Ir para conteúdo

mataripe

Membros
  • Total de itens

    92
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que mataripe postou

  1. Pessoal, vcs devem tomar cuidado com esses roteiros by Google pq muitas vezes dá errado, esses roteiros não preveem as chuvas, as cheias. Amigo meu foi até Bonito com um Ford Eco Esport e não respeitou as dicas do pessoal do Albergue, disse que tinha roteiro do Google. Resultado foi que ele rodou 480 Km e teve que fazer meia volta. No retorno ele ficou sem graça e foi perguntar sobre outro roteiro para outro lugar que saia do Brasil por Corumbá e ia até Sta Cruz na Bolívia. O pessoal avisou que ele ira acabar com o Fordinho mas ele foi assim mesmo. Resultado foi o Fordinho numa oficina boliviana com o mecânico com uma faca enorme na mão querendo cortar uma borracha da suspensão. Voltou com o carro capengando, acabaou com um pneu e entrou numa oficina brasileira de Corumbá. Na volta pelo Pantanal na Estrada Parque ele não respeitou uma boiada, acelerou mais do que os bois permitiam e o resultado foi um retrovisor arracado pelo chifre de um reprodutor nelore e mais uma porta amassada. Naquela região vcs têm que acreditar no pessoal do Albergue que esta em contato diário com Pantanal, com Bodoquena, com Campo Grande e com Bolívia. Fui ano retrasado de van até o Pantanal e depois Bolívia. O motorista da van do Albergue sabia tudo e o celular dele tocava muitas vezes com outros motoristas dando informações de estradas, blitz, etc. A gente ia sair por Bodoquena mas o motorista falou que ia dar uma volta via Anastácio pq a estrada por Bodoquena estava interditada por causa de uma chuva na noite anterior que acabou com a cabeceira de uma ponte e lá estava um caminhão obstruindo a passagem. Fizemos uma volta rodando 100 km a mais e td foi tranquilo, chegamos na hora prevista. E tem mais: viajar de carro próprio só dá multa e problema de quebra e até acidente. Prefiro ir de avião + busão e lá eu pago transporte com gente que conhece as estradinhas. Sai mais barato e sem dor de cabeça. Fui,...
  2. Vc esta enganado pq agora em maio não tem cheia, só teve cheio no Pantanal e já não tem mais. Tem lugar muito melhor p/ vc visitar do q esses que citou.
  3. Precisa corrigir o que alguém acima escreveu errado sobre a localização do Albergue de Bonito que "não" esta afastado da cidade, pelo contrário, o Albergue fica na cidade mas não no centro que é bem agitado. O Albergue fica a 15 minutos de caminhada da praça da cidade que fica do outro lado. A 3 quarteirões já tem um supermercado chamado Florida e alugávamos bicicletas do Albergue por $ 5
  4. Dica importante é saber que o Albergue de Campo Grande não existe mais, perdeu a bandeira da Hostelling Interational faz já um bom tempo e foi por problemas graves, denúncias de muitos turistas, má conduta, etc. Tanto é verdade que no site www.hostel.org.br vc não encontra mais Campo Grande e no site internacional tb não - www.hihostels.com Em Campo Grande o pessoal esta se hospedando em outros hotéis econômicos próximos da rodoviária
  5. Gente - não tem mais Albergue em Campo Grande pq eles perderam a bandeira da Hosteling pq tinha muita coisa errada e uns lances de denuncias de vários gringos e tb de brasileiro. Em Corumbá eu conheço é bom mas gostei mais de outro do lado da Bolívia que parece um clube de grande.
  6. A Julinhacv esta preocupada com "assaltos e roubos" em Bonito ! Nada disso, lá é uma cidade pequena bem tranquila e muitobem policiada, conheci até um PM que fala inglês muito bem e nas horas vagas ele é guia. Lá andávamos a pé pelas ruas de terra e de asfalto de noite, bem tranquilos.
