Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

cbnigris89

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Outras informações

  • Lugares que já visitei
    Irlanda, Bélgica, Holanda, Hungria, Itália, França, Republica Dominicana, Miami, Nova York, Orlando, Espanha, Chapada dos Veadeiros
  • Próximo Destino
    Atacama

Últimos Visitantes

O bloco dos últimos visitantes está desativado e não está sendo visualizado por outros usuários.

  1. cbnigris89

    relato JULHO: Atacama + Salar de Uyuni sozinha!

    Oi Leandro, Acho que você até consegue ir para o Tour Astronômico de carro, mas não tem como fazer sem agencia, pois nesse caso eles colocam um astrônomo para fazer a explicação, e para isso tem que pagar. Fechei com a Space que é a agencia especializada nesse tour e o valor ficou 20.000.
  2. cbnigris89

    relato JULHO: Atacama + Salar de Uyuni sozinha!

    Oi Débora! Aluguei a bike na Caracoles mesmo, paguei 3.000 por meio período. Não precisa de guia pra Pukara por que é bem perto, é só pegar uma rua lateral e em 30 minutos você chega! Acho que só vale a pena se você não tem outra opção de passeio melhor, ou tem uma manhã ou tarde livre por que o local em si só tem algumas ruinas e alguns morros... O passeio total demorei umas 2 horas no máximo. Abraços!
  3. cbnigris89

    relato JULHO: Atacama + Salar de Uyuni sozinha!

