Ir para conteúdo

KátiaDCarvalho

Membros
  • Total de itens

    3
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que KátiaDCarvalho postou

  1. Oi!! Fiquei no Damajuana Hostel. Fica na rua Aristides Villanueva, rua é bem movimentada, bem frequentada a noite. Tem bares e pubs. Se você quiser curtir as baladas, tem uma menina que organiza transfers e as melhores baladas por lá. No hostel você se informa. Acho que em um dia você conseguiria conhecer o parque San Martín e toda a cidade. É tudo perto. Até breve.
  2. Olá, guribeiro82 Uma dica de hostel em Mendoza é o Damajuana Hostel. Fiquei nele por quase 2 meses (novembro de dezembro de 2012). Indico o quarto do 1º andar que é misto, para 4 pessoas e é o mais organizado. Fica na rua Aristides Villanueva, que independente do hostel que vc ficar, vale a pena dar uma conferida a noite, pois é uma rua bem movimentada com bares, restaurantes e pubs bacanas. Indico também fazer um passeio bem bacana por lá: bikes and wines. Onde você aluga uma bike e eles te dão um roteiro de bodegas, museo do vinho, chocolaterias... um passeio bem bacana.
  3. Oi guinego Fiquei em Mendoza por quase 2 meses (novembro e dezembro de 2012). Que tipo de turismo você quer fazer por lá? Poderia te dar umas dicas dependendo do seu interesse. Escolhi ficar esse tempo todo em Mendoza (estudando) por ser a região dos vinhos na Argentina. Se você também curte vinhos, lá existem váaaarias bodegas interessantes a conhecer, mas sugiro que você contrate alguém para te levar, pois nas estradas não há sinalização. É fácil se perder por ali. Se você prefere esportes de aventura, há agências que te levam. Vivi esse tempo em um hostel e eles tem pacotes bacanas para essas aventuras. Lá tem um passeio super legal que todos que passaram pelo hostel o fizeram. É o passeio de bike pelas bodegas. Um serviço que você aluga bikes, eles te dão um mapinha das bodegas que você pode conhecer e degustar os vinhos e depois te levam de volta à sua hospedagem. A cidade em si você conhece em apenas um dia. Não é necessário contratar essas empresas de turismo para conhecer a cidade. Ela é muito pequena. Basta pegar o mapa em qualquer lugar que você for se horpedar. Vale a pena ir nas praças principais (Plaza Independencia, Plaza Chile, Plaza Italia, Plaza Espanha e Plaza San Martin) para tirar fotos e na plaça do palácio do governo. Em frente ao palácio do governo há o museo da bandeira, com a bandeira original utilizada pelo general San Martín (o general que participou ativamente na emancipação da Argentina, Chile e Peru). Há um parque (Paque General San Matín) que é 1/3 da cidade. Onde fica o estadio de futebol, Universidade, campo de golf, lago, bares/restaurantes e mais outros atrativos que vale a pena conhecer. Vá de carro porque o parque é enorme e tem alguns pontos perigosos para turistas. Mais para dentro do parque tem o Cerro de la Gloria, local onde fica uma estátua de San Martin. O bacana mesmo em conhecer por lá são as bodegas. As mais interessantes que visitei foram Luigi Bosca, Belasco de Baquedano, Kaiken e Alta Vista. No passeio de bike as mais interessantes são da Família di Tomasio, Trapiche e o museo do vinho.
×
×
  • Criar Novo...