  7. Fiz um comparativo - dia desses fui para o litoral, acordei cedo e andei a pé até a praia, no caminho comprei protetor solar, depois fiquei caminhando na praia de lá para cá até que me deu vontade de beber algo e gastei mais um pouco. Depois bebi duas caipirinhas e mais tarde almocei num restaurante uma comida gordurosa com 2 sucos. Voltei a caminhar na praia e fui nadar na água salgada e senti que a pele dos ombros ardia. Logo depois apareceu uma galera e colocou um som da pagode nas alturas e foi a gota d'agua, acabou o dia - e o que foi que eu fiz ? Nada a não ser caminhar na areia e nadar na água salgada. E quanto gastei naquele dia ? Somei tudo e deu $68 reais e mais $50 da pousada - Total de $118. Daí conclui que vale muito mais praticar turismo ecológico pq a gente vê lugares novos, paisagens lindas, rios, cachoeiras e no final, o gasto é o mesmo ou até menor. Em Bonito quando vou eu gasto a média de $80 por dia mas pagando tudo: hospedagem, passeios, tarnsporte e almoço. Com a diferença que os lugares são pretegidos contra os vandalos e não se vê lixo jogado, não tem multidões com som alto, não tem gente importunando. O problema é que a maioria não sabe fazer contas, não planeja nada.
  8. Já fui pra Bonito em Julho e tive sorte pq quase não fez frio e as águas dos rios cristalinos não são fria, a temperatura fica na casa dos 23º - mas nos rios das cachoeiras elas são mais fria pq tem as quedas e os rio são longos.
  9. mataripe

    Trem do Pantanal

    Seria muito bom se o trem voltasse a trabalhar como o original mas ouvi falar até que a empresa responsável que opera o trem já cogitou em encerrar as atividades. Claro, pq qual é o empresário que quer ter prejuízo ?
  10. Eu conheço o Pantanal dos dois estados, MS e MT e tenho o seguinte a comentar: Primeiro conheci o Pantanal do Mato Grosso e gastei um valor X e não fiquei impressionado com o que vi. Passados uns dois anos, fui a Bonito que fica no Mato Grosso do Sul, fiquei hospedado no Albergue de Bonito onde finalizados os passeios maravilhosos, me ofereceram um passeio no Pantanal. Resolvi seguir e conhecer o lado sul do Pantanal, porque alguns amigos me falavam que era bem melhor do que o do norte. E eu realmente comprovei que o Pantanal do Mato Grosso do Sul é mais bonito e o preço, mesmo tendo passado mais de 2 anos, foi X sobre 3, ou seja, três vezes menos o que paguei para um passeio no Pantanal do norte. O passeio foi de 3 dias com td incluido e numa fazenda especializada em turismo ecológico e ainda com guias pantaneiros nativos que falam vários idiomas. Mais 3 anos e eu retornei a Bonito e perguntei sobre novos passeios no Pantanal e o pessoal do Albergue me mandou para outra fazenda também muito legal, na beira do Rio Miranda e o preço foi o mesmo que paguei 3 anos antes. Tinha várias atividades, cavalgada pantaneira, caminhadas, barco e pesca e de noite saíamos de jipe procurando os bichos. Recomendo.
  11. Sim, tds os passeios são longe da cidade, mas o Albergue de Bonito tem transporte compartilhado em minibus e carros que fica bem mais barato pq é dividido entre os passageiros. As estradas são todas de terra e quem tem prática nesse tipo de chão pode usar o seus carro, mas quem não tem é melhor não se arriscar. Tem um ônibus de Bonito até Corumbá, mas o Pantanal fica antes de Corumbá - o pessoal do Albergue informa sobre os passeios mais baratos no Pantanal e sobre o Trem da Morte da Bolívia eles até reservam passagem antecipado.
