Ir para conteúdo

Priscilacastro58

Membros
  • Total de itens

    25
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Legal, Giovana! Que bom que foi útil para você. A intenção era justamente essa, todo ano uso e abuso desse fórum e dos blogs por aí para planejar as férias. Fiz um esforcinho para dar minha contribuição também (80% foi escrito na espera zzzzzz dos aeroportos na própria viagem hahahahaha). Mesmo que fizer a cirurgia, leve o colírio, até quem não usa lente fica com o olho todo zuado. E muito, muito soro e tudo que você encontrar para hidratar o nariz, o meu mesmo com toda a parafernália só parou de sangrar uma semana depois que voltei para o Brasil Rssss. Boa viagem e aproveite muito cad
  2. Dia 16. Puerto Varas – Lago Llanquihue. Pegamos nosso ônibus rumo à Puerto Varas às 6h00 da manhã. O trajeto até lá dura cerca de 4 a 5 horas. O ônibus foi parando em milhares de cidades, deixando e pegando passageiros. O caminho como tudo naquela região era muito bonito, embora tenha chovido em boa parte do trajeto. O ônibus parecia um mercadão de peixe, as pessoas falando, comendo, rindo. Uma loucura. Atrás de nós um “abogado” chileno discutindo a guarda de uma criança fervorosamente no celular. Gritava e se repetia loucamente no melhor estilo programa da Márcia, pois segundo ele “la mad
  3. Muito bom o relato. Grécia é meu destino das férias do ano que vem e são tão poucas as informações aqui no fórum. Obrigada por compartilhar sua experiência. Aguardando o post sobre Mykonos também.
  4. Dia 15: Pucón – Parque Nacional Huerquehue. Ok, assumo que até hoje não sei pronunciar o nome do parque. Chamo carinhosamente de Parque Huerblábláblá rssss. Após o café da manhã, saímos em direção à garagem da Buses Caburgua. O ônibus sai às 9h00 da manhã e às 13h00. Tem dois horários de retorno. Lembro só do último, às 17h10. Pagamos cerca de 5 mil pesos a passagem de ida e volta e fomos em um microonibus bem desajeitado, lotadíssimo. O caminho é muito bonito (cerca de 30 km de Pucon), sendo que em determinado ponto o ônibus sai da rodovia e entra em estrada de terra entre as propriedades
  5. Dia 14: Pucón. Ascensão ao Vulcão Villarrica. As 5h00 da manhã já estávamos na agência para preparar o equipamento, nos vestir e seguir para a base do Vulcão. Nesse ponto deixo uma crítica à agencia, esqueceram de entregar os crampons ao meu namorado, nos mandaram para a van e quando íamos reclamar insistiam que tinham entregado. Ele teve que insistir para que lhe dessem o restante do equipamento. Dois erros, um não ter atenção na distribuição dos equipamentos para os clientes e o segundo em mesmo após serem avisados, não darem importância. Meu casaco estava com o fecho do braço solto, ou seja
  6. Dia 13. Pucón. Rio Trancura, Saltos de Marimán, Ojos de Caburgua, Lago Caburgua e Termas Quimey-Co. Acordei no ônibus por volta de 6h30 e era noite fechada ainda, demorou muito para amanhecer. No Sul, nessa época, os dias amanhecem mais tarde. Com o clarear do dia, pude ver o quanto nossa paisagem tinha mudado. Há pouco mais de 24 horas estávamos no deserto mais árido do mundo e agora a paisagem era verde, cheia de araucárias e arvores de clima frio, o dia cinzento, garoa bem fininha, vulcões nevados. Adoro programar roteiro com esses contrastes. Já me animei completamente, esqueci o cansaço e
  7. Dia 11: Reserva Eduardo Avaroa – San Pedro de Atacama.E como tudo que é bom dura pouco, era hora de retornar à San Pedro. Acordamos por volta de 5h00 e 5h30 já estávamos na estrada. A meneira de dirigir de Johnny me dava bastante medo. Ele corria muito, no escuro, as vezes com muita poeira que deixava a visibilidade quase zero em estrada de terra, toda esburacada. Apesar do sono, quase não consegui dormir durante todo o caminho de retorno. Chegando à fronteira, desembarcamos do carro e o mesmo ônibus que nos levou no dia da ida já estava naquele ponto, aguardando a nossa chegada e trazendo
  8. Obrigada, Pedrada. Escolhendo as fotos para postar o restante do relato (dá um trabalho rsss). Vi que você já esteve em Cuba, que é um dos destinos que estão na minha lista. Vou ler. Abcs e boas viagens pra vc também.
  9. Oi, Eduardo. Os valores dos tours, hostels e alimentação e transporte fui citando no decorrer do relato. Mendoza foi um dos cortes que tive que fazer em nosso roteiro por falta de tempo, mas com certeza vale a pena demais. Abçs
  10. Dia 10: Salar de Uyuni, Isla del Pescado, Cemitério de Trens e Uyuni. Acordamos por volta de 4h da manhã e como a energia elétrica não é ligada nesse horário, nos arrumamos no escuro, carregamos o carro e saímos por volta de 5h00 rumo ao tão sonhado Salar de Uyuni para ver o nascer do sol. Na estrada escura, encontramos um outro 4x4 com problema. Tentou saltar uma barreira de sal e ficou preso. Jorge foi tentar ajudar e qual não foi nossa surpresa quando vimos que o motorista era o boliviano engraçadinho que estava bebendo na tienda do dia anterior. Tá explicado o porque da caca, né? Rssss
  11. Dia 9: Reserva Eduardo Avaroa. Laguna Colorada, Salar de Capina, Ciudad Perdida de Itália, Valle de Rocas, Cânion de Anaconda, Desierto de Chiguana e muitos “pueblos”. Após o café da manhã, deixamos o abrigo rumo à mais um dia de tour. Desde o dia anterior Jorge havia nos oferico um tour alternativo ao usual, no qual passaríamos por locais desconhecidos pelo grande público. Porém, teríamos que abrir mão da maior parte dos locais do tour usual, inclusive do arbol de piedra. Resolvemos arriscar e confiar em nosso guia. Não nos arrependemos. Fiquei encantada. Não tem como dizer se é melhor que o
  12. Oi, Natalia! Na minha opinião não dá pra considerar um melhor que o outro, são absolutamente diferentes. A atividade to El Tatio é toda em vapor de agua. E logo cedo as crateras cospem vapor muito alto, é incrível. Em algumas você consegue ver a agua fervente borbulhando a sei la quantos graus. É muito interessante. Fora que o tour todo também vale muito a pena, as paradas na volta são em lugares muito únicos, que não vi igual em todos os outros dias no Atacama. Eu não perderia por nada. Os geysers Sol de Manana, na Bolívia, já são diferentes, parecem um "vulcaozinho" no chão mesmo. Cos
×
×
  • Criar Novo...