Ir para conteúdo

laisbarbalho

Membros
  • Total de itens

    57
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre laisbarbalho

  • Data de Nascimento 29-10-1987
  1. Nosso último dia em Cusco, e dia que íamos nos despedir da Ray e do Rafa. A partir de hoje a Jess e eu voltaríamos a seguir viagem sozinhas! Depois de tomar café no Wild Rover fomos pro terminal de buses comprar nossa passagem pra Copacabana, enquanto a Ray e o Rafa iam comprar a passagem pra Lima, de onde partiria o voo deles de volta pro Brasil. Depois de rodar dentro do terminal pesquisando preços acabamos comprando a passagem pela Litoral, por 40 soles cada. Péssima decisão, depois explico o porque. A Ray e o Rafa pegaram o ônibus e nós voltamos pro hostel pra fazer o check-out e t
  2. Madrugamos pra começar a subida pra MP. Como você não vai mais voltar pro hostel, já tem que levar tudo. Eu não tinha entendido muito bem na noite anterior pra onde a gente tinha que ir, mas é só seguir o fluxo de pessoas, todo mundo tá indo pro mesmo lugar! Aqui é muito importante levar uma lanterna, a caminhada de Águas Calientes até a guarita de entrada pra Machu Picchu é de meia hora e não tem iluminação nenhuma no caminho. Chegamos lá e tinha uma fila pra entrar, se você chegar antes das 5 tem que ficar esperando, pois só abre às 5h. Depois que você apresenta o document
  3. Eu fui em agosto e paguei 100 dólares a menos, achei a diferença grande!
  4. Diana, quando você foi? Achei caro! Paguei esse valor em agosto com o trem incluso na volta de águas calientes x hidrelétrica.
  5. Eu fechei com uma agência a ida a MP, dormindo em Águas Calientes via hidrelétrica (você vai de van e faz uma trilha até águas cailentes) por uns 130 dólares ano passado. Esse costuma ser o percurso mais barato de Cusco a MP.
  6. Leve roupa de frio, eu passei pelo salar em agosto do ano passado e pegamos temperaturas negativas, o deserto de noite é realmente gelado. Corta vento, segunda pele térmica, fleece, tudo isso é importante. Um bom protetor labial e hidratante também, o frio resseca muito a pele. Na Bolívia você precisa da vacina de febre amarela, com o certificado internacional emitido pela Anvisa, não me pediram em momento nenhum, mas é bom legal. Documento só identidade (ou passaporte), e quando você entrar no país vão ter dar um papel que você precisa devolver na saída, então guarde bem.
  7. De Corumbá você tem que atravessar a fronteira de taxi até Quijarro pra pegar o trem. Dependendo do dia, o trem leva 17 ou 11 horas (tem dias que saí um mais lento, que vai parando, e dias que saí um mais rápido, tem que confirmar isso no site http://www.fo.com.bo) Chegando em Santa Cruz, são mais 16 horas de ônibus até La Paz!
  8. Hoje foi dia de acordar cedo e começar nossa saga rumo a MP! Combinamos de encontrar o pessoal da agência lá no prédio onde ela fica, depois do café fomos pra lá só com a mochila de ataque, a cargueira ficou no locker do Wild Rover (a maior parte dos hostels deixa você guardar, ou então a própria agência que vai te levar). Ficamos um bom tempo lá esperando e nem sinal, ficamos até com medo do pessoal ter ido e ter deixado a gente. Depois de um tempo o rapaz apareceu e nos levou até uma praça onde a van estava esperando, o resto do pessoal já estava lá também. Nosso grupo na van não era muito a
  9. Lo, eu comecei o relato, depois parei por falta de tempo e voltei a escrever faz pouco tempo. Não tem a trip inteira ainda, mas tem bastante coisa já... e qualquer coisa é só perguntar! mochilao-america-do-sul-chile-peru-e-bolivia-24-dias-agosto-14-t100956-60.html
  10. Não existe essa de fechar com antecedência, as agencias abrem 7/8 da manhã, e os passeios começam a sair as 10h, sempre dá pra fechar no mesmo dia!
  11. Você tem que calcular a viagem toda em dólar e ver quanto você tem disponível pra levar. A cotação lá é a mesma, a única coisa que está desvalorizado é o real aqui no Brasil, então faz o cálculos em dólar e esquece o real. Eu gastei 50 dólares por dia quando fui com tudo incluído, e não tive grandes gastos não, então 40 dólares vai ficar apertado, tem que economizar.
  12. O dia de hoje se resume em uma palavra: ressaca Só consegui acordar depois de muita insistência da Jess, ainda via o mundo rodando. Passei o dia pulando de um sofá pro outro (pra minha sorte tem vários espalhados pelo pátio). Almocei um macarrão no pub do hostel mesmo, passei a tarde deitada nos pufs passando as fotos pro ipad, mandando notícias pra família, assistindo o pessoal jogar ping pong. A Isa foi com os gaúchos fazer bung jump, tive muita vontade de ir, mas não ia dar certo =D Hoje era o último dia do que sobrou do grupo junto, o resto do pessoal ia começar a se dividir de nov
  13. Faça as contas antes de sair daqui, depende de por quanto você vai comprar o dólar, mas eu levei tudo em dólar, e quem levou em real se arrependeu. Cartão depende do lugar no Peru pra onde você vai, mas ainda acho mais vantajoso levar dinheiro em espécie.
  14. Ônibus! rs Você pode fazer Brasilia x Campo Grande (esse trecho é longo e caro, umas 20 horas de ônibus, convém procurar passagem aérea em promoção, a Azul sempre tem voos bons e baratos indo pra Campo Grande) e depois Campo Grande x P. Suarez de ônibus pela viação Andorinha. A partir daí você já está na Bolívia, é só montar o seu roteiro.
×
×
  • Criar Novo...