Ir para conteúdo

Dany_Manaus

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Conquistas de Dany_Manaus

Novo Membro

Novo Membro (1/14)

0

Reputação

  1. Minha aventura começou partindo de Manaus para Tabatinga, passei pela fronteira cheguei ao aeroporto de Letícia e peguei um vôo até Bogotá. Foram 20 dias viajando pelas cidades de Bogotá, Zipaquirá, Santa Marta , Barranquilla e Cartagena no mês de fev/2013. Primeiramente quero registrar que a Colômbia é um país lindo, com custo de vida muito parecido ao Brasil, mais em específico Manaus. O povo lá é muito gentil e acolhedor e qnto à violência ou perigo é igual ao Brasil . O país todo é bastante policiado e quando sair à noite levar sempre uma xerox do passaporte ou da carteira de identidade brasileira. Obs: 1. os valores aqui citados são (por pessoa). Obs: 2. A Olímpica, é uma rede de supermercado, presente em toda a Colômbia. É ótimo e você encontra bons produtos e é mais barato que a concorrente Êxito. O carrefour lá, é supermercado de luxo, nem acreditei, porque aqui em Manaus é um péssimo supermercado do tipo “lixo”. Obs: 3 para fazer a conversão de pesos para o real, basta retirar os últimos zeros ou seja 2,000 pesos = 2 reais. Vôos/preços: Cartagena para Bogotá: (230,000 pesos) com Avianca. Mao-tabag/ Tabatinga-mao (393 reais trip/azul promoção.) Mao – Tabg: fiz o vôo com a trip, chegando em Tabatinga deve-se parar no posto da policia federal (PF) e pedir um visto de saída do Brasil (isso é uma exigência da imigração colombiana). O posto da PF fica fora do aeroporto então, a dica é pegar um moto-táxi no aeroporto e pedir para ficar na PF, que ficará após a saída de uma vila militar, onde está localizado o aeroporto. (Isso deverá custar uns 5 reais). Essa exigência de visto será para quem levar o passaporte, quem estiver viajando somente com a carteira de identidade não precisa ir até a PF, nós brasileiros podemos entrar na Colômbia somente com a carteira de identidade mas que tenha sido expedida com o máximo de 5 anos. Após sair da PF deve-se tomar um táxi e ou um moto-táxi e pedir para ficar na drogaria glória já na cidade de Letícia, (provavelmente mais 5 reais )descer lá e tomar um táxi colombiano para o aeroporto de Letícia (custo 8,000 pesos). O por quê de tantos veículos? Simplesmente porque se você não fizer isso irão te cobrar 40 reais ou mais para ser levado de um aeroporto ao outro. A imigração em Letícia é super tranquila, o aeroporto é bem pequeno e simples, mas os vôos da Lan e ou Copa são ótimos, melhores que a Gol ou Tam e etc. Como fui no mês do carnaval, os vôos custaram mais caros (paguei ida: 250 reais Lan e volta: 249 reais copa). Aqui, mais um detalhe, Tabatinga e Leticia possuem a diferença de 1 hora no fuso-horário, não esquecer disso para não confundir os horarios dos vôos. Na volta Bogotá – Leticia / Tabatinga – manaus não é possível viajar no mesmo dia, deve-se esperar o dia seguinte para embarcar tabatinga-mao. A ida é tranquila, você desembarca em tabg e depois segue para Let, e depois Bog no mesmo dia sem problemas. (descobri a importância desse fuso-horário, perdendo o vôo da volta, a Copa Air atrasou o vôo em 45 minutos) Chegando em Bogotá é melhor pegar um táxi para ir ao hostel, o aeroporto é longe do centro e meio complicado para ir com a bagagem, o táxi é barato e custará em média uns 25,000 pesos. Eu não sei informar sobre hostels em Bogotá porque ficamos hospedados na casa de um amigo. Porém, vale a pena ir a candelária, conhecer o centro histórico (grátis). O museu do ouro também adorei (3,000 pesos); Museu Botero (grátis) vale muito conhecer a obra desse grande artista colombiano e ainda ter de brinde obras dos pintores como Monet, Picasso e Renoir.... Monserrate (grátis) fui caminhando, quase morri com a falta de ar devido a altitude elevada, mas sobrevivi!!. Zipaquirá: a visita à catedral de sal é imperdível!! para chegar lá: transmilênio sentido Terminal-Norte (1,700 pesos), descer e pegar o alimentador com o nome Zipa (custa 4,000 pesos). Para a entrada na Catedral, o pacote mais barato (20.000 pesos), no final da visita têm uma exibição de um filme em 3D que é grátis, e adorei assistir o filme de 30 minutos que relata toda a história de construção/formação/exploração da mina. (Na minha modesta opinião esse filme deveria ser assistido antes do início da