Ir para conteúdo

Rafael_Salvador

Colaboradores
  • Total de itens

    1.035
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    15

Rafael_Salvador venceu a última vez em Agosto 14

recebeu vários likes pelo conteúdo postado!

Reputação

492 Excelente

Últimos Visitantes

3.648 visualizações
  1. A primeira pergunta é, 12 dias considerando o dia que você chega na Europa e o dia que vai embora? A segunda pergunta: Por qual cidade você vai entrar na Europa? Não é fácil sair do Brasil para esta região da Europa. Normalmente você tem que usar um hub para fazer a primeira parada e evitar uma ida muito cansativa. Se optar por ir "direto" (não quero dizer voo direto rs), dependo da cidade que sairá do Brasil e da cidade que pretende iniciar o roteiro, em alguns casos, poderá ter que fazer 2 conexões. Tem que ver quanto você tem para gastar para ver se cabe Viena - Cidade cara e erudita - Seria seu estilo? Por fim, a logística é fundamental no sucesso da trip... mas, não adianta você montar um roteiro por logística para visitar cidades que você não tem interesse no que elas tem a oferecer. Vejo ai cidades com perfis bem diferentes!
  2. Portugal é uma das hospedagens mais baratas da Europa! Tente hospedagem nos bairros de Príncipe Reial ou Marques de Pombal. Ali na região do Carmo tem pousada de 50 €... Mais barato que isso somente partindo para hosteis. Assista aqui um guia sobre os bairros de Lisboa https://youtu.be/W_CeNaUJSzQ
  3. @Alinecunhasc Só não entendi o calculo em Libras! Afinal só usara Libras em UK. Vai comprar Libras no Brasil para depois trocar as Libras em Euros e perder novamente com as taxas de cambio? Você calcula em Libras só o necessário para ficar em UK e em Euros para o resto da viagem. Falando em Reais, 8.000,00 é muito pouco para ficar 30 dd incluindo hospedagem, passeios, alimentação, transporte... Principalmente qnd você inclui Londres e Paris no roteiro. R$ 8.300,00 na cotação de hoje da uns 1.700 € em especie. Daria uma media de 56,70 € / dia. Que você consiga um hostel de 20€ em Paris... te sobram 36,70 € para comer, visitar atrações (porque no inverno não da para ficar so andando pela rua), transporte publico e ainda pagar o deslocamento para outras cidades. Dois fast food's batem fácil 20€... sobram 16,70€ ... e o resto??
  4. @thibtu5 Eu já havia te respondido a questão dos valores mínimos para admissão pela Espanha! Vou insistir... Em 90% dos casos o cara vai fazer 3 perguntinhas, carimbar o passaporte e já foi. Como foi dito, havendo alguma suspeita do agente, a coisa será aprofundada... e ninguém aqui sabe com exatidão (pelo menos penso eu que não exista nenhum agente de imigração aqui no fórum) quais os parâmetros adotados por um agente para "desconfiar" ou "não desconfiar" de alguém e querer saber mais. Fato é que existe também uma palavrinha mágica chamada a-mos-tra-gem , me parece que alguns membros aqui insistem em ignorar esse fato. Você pode ser o milionário da mega-sena, se for seu momento vai ter que apresentar todas as comprovações sim! Cabe a você se dispor a arriscar ser devolvido porque a possibilidade é ínfima de ser escolhido para passar pelo procedimento de amostragem. A Espanha exige um valor minimo para entrada e, além desse minimo, um valor mínimo por dia de estadia. Da uma vasculhada ai que já postei o link (atualizado de 2019) dos valores estabelecido pela Espanha constantes no site oficial do governo espanhol. Onde você viu esse valor? Para qual pais?
  5. São várias as questões colocadas. Concordo no ponto em que com a globalização tornou "banal" a emoção de conhecer um determinado lugar, vejamos: Realmente preciso ir a Paris para conhecer a Eiffel? De forma pragmática, a resposta é não... está tudo na WEB. Mas o que é "in" é você postar nas redes sociais a sua fotografia coma torre ao fundo e receber o reconhecimento social: "Hoooo, fulano esta em Paris!!"... e essa é a emoção que move muitos dos viajantes nos tempos atuais (felizmente ou infelizmente, não sei dizer ao certo). Atingir lugares "inacessíveis" faz parte também dessa sensação de "poder nas mídias sociais" . Eu particularmente vou por um caminho diferente, o que me move em uma viagem é imergir na cultura, conhecer a gastronomia, fugir do obvio (isso me emociona)... para mim não faz sentido montar um roteiro somente para ver o que posso ver do sofá da minha casa. Turismo sustentável é um desafio. Infelizmente! Mas não acho que a culpa seja de um "influencer" ... É falta de educação mesmo do turista. Mover-se pelo mundo faz parte da historia da humanidade, seja lá com quais objetivos forem. Não podemos esquecer o que outrora os Portugueses vieram fazer, e fizeram, aqui pelo Brasil! "Por mares nunca dantes navegados" segue-se pelo mundo com a sede de conhecimento e aventura, dentre outras!
  6. Sendo objetivo, se não tem dinheiro... esta escolhendo algumas das cidades mais caras da Europa. Não tem nada barato ai. No minimo do minimo do minimo 70€ / dia, incluindo hospedagem e excluindo deslocamentos, e ficara meio que restrita. A unica cidade com preço moderados aí é Barcelona e com ressalva para vida noturna de Barça que é cara.
  7. Portugal já se economiza simplesmente estando por la, salvo algumas regiões bem especificas como o Algarve. É um dos países mais baratas da Europa. Passeios... o exercício é que nos faz mochileiros, viajantes... Quem não quer pagar um rim e levar um pacote de "bosta" (com perdão da palavra) numa agencia de viagem, tem que se dispor a sentar, pesquisar, ler, perder horas e horas estudando o destino. Assim, começa-se a viajar meses antes de embarcar num avião e constrói-se um roteiro ao seu gosto.
  8. Não se pode conceber um roteiro pensando somente em custos. O barato muitas vezes sai caro. Vai se fazer um roteiro de 20 dias com 5 voos internos? Acabam virando 15 dias!! A conta é simples: 1 hr de deslocamento da hospedagem ao aeroporto + 2 horas de antecedência no aeroporto + 1 hora para desembarque e bagagens (no minimo) + 1 hora ate o centro da nova cidade = 5 horas perdidas (NO MINIMO), sem contar com o tempo de voo em si. Portanto, mesmo que uma viagem de trem, barco, bicicleta, cavalo, motocicleta.... seja lá o que for, dure 5 horas, é mais vantagem do que o avião. Rotina de aeroporto é cansativa. Toma tempo. Dispendiosa se for despachar malas. Ibiza é uma ilha, obviamente não vai ter a mesma oferta de voos que Londres. Você pode sim tranquilamente retornar a Valencia e fazer um voo de 4-5 horas até o faro. Saindo de Ibiza você pode ir para Lisboa, Porto e Faro... mas complica a sua volta ao Brasil.
  9. A ordem já esta ai...rs. Exatamente assim. De barça para Valencia vai de trem. De Valencia vai de ferry ou voo para Ibiza (Eu iria de Ferry, mas não vou afirmar nada para não levantar maiores polemicas aqui). Ibiza voa para o Algarve, trem para o Porto e trem para Lisboa. Lembrando que Algarve não é uma cidade.... e sim uma região com varias cidades.
  10. Um detalhe é que a Europa esta lotada de imigrantes. Não é tão fácil assim arranjar um emprego "ilegal", mesmo porque as autoridades estão dando em cima dos empregadores que contratam esse tipo de mão de obra. Talvez um dos piores lugares seja a Espanha... O que rola muito são os empregos em troca de moradia, como acontece nos hosteis...
  11. A verdade é essa, esta se desdobrando para concertar o roteiro pre-fabricado. Eu jamais trocaria Amsterdam por Berlin. Se o foco da viagem for diversão, vida noturna... Amsterdam da um banho em Berlin. Também não vida nada demais nos museus, comparando com um Van Gogh da vida ou Rijksmuseum. Sem falar na comida... no astral da cidade ... Se você tem interesse em historia de guerras (WW2), nazismo... vá lá. Não vá esperando muito da vida noturna em Berlin, realmente as pistas existem... mas turistas não são tão bem vindos assim! É ver para crer... Eu não aguentava mais ser barrado e ir para Irish Pub's (kkk). Agora Berlin é muito mais barato! Cara, internaliza uma coisa: Não adianta entupir o roteiro de cidades e deslocamentos mirabolantes. Menos, muitas vezes, é mais. Não da para conhecer a Europa em 20 dd. Faz 4 cidades bem feito, gaste menos, curta mais.... do que fazer 10 cidades em 20 dd sem qualquer conforto, meramente passando nos cartões postais para bater foto. O seu eixo é Londres, UK, Bélgica, Holanda, no máximo Paris. Se quiser subir Dinamarca, Noruega... Não para ficar indo de Leste a Oeste ou de Norte a Sul com pouco tempo.
×
×
  • Criar Novo...