  12. mataripe

    Trem do Pantanal

    Respeito as suas colocações, mas eu conheço o Pantanal desde a decada de 80 e usei o Trem do Pantanal Original. Conheço as regiões pantaneiras do Nabileque, de Miranda, de Corumbá e as mais lindas: Nhecolãndia e Rio Negro . O trem atual passa muito longe delas todas. Na verdade, o Pantanal do Mato Grosso do Sul que tds deveriam conhecer é o da Nhecolãndia e do Rio Negro. A região do Nabileque tb é linda mas nada se compara ás outras duas que citei. A bacia do Pantanal abrange sim outros municípios, como Aquadauna e outros, mas o que os turistas querem ver não estão em tds. Aliás, se o Trem do Pantanal voltou a operar apenas como trem turístico, deveria pelo menos trilhar as área mais pantaneiras, como Miranda, Porto Esperança e Corumbá e não o trecho que esta trilhando, no qual não se vê nada de Pantanal e de vida selvagem. O que se vê e muito é boiada, cerca e mato. O trem original, o real Trem do Pantanal funcionava para a população, para os índios e turistas, era um meio de transporte usado dia a dia, a exemplo do Trem da Morte na Bolívia que naquela ocasião fazia a continuação e os turistas seguiam para a Bolívia. O Trem do Pantanal original saia da cidade paulista de Baurú e ia até Corumbá. Na minha opinião, esse trenzinho atual não dura muito, só se esticarem ele até Corumbá.
  13. mataripe

    Trem do Pantanal

    Não querendo desmerecer o Trem do Pantanal, acho que o trecho que foi reativado, entre Campo Grande e Miranda, não tem nada de Pantanal, porque o Pantanal começa a partir da cidade de Miranda e vai até Corumbá. E quem é que vai querer ficar mais de 8 horas dentro de um vagão lento para ver pasto e bois ? Espero poder matar a saudade do Trem do Pantanal qdo. reativarem o trecho que realmente cruza uma boa parte do Pantanal do Mato Grosso do Sul.
  14. Tem ônibus de Bonito até Corumbá 6 horas da manhã e vai chegar lá meio dia. O bus passa a duas quadras do Albergue e custa $ 55,00 - tb tem Van do Albergue mas depende do nº de pessoas q vai seguir p/ o Pantanal. * Aproveito p/ informar que Corumbá já tá depois do Pantanal. Eu tb pensava que p/ chegar no Pantanal tinha que ir até Corumbá mas o pessoal do Albergue de Bonito informou que o Pantanal esta antes, uns 150 Km antes. Corumbá já faz fronteira com a Bolivia. *Aproveito p/ lembrar que o Albergue tem agência de turismo local que organiza os passeios e tb transporte compartilhado em vans que fica bem mais barato / atendem muito bem e com a carteirinha dos Albergues se consegue bons descontos e vários passeios - nas outras agências não rola desconto e abusam no transporte. No Albergue se pode coprar alguns passeios no Pantanal bem em conta - pacote de 3 dias em fazendas.