    Salar de Uyuni - 3 ° dia Na noite anterior havíamos combinado com o motorista que queríamos ver o nascer do sol no Uyuni, por isso saímos do Hotel as 05h com a temperatura a -7°C e chegamos ao Salar as 06h40. Foi o melhor espetáculo na natureza ver o sol nascendo naquele lugar incrível, vale a pena cada segundo de dormir e todo o frio . Os motoristas nunca querem acordar cedo, mas se puder, tente ver o sol nascer! Após sol nascer, fomos pra Isla Inca Huasi uma das ilhas que fica no meio do Salar. De cima da ilha, você consegue ter uma vista de boa parte do Salar, quando chegamos em cima estava acontecendo um ritual inca de 01 de agosto, e estavam sacrificando uma Lhama, tadinho do bicho... O guia nos falou que esse ritual acontece uma vez por ano, é justamente quando estamos lá... Depois disso, fomos tomar café da manhã e encontrar o restante do grupo que preferiu ficar dormindo. Voltamos para o Salar as 10h00 para a sessão de fotos, pulando, com dinossauro, 2 horas nesse lugar parece passar muito rápido... Saímos do Salar e fomos conhecer o Museo do Sal, que estava fechado, mas falaram que não tem nada de mais. De lá seguimos para a cidade de Uyuni, vimos os cemitérios dos trens (que só tem alguns trens antigos, é bom para subir nos trens, tirar fotos) e fomos para a agência para encerrar a viagem. Como eu e mais 3 meninas do meu carro iríamos voltar para San Pedro, fomos para a agência deixar as malas, almoçar e depois trocar de motorista para o retorno. Esse restaurante que almoçamos tinha wifi! Primeiro sinal de internet em 3 dias, ufa! Como tínhamos 1 hora livre, fomos conhecer a cidade de Uyuni, que é muito pequena e turística, dá pra comprar umas lembrancinhas lá. Saímos de Uyuni as 15h30 e o motorista dirigiu para 4 horas (contando com a parada em San Cristoban) até um Vilarejo em Villa Mar, completamente no meio do nada, tem que pagar uma espécie de pedágio quando entra nesse vilarejo. O lugar era totalmente sóbrio, o hotel que ficamos essa noite, só tinha nos 4 hospedados, a gente até brincou que é neste tipo de cenário que acontecem os filmes de terror... Mesmo com muito frio, essa noite foi a que dormi melhor, talvez pelo cansaço, talvez pelas 5 camadas de roupas... Salar de Uyuni - 4º dia e retorno a San Pedro Acordamos e saímos as 06h00 com destino a San Pedro, mais uma vez o visual do sol nascendo no caminho foi impagável. O caminho de volta é bem diferente da ida, deve ser mais curto até por que é mais rápido a volta, mas ainda passamos em algumas lagunas que vimos na ida. Chegamos na Imigração da Bolívia as 09h30 e lá ficamos esperando vir a Van de Atacama para trocar os grupos. Tomamos café, fizemos a imigração na Bolívia (tive que pagar 15 bolivianos na saída, mas só eu e mais uma pessoa, o restante não pagou nada), chegamos no Chile para fazer a imigração, e depois a agencia me deixou no Hotel as 11h30. O pessoal do hotel era maravilhoso, mesmo o check in sendo somente as 15h00, eles sabiam que estava voltando da Bolívia então meu quarto já estava disponível, podia tomar um banho quente. No último dia no Atacama ainda tinha muitos planos: arrumar a mala, relaxar nas Termas de Puritama, jantar com as meninas que conheci na viagem a Bolívia, e ainda fechar com o Tour Astronômico, ou seja, nada de descanso. Como o passeio para as Termas saia as 14h00, corri para a Caracoles para procurar alguma agencia que ainda tivesse disponibilidade, achei uma que não vou lembrar o nome, super pequenininha que depois repassou minha vaga para outra agencia. Paguei 12.000 no transfer, além dos 9.000 de entrada nas Termas. Aproveitei esse tempo para passar na Space e pagar o Tour Astronômico, é necessário fazer o pagamento até as 15h00 do dia para confirmar o tour. Paguei 20.000 no Tour. Termas de Puritama Saímos as 14h00 e as 14h40 chegamos a Termas, tem que fazer uma caminhada de 500m para chegar a entrada. Como tudo que é cobrado mais caro no Atacama, a estrutura das Termas é muito boa, possuem vários vestiários e banheiros e todo o caminho para as 8 termas são como decks de madeira. Aproveitei para relaxar na agua quentinha, provando cada umas das piscinas naturais, algumas com quedas. Recomendo a 2ª, e a 5ª piscina, consegui pegar as duas mais vazias, mas depende muito do momento. O visual das Termas é muito legal, as piscinas e toda a vegetação contrastando com os cenários de deserto. Na volta o motorista parou em uma fazenda para comprar queijo de cabra, e depois ainda em um mirante, que é possível ver toda cidade de San Pedro no pôr do sol. Cheguei no Hotel as 18h30, terminei de arrumar as minhas coisas e sai para encontrar as meninas pra Jantar as 20h00, fomos conhecer um restaurante que tinha fama de ser bom e barato, La Pica Del Indio. Realmente a fama se justifica, o menu completo do dia era 4.500 com direito a salmão. Após o jantar, comprei algumas lembrancinhas e já sai para o Tour Astronômico que estava marcado as 22h00. Tour Astronômico Imperdível! Chegamos no local do Tour, e todo o passeio é feito no escuro, apenas com um laser que o guia usa para mostrar as curiosidades no céu. Como a temperatura cai muito e o tour é feito no ar livre, eles oferecem mantas para quem quiser. O tour é dividido em 3 partes: 1ª no ar livre com toda a explicação do céu, planetas, estrelas, constelações; 2ª parte vamos os 10 telescópios ver de perto alguns planetas como Saturno e os anéis, galáxias super distantes; e 3ª parte vamos para uma sala fechada para tirar dúvidas acompanhado de chocolate quente. O céu no Atacama é lindo, e tem umas das melhores vistas da Via