Ir para conteúdo

RicardoRM

Colaboradores
  • Total de itens

    1.347
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    12

Tudo que RicardoRM postou

  1. Não digo preconceito, mas apenas umas piadinhas ou frases de gente idiota, mas em 2012 no Chile, eu e minha esposa fizemos um passeio por agencia a Vina Del Mar e Val Paraiso, no grupo havia um casal do Rio de Janeiro, o sujeito marido ou amante da mulher lá se achava o tal, era um grupo de umas 12 pessoas contanto com o guia e o motorista, havia ainda duas meninas de Sao Paulo, um casal Peruano, duas senhoras Argentinas super animadas. Então, durante a parada para o almoço, todo o grupo sentou-se em uma grande mesa, sei lá pq o sujeito comecou com uns papos meio chato, primeiro falou mal de São Paulo, depois começou a fazer uns comentários bestas sobre nós Mineiros, falou que todos os Mineiros eram pobres, que estavamos ali graças a terem subido de classe social, que ele estava viajando e viajava muito pq era rico, não sei o que mais. A maior contação de vantagem do mundo. Como não gosto de entrar nesse tipo de discução e a unica coisa que atrapalhava o ambiente super descontraído em que o grupo estava, preferi só dar umas respostas rapidas a ele, na realidade praticamente mandei ele a puta que o pariu e mais uma coisas, pedi ao garcom que treouxesse minha conta, paguei e eu e minha esposa saímos dali e fomos apreciar o pacifico. Tanto a ida e volta a Val Paraiso eram feitas por onibus convecional de linha. Aí que a vida nos traz e nos mostra a lei de ação e reação. O sujeito com sua acompanhante regressou a Santiago em um onibus que saia uns 15 minutos ou meia hora antes da gente, pois bem, chegamos a Santiago bem depois dele e o sujeito estava lá perdido na saída do terminal, não sabia o caminho para o metro, era coisa de alguns metros, acho que até havia dentro do proprio terminal uma saída até o metro, não sabia uma unica palavra em espanhol, por bondade da minha esposa, ela sugeriu que fossemos até perto deles, é comico, mas lembro-me bem do sujeito falando em português com as pessoas pedindo informação, um respondia assim, " não compreeendo " outros, riam pq não entendiam nada ou sei lá o pq, uma vez alguém disse aqui no site que parece que muitos moradores de Santiago não gostam ou tratam indiferente que não fala espanhol. Como iriamos também pergar o metro, os convidei para ir conosco até lá, mesmo assim o cara continuou com a cara ruim dele e com tratamento indiferente ao Mineiro da roça como ele mesmo havia dito, mas a mulher dele apelou com ele e disse para ir conosco. è mais ou menos isso. Mas tirando esse babaca carioca, em todos os países que estive até hoje, fui super bem recebido, todos os estrangeiros que conheci em viagens sempre me trataram super bem, e no mais, quando você diz que é Brasileiro, costumam tratar a gente melhor ainda. Abraços !
  2. Não entendi a parte de ser desrepeitado, mas como ? Que o Brasil tem problemas, nisso eu concordo.
  3. Aprendi que estando em um hostel, principalmente se for algum mais barato, sempre terá algum Argentino disposto a ficar pedindo a você ou a outros para pagarem algo para eles. Sempre irão contar a mesma historia que estão com pouco dinheiro, apanhava do pai e resolveu ir conhecer o mundo, blá blá blá. Não caiam ! Ahhhh, foi só zuação, mas tem um fundo de verdade no que falei acima. Olha, eu penso mais ou menso como o @Rafael_Salvadordisse. O ato de viajar, conviver, conhecer, trabalhar ou qualquer outro tipo de intereção, nos proporciona experiencias boas ou não, assim aprendemos com erros e acertos acumulado em anos de vida. Assim continuamos até o fim de nossos dias por aqui, muitos progridem com essse aprendizado, digo progridem no sentido de evolução como humanos, melhorar como pessoa. É mais ou menos isso, se fosse para resolver um grande problema de matematica eu me sairia melhor em expressar rsrsrs.
  4. Deveria tirar o visto Americano aqui no Brasil já de uma vez, viajaria com uma preocupação a menos. Afinal ele vale por 10 anos.
  5. Quando fui, comprei la em Cuzco mesmo, acho que uns 4 dias antes da visita. Janeiro não é alta temporada por lá, na realidade janeiro é até um pouco complicado de se visitar MP por causa de chuvas. O que se esgota com mais facilidade são as passagens de trem.
  6. Olá, olha essa é uma viagem em que se passar por muitas cidades, então lhe recomendo como forma de economizar em hospedagens os Hostels ou mesmo hoteis economicos, pois normalmente é somente uma pernoite ou mesmo estadias curtas de 2, 3 ou 4 dias, como serão 4 amigas, podem pegar um quarto de 4 camas para as 4 e se hospedarem de maneira "privativa". Na maiorias das cidades da Bolivia vc encontrará hospedagem na faixa de 40 bolivianos por cama, é só fugir dos hostels badalados que garanto que encontrará. Quanto a caronas, na Bolívia isso é praticamente impossivel, digo pq já tentei por lá. Os veiculos que transitam nas rodovias por lá em sua maioria são caminhões e onibus, e mesmo se algum caminhão parar, eles vão lhe cobrar um dinheirinho, não existe a cultura de carona 0800 como por aqui.
  7. Bem vindo. É necessário contratar agencia/guia credenciado para Trilha Inca, isso é exigência do governo Peruano e das autoridades responsáveis pelo turismo na região. A que da para fazer por conta própria é a trilha Salkantay. Mesmo assim ainda dependerá de ingressos a MP. Até mais.
  8. Acho que isso talvez possa lhe ajudar. https://www.seguindoviagem.com/destinos-internacionais/america-do-sul/guiana/compras-em-lethem/
  9. RicardoRM

    O cosmos

    Leu muito "O Guia do Mochileiro das Galáxias" heim brother, mas confesso que seria divertido fazer isso. Até mais !
  10. RicardoRM

    O cosmos

    Lá em Irecê que tem esses " trem " mais fortes hahaha
  11. Bem vindo Para mim não está valendo a pena viajar para nenhum lugar no momento. Nem mesmo dentro do Brasil tenho viajado. Sinceramente não vejo graça nenhuma em ficar o tempo todo com mascaras em momento de lazer. Mas se assim pensa em fazer, cerca de uns 30 dias atrás eu vi informações que estava liberado para entrada de brasileiros por lá. Certamente tem suas regras e tal. Melhor ficar seguro, trabalhando, fazendo as coisas realmente essenciais. Quando isso acabar, assim espero. Vou viajar até....
  12. Nisso eu concordo viu. Uma vez estava falando de viagens com um amigo que viaja muito também, quando ele soube que as vezes ficava em hostel ficou intrigado, falei para ele minhas opiniões e o recomendei a ficar em hostels em sua próxima viagem, disse ainda que se ele não se sentisse bem em dividir o quarto com desconhecidos, poderia experimentar em um quarto privativo, que era para ele sentir o ambiente, o simples fato de conhecer pessoas de longe e conversar coisas simples do dia a dia já tornaria a viagem bem diferente, fora ainda as possibilidades de treinar outra língua, acho que até hoje ele não teve coragem rsrsrs, isso já tem uns 3 anos. Na segunda vez que estive em Buenos Aires fiquei em um hostel que a limpeza era melhor que muito hotel 3estrelas por aí. Fora o bom ambiente.
  13. Cara, esse filme deve ter atrapalhado muitos hostels em sua época !
  14. Acho que existe sim uma cultura de hostels no Brasil. Uma vez eu li em um site sobre hoteis que o Brasil era um dos 15 países do mundo com maior numero de hostels. O problema que vejo muitos ao se hospedarem em um hostel, quer ter os mesmo serviços que se encontraria em um hotel, é só ler algumas avaliações em sites como booking ou mesmo no tripadvisor, as reclamações são parecidas. Muitos querem um café da manhã estilo buffet e comer até morrer, outros querem TV a cabo nos quartos, wifi em todos os lugares, quer ter alguém para carregar sua bagagem, estacionamento, etc. Fora ainda alguns donos de hostels quererem cobrar pelos seus serviços o mesmo preço ou até mais caro que um hotel, isso até dificulta a terem mais hospedes. Para cobrar o preço de um hotel teriam que oferecer serviços de excelência com praticamente tudo que se encontraria em um hotel. O mesmo digo para os preços que algumas pousadas cobram em certos lugares do pais. O assunto rende um bom debate, é longo.
  15. Eu viajo/mochilão desde antes de saber que existia o termo mochilão, mochileiros... hahaha. Afinal tenho 44, primeira viagem longa e com grana contata, tirando a casa dos parentes foi aos 13 anos.
  16. Dizem que é proibido, eu e minha esposa levamos uns lanches na mochila, sanduiches, bananas, agua e suco em caixinha. Não fomos revistados, mas havia a informação que era proibido, na hora do lanche fomos onde havia pouco movimento, vimos outras pessoas fazendo o mesmo que a gente. O restaurante lá era uma fortuna, lembro que um cachorro quente era coisa de U$ 8,00.
  17. Quando eu fui, cheguei a noite de trem, dormi lá em um hotelzinho simples, mas bem confortável, pegamos o segundo ônibus para MP, aproveitamos o dia todo em MP, na época ainda podia ficar lá o dia todo, acho que hoje em dia existe uma regra de horários, por volta de 5 da tarde voltamos para Aguas Calientes pela trilha, rodamos pelo vilarejo, jatamos no Mercado Municipal ( super barato ), os restaurantes do centrinho são caros, regressamos a Ollantaytambo no ultimo trem, de lá pegamos uma Van para Cusco.
  18. O que mais tem é hospedagem barata em Aguas Calientes, existem muitos hostels e pequenas pousadas lá, além de opções mais equipadas ou luxuosas, não gasta reservar nada antes da hora. Você pode chegar lá e pesquisar, ver as instalações antes de pagar. Mas se quiser ir com a hospedagem já reservada dê uma olhadinha no booking.com e escolha uma a seu gosto. .
  19. É proibido viagens com carros alugados ao exterior. As locadoras não permitem.
  20. Cara, o melhor jeito e ir de Santa Cruz até Uyuni de ônibus, mas parando nas cidades pelo caminho, pesquise aí e veja. Samaipata, Valle Grande, Sucre, Potosí. São tadas boas cidades para se conhecer, cada uma com sua historia e particularidade. Bolívia é muito mais que só o Salar de Uyuni. Fora que já chegará a Uyuni com certa aclimatação, não correndo o risco de ter problemas de saúde no meio do passeio. Há muitas informações dessas cidades aqui no site, boa sorte.
  21. Penso que já que pretende viver desse modo, ficaria aqui no Brasil mesmo, iria para um lugar quente, alguma praia no nordeste ou mesmo na região Amazônica. Quanto a caça é proibida, pesca você pode e deve tirar licença para tal, lembrando que há épocas em que não se pode pescar, se for pego pescando nesse período de proibição certamente terá algum problema, multa e materiais apreendidos e certa dor de cabeça com os fiscais ambientais. Boa sorte.
  22. Boa sorte na viagem de vocês, que tudo dê certo. Deixe o link do canal para que possamos acompanhar.
  23. Limpeza, bons preços, bom ambiente.
×
×
  • Criar Novo...