  15. Os mochileiros legítimos não se enquadram no perfil que descrevi, eles são respeitadores, solidários e conservadores da natureza. Prá vc ter idéia, eu indico o mochileiros.com para centenas de pessoas que estão interessadas em viajar para todas as partes do mundo e a maioria é sem noção, do tipo que pergunta se é melhor levar mala de rodinhas ou mochila. O mochileiros.com é uma bíblia para os brasileiros iniciantes, assim como o Lonely Planet Thorn Tree é para os estrangeiros. Portanto, engano seu pensar que só entram nos foruns os mochileiros calejados e experientes. Imagino que o objetivo do mochileiros.com é ensinar com experiências de vários viajantes, com dicas mil. E esta mais do que provado porque muitas pessoas que conheceram o mochileiros.com escreveram me agradecendo pela indicação, dizendo que seguiram as orientações e td correu perfeito. Vlw
  16. Rpcline - olha só, eu trabalho com público há mais de 30 anos, sei como ele é. O sujeito quer saber quanto custa, qual a cor, se tem garantia, etc. Eu respondo enviando um documento no qual tem tudo que ele perguntou e mais centenas de detalhes que ele não sabia e vai gostar muito de saber. Dai o sujeito responde perguntando a cor e quanto tempo é a garantia. Nossa ! A preguiça que a maioria tem de ler é impressionante !! Grande parte do nosso povo tem preguiça de ler. Nossa experiência concluiu que a maioria lê apenas o 1º parágrafo e alguns leêm o 1º e o 2º. Mas voltando ao assunto "Bonito", é o lugar mais organizado que conheço no Brasil e não é caro. Injustiça uma pessoa cotar o preço do Resort e de outros Hotéis caros e generalizar o destino como sendo mais caro do que F. Noronha. Desde 97 frequento o lugar e posso garantir que tem mais de 70 hospedagens de tds os valores. Na Ilha do Mel, tem uma pça de alimentação bem legal, mas vc volta da praia doidinho p/ tomar uma ducha de água doce e tirar a areia do pés antes de ecolher a comida, mas não tem. E o banheiro ? Nossa ! Aquele "mijuano", uma sujeira e não tinha água pq alguém esqueceu de ligar a bomba. Nem mesmo minha mão consegui lavar. No Balneário Municipal de Bonito que é lindo, td. funciona e os banheiros são limpos e tem duchas e o rio é de água doce. No Jalapão me pediram R$ 1.200 pratas para fazer um passeio de 2 noites com transporte incluido. Perguntei o que eu iria ver e curtir para pagar essa grana preta. O cara me respondeu: " Tu vai curtir o 4 x 4, as estradinhas, o cerrado e uma nascente de água quente que te empurra p/ cima. Ah, tva incluida duas noites em pousadas com café e janta, almoço era sanduiche que cada um levava o seu. Claro que eu não fui nessa canoa furada. Com R$ 1.200 pratas eu fico em Bonito 10 dia e faço mais de 10 passeios. Eu garanto.
  17. Rpcline - sim, repetição é uma forma que os advogados utilizam para não dar margem á dupla ou tripla interpretação, uma vez que a maioria dos brasileiros não sabe interpretar textos. Uma simples vírgula pode mudar tudo. Como o assunto é turismo ecológico, a maioria esta acostumada a entrar numa praia que é pública e ficar nela poluindo pq não há punição. E ninguém reclama qdo. vê um indivíduo sujando o local que ele tb esta usufruindo. O povo acha normal a desordem, a poluição do meio ambiente, a poluição sonóra, etc. Eu mesmo sei o motivo pelo qual a maioria não reclama do vizinho. É pq tem medo de arrumar confusão, bate-boca, briga. Se vc reclama de alguém que jogou lixo na rua ou na praia, a reação quase sempre é grosseira, estúpida, pois os brasileiros acham que tudo pode. Experimente reclamar com algum estrangeiro e vai ouvir respostas educadas, com dezenas de "I'm sorry". É uma questão de civilização. Resumos funcionam para bons entendedores. "Para bons entendedores meia palavra basta". No entanto, a realidade do nosso país é outra.
