Ir para conteúdo

GIACOME

Membros
  • Total de itens

    127
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que GIACOME postou

  1. Acabei de vir de lá Só que saí do Acre, por Puerto Maldonado / Cusco; Cordilheira dos Andes e Asfalto maravilhoso; Depois segui até Puno (440km); estrada linda e ótima; sem problemas; Aconselho vir de carro sim; Abraços
  2. Obrigado Maria Emília fico feliz que tenha gostado Abraços cordiais
  3. Não me lembro detalhadamente mas dois dias com todos os passeios e refeição, para duas pessoas, ficou 480,00 mirréis Pousada Bom Jardim sr Isaias gente boa demais
  4. Massa a viagem bem no espírito motociclista mesmo parabéns!
  5. Giacome, Conte-nos sobre o estado da rodovia saindo de sua cidade até seu destino! Vou sair dia 5-jul também, porém ainda do Triângulo Mineiro. Vai ser meu "dia D1", então devo demorar uns poucos dias até passar por onde vc tá passando! Abraços! Bacana demais Robson bem, já antecipo que o trecho entre Cacoal e Porto Velho está passando por reformas; (480km) assim, deixe uma margem de tempo maior para estes pontos também tem um tráfego intenso de carretas mas nada descomunal; sossegado; mas posse te passar uma análise mais precisa quando chegar em cusco; eu combino co
  6. Bacana demais nasci em Espigão do Oeste; rsrs que coincidência; sairei de Cacoal; meu carro é um voyage prata; tenho quase certeza que vamos nos encontrar quando vocês saem de Espigão? abraços
  7. Que lugar de Rondônia? sou de Rondônia e estou saindo dia 05 agora para Macchu Picchu também de carro; é provável que até nos encontremos no caminho rsrsrs Qualquer coisa é só dar um toque
  8. Lorena, você tem alguma informação sobre o trem do pantanal? eu entrei no site da empresa e fala de passeios eventuais; este trem vai de Campo Grande até Miranda, passando por Aquidauana; deve ser muito interessante; abraços e belo relato
  9. Olá GIACOME, valeu mesmo por ter gostado do relato. Cara... Chivay é uma das cidades que ficam ao longo do Canonl del Colca. Agora... o ponto dos Condores é um pouco distante (uns 50km de Chivay). Até Chivay (seja indo de Puno ou Arequipa), a estrada é 100% asfaltada e muito boa (rodovia pedagiada). De Chivay para o ponto do Condores (Cruz do condor) a estrada é 70% asfaltada (não ha pedágio). De modo geral, as estradas do Peru estão bem conservadas e sinalizadas. Encontramos muitos brasileiros conhecendo o país de carro, o que demanda boa prática em direção, atenção e responsabilidade.
  10. Sem querer atravessar o tópico da Ana; mas eu agendei o passeio antecipado; na verdade, como sou ansioso, bem antecipado mesmo rsrsr eu fiz com o Rolando, da Pumas Trekk segue o e-mail dele [email protected] eu fiz por ele por ter visto ele citado aqui; enviei o e-mail para ele e ele foi muito profissional e prestativo na relação pela internet; paguei 260 dólares no pacote completo, incluindo Wayna; city tour + valle sagrado + machu + wayna e trens; não sei se foi caro ou barato; também só posso te garantir se é confiável dia 17 de julho, pois é quando eu retorno do Peru
  11. Olá Ana; Beleza de Relato; parabéns; bem atualizado e completo no quesito valores; quanto a eles, desculpe a ignorância: não consegui entender a cotação; quantos soles temos com 1 dólar? 2,5 ? e reais, quanto é a relação; lamento, acabei não entendendo mesmo; outra coisa, você alimentou mais ainda o meu interesse em ficar mais tempo em Arequipa; o que você indicaria em uma tarde e uma manhã completa? pretendo chegar em Arequipa no domingo, meio dia mais ou menos; pernoitar por lá, ficar pela manhã, almoçar lá e sair a tarde para Chivay; você tem alguma sugestão de roteiro em Arequipa?
  12. Giacome, nessa viagem estava fora de questão ir de moto pq tb nos programamos p/ fazer trilhas e montanhismo, oq é inviável fazer de moto pela qtde de equipamentos a carregar (barraca, roupas especiais, saco de dormir, etc.). De qq forma houve 1 dia q alugamos moto em Cuzco (Tornado) e foi bem bacana. Nesse msm ano, em Dezembro fizemos uma viagem ao Atacama e Oceano Pacífico - clichê de moto, hehehe - pode acompanhar no blog: doatlanticoaopacifico.wordpress.com. Com relação a Arequipa e Chivay, chegar às 9hs creio q seja tarde, sim! Chivay é uma cidadezinha bacana, eu até aconselho q v
  13. Vi que você gosta de moto e fiquei aqui com essa interrogação: porque você não foi de moto? falo isto porque iria de moto, mas minha esposa não estava muito convicta e decidi por ir de carro mesmo; a viagem de moto é uma aventura real que tem um nível de risco que você acaba assumindo pelo garupa; bem, mas tenho outra dúvida: estou pensando em sair de Puno bem cedo rumo a Arequipa; gostaria de pernoitar por lá e sair bem cedinho para Chivay; aqui é que mora a questão; será que se eu chegar até umas 9:00 horas em Chivay é muito tarde para o canion? seria melhor não pernoitar em Arequipa, s
  14. usei ela presa no guidao, utilizando o mesmo suporte do GPS Valeu pela resposta!! abraços
  15. Gustavo, estou indo de carro para o Peru agora dia 05 de Julho; (inicialmente era de moto, mas preferimos o carro em virtude da patroa e do frio); vou de Cusco a Puno fazendo a Rueta del Sol, visitando alguns pontos do Barroco Andino e outras paradas; de Puno pretendo ir até Arequipa; de Arequipa irei até Chivay: minha questão é a seguinte, é viável este planejamento? você sabe me informar se entre Puno e Arequipa é pavimentado? e entre Arequipa e Chivay, também é pavimentado? beleza de tópico abraços
  16. Cara, beleza de relato; parabéns mesmo; um bom relato é assim, desperta e motiva o viajante, e não fica construindo clichês com base em subjetividades; parabéns mesmo; Você incitou-nos a ir até o Canion del Colca; é em Chivay né? então; estarei lá de Carro; será que a estrada entre Chivay e Puno é asfaltada? porque eu deixaria Arequipa por enquanto rsrsr e iria de Puno a Chivay de carro, faria o passeio ao Canio e voltaria a Puno; será que procede? Um grande abraço
  17. Esclarecedor seu relato. Também irei de carro agora dia 05 de Julho; parabéns pelas informações; vou levar comida e água na subida, em função das suas dicas. abraços;
  18. GIACOME

