Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

e_frigeri

Membros
  • Total de itens

    1
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Resolvi escrever este post por dois motivos: 1) quando comecei a programar a viagem tive certa dificuldade de encontrar infs sobre a Costa Rica 2) Conversando com as pessoas de lá percebi que é muito baixa a quantidade de brasileiros no país, no decorrer dos 12 dias de viagem encontrei uma unica brasileira. Talvez a falta de informação limite o numero de visitantes. Bom, a Costa Rica é um país voltado para o turismo. Um grande número de americanos visitam o país, por isso, apesar do dinheiro oficial ser colone (US$1 = C 500,00), é possível e vantajoso pagar em dolar, não precisa trocar por colones, assim não se perde dinheiro fazendo o câmbio. Todos os lugares aceitam dolares. Além disso, para viajar para o país é necessário ter certificado internacional de vacinação contra febre amarela, medida legal, dado que eles eliminaram a doença do pais, estão se prevenindo para não voltar a possui-la. 1° Dia - San jose e Fortuna Desembarquei no aeroporto internacional, fica em Alajuela, por isso, para ir para San Jose, é necessário pegar um taxi que custa em torno de 30 dolares ou um onibus de linha que custa 1 dolar. Se optar pelo taxi ficar esperto pq todos os taxistas que peguei são sempre malandros. Melhor coisa é usar o taximetro e nao combinar preço, pois preço combinado sempre é mais caro. Segui direto para o terminal de onibus e fui para Fortuna, visitar o vulcao Arenal. Peguei onibus normal (3 dolares) , não peguei o turistico que é mais caro (50 dolares). Tive que pegar um onibus para ciudade quesada e de lá um para fortuna. Não havia mais onibus direto. Mas isto é tranquilo. Os onibus estao sempre lotados fazem muitass paradas, por isso o percurso todo demorou 6 horas, q normalmente leva 3. Os onibus normais nao sao confortaveis, no entanto sao baratos. Boa opcao para quem quer conhecer como o pais realmente é sem a mascara do turismo. Cheguei em fortuna e fui pro hostel, já era bem tarde. 2° dia- Fortuna Visitei o Rio Celeste, no parque nacional do vulcao tenório. São 2 horas de carro. O passei custa 80 dolares, com almoço incluido. O lugar é muito bonito, mas ficar esperto pois quando chove o rio que é celeste fica marrom. Dai não compensa a visita. Além disso, dentro do parque tem diversas aguas termais que vale a pena a visita. Voltei no fim da tarde; 3° Dia- Fortuna De manha fiz o canopy, no mundo aventura, parque que contem o maior cabo e o cabo mais rapido da regiao. Depois segui para a cachoeira La fortuna a pé. O trajto demora 1 hora de subida, mas vale a pena. A tarde fiz um passeio que vai até uma cachoeira e visita ao redor do vulcao arenal ( o vulcao nao esta mais ativo, faz dois anos ), voltando paramos nas termas de talamanco. Vale a pena conhecer! Durante o trekking ao redor do vulcao, não é possivel ir ate a cratera, caminhasse apenas na base, é interessante e rende boas fotos do vulcao se o dia nao estiver nublado. Alias, Fortuna é uma cidade muito umida, todos os dias chovem. Ir preparado, a neblina é intensa o que pode prejudicar a vista de alguns passeios. Consegui ver bem o vulcao apenas no 3 dia... 4° Dia- Fortuna Subi o cerro chato. Este passeio compensa ir por conta. é furada pegar um guia, a trilha é sinalizada e sai muito mais barato. Ao chegar na cratera do vulcao tem uma lagoa , onde se pode nadar. vale bastante a pena. são 2 horas pra ir e duas pra voltar. Um taxi pode deixar na base do vulcao onde inicia a trilha. a entrada no parque custa dez dolares. 5° dia- Fortuna e Manuel Antonio Na costa rica os onibus só andam durante o dia, o que é ruim, pois acaba perdendo um dia de passeio. Neste dia fui para Manuel Antonio num transfer de turismo, nao consegui vaga num tranfer publico. paguei 45 dolares. Cheguei em Manuel Antonio depois de 4 horas. Fiquei no hotel El baile de la iguana. Muito bom e barato. è um hotel à 200 metros do ponto de onibus que leva até o parque nacional. 6° dia - Manuel Antonio Visita as praias de byenzs e playta. As duas praias estão fora do parque nacional. no entanto quem gosta de praia tranquila é uma boa opção. Praias desertas, e de relativamente facil acesso. As praias no pacifico são muito bonitas, areia branca, mar azul ou verde, agua quente, sol, vegetação e praia deserta com muitos animais. Vale a pena a visita. 7° dia - Manuel Antonio Visita ao parque nacional, onde é possivel em um unico dia conhecer todas as 3 praias do parque. As praias 1 e 2 são agitadas. A praia gemea é muito tranquila. Ficar esperto com os animais pra nao roubarem as mochilas. Vale a pena ver o por do sol do pacifico! 8 dia - Manuel Antonio e San Jose De manha voltei ao parque e a tarde segui para san jose. Fiquei no hotel best western irazu. Hotel um pouco mais caro e mais afastado do centro da cidade. San Jose é uma cidade um pouco mais perigosa que o resto do pais. Melhor ficar esperto 9 ao 11° dia- San Jose Visita ao Vulcan Poas (precisa ir de manha, pois de tarde esta sempre com nuvem e nao se pode ver nada), Vulcao Irazu ( um dos mais altos do pais, a lagoa no interior esta seca), basilica de Cartago. Para estes passeios aluguei um carro, por um dia, e fiz tudo de uma vez. Compensa mais do que pegar excursoes. O aluguel de um carro simples custa 50 dolares.A entrada nos parques custa 10. O acesso é tranquilo, melhor ainda se tiver um gps. O transito no país é similar ao de São Paulo, ou seja, da para se virar bem... 12° dia- Retorno No retorno é cobrado uma taxa de 30 dolares para deixar o pais, por isso tome cuidado e nao gaste seu dinheiro um dia antes. A maior parte dos hoteis oferecem um transfer gratuito para o aeroporto. Custo da viagem sem a passagem aerea: 700 dolares Alimentação: A comida é temperada com coentro, quem nao gosta do tempero, tem que fazer uns malabarismos para se alimentar bem. O prato tipico é o galo pinto, uma mistura de arroz, feijao preto e coentro.. É servido do cafe da manha ate o jantar. O ritmo do pais é PURA VIDA!!!!!!. e realmente eles seguem este ritmo, a vida é intensa e bem vivida, os moradores sao solicitos e bem humorados, e vivem a vida intensamente. O pais e dedicado ao turismo em ambientes naturais e ao esporte de aventura. Vale muito a pena conhecer. Realmente o pais alia conservação com desenvolvimento sustentavel. Pode-se ir no esquema turismo, e entao tudo é super organizado, ou no esquema do povo de lá, onde se sofre um pouco mais, eu prefiro o segundo, mas também conheci o primeiro para saber opinar. Outros destinos interessantes: nao conheci todo o pais, faltou tempo . mas recomendo mais dois lugares, tortuguero e o parque nacional do corcovado. Dois lugares que parecem magnificos acho que é isso! fico por aqui. Pura vida. Fotos no meu facebook ,e estou a disposição para duvidas...
×