  18. Frequento Bonito desde 1997 e sempre achei os preços acessíveis, uma vez que se pode escolher a hospedagem conforme o bolso e depois os passeios e seus preços. Tem passeio de todos os preços, começando com $ 10 depois $ 20, $ 30, $ 40, até mais de $ 300. Dizer que o Reveillon superou F. Noronha é um exagero, não é verdade, pq acabei de ver no site do Albergue de Bonito o preço para 5 noites de Reveillon e tb para 5 noites de Carnaval = $ 200 (duzentos reais) por pessoa com a carteira e $ 250 para quem não esta associado. Não tem passeios no valor, mas cada um escolhe os seus passeios. Então eu acho que a realidade é bem diferente. Fez cotação em hostel caro, tipo resort e generalizou, sem noção. O voucher obrigatório para os passeios de Bonito eu acho muito bom pq estabelece um tabelamento dos preços que tds respeitam e seguem. No voucher de passeio em Bonito há uma distribuição do valor: uma parte é de imposto da prefeitura, outra parte é do guia, outra é da agência e outra é do dono da propriedade, de forma que tds ganham, tds têm guias obrigatórios e concursados pela Embratur (não são monitores ou práticos), não existe sonegação do imposto municipal. E os preços são tabelados e tds respeitam os mesmos preços. Já em outros lugares Brasil afora é sempre aquela desordem, cada um cobra um preço de acordo com a cara do turista. O guia fala que é guia mas nunca fez curso, a sonegação de impostos é total e o turismo é desunido. Estive em Brótas e não gostei pq lá o cara tem um sítio ou chácara, ele recebe direto os turistas e cobra no local, não tem guia, nenhuma segurança, etc. Tem uns caras que se oferecem como guia, mas nem dá p/ acreditar. Em Corumbá há uns 15 anos atrás ficavam em torno de 12 barcaças tipo chalana de passeios no porto e vc perguntava o preço naquela que estava em 1° lugar e o cara dizia: $ 200; vc ia na 2ª e o cara dizia $ 150 e qdo. chagava na última o preço era de $ 50. O Resultado foi que tds quebraramm pq era um leilão de quem dá menos. A cidade ficou um deserto, hotéis que outrora viviam lotados, hoje são prédios abandonados. Na Chapada dos Guimarães foi outra decepção. Em Cuiabá nos ofereceram um city-tour pela cidade a nada mais, nada menos do que $ 150 por cabeça! Eramos duas pessoas, já pensou pagar $ 300 para um carro circular pela cidade mostrando avenidas, igrejas e barzinhos!? Lá mesmo nos ofereceram um passeio na Chapada por $ 260 por cabeça, mas o taxista tinha falado que o Parque da Chapada estava fechado por causa de um acidente de desmoronamento no mês de Abril deste ano. Pegamos o ônibus e fomos por conta e lá soubemos mesmo que o parque estava fechado. Mas uma agencia nos ofereceu um passeio de cachoeira por $ 60 por cabeça. Não aceitamos e resolvi perguntar para um taxista que me disse que era uma cachoeira próxima da estrada e ele nos levaria por R$ 35,00. Fomos e foi um perrengue, pq tinha montes de carros e caminhões parados no acostamento da rodovia e a galera descia e subia um barranco da estrada e entrava no mato por uma trilha até a tal cachoeira que ficava a uns 100 metros. O lixo ali mesmo na estrada era muito e nós ficamos indignados. Mas já estávamos ali e pagando o taxi, o calor era forte, resolvemos descer o barranco. O lixo na trilha por tds os lados e entramos na trilha e mais lixo. Chegamos na cachoeira e a cena que vimos foi coisa de periferia de cidade grande; maior galera se trompando para conseguir uma lasquinha de água da queda que já era pouca. Caminhoneiros de cuéca mostrando as bolas, garrafas de cachaça vazias espalhadas dentre montes de latinhas e alguns fazendo churrasquinho! Caixas de isopor por tds os lados, gente gritando e crianças cavocando nas margens, destruindo as margens do pequeno rio. Prefiro pagar por organização e não ver lixo e gente bebada de cueca mostrando as bolas e fazendo churrasquinho.
  19. Lucélia - de Curitiba a Campo Grande dá 1.154 Km,...quem faz: Viação Gontijo e Eucatur - vc entra nos sites via link: http://www.ajbonito.com.br/index.php?idcanal=203 que tem tds os links de cias. de ônibus e aéreas com dicas de roteiros - tem Horário do Expresso Bonito (eu já usei) com detalhes dos horários e valores dos ônibus da Cruzeiro do Sul (já usei tb) que faz Campo Grande até Bonito, etc...
