Ir para conteúdo

André_Varejão

Membros
  • Total de itens

    6
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. André_Varejão

    Arequipa

    Também estou com a mesma dúvida. Alguém já fez o rafting no Rio Chili? Vocês indicam para uma 1a. Experiência? indicam alguma agência? Ouvi falar na empresa Cusipata. O que acham? Abraços
  2. Pessoal, sobre as compras dos ingressos para Machu Picchu e Huayna Picchu, dei algumas dicas no tópico "Machu Picchu - perguntas e respostas". Link abaixo machu-picchu-perguntas-e-respostas-t29958-735.html#p807068
  3. André_Varejão

    Machu Picchu

    Fala, Mochileiros, A título de informação dos ingressos de Machu Picchu e Huayna Picchu, vou contar minha experiência quanto à compra aqui do Brasil Devido à suspensão temporária dos pagamentos por meio do cartão Visa no site oficial do governo, comprei meus ingressos para Machu Picchu e Huayna Picchu para abril com a Cynthia da LimaMentor. Explico porque escolhi essa agência: mandei um email padrão para umas 40 ou 50 agências (cheguei a receber um aviso da hotmail de que meu email poderia ter sido invadido... Rsrsrsrsr). Recebi respostas de diversas delas e cheguei a conclusão de que a LimaMentor era a melhor, pois apesar dos U$ 70,00 por ingresso (Mapi + Huayna), fiquei certo de que não teriam mais taxas. A empresa “Tickets-MachuPicchu”, por exemplo, cobra U$ 82,00 por cada ingresso (segundo o site), fora o 6,38% de IOF cobrado pela utilização do cartão de crédito para compras com moeda estrangeira. Para as demais, os preços variaram entre U$ 62,00 e U$ 90,00, numa média de U$ 78,00 Todavia, praticamente todas trabalham apenas com o pagamento por meio do sistema Western Union. E, pelo que pesquisei no site da instituição, o Banco do Brasil (um dos poucos meios, senão o único, de efetuar o depósito de tal espécie) cobra taxas mínimas de aproximadamente R$ 41,00 para essa espécie de transação, fora o fato de que você tem que ser correntista do banco. Já com a Cynthia da LimaMentor, utilizei o pagamento por meio do sistema PayPal (é muito fácil abrir uma conta lá e dá pra pagar pelo smartphone), que, além de parecer ser bem mais seguro do que o da Western Union, você paga por meio de cartão de crédito (junta milhas) com o valor já convertido para a moeda local (R$) aproveitando a cotação do dia (por sinal, mais favorável que a do cartão), o que afasta a incidência da alíquota de 6,38%, enquadrando na velha de 0,38%. No mais, deve-se dizer que ela demorou menos de 5 horas para receber o pagamento, ir na agência local para efetuar o pagamento e me enviar o código de reserva (isso foi num dia de semana, mas o orçamento do ingressso ele me respondeu em um dia de domingo 15 minutos deposi de ter enviado o email). Assim considerando que se eu tivesse comprado pelo Visa, o valor total do Ingresso com o IOF de 6,38% sairia por U$ 63,66, acho que valeu a pena pagar a bagatela de U$ 70,00 à LimaMentor. É isso… Espero ter ajudado! O contato para quem se interessar: [email protected] Saludos!
  4. Valeu, zelinocostajr! Suas dicas foram muito valiosas. Me ajudou bastante e vai servir de informação pra todos do fórum. Então, acho que vou voltar no das 16:22, que também está com um preço ok. Você acha que já é suficiente? Ganharia mais 1h30min... Outra dúvida rápida... É possível entrar antes das 10:00? Se não, consigo subir logo que dá 10:00 ou ainda vou ter que esperar numa fila? Muito obrigado novamente!
  5. Hola, mochileiros! Estarei visitando o Peru em abril e terminei comprando com antecipação meu ingresso para Machu Picchu e Huanay Picchu. Escolhi subir no segundo horário (10 às 11) e gostaria de voltar no trem das 14:55, pois está com o preço melhor e acho que a essa hora já estaria extremamente cansado. Com isso surgiram algumas dúvidas quanto ao tempo em que gastarei em cada etapa do passeio. Como pretendo chegar ao parque em um dos primeiros ônibus que sobem, sei que às 10:00 certamente já terei visto todo o parque e estarei apto a subir HP. Assim, eu pergunto a vocês: 1)qual o tempo médio que se gasta entre a subida, a permanência e a descida de Huayna Picchu? 2) Quanto tempo levo caminhando da entrada de Huayna Picchu até o local em que pego o ônibus de volta? Depois que chego na estação, espero muito pra pegar o busú? 3)qual o tempo médio de viagem se volta a Aguas Calientes? 4) considerando que antes de voltar a Cusco eu terei que almoçar e gostaria ainda de tomar um banho rápido, vocês acham que dá pra pegar esse trem das 14:55 ou vai ficar muito corrido? Valeu antecipadamente. Abraços
  6. Olá, Mochileiros! Estarei no Peru em abril e tenho algumas dúvidas práticas especialmente em relação às ruínas do Valle Sagrado, ao redor de Cusco. Como muitos aqui recomendam e já fizeram, conhecerei Machu Picchu após uma pernoite em Aguas Calientes. Assim, pretendo pegar o trem a AC a partir de Ollantaytambo. Vendo os horários no site da Peru Rail, cheguei a conclusão de que gostaria mesmo de pegar o trem Vistadome que parte às 15:37, pois o que sai depois desse é apenas o das 19:00, que é ideal para quem fica em Ollanta após o passeio pelo Valle Sagrado através de agências. Portanto, escolhi esse horário por dois motivos: a) não quero chegar em Aguas Calientes mais de 21:00, pois certamente vai tornar mais cansativa a visita ao parque de MaPi e a subida a Huayna Picchu; b) gostaria de conhecer o Valle Sagrado por conta própria, livre dos horários e roteiros fixos das agências. A idéia seria visitar Pisac e Ollantaytambo por conta própria de ônibus, van ou taxi, saindo de Cusco com a mochila nas costas por volta das 07:00, 07:30 (mais cedo que os tours da agências), e contratar guias locais lá em Pisaq e Ollantaytambo mesmo. Poderia fazer até uma parada para almoçar em Urubamba, mas isso é dispensável se o tempo atrapalhar. O importante é conhecer razoavelmente bem Pisac e Ollanta e chegar nesta última cidade para pegar o trem de 15:37. Diante da idéia exposta, gostaria que me respondessem às seguintes perguntas? 1) Quais os meios de transporte de que disponho para ir de Cusco a Pisaq, de Pisaq a Urubamba e de Urubamba a Ollanta? Existem ônibus regulares? Há grande variação de horários, especialmente pelas 07:00, 07:30? É possível pegar taxi fácil partindo de Pisac e Urubamba? Quais os valores em média (taxi e ônibus)? 2) Posso contratar guias locais lá mesmo em Pisac e em Ollantaytambo? 3) A partir de que horas posso encontrar guias disponíveis e o mercado aberto em Pisac? 4) existem outras dicas para quem quer fazer o passeio sem agências? Obs 1: como são muitas perguntas já vale a resposta de cada um no que souber. Agradeceria se as respostas se concentrassem nas dicas sobre como realizar o passeio pelo Valle Sagrado por conta própria, pois definitivamente não me interessa fazer esse circuito por meio de agências (pelos motivos ditos acima). Obs. 2: farei o passeio com mais uma pessoa (esposa) Obrigado a todos desde já.
×
×
  • Criar Novo...