para entrar à Ilha do Pescado dentro do salar, porém não pagamos os 150 bolivianos para entrar à Laguna Colorada (leia-se Reserva Avaroa) Como estava eu, minha esposa e meu filho de 14 anos, decidi fechar todo o jeep pra gente, assim ficavamos mais à vontade. Paguei pelo jeep 4500 bolivianos. Foi a melhor opção, pois o jeep ficou à nossa disposição, os quartos dos alojamentos idem. A maioria de jeeps utilizados são as velhas Toyota Land Cruiser, que tem uma suspensão incrível mas foram projetados para levar 5 pessoas, incluindo o motorista. A saída foi perder o bagageiro e colocar dois bancos lá atrás, assim um tour consiste em um moto-guia e 6 turistas. Muito apertado, muito mesmo, e para enfrentar dias inteiros dentro do jeep vc precisa ter conforto, o ideal seria um moto-guia e 5 turistas, assim teoricamente cada pasageiro teria uma janela para bater uma foto caso a paisagem seja bonita. Se você encontrou outros 4 companheiros, paguem a diferença do 6 passageiro e viajem com um pouquinho de conforto, isso irá fazer uma diferença enorme.
  4. Eu fui entre 31 dezembro 2012 e 02 janeiro 2013, e na primeira noite o alojamento que ficamos era de sal, as camas, as mesas, as cadeiras, o solo era puro sal grosso. Terminamos nesse porque todos os outros estavam lotados. Nota que nenhuma das agências de Uyuni ou San Pedro fazem reserva antecipada, até porque os turistas fecham de última hora, um dia antes ou até a mesma manhã, minutos antes. Então se quiser ficar nesse hotelzinho de sal, é bom perguntar à agência que vc quer ficar nele e se isso é possivel. HOSPEDAJE VIRGEM CANDELARIA DEL SALAR - PUERTO CHUBICA Telefone: 73887136 Raul E. García Medina caso esse telefone esteja fora do ar Telefone reserva: 73336090 Maribel Dominguez Os alojamentos normalmente são para seis pessoas, ou seja, todos os integrantes do jeep dormem no mesmo quarto. O diferencial desse acima, é que os quartos são duplos, ou seja um casal ou dois amigos, banheiros com vaso sanitário COM descarga e limpinhos, ducha de água quente a 10 bolivianos, mas é quente mesmo. E essa noite vc vai querer tirar todo o sal do dia, vai por mim, paga a ducha que vale. Não sei qual a altitude deste local, mas às 04:30hs a temperatura no quarto era de 21 graus, do lado de fora estava frio, mas não deveria estar negativo. O alojamento na Laguna Colorada é pra lá de simples, banheiro nem pensar, se puder controlar as necessidades fisiológicas por esse dia seria ótimo, ducha nem pensar. temperatura no quarto às 04:30hs 16 graus, fora -5 graus!!!
  5. Fui com a minha familia (esposa e filho de 14 anos) ao Salar de Uyuni no final do ano, fizemos o tour de 3 dias/2 noites que era o mais longo, saímos dia 31 de dezembro e voltamos no dia 02 de janeiro, o salar estava seco, com pouca água só na entrada do salar, depois seco. Estava tendo uma briga entre duas localidades dentro do Parque Nacional Avaroa, e a visitação à Laguna Verde e às águas quentes era impossível. Para quem ia pro Chile (Atacama) era uma volta enorme. Em compensação, não pagamos a entrada ao Parque Nacional Avaroa (que é 150 bolivianos por pessoa), leia-se Laguna Colorada e Geyseres.
×
×
  • Criar Novo...