  20. Fiquei decepcionado com a Chapada dos Guimarães. Em Cuiabá me pediram $ 250 para um dia de Chapada. Fui por conta e lá o Pq Nacional estava fechado, queriam me vender um passeio de cachoeira por $ 60,00 na beira da estrada. Fui de taxi e me decepcionei, os carros parados no acostamento e as pessoas barranco a baixo descendo por uma trilha - tipo coisa de invasão de propriedade. Lamentável. O
  21. ...as chuvas nunca me prejudicaram, em nenhuma das mais de vinte vezes que estive lá em variadas estações do ano desde 97. Uma vez caiu uma forte chuva em final de dia e no dia seguinte a Gruta Azul fechou por motivo de segurança. Mas no outro dia voltou a funcionar. Um dos rios com águas transparentes tb fechou na parte da manhã e de tarde reabriu. Fui na seca, num mês de setembro e não pude visitar um passeio novo chamado Boca das Onças por falta de água no rio e na grande cachoeira com queda de mais de 150 metros. Naquela época me lembro que o rafting tb estava para fechar por causa do rio com nível baixo que poderia destruir as rochas com a passagem dos barcos. No ano seguinte fui no mês de fevereiro, bem depois do Carnaval, o pessoal disse que tinha chovido muito e todos os rios estavam cheios. Fui no passeio da Boca das Onças e curtimos muito as cachoeiras e conhecemos e nos banhamos na mais alta queda de água, foi incrível. Também fiz o rapel no Abismo um dia depois de uma chuva, as cordas ficam molhadas e com um pouco de barro mas nada de grave. Turismo ecológico é isso aí, é praticado na natureza e a chuva faz parte dela. Sem chuva não tem rio, não tem cachoeira, não tem lagoa, não tem peixe, não tem jacaré. Há mais ou menos 30 anos, qdo. alguém se preocupava com a defesa do verde muita gente falava que isso era coisa de "veadinho". E Fernando Gabeira lembra, mas dizia que também era coisa de oncinha, macaquinho, etc. Então vou incrementar a fauna e flora: é coisa de veadinho, macaquinho, mosquitinho, chuvinha, folhinha, florzinha, barrinho, poeirinha, etc. Fui...
  22. Olha só, aconselho o Albergue não só p/ quem vai sozinho pq eu já fui com acompanhado várias vezes e ficamos em um ótimo ap de casal com ar condicionado e banheiro interno, melhor que muitos que já vi em hotéis. Lá se vc fica em pousada vai ter que procurar alguma agência p/ poder ter acesso nos passeios e o Albergue já tem agência e tb o transporte que é bem mais em conta como eu já escrevi, do lance que rolam os grupos e as galeras vão para os passeios nas vans. Tem que saber que rola desconto para quem é sócio dos Albergues, com a carteira leva abatimento na diária e em diversos passeios e acaba livrando boa parte do transporte com os abatimentos. Sobre o rapel, eu tb achava caro mas depois que fui a 1ª vez acabei achando o preço razoável, não dá p/ explicar, tem que ir p/ comprovar que é alucinante. Fui novamente e vou outras vezes.
  23. Larissa - como já escrevi anteriormente, Bonito é uma cidade bem pequena, tipo menor que muitos bairros de cidades grandes. Os passeios ficam afastados da cidade, uma para cada lado e em estradas de terra. É importante se hospedar na cidade porque os passeios tds são a partir dela, saindo dela. Se vc fica em um hotel longe da cidade, vai ter que ir até a cidade para pegar uma das estradas que vai para o passeio A, depois volta para a cidade e segue até sua hospedagem. No outro dia td se repete e a estrada será outra que vai para outro passeio B. Tem passeio que fica mais perto, tipo 8 Km, tem outros a 20 ou 25 Km e tem os mais longe que ficam mais de 50 Km. O Albergue tem vans e carros de transporte e eles organizam grupos para ficar mais barato por pessoa o custo, porque vc tem o custo de cada passeio e mais o transporte. Os passeios mais lindos são os dos rios de águas transparentes - Rio Prata, Rio Sucuri, Rio Formoso. Depois tem os das cachoeiras, vários e os de rapel. O Rapel do Abismo é mais alucinante. Os passeios são muitos e maravilhosos. Os balneários tb são lindos, cavalgadas, etc. No Albergue normalmente eu com 90 pratas por dia pago tudo: diária, passeios, transporte e bebidas. É bem barato porque tem pousada que cobra este valor só por uma diária. Tem hotel lá que uma diária custa 500 pratas. Os passeios podem ser vistos neste link: http://www.ajbonito.com.br/index.php?idcanal=201
  24. Bem, em qq cidade se encontra hospedagem barata, mas não tem o clima dos Albergues, não se encontram mochileiros como nos Albergues, galeras de viajantes como sempre encontro nos Albergues da Juventude. A começar que eu prefiro viajar sozinho e se vou para uma pousada continuarei sozinho sem conhecer pessoas de outros estados e outros países. Fico nos Albergues e sempre acabo fazendo novos amigos e amigas. Viajar em turminha é sempre um transtorno pq sempre tem um que quer comandar os outros, sempre tem um que bebe muito e dá trabalho, sempre tem um que não quer ir pra tal lugar e fica fazendo cabeça. Sempre tem um que anda embaçando e atrasa os outros. Mulher nem se fala! Já passei por muitos perrengues em viagens com amigos, nem gosto de lembrar. Uma vez passei uma noite num pronto socorro pq um amigo entrou em coma alcoólico. Outra vez 4 horas numa delegacia pq outro amigo se meteu numa roubada num barzinho em Porto Seguro. Ainda tive que comprar remédios e levar o cara que não conseguia andar. Nunca mais viajei em turma e nem com um amigo. Eu queria ficar em Albergue e os amigos em pousada, dai iamos para pousada e lá ficávamos bundando só nós, um olhando para cara dos outros - puta tédio. Sozinho vou para Albergue e sempre me dei bem. Então, não fico nos Albergues pq é mais barato, fico pelas vantagens que eu citei. Hotel e pousada é pra gente que quer exclusividade e uma certa mordomia do tipo quarto com TV, frigobar, interfone, essas coisas... è por isso que os Albergues sempre estão cheios de estrangeiros.
  25. onibres - até Bonito eu uso dois tipos de transporte: ônibus ou avião até Campo Grande (capital do Mato Grosso do Sul) e de lá até Bonito com ônibus da Viação Cruzeiro do Sul ou ainda com uma van Expresso Bonito que sai tb de Campo Grande a duas quadras da rodoviária. Para saber certinho, vc entra no link do Albergue da Juventude de Bonito > http://www.ajbonito.com.br/index.php?idcanal=203'>http://www.ajbonito.com.br/index.php?idcanal=203 ou este outro aqui > http://www.bonitoecological.com.br/index.php?idcanal=18.'>http://www.bonitoecological.com.br/index.php?idcanal=18. O Albergue de Bonito é uma hospedagem bem barata e com atendimento excelente que organiza os passeios tds os dias e com transporte em grupo que tb fica bem em conta. Tem pisicina, sala de jogos, alugam bicicletas, tem acesso á internet e tb wi-Fi. É o lugar certo para quem vai só para chegar lá e se integrar, pq sempre esta cheio de turistas de variadas partes do mundo, ficando fácil para dividir as despesas no transporte e até no aluguel daquelas máquinas fotográficas sub para tirar dezenas de fotos nas flutuações nos rios cristalinos. Os sites: http://www.ajbonito.com.br ou http://www.bonitoecological.com.br
×
×
  • Criar Novo...