Lacta, é possível ver todas as nuances de claros e escuro, além de poder ver tantas estrelas cadentes em tão pouco tempo, acho que vi umas 5 em 20 minutos! O tour acabou as 00h30, até chegar no Hotel deu quase 01h00, já estava sofrendo de sono, meu transfer para o aeroporto sairia as 05h30... Último dia, retorno a São Paulo O transfer saiu as 05h30 e chegamos no aeroporto em Calama as 06h45, consegui antecipar meu voo Calama / Santiago em uma hora, para ter mais tempo em Santiago (no free shop). Cheguei as 10h00 em Santiago, passei no free shop, muitas coisas estavam com o preço melhor lá que do Duty Free no Brasil, e depois segui para o embarque com destino a São Paulo. O voo saiu as 12h30 e chegou às 17h30, sem atrasos. Devido as Olimpíadas, o aeroporto de Guarulhos estava muito cheio, mas mesmo assim em 40 minutos já estava do lado de fora indo pra casa... Pontos importantes: • Primeira vez que viajei com mochila ao invés de mala: os locais para entregar e pegar a mochila são diferentes, tem que procurar o local “Bagagem fora das dimensões”, no retorno fiquei esperando na esteira normal quando na verdade tinha que ir nesse local.... • Levei 700 dólares por que a cotação valeu mais a pena que em real e o dinheiro foi suficiente para todos os passeios, comida, compras, na minha opinião foi super ajustado, nem a mais, nem a menos. • A viagem ao Atacama é superconfortável, possui uma estrutura boa de hotéis e restaurante em San Pedro, tanto que encontrei muitos casais de brasileiros lá. Recomendo para qualquer pessoa que queria conhecer! • Já a viagem para a Bolívia é linda, possui paisagens magnificas, mas o perrengue que se passa durante os 3 dias é demais e não é pra qualquer um! Muitas das coisas levávamos na brincadeira como a qualidade da comida, do “Hotel”, o frio, mas a realidade é que essa viagem é muito precária, e caso você tenha qualquer tipo de frescura vai sofrer muito, e não tem como desistir no meio do caminho. É preciso ter ciência de todos os apuros que vai passar e estar ok com isso, se não, não vai conseguir aproveitar nada. É isso! Tentei ser o mais detalhado possível, fui escrevendo o roteiro sempre no dia seguinte durante a viagem pra lembrar de tudo... A viagem foi maravilhosa, voltei já pensando quando vou poder ver o Atacama novamente.
  4. É sempre muito emocionante nosso primeiro relato, ainda mais depois de recorrer ao Mochileiros tantas vezes para dicas de todos os lugares que visitei. Tive a ideia de visitar o Atacama depois de uma amiga apresentar o lugar, e fiquei boquiaberta com as belezas naturais. Assim que surgiu 10 dias de férias livres, comecei a reservar tudo. Fui sozinha, o Atacama é um lugar muito tranquilo pra fazer novas amizades e encontrar sempre muitos brasileiros. Seguem custos: Passagem: 1600 - comprei um mês antes, então o preço não foi dos melhores Hospedagem em Atacama - Dom Raul - U$357,60 por 5 diárias: hotel super atendeu a necessidade, fiquei em um quarto privativo com cama e banheiro, além de aquecedor para as noites frias . Ele era no final da Caracoles, então conseguia passear pela rua principal durante todo o dia. 1° dia À saída de São Paulo para Santiago atrasou uma hora, e já começou a preocupação por que minha conexão era de 1:40. Cheguei em Santiago faltando 1 hora para o voo e corri para desembarcar, passar na imigração e embarcar para o voo para Calama. Chegando no portão de embarque com 25 minutos, consegui embarcar! Chegando em Calama as 20h tive uma surpresa nada agradável... A mala não chegou (fui com uma mochila Quechua Forclaz 70). Fui conversar com a responsável da LAN e ela me questionou se havia pegado a mala em Santiago e despachado novamente e falei que não - por que a atendente da TAM em São Paulo deixou bem claro que como tinha uma conexão curta a mala iria direto para o destino final. Resumindo: a atendente me informou que a mala chegaria num próximo voo, e eles entregariam no meu Hotel, em San Pedro. Sai para procurar o Transfer que reservei previamente com o Hotel e nada de Transfer. Acabei contratando um na hora da empresa Transfer Andino por 20 mil ida e volta, o que valeu mais a pena pois o hotel estava me cobrando 22 mil. A empresa de Transfer foi muito boa, meu ajudou a contactar o Hotel, e acabei vindo sozinha num carro de 8 lugares. Cheguei em San Pedro quase as 22h e nao consegui reservar nenhum passeio na manhã seguinte por que este horário as agências já estavam fechadas. Erro meu de planejamento, deveria ter reservado alguma coisa antes para a manhã desse dia (ou não por conta da mala). Como já tinha comido alguma coisa no avião, não cheguei a jantar e fui dormir direto. 2° dia Acordei às 07h e já fui atrás da minha mala, que ainda não havia chegado... A cia aérea tinha mandado um e-mail informando que a mala chegaria num voo as 09h em Calama, então fiquei no aguardo. Fui andar na Caracoles, comprar água, e fechar o passeio da Tarde: Valle de La Luna. Não pesquisei muito o preço em várias agências, entrei na que simpatizei mais e fechei na Colque Tours por 8.000. O passeio saia as 15h então ainda tinha muito tempo até lá. Como ia para Salar de Uyuni também, já aproveitei e fechei o passeio com a Cordillera Traveller por 138.000 (4 dias e 3 noites) - depois visitei a World White Travel e vi que também era uma boa opção. Deu 11h30 e nada da mala, resolvi fazer um passeio que a pessoa do Hotel me recomendou: alugar uma bike e conhecer Pukara de Quitor - fica a 3 km de San Pedro então dá pra ir rápido e voltar. Aluguei a bicicleta por 3.000 (não lembro o lugar) e chegando lá tem que pagar 3.000 de ingresso. O lugar tem ruínas antigas e tem que subir as ruínas para ter uma vista de todas San Pedro. Voltei às 13h30 e chegando no hotel ainda não havia sinal da mala. Comecei a ficar preocupada por que tinha planejado conhecer Piedras Rojas no dia seguinte e talvez não conseguiria por não ter roupa de frio suficiente. A LAN mandou um e-mail solicitando preenchimento de todo o inventário da mala e preenchi e enviei. Tomei um banho rápido e sai para o passeio do Vale da Lua. Na rua Caracoles peguei uma empanada para comer no caminho, mas estava com um tempero muito estranho, comi só a massa... Rs Vale da Lua Estávamos numa van com 9 pessoas, o caminho até lá é perto, em 10 minutos você chega no local para comprar o ingresso: 2.500 para estudante e 3.000 regular. Depois disso, o passeio inclui visitar cavernas de sal, subir e descer montanhas, e admirar as dunas. Gostei bastante do guia, ele nos levou para locais diferentes dos da maioria das agências, só estávamos nós e depois chegou mais um grupo. A única coisa que senti falta é não visitar la Piedra Del Coyote, ele falou que não iria por que era muito cheio. Ao regressar para hotel as 19h já tinha rezado tanto para a mala chegar... Graças a Deus o rapaz da transportadora estava entregando ela no momento que eu cheguei. Que alívio ver todas as minhas coisas, poder tomar um banho tranquila! Nada paga esse momento . Depois do banho, sai para fechar o passeio do dia seguinte, resolvi fazer Piedras Rojas e Lagunas Antiplanicas. Passei na Maxim Experience que ouvi muito bem, mas eles já estavam completos. Fui então para a World White Travel e fechei com eles por 45.000 (achei carro comparado a Colque que estava 30.000). Jantei no restaurante Las Delícias Del Carmen uma lasanha vegetariana com batata frita (evitei carne por conta da altitude). 3° dia Acordei às 06h30 por que a Van passaria no Hotel entre 07h e 07h30, a van chegou 07h20 e partimos no sentido de Socaire. O guia / motorista serviu nosso café da manhã próximo ao trópico de capricórnio, café modesto com pão, presunto, queijo, bolo, geleia, chá e café. Dai partimos para Piedras Rojas, que fica a uns 40 minutos. Piedras Rojas, Lagunas Altiplanicas - World White Travel Pra mim Piedras Rojas é um dos lugares mais lindos, se não o mais lindo de todo o Atacama, o lago estava todo congelado então pude tirar fotos em cima do lago, além da cor ser espetacular. A combinação lago azul com montanha e vulcão deu muito certo. Saímos de Piedras Rojas e fomos para as Lagunas Altiplanicas: Minisque e Miscante. Chegando em Minisque tive uma dor de cabeça muito forte, mesmo tendo tomado muito chá e mascado as folhas de coca (que por sinal o gosto é péssimo). Tiirei algumas fotos nesse lago que também estava congelado e fomos para Miscante. Esse último tem uma cor azul escuro e estava todo descongelado. Fomos almoçar em um restaurante em Socaire, a entrada foi sopa de legumes, depois arroz com carne e de sobremesa, pêssego em caldas. Estava enjoada e com dor de cabeça ainda então, comi um pouco de cada coisa só. Voltamos para San Pedro chegando lá umas 17h30. Sai para jantar, e fechar o passeio do dia seguinte, tentei fazer a subida do Lascar mas a agência solicitava mínimo de duas pessoas, e como estava sozinha não rolou . Então decidi conhecer os Geisers Del Tatio e fechei com a Grado 10, que já tinha ouvido falar e tem aquele ônibus / caminhão super diferente. Paguei 35.000 pelo passeio. O jantar aproveitei pra conhecer o La Estaka, restaurante baladinho na Caracoles e me surpreendi. Comi um dos melhores risotos de camarão da vida, uma delicia mesmo! Vale a pena a visita. Depois disso fui descansar por que o dia começaria super cedo... 4° dia Acordei às 04h por que o ônibus passaria as 04h30 no Hotel, dito e feito lá estava ele no horário marcado. O passeio dos Geisers costuma ser o mais frio de todo o Atacama então preferi me precaver: fui com 3 leggings, body embaixo de tudo (para entrar na piscina geotermal), uma blusa, 1 colete, 1 casaco de pluma de ganso, 1 corta vento, além de meia grossa, luva e toca de pêlos. Na mala foi uma toalha, além de água e snacks. A ida pra lá é bem longa, o que dá pra dormir bem. A agencia oferece cobertor para todas as pessoas, o que deixa o caminho mais confortável. Chegamos lá as 06h30 pegando o sol nascendo, e muuuito frio, segundo o guia, fazia -10°C . Nem o vapor dos geisers resolvia o frio naquele momento, e nem toda a roupa que eu vestia adiantou muito, os dedos da mão mesmo com luva congelavam. Assim que o sol nasceu, a situação melhorou (um pouco) e ficou mais agradável ver os geisers e tirar fotos. Depois disso, seguimos para o local com a piscina geotermal, na qual utilizam a água dos geisers para deixar a água na temperatura de 35-40°C. Fui preparada psicologicamente para entrar, não foi difícil entrar, o duro foi sair... Se for entrar não esqueça os chinelos, o chão é muuuito gelado . Depois fomos tomar café preparado pela agência, completíssimo! Com panquecas feitas na hora, doce de leite, presunto, queijo... Muito bom! Saímos dos Geisers, e fomos conhecer o Pueblo de Machuca, um povoado super antigo da região, os cânions com o Rio Puritama... Definitivamente, uma das melhores agências do Atacama, o guia explicava tudo em Português (meio Portunhol mas ok) , além de toda a estrutura deles... Tentei fazer o passeio da Laguna Cejar com eles, mas não tinham mais a data... Retornamos para San Pedro as 13h, e fui procurar uma agência para o passeio da tarde que seria Laguna Cejar e Tebinquiche. Acabei fechando na Sun Travel por 12 mil, fora ingresso de 17 mil somando os dois lugares ( o ingresso da Laguna Cejar é o mais caro, 15 mil e não aceitam nenhum desconto, estudante, idoso...) Laguna Cejar Chegamos na Laguna e o local já tem toda uma estrutura preparada para o banho. Como a laguna tem o dobro de sal do mar, você não afunda de jeito nenhum, e quando sai seu corpo fica todo coberto de sal, então é bom tomar uma ducha gelaaada pra tirar o sol. A laguna é muito boa, mas a água é um gelo! O passeio ainda inclui parada nos Ojos Del Salar, duas lagunas redondas no meio do deserto, e também Tebinquiche. Aproveitamos pra ver o pôr-do-sol lá, fazer uma caminhada em volta da Lagoa, a vista foi uma das melhores em todo Atacama. Quando acabamos a caminhada, o motorista tinha preparado um lanche, com batatas fritas e pisco sour . A agência atendeu super bem as expectativas, mega recomendada. Voltei para San Pedro, jantei quesadilhas no Adobe (um pouco caro pelo jantar) e voltei para o Hotel para arrumar as malas, por que no dia seguinte de manhã iria para a viagem de 3 dias ao Salar de Uyuni. Salar de Uyuni - 1° dia As 08h00 estava a postos na recepção só esperando a agência passar é me buscar, mas já estava com um mal pressentimento, pedi para o rapaz da recepção ligar para a agência para ter a certeza que eles iriam me buscar e lá vem outra surpresa: a minha viagem não estava para aquele dia, ou seja, eles não iriam me buscar e já estavam indo para a Bolívia . Vale o contexto: fechei com a Cordillera Traveller logo no primeiro dia que cheguei e tenho certeza absoluta que disse a saída dia 30/07. O pior é que no documento que me entregaram estava com a data errada, dia 05 de agosto mas seria impossível ir nesse dia por que eu já teria retornado ao Brasil. Tentei conversar com o rapaz da agência, se ele poderia fazer alguma coisa, alguma outra agência, por que como voltaria para o Brasil dia 03, aquele período era exato para ir ao Uyuni, no dia seguinte não conseguiria mais ir, mas o rapaz só falava que não podia me ajudar. Fiquei desesperada com tudo, chorava no telefone falando com a agência, e eles só falavam que se eu quisesse poderia devolver 85% do valor pago, mas eu não queria o dinheiro de volta, queria viajar naquele dia... Desliguei o telefone e o rapaz do Hotel começou a me ajudar a achar alguma outra agência que fizesse o tour naquele dia, porém como era muito cedo, nenhum agência atendia... Passados 15 minutos, um milagre aconteceu, rs... O rapaz do agência que estava falando ao telefone soube que duas pessoas tinham cancelado o Uyuni naquele dia por que não estavam se sentindo bem, então ele foi me buscar no Hotel e correr e encontrar o restante do grupo na fronteira do Chile. Quando tudo isso aconteceu já tinha me arrependido de ter fechado com a Cordillera, mas depois com todo o esforço que fizeram para me ajudar e me colocar naquele grupo, fui muito grata a todos da agência :'> . Conselho: é sempre bom verificar se a data de todos os passeios estão certos, durante a viagem ouvi outras pessoas dizendo que perderam uma manhã ou tarde, por que a data estava diferente. Depois de passar todo o susto e stress, cheguei na fronteira do Chile, entreguei o passaporte para carimbar e partimos para a fronteira da Bolívia, sendo que após entrar na Bolívia, mudaríamos de microônibus para os carros próprios para a viagem. Conheci o grupo que viajaria comigo: uma uruguaia, uma espanhola, um croata e uma americana, todo viajando sozinhos, assim como eu, então já rolou aquela super identificação com todos. No rota estávamos em 3 carros diferentes, sendo que os outros carros estavam com Holandeses e alemães. Começamos o caminho a 4500 mts de altitude, e um frio de lascar. Nesse primeiro dia conhecemos Laguna Branca (nessa é possível tomar um banho nas águas termais por 6 pesos bolivianos, vale super a pena, a água é bem quente), Laguna Verde, Deserto de Salvador Dali... O almoço foi já no Hotel as 15h, com purê de batatas e salsicha. Depois do almoço saímos para conhecer a Laguna Colorada que ficava próximo do Hotel, o frio nessa região da Bolívia é muito forte, estava com 3 casacos e mesmo assim não resolvia muito pelo vento. Voltamos para o Hotel já tentando se preparar para a primeira noite. A agência sempre avisa que a primeira noite é a pior, por que o hotel está localizado em alta altitude, além de não ter aquecimento e poucas cobertas, nem banho. Jantamos sopa e macarrão, e depois de jogar cartas com os colegas de viagem, fui tentar dormir, mas foi quase impossível... Naquela noite fez - 15°C, por conta do frio conseguia me mover e nem relaxar, foi unânime, quase ninguém conseguiu dormir e pela altitude acordei com muita dor de cabeça (graças aos caramelos e chá de coca melhorei um pouco). Salar de Uyuni- 2° dia O segundo dia basicamente atravessamos todo o deserto, no parque Nacional, paramos na Pedra Árvore, na Laguna Honda, no Salar Chiguana, e vimos a linha de trem que atravessa o deserto, muito interessante no meio do nada. Almoçamos na frente da Laguna Chiarcota atum, salada de tomate, abacate, arroz, milho e queijo branco. No final da tarde, fomos para o segundo Hotel, que é todo feito de Sal é um pouco melhor que a primeira noite. Chegamos lá e realmente o hotel é todo de sal, até o chão tem sal, mas pelo menos tinha local para banho quente. Tomamos banho, jantamos frango assado com batata frita com direito a vinho, e depois de jogar cartas fomos dormir, estava tão frio quanto na última noite, o corpo não esquentava de jeito nenhum e lá se foi outra noite mal dormida.
  5. cbnigris89

    Atacama e Salar em 7 dias?

    Oi amigos mochileiros! Preciso de uma ajuda para fechar o roteiro para o Atacama agora em julho! Tinha planejado uma viagem de 8 dias, sendo 5 dias no Atacama e 3 Salar do Uyuni, mas devido a agendas profissionais e uma tarifa de passagens bem melhor, acabei encurtando a viagem em um dia, tendo 7 dias para fazer todos os passeios... Tentei encaixar todos os programas na agenda, mas ainda queria muito conhecer Termas de Puritama e não tenho mais dias, podem me ajudar se algum dos passeios podem ser retirados? Dia 0 - chegada a noite Dia 1 - Manhã: Salar do Atacama, Lagunas Altiplânicas Tarde: Valle da Lua, Valle da Morte, Piedra Del Coyote Dia 2 - Manhã: Geisers del Tatio Tarde: Laguna Cejar e Tebinquiche Dia 3 - Salar de Tara Noite: Tour Astronômico Dia 4 - Vulcão Lascar Dia 5, 6 e 7 - Salar de Uyuni Dia 8 - Retorno pela manhã Sei que é uma missão impossivel, mas realmente queria muito encaixar Termas... Além disso, o passeio para o Vulcão é um dos principais que quero fazer! Será que não consigo algum horário livre no roteiro?
  6. cbnigris89

    Walt Disney World - Como planejar sua viagem

    Oi galera e Rodobastos! Fiquei de dar um retorno sobre o Be Our Guest... Viajei a Disney em Novembro, e tinha muita vontade de ir ao Be Our Guest, restaurante da Bela e a Fera dentro do MK. Não tinha conseguido fazer reserva pelo site da Disney, nem conseguido Fastpass pra conseguir um horário. A estratégia que adotei foi, assim que chegar ao parque ir primeiro pra lá pra verificar se tinha alguma possibilidade de reserva. Quando cheguei, já havia algumas pessoas aguardando, depois descobri que elas estavam aguardando para o almoço, que funciona a partir das 10h30 e por ordem de chegada. Como não queria perder tempo em fila, fui arriscar pro jantar... Foi super simples! A atendente informou que havia horário disponível pro almoço as 16h30 (um pouco cedo pra jantar no BR, mas ok) e aceitamos! O bom é que o horário acabou servindo como almo-janta, conseguimos provar um menu excelente, no valor de US50 por pessoa em média, além de tirarmos foto com a Fera... Fica a dica! Não se matem caso não consigam uma reserva... Chegando cedo nos parques, a chance de conseguir reservas disponíveis é muito maior!
  7. cbnigris89

    Walt Disney World - Como planejar sua viagem

    Entendido todas as possibilidades! Pode deixar que pensarei na melhor forma de conseguir a reserva e no minimo correr no parque logo na chegada!
  8. cbnigris89

    Walt Disney World - Como planejar sua viagem

    Fala Rodobastos! Fui dar uma olhada pra agendar o almoço no Be Our Guest com fastpass+ e infelizmente o teste só está liberado para hospedes dos hotéis da Disney... Como fechei hospedagem em Hotel fora perto da International (rolou até um pequeno arrependimento, mas a reserva é não cancelável...), vou partir pro Plano B de tentar alguma brecha no sistema de Dining Reservation, ou tentar no dia mesmo. Fica a dica!
  9. cbnigris89

    Walt Disney World - Como planejar sua viagem

    Morri que consigo reservar o BoG com fastpass?? Com certeza farei isso, não perco por nada esse almoço! Valeu mesmo por todas as dicas e pelos roteiro do MK... Qualquer coisa pergunto!
  10. cbnigris89

    Walt Disney World - Como planejar sua viagem

    Vamos lá.. Inicialmente, obrigado pelo elogio! Perguntas.. É sua primeira vez em Orlando? Que horas chega seu vôo? Você pretende passar o dia inteiro no parque? Realmente não liga para as compras? Nada de Victoria's Secret, Michael Kors? Se não liga para compras, qual a razão de ir a Miami? Abs, Segue minhas respostas: Estive em Orlando no inicio do ano, mas pela convenção da empresa :'> , mas só tive tempo de conhecer o Universal, e Island, então foi super, curto, por isso a vontade de voltar logo! Meu voo chega as 09h30 em Orlando, ja estou com o carro alugado pra otimizar o tempo. A ideia é conhecer todo o parque, mas de forma mais otimizada com os Fastpass, e seguindo os caminhos contrarios... mas mesmo assim não perder tempo de ficar rodando o parque só pra passar o tempo, entendeu? Só nos dias de MK e EP que pretendemos ficar até os shows a noite. Na verdade, como uma mulher, é impossível não ligar pra compras, quero passar na Ross, Marshall's, Outlet Premium da International que é mais perto da onde estou hospedada e até Mall at Milenia, mas acredito que consiga fazer as "compras" no fim de tarde, de alguns dias que os parques são mais curtos, como AK, Aquatica, e os da Universal, não?? Essa coisa de Miami é pra conhecer as praias, e a cidade em si, nada voltado para compras... Mas acho que é bem melhor gastar um dia para compras em Orlando do que esse bate e volta - ainda vou convencer a minha irmã. Vlw
  11. Continue o roteiro! Parece bom!
  12. cbnigris89

    Problemas com a Itália - Roteiro Quase Pronto!

    Oi amigo! Quando fiz mochilão para a Europa, dediquei 5 dias apenas para Roma e acredito que foi necessário e até pouco tempo lá, a cidade é muito grande e com muitas coisas pra fazer... Se fosse você, reduziria os locais que quer conhecer na Italia, podendo fazer dois lugares, mas com mais qualidade (2 a 3 dias em cada lugar)... Sobre o meio de transporte, não fui para os outros lugares, não posso te ajudar!
  13. cbnigris89

    Dúvida sobre a troca do dolar em espécie.

    Oi Eduardo! Na verdade, para recarregar o Visa Travel Car agora incinde o IOF de 6,38%, a mesma porcentagem que incide no cartão de crédito, desta forma, você recarregar o cartão VTC ou utilizar o cartão de crédito dá no mesmo... A unica diferença é que no VTC você pode comprar o dólar antes e garantir o cambio, e no cartão de crédito você está sujeito a alterações no cambio até o fechamento do cartão. Na minha opinião, compensa mais levar em espécie mesmo e o cartão de crédito com limite liberado, para compras que saiam do planejado, pois a compra em espécie só entra o IOF de 0,38%... Eu levo em espécie, e divido em diversos lugares, sapatos, meias, mochila, pochete, e até um pouco na mala que fica no Hotel, e Hostel (claro que bem escondido e fechado)
  14. cbnigris89

    Walt Disney World - Como planejar sua viagem

    Olá Rodobastos! Depois de ler as 22 páginas do fórum, tenho que dizer que muitas das duvidas já foram resolvidas com as informações colocadas no fórum! Está de parabéns! Bom, viajarei para a Disney em novembro com a minha irmã e pretendemos fazer Orlando "de cabo a rabo", com direito a discovery cove e golfinhos, além do aquatica (espero que não morra de frio... ) Primeiramente, gostaria de possível que visse meu roteiro, já fui arrumando baseado nas Crows Calendar do Undercover Tourist e do EasyWDW, mas estou com uma bucha que é o Magic Kingdow no dia 11, feriado de Veterans Day lá... Gostaria de inserir ele no começo da viagem pra pegar o clima Disney, mas no EasyWDW está explicando que é altamente recomendável não ir neste dia... Sinceramente já estou ficando louca com esses parques ãã2::'> ! Segue roteiro: Data Locais 09/nov Trajeto Brasil / Orlando 10/nov Island of Adventure 11/nov Magic Kingdow - Wishes 12/nov Sea World 13/nov Epcot 14/nov Animal Kingdon 15/nov Bush Gardens 16/nov Discovery Cove 17/nov Universal Studios 18/nov Hollywood - Fantasmic 19/nov Aquatica 20/nov Miami - um dia 21/nov Compras e fechamento - Merry Christmas Party a noite 22/nov Trajeto Orlando / Brasil Não tenho nenhum dia dedicado à compras, pois não é o foco principal, mas sei que alguns parques são mais curtos e nos duas temos o mesmo ritmo acelerado nos parques, então acredito que teremos alguns finais de tarde/noite para comprar. Aah, vou estar com carro durante todos os dias, facilitando também a locomoção entre parques e compras. Sobre o dia com ida pra Miami, é uma coisa que minha irmã quer, mas acredito que consigo mudar essa realidade quando estivermos lá, hehehe.... O cansaço vai bater e quero ver se ela aguenta 8 horas de estrada em um dia... Mais um problema é em relação à reserva de restaurantes que no aplicativo e site da Disney estão todos esgotados, só alguns menos conhecidos estão livres... . Por mais que não viaje com crianças, queria muito fazer reservas no Be Our Guest, Sci-fi Dinner, Via Napoli... acha que seu eu ligar todos os dias, talvez consiga um cancelamento? :'> Acho que é isso! Já estou com tudo comprado, só falta chegar a viagem agora... Como lidar com a ansiedade? rs
×