    Nobres

    Pessoal interessado em Nobres (na verdade Bom Jardim MT); vim de lá agora no dia 02 de Junho e segue meu relato com alguns preços e dicas; espero que contribua; o lugar é lindo e é uma experiência fantástica. O Link está em minha assinatura.
  19. BOM JARDIM Continua... Nobres na verdade é apenas um portal para o paraíso! A Vila de Bom Jardim é onde se concentram todos os passeios; tem semelhança com Bonito, pois esta cidade também não comporta todos os atrativos; você deve ir até outras cidades do Mato Grosso do Sul para compor o circuito turístico que chamam de “Bonito”; cidades como Miranda, Jardim e Bodoquena; mas voltando ao relato, para chegar até Bom Jardim é preciso conhecer as três vias possíveis, dentro daquelas que utilizei; - a primeira é por Nobres, aquela que fizemos (saímos cedo do hotel e chegamos em Bom Jardim
  20. Venho aqui deixar minhas impressões da última viagem que fiz entre Cacoal-RO e Nobres-MT, mais especificamente Bom Jardim; a distância percorrida foi de 926 km de belo asfalto e 67 de terra; o retorno foi de 926 mais 57 km de terra; (bela areia e terra solta) rsrs Vou dividir este relato em três partes: Preâmbulo, Viagem e Bom Jardim; talvez as primeiras partes interessem mais aos aficionados pela moto e a terceira aos que gostariam de informações atualizadas de Bom Jardim; então segue o relato; PREÂMBULO É salutar entender que a viagem de moto é muito especial; quando comparamos
  21. Pessoal, atualizando o post; como vou de carro, pretendo ir a Puno, passando pela Ruta Del Sol; chegando em Puno, pretendo aproveitar para ir à Puerta Hayu Marca; alguém tem alguma informação? sei que não tem muitos pacotes turísticos para lá; alguém sabe de algo relevante, tipo distância, perigos, etc?
  22. Acrescento algumas informações adicionais ao tópico para os interessados na iconoclastia e fundamentos do Forte Príncipe da Beira: Fonte: Wikipedia - A cor avermelhada da fortificação deve-se ao emprego, na sua construção, de pedra de canga laterítica, abundante na região. - A pedra calcária, utilizada nos arremates por exemplo, foi transportada de Vila Maria e de Belém do Pará. - Embora a cifra de trabalhadores seja de duzentos homens, estima-se que pelo menos mil outros trabalhadores estiveram envolvidos na sua edificação, entre indígenas e escravos africanos. - Os recursos para a edifi
  23. Bem, dando sequência ao relato; o fosso e a o buraco do fosso é mitológico; muitos afirmam que já fora uma sala secreta, hoje soterrada e alagada; relatos incidentais fala de reuniões de cúpula dos militares da colônia; mas o que vi foi apenas um buraco, que remete à uma câmara maior subterrânea; deixemos a lenda sobreviver; Os canhões que estão expostos no forte são mesclados entre armas cenográficas e armas de verdade; nao sei ao certo se já ocorreu alguma batalha memorável no forte; o guia disse que sim; Recentemente, em um evento que estava uma personalidade histórica (não sei ao
  24. Saulo, postei o relato do Forte Príncipe da Beira; está na minha assinatura abraços
  25. (Relato da Viagem Realizada em Julho de 2009) 0:01 (02 de Julho de 2009) Já é o primeiro acorde do dia da viagem, e a lembrança daquele pneu careca da moto lateja a mente; 0:25 (02 de Julho de 2009) É preciso levar um lubrificante; a terra e poeira, mais distância longa causará desgaste prematuro na corrente secundária; 0:35 (02 de Julho de 2009) 230,00 reais para gastar com gasolina, estada, comida e bebida; quem sabe comprar alguma coisa na Bolívia? 1:15 (02 de Julho de 2009) O primeiro devaneio fatal; um recorte de um tombo naquela terra vermelha; Bem, para contextualizar esta psico
×
×
  • Criar Novo...