visita à mina! mas isso é pessoal).Caminhar pelo centro histórico de Zipa é uma boa experiência, mas não se deve perder muito tempo pq a visita à Catedral é demorada.Quem quiser comprar qq artigo em esmeralda, deve fazer a compra na mina, é o lugar mais barato para comprá-las!! Bogotá – Santa Marta: compramos o bilhete (70,000 pesos) do busão no Terminal-Central, são as empresas de cor vermelha. A viagem durou 18 horas porque têm muito trânsito e lentidão nas estradas, o bom é que pudemos conhecer mais do país e todo bom mochileiro deve andar de busão...rsrsrs... Importantíssimo compre a marmita (uns 5,000 pesos) no supermercado Olímpica antes de fazer essa viagem a marmita é ótima, e o único restaurante onde os ônibus param para o jantar, é o lugar mais sujo e a pior comida que já vi na minha vida! Resultado, dormi com fome, porque meu namorado lindo, me convenceu a não levar a marmita Olímpica que sobrou do almoço!! e levar um bom casaco de frio ou cobertor para usar no busão, o ar-condicionado é potente e faz muito frio durante a viagem à noite. Eu tbm verifiquei os preços das passagens de ônibus, Bog - Cartag e custam (90.000 pesos) Gostei de Santa Marta, é uma cidade histórica bonita, é a cidade do jogador Valderrama... rsrsr, é de onde se parte para “la ciudad perdida”(600,000 pesos 5 dias de viagem) e o parque Tayrona.(35,000 pesos a entrada no Parque). Em Santa Marta têm bons restaurantes almoço e/ou jantar (15,000 pesos) café da manhã(6,000). Ficamos no Hotel Villa las vegas, seguro, muito simples, limpinho, bem localizado, funcionários gentis e atenciosos e barato. Um quarto c/ banheiro, ventilador e TV sem café da manhã (35,000 casal).Para ir ao parque Tayrona em modo econômico: ir até o mercado da cidade e tomar uma van ou ônibus para o parque saídas (4 da manhã até as 8 da manhã) em média uns (15,000 pesos + a entrada no parque 37.000). Busão direto para Cartagena (22,000 pesos). Santa Marta – Barranquilla: micro-ônibus (12,000 pesos). A cidade não é especial, não vale a pena visitá-la. Porém, fomos na cidade, no momento mais importante “o Carnaval de Barranquilla”, eles dizem que é o 2 melhor carnaval do mundo, o 1 é do Brasil..rsrrs...Realmente a festa é muito boa, durante o dia ocorre a “Parada” na avenida (carrera 44) que é meio difícil de compreender, (as não gostei em particular pq ficavam jogando espuma no rosto das pessoas propositadamente, inclusive no nosso). Também têm uma apresentação de orquestras de salsa e cumbia no cumbiódromo que custa (80,000) o ingresso, não pagamos !! porque mochileiro precisa de tudo barato ou grátis e esse valor estava fora do orçamento. Porém, à noite, a partir das 18:00 horas, na calle 66/Kr 60 na Fundación de Arte Macondo , têm a carnavalada, uma festa promovida por essa associação dos artistas de Barraq. Excelente!! e grátis... foi a melhor festa do carnaval para mim! Com músicas tradicionais, apresentação de teatro, e muita animação, na verdade o maior público dessa festa são os turistas. Por falta de planejamento destes viajantes não encontramos vagas em bons hostal e ficamos no pior “hotel barato” do mundo e pagamos caro pela diária (60,000 pesos depois de muito chôro porque era 80,000).. Foi dureza, mas enfim, são as experiências da vida !! Barranq- Cartagena: linda, linda !! As muralhas, a cidade antiga e histórica muito bem conservada, se transforma durante a noite em uma cidade romântica. Para mim é a melhor cidade turística da colombia, muita diversão, alimentação boa e barata. A média dos hostels (40,000 a 90,000 pesos). Nós ficamos no hostal Casa de las américas, calle de las maravillas# 30-55, Getsemani. Gostei muito, limpo, bem-localizado e pessoas gentis. Ps: eles não recebem turistas a partir das 11pm para se hospedar, salvo feito reserva. Lá é uma residência também (60,000 pesos casal), quarto com banheiro, ventilador, sem café da manhã. O castillo San Felipe de Barajas (entrada 22,000 pesos), vale a visita, ganha-se uma linda vista da cidade. Não fizemos o passeio para a playa Blanca seguindo as dicas dos viajantes deste site e de uma amiga. No bairro “Boca Grande” vulgo Miami beach, há uma praia artificial, e é possível apreciar as ondas do mar, caminhando ao longo da muralha. Agradeço a todos os viajantes que compartilharam suas informações antes da minha viagem. :'>
×
×
  • Criar Novo...