Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

William Garcia

Colaboradores
  • Total de itens

    69
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. William Garcia

    Saco de dormir de casal

    Depende de onde voce vai acampar. Levando em consideração que voce só vai utilizar uma vez, acredito que seja dispensavel e consiga suprir as necessidades com um cobertor etc. Agora se pretende continuar acampando em casal, um bom e barato para as condições seria esse: http://www.lojacabana.com.br/saco-de-dormir-casal-moon---echolife-saco-de-dormir-casal-moon---echolife~1143~159&~2~camping~sacos+de+dormir?gclid=CI6bu97po8YCFUI8gQodcmYNHw Ainda assim se for comprar o saco de dormir, optaria por comprar dois individuais.
  2. William Garcia

    Peru, Bolívia e Chile 2015: Dólar ou Real?

    Oi Rute. Acredito que valha levar real, mesmo que a diferença seja pouca. O dolar ta muito instável, então as casas de cambio estão pagando pouco na conversão e vendendo alto. De qualquer modo é importante lembrar que o dólar é amplamente aceito, portanto mais facil de fazer cambio nesses países. No Chile eu troquei reais sem problemas, não sei quanto a Peru e Bolivia. Mas acredito inclusive que valha sacar parte direto dos caixas também.
  3. Não precisa. Só vai precisar se fizer um novo passaporte, com o novo nome.
  4. William Garcia

    Hostel em Tel Aviv / indicação!

    Oi Fer, Quando estive em Tel Aviv eu fiquei no Gordon Inn, achei muito bom e pertinho da praia Gordon. Num outro momento fique no Tel Aviv Beachfront Hostel, mas não achei tão legal. Acabei visitando o Hayarkon 48 durante um Pubcrawl e achei bom, bem festivo! Espero que tenha ajudado!
  5. William Garcia

    Mochilão de 6 meses na América do Sul

    De 4 a 8 meses, voce consegue atravessar a Colombia até o Panamá de onibus ou de avião mesmo. Nunca fui pra Colombia, vou em agosto agora, mas os voos internos são bem em conta, algo em torno de R$ 120 e R$ 150.
  6. William Garcia

    Mochilão de 6 meses na América do Sul

    Beleza Willhelm? Dependendo do seu planejamento, talvez nem precise levar saco de dormir ou colchonete. Se tens facilidade em dormir no onibus por exemplo, podes pegar os onibus noturnos entre uma cidade e outra. Além disso, só se voce for ficar acampado ou em local com pouca infraestrutura. Importante, nem o colchonete e nem o saco de dormir vao ser opções de conforto, mas entre ter que carregar um ou outro, eu optaria sem duvidas pelo saco. Hoje todos os locais turisticos contam com o minimo de infraestrutura. Caso deseje acampar, o ideal é levar a barraca mesmo. Uma de dois lugares é pequena pra levar, e tem muitas opções de barracas leves.
  7. William Garcia

    Barraca 4 Estações - All Season funciona no verão?

    Existe um tópico de discussão de barracas, acredito que possa ser útil. De qualquer forma, voce pode adaptar. Quando o clima tiver frio, voce cobre o chão com isolante térmico e usa um saco de dormir. Quando o clima tiver quente, pode-se usar um cobertor térmico no topo da barraca para evitar o calor do sol, e deixar aberta a barraca. De preferencia ela deve ter uma tela para manter longe os insetos.
  8. William Garcia

    Mochilão Peru/Bolívia/Chile - Qual bota comprar?

    Joao, Dá uma olhada nessa seção do fórum: botas-para-trekking-analises-testes-f494.html Acredito que voce pode encontrar o que procura. Mas adianto que não é necessário nada muito específico para esses trechos, a não ser que voce pretenda realmente usar e não apenas passear com elas.
  9. William Garcia

    Consulta sobre bota

    Simone, Tem uma seção no forúm que aborda apenas sobre as botas, acho interessante dar uma verificada antes: botas-para-trekking-analises-testes-f494.html De qualquer modo, MacBoot tem calçados bons, mas acredito que independente de recomendação e inclusive de experimentar na loja, voce só vai achar um perfeito depois de muito uso.
  10. William Garcia

    Mochilão de 6 meses na América do Sul

    Tudo bem Li? Resolvi te responder pois há algum tempo recebi em casa uma Russa que esta viajando o mundo de carona e ainda mantenho contato com ela. Acredito que seja possível sim conseguir carona por todos esses trechos, provavelmente voce já saiba, mas fica a dica, esteja sempre cedo na estrada para pegar carona. Sobre a primeira dúvida. Acredito que 25 mil seja sim suficiente. Lembrando que com o tempo que voces tem, é possível fazer muita coisa sem agencias, que é o que mais consome. Segunda dúvida. Hoje existem muitas opções de barracas boas e com preço razoavel, não sei se vão usar muito, mas pode ser útil futuramente, então acho que vale a pena comprar sim. Terceira. No salar não é preciso saco de dormir, além de como voce comentou, ocupa bastante espaço na bagagem. A não ser que voce usem muito durante a viagem, não leve. Espero ter ajudado.
  11. William Garcia

    30 dias em Irã, Israel, Jordânia e Turquia

    Obrigado Makiley! Tenho que resgatar essas fotos do meu HD externo. Mas talvez mais pra frente eu coloque.
  12. William Garcia

    30 dias em Irã, Israel, Jordânia e Turquia

    Em Israel eu usei essa agencia Bein Harim (www.beinharimtours.com) Os passeios para Jordania são caros mesmo, e é bem concorrido na verdade...
  13. William Garcia

    30 dias em Irã, Israel, Jordânia e Turquia

    Depois de tanto trabalho pra entrar e sair de Israel, acabei por não querer enfrentar outra fronteira, e não visitei Belém. Mas uma conhecida que estava junto comigo foi e voltou no mesmo dia, pegando onibus de linha em Jerusalem, e não teve problemas. Os valores exatos não lembro, mas um almoço em média sai uns 20 shekels, para um restaurante um pouco mais refinado eu lembro de ter pago uns 160 shekels.. Se optar por comer uns lanches com falafel, tu consegues por metade do preço. Os hostels eu gastei em torno de 80 e 100 shekels por noite. A agua por exemplo eu achei cara, acho que 2L eu paguei 8 shekels. Os passeios por agencia compensavam porque eram em torno de 50 a 80 shekels. Israel ta longe de ser um pais barato, inclusive o transporte. Peguei aqui minhas anotaçoes e vