Ir para conteúdo

Joseane Santos

Membros
  • Total de itens

    48
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Joseane Santos postou

  1. E esquece Roma, você perderia 2 dias de viagem só em aeroporto e o transporte na Italia não é tão pontual como na Inglaterra por exemplo e qualquer atraso causaria transtornos denmais para você. Na minha opnião Roma só seria viavel se você tirasse Amsterdã e Mais uma capital e conseguisse voo noturno para não perder dia de viagem em avião. O voo é curto sim, mas o trajeto do hotel para o aeroporto e fazer check in são coisas que demoram uma bom tempo.
  2. E esquece Roma, você perderia 2 dias de viagem só em aeroporto e o transporte na Italia não é tão pontual como na Inglaterra por exemplo e qualquer atraso causaria transtornos denmais para você. Na minha opnião Roma só seria viavel se você tirasse Amsterdã e Mais uma capital e conseguisse voo noturno para não perder dia de viagem em avião. O voo é curto sim, mas o trajeto do hotel para o aeroporto e fazer check in são coisas que demoram uma bom tempo.
  3. Visitei as cidade que você colocou no roteiro e faria o seguinte 1º dia -> Londres 2º dia -> Londres 3º dia -> Londres - (trem noturno ou low cost noturno) - fiquei três dias em londres e se você está dissposto a andar dá pra ver muita coisa e o metro ajuda muito ) 4º dia -> Paris 5º dia -> Paris 6º dia -> Paris 7º dia -> Paris (noturno)) -> Amsterdam 8º dia -> Amsterdam - é pequena dá pra ver muita coisa em um dia ( trem noturno para Berlim - eu fiz isso e é claro não é a experiência mais confortável do mundo mas se sobrevive, ainda mais em
  4. Primeiro esquece a CVC, pesquise pela internet a unica coisa que pelo menos ano passado estava valendo a pena fazer pela CVC era o seguro viagem. Bate e volta de Avião Roma- Veneza é inviável a não ser que o voo che seis da manhã em veneza e o voo de volta saia das cidade umas 10 da noite. Se você realmente quer conhecer outra cidade italiana vá de trem para Florença demora cerca de 2:30 dá pra chegar na cidade cedo sair uma 7 ou 8 da noite e ver muita coisa porque florença é super acessivel para passear a pé. Em um dia você consegue ver muita coisa andando.Se for seguir essa sugestão procu
  5. Não não compensa. Dia 3 tem trem por 49 euros de Frankfurt para Berlin O bate e volta Berlim Dresden achei com um custo de 25 ida e 44 volta de trem, ou 18 euros ida e volta de eurolines. Trem noturno de Berlim pra Munique csai por 55 euros munique para frankfurt por 39 euros somando tudo 212 euros fazendo tudo de trem ou 161 fazendo dresden de eurolines. Então é isso ai economia de no minimo 120 e no máximo 171 euros. Minha amiga se depois dessa você comprar o eurail merece um puchão de orelha. Para comprar os tickets de trem use o site DBBAHN e para o onibus se for do
  6. Bruno, lindo, uma dica se mata de estudar e tenta entrar na USP, ou en outra pública. No caso da USP por exemplo, Você vai ter 2 semanas do saco cheio por ano (a semana santa e a semana da pátria). As férias de Julho, e no fim do ano as férias começam normalmente na primeira semana de dezembro e você só volta na primeira semana de março. Dá tempo para viajar sim. Ahh se você fizer iniciação científica pode se inscrever para apresentar sua pesquisa em congressos, a USP tem verbas para esse tipo de evento e te reembolsa o custo com transporte, hospedagem e inscrições, tem até verba para evento
  7. Gente e o que vocês acham da opção de comprar o VTM lá fora para fugir do IOF?
  8. Ano passado comprei uma segunda pele da Quechua na decathlon foi acho que uns 30 e poucos reais usei em Berlim e Viena peguei temperaturas de -6 a -9 graus e não tenho do que reclamar, usadas com outra blusa por cima e um bom casaco não tive problemas com frio.
  9. Começa por Amsterdã ou Berlim e vai explorar o Leste quem sabe terminando pela Grécia.
  10. Na verdade em janeiro fiz umas cinco viagens noturnas de eurolines e trem, incluindo alguns trechos longos, então já sei o que me aguarda. Mas acho que vou ver direitinho as atrações e aumentar um dia em Praga. Obrigada Adriano
  11. Não tem informações sobre hotéis, mas muitos deles tem quartos privativos com diaria a partir de 60 euros mais ou menos.
  12. A distribuição dos dias está ótima, eu tiraria um dia de Amsterdãe colocaria em Paris, porque a região turistica de Amsterdã é pequena e por que pessoalmente acho Paris mais interessante. Ano passado passei dois dias inteiros e tive tive a impressaão de que uma pessoa bem organizada, que não fica se perdendo pelas ruas como eu toda hora consegue ver muita coisa em um dia.
  13. Oi galera vou fazer um mini mochilão em Janeiro. Estou pensando no seguinte roteiro. 02/01 - Chegada em Berlin 03/01 - Berlim - Praga (pegar trem noturna para amanhecer na cidade) 04/01 - Praga 05/01 - Praga - Trem noturno para Budapeste 06/01 - Budapeste 07/01 - Budapeste 08/01 Budapeste (trem noturno para Berlim) 09/01 - Berlin 10/01 - Berlin 11/01 - Postdam 12/01 - Berlim 13/01 - Berlin 14/01 - Berlin 15/01 - Berlim - São Paulo Ano passado fiquei 4 dias em Berlim e sei que é o tipo de cidade em que se pode passar 10, 15 dias e ainda ter coisa pra ver, a minha preoc
  14. O café da Amelie Poulain fica entrando a esquina do Moulin Rouge, o atendimento é ótimo a comida muito boa surpreendentemente não é um absurdo de caro, o que poderia acontecer por causa da fama do lugar, lembro que gastei menos de 25 euros em uma refeição com vinho.
  15. Como a phminella disse dá pra ver muita coisa em 4 dias mesmo. Se for no inverno tem o adicional de filas menores.
  16. Devido ao pouco tempo, talvez fosse interessante fazer daytrips, procure cidades nos arredores de Paris e Londres que possam ser interessantes.
  17. rvs103 Oi tudo bem algumas sugestões. O tempo para Paris está ótimo, Londres também acho seis dias um bom tempo, uma dica, se você perceber que vai conseguir ver o que quer em menos tempo pode dar um em Oxford, é uma cidade bacana em 1 hora e 30 você está , os onibus saem de meia em meia hora da rodoviaria e é barato . 4 dias é muito para Amsterdã, em dois dias você vê muita coisa e ainda sobra tempo. Se fosse você tiraria dois dias de amsterdã e colocaria em Berlim, e dessa semana em Berlim você pode tirar dia para fazer uma daytrip em Postdam, não precisa comprar passe de trem ,
  18. Eu visitei todas as cidades com excessão de Zurique e faria o seguinte roteiro. Eu deixaria 4 dias para Roma 1 Para Veneza 1 Para Florença - você consegue andar a cidade toda a pé e ver muita coisa em um dia, mas é tão encantadora que talvez seja interessante passar 2 dois dia nela 5 para Praris - E isso é o mínimo, na verdade Paris pra mim é tão apaixonante que eu certamente tiraria Zurique do roteiro e ficaria uma semana por lá. Mas isso é um questão pessoal. 2 - dias para Zurique.
  19. Verdade, Na Irlanda também não perguntaram de quantia em dinheiro nem pediram para ver nada, o agente da imigração só perguntou como eu iria pagar a minha viagem, se eu trabalhava, Disse que era professora no Brasil e ele carimbou meu passaporte.
  20. Sim, o dinheiro é suficiente, gastei isso em 34 dias viajando por Irlanda, Inglaterra, França, Holanda,Alemanha, Austria, e Italia. Não compre o passe de trem, comprar os trechos de trem com antecedencia é mais economico. E viajar a noite é uma boa para não perder tempo de viagem. Se for viajar de avião precisa fique esperto porque as taxas para despachar bagagem é bem mais cara que a própria passagem e para você levar a mochila com você precisa estar dentro das especificações. Sobre hospedagem vou de falar da minha experiência. O hostel mais barato em que fiquei foi o Check in Hostel por
  21. Você tem pouco tempo, procure por viagens que possam ser feitas a noite. Ou faça Daytrips pelas ciddades nos arredores.
  22. Deixe ao menos 4 dias para Paris, tire esses dias de Roma
  23. Vale a pena a viagem noturna pela eurolines, desde que você tenha ao menos dois dias inteiros para curtir Amsterdã, acredite em mim, depois de passar a noite inteira no onibus você vai querer ir para o hotel e tomar um bom banho com calma, fazer uma refeição decente antes de comerçar a ver a cidade. E se a sua viagem for muito corrida vai perder tempo.
  24. Sobre a lingua posso falar apenas sobre Berlin e Viena. Bem após visitar as duas cidades a minha impressão foi a de que todo mundo fala inglês em Berlim, a cidade é internacional em qualquer restaurante se tem o menu ao menos em inglês, e pessoalmente achei os alemães simpáticos de modo geral. Já em Viena é dificil encontrar pessoas falando inglês, talvez pela barreira da lingua achei os vienenses menos simpáticos, ahh e fique preparado para o grande contraste de preços, Berlim é muito barata enquanto Viena é uma das cidades mais caras em que estive.
×
×
  • Criar Novo...