Ir para conteúdo

yurinobre.arq

Colaboradores
  • Total de itens

    37
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que yurinobre.arq postou

  1. Olá Clarissa, obrigado pela resposta eu comprei as passagens pra ficar 2 semanas lá em setembro, pretendo fazer Quito, Latacunga, Baños, Cuenca e Guayaquil (não vou pra Montañita pq além de ser MUITO contra-mão, não sou muito fã de baladas e seu relato serviu pra cortar a cidade de vez do roteiro hehe), mas acho que sairei do Brasil tendo reservado apenas o Hostel em Quito, o restante vou deixar em aberto, pra poder mudar de ideia como quiser, conforme for gostando ou não das cidades nunca fiz isso, sempre fui tendo reservado tudo, mas já me disseram q é tranquilo fazer reserva de um di
  2. Relato excelente Já estou quase me decidindo em ir ao Equador esse ano, mas fiquei com umas dúvidas quantos dias ficou em cada cidade e quantos dias recomenda (caso tenha ficado demais ou de menos em alguma)? A parte de trilha e de bike o quão puxada é, é literalmente só descida (estilo downhill)? O Cotopaxi vc pretendia fazer cume ou ir só até o abrigo (que é o passeio mais turistão)? Ta fechado inclusive pra isso ou só pra cume? Eu pratico trekking e montanhismo, mas pergunto isso da bike e do cotopaxi pq estou de molho devido a uma cirurgia no joelho , escalar agora só em 2
  3. Maio se for pra Trekking sim, pra montanhismo não, a temporada de escalada no hemisfério Sul começa a partir de junho, que é quando o gelo está bem compactado pelo inverno. Já pra trekking tem inúmeras opções e o ano todo, alguns dá pra fazer sem agência, la no Santa Cruz encontramos um canadense solitário fazendo, é relativamente bem demarcada, mas eu não recomendo por questão de segurança, penso se acontecer de vc por exemplo pisar errado e deslocar algum membro, por exemplo? e se mesmo adaptado sentir o famoso "mal da altitude"? esse tipo de coisa vc fazer sozinho é muito arriscado e nunca
  4. Como disse ae no relato, comprei as passagens todas juntas pelo Decolar.com, então não faço ideia quanto foram os valores de cada uma delas e mesmo assim quando você compra separada é um preço e quando compra todas juntas é outro preço, então varia. Tem tb o fato de que comprei essas passagens em 2013, quando comprei dólar a 2,37, então nem adiantaria muito te dizer o preço, pq já deve ter mudado bastante ne hehehe A Patagônia é um destino excelente pra casal, vá com fé, vcs não vão se arrepender
  5. U$600,00 (dólares) com a agência do Scheler, incluindo as diárias do hotel todos os trekkings (dois de aclimatação e o Santa Cruz) com barracas, alimentação, guia, etc e o ataque ao cume do Pisco (5750m), e se for até o pisco tem o adicional do aluguel do equipamento de alpinismo, se curtir mesmo recomendo visitar as lojas de montanhismo lá, tem tudo MUITO BARATO, não resisti e comprei R$800,00 lá só de equipamento hehehe, no Brasil tudo que comprei nesse dia custaria no mínimo o dobro
  6. Lima fez parte do meu mochilão anual, versão 2014, passei lá vindo de 10 dias na cidade de Huaraz (ver link para relato em "Roteiro" e na minha assinatura), então aproveitei para conhecer a capital do país. Como era apenas para conhecer rapidamente, visto que meu principal objetivo estava mesmo era na Colômbia (ver link para relato em "Roteiro" e na minha assinatura), acabei reservando apenas 2 dias e 2 noites, me arrependi um pouco porque a cidade é bem legal, na área mais turística, por isso recomendo reservar de 3 a 4 dias para a cidade. Chegando no aeroporto encontrei com um amigo da mesma
  7. A viagem à Colômbia serviu também para um estudo pessoal sobre a relação entre planejamento urbano e violência nas grandes cidades, e serviu de base para a palestra "Da violência à convivência: Os segredos das transformações urbanas de Bogotá e Medellín e os ensinamentos para Fortaleza", ministrada por mim aqui mesmo na minha cidade. Quem se interessar pelo assunto deixo aqui o link da palestra gravada.
  8. Olá amigos, estou aqui novamente para relatar a continuação do meu mochilão de 2014, que teve sua primeira metade em Huaraz (Peru) para trekking e montanhismo relatada aqui no fórum (ver link para relato em "Roteiro" e na minha assinatura) e teve continuidade em Lima (ver link para relato em "Roteiro" e na minha assinatura) para depois ir para a Colômbia. Para Lima quis só aproveitar que já passaria por lá de qualquer forma, visto que fui para o Peru em 2012 e não tive a oportunidade de passar pela capital do país, já para a Colômbia fui atraído pelo referencial em Planejamento Urbano que se t
  9. Olá amigos, meio atrasado, mas finalmente tomei coragem de escrever meu relato da minha viagem até Huaraz, esse mochilão ainda teve continuidade em Lima e depois na Colômbia (Bogotá e Medellín) e quando eu fizer o relato dessa continuidade editarei esse post e colocarei o link aqui. No meu caso como sou montanhista busquei Huaraz com esse objetivo, mas a cidade é muito bonita e também tem a opção de passeios leves, mas igualmente recompensadores. A cidade é pequena, mas bastante acolhedora e de um povo bem simpático de uma forma geral. Comecei na vida de mochileiro em 2012 e desde então faço u
  10. Olá Gleydy, legal seu relato, mas fiquei com uma dúvida: você falou que o translado Calama-San Pedro-Calama, custou 180.000 pesos, é isso mesmo? Porque isso em real da quase R$1000, vc não quis dizer 18.000 pesos?
  11. Existe sim, você pode chegar somente até a primeira laguna (que não recordo o nome agora) e já tem uma bela visão do Fitz Roy, a caminhada é de 1:30hr mais ou menos, é a menor caminhada possível para se ter uma boa visão do monte, como você pode ver na imagem abaixo.
  12. Olá Bruno Valer vale, mas El Calafate funciona mais como uma espécie de cidade dormitório para bons passeios como o big ice e o mini trekking pelo Perito Moreno, no mais é uma cidadezinha bem "Campos do Jordão". Na cidade propriamente dita não tem nenhuma grande atração.
  13. Célio, td bom? Não entendi direito esse esquema da van... sai às 5h do aeroporto de Calafate e vai pra Chaltén? PS. Seu nome é familiar, será que a gente já se esbarrou em alguma trilha aqui em SP? É tanta gente... rs Guys, mt obrigada pela atenção e pelas respostas. Vlw! Olá Gisele, respondendo as suas perguntas. 1 - A Pinguinera tem em dois horários, pela manhã de 8:00hr as 12:00hr e a tarde de 14:00hr as 18:00hr (recomendo ir pela manha), portanto a pinguinera te ocupa apenas um turno. 2 - A navegação do Beagle sai mais ou menos as 7:30hr e retorna umas 11:00hr.
  14. Olá Gilmara, Eu não sei quanto custou especificamente a passagem de Ushuaia a El Calafate pq comprei todas as passagens de uma vez só pelo decolar.com (de la ainda fui pra Buenos Aires e depois Santiago). Quanto aos transporte rodoviário a Punta Arenas eu também não sei pq não fui pra la nem estava no meu roteiro, por isso nem cheguei a pesquisar sobre.
  15. Acho que não tem problema ir com o cachorro Hilda, mas não tenho certeza se a entrada no parque permite animais de estimação. Quanto ao natal, se quiser um lugar bastante tranquilo pra isso, la é um bom lugar, sem duvida.
  16. Fui lá no início do mês, cidade muito legal e acolhedora, recomendo demais. Eu não recomendo é que vc va de carro ao Fortaleza, a estrada é PÉSSIMA, a n ser que você alugue um 4x4, carro popular nem pensar. Os passeio por agencia ao Itaimbezinho e Fortaleza giram entre R$65 e R$90, cada, dependendo do número de pessoas no passeio. Qualquer coisa fiz um relato pra mais informações, o link ta ae na minha assinatura.
  17. Viajem massa viu, ainda mais porque fugiu daquele padrão "glamour" das cidades de sempre quando alguem faz eurotrip. Deixo aqui só uma dica sobre o relato, poe umas fotos entre os textos pra tornar a leitura menos cansativa.
  18. Em Ushuaia vc consegue cotações boas em supermercados e lojas, boa parte faz. Agora em buenos aires não recomendo fazer cambio que não seja em casa de cambio oficial e credenciada (apesar de la serem as piores cotações) pq Buenos Aires é conhecida pelas notas falsas, muito cuidado.
  19. Beto, o Big Ice é um pouco mais pesado, mas eu só não fiz por falta de grana mesmo (lembro que era uns 1000 pesos). Caso esteja muito cansado, mas ainda assim não queira deixar de andar na geleira (ou como eu, por questão financeira), recomendo apenas fazer o passeio do Glaciar Perito Moreno que é bem leve e você tem a mesma experiencia de andar na geleira.
  20. Lara, já que seu voo é as 16:55hr, você terá que pegar o onibus das 8:00hr da manha de volta para Calafate. Tem dois horários, as 8 e as 14:00hr, mas pelo horário do seu voo, logicamente vc terá q pegar o onibus da manha, sem escolha.
  21. Dica importante, é melhor levar real do que dólar. Eu perdi 1000 pesos no cambio por ter trazido dólar ao invés de real. (fiz o cambio do dólar no Brasil, na época, a 2,29)
  22. Olá, moro em Fortaleza/CE e farei aqui o relato do meu 4º mochilão. Fui apresentar um trabalho num congresso em Porto Alegre e aproveitei pra ficar mais uns dias, conhecer a capital e mochilar pelo interior do estado. Pesquisei bastante e encontrei como destino a simpática cidade de Cambará do Sul, no norte do estado, quase na divisa com Santa Catarina, cidade conhecida pelos belos Cânions. Um destino excelente para quem gosta de trilhas e de natureza, mas que infelizmente é muito pouco divulgada e conhecida no Brasil. Fui sozinho mas em Porto Alegre conheci alguns amigos que iam pro congresso
  23. Ola Lara, essa é a Laguna Torre e ao fundo é o Cerro Torre, fica na cidade de El Chalten, é uma trilha leve/moderada com 3 horas de ida e 3 horas de volta, possui umas pequenas diferenças de nível, o que ás vezes dificulta a trilha, mas não é nada que exija experiência, é relativamente tranquilo de fazer se vc estiver bem alimentada e com bastante agua na mochila. Para chegar a El Chalten vc pega um onibus em El Calafate, mais detalhes vc poderá ver no relato.
  24. Olá Artur, Nessa época a neve quase toda já se foi, é final de inverno, vc não encontrará neve na cidade, mas encontrará no Glaciar Martial (veja o relato para mais detalhes de como chegar la)
×
×
  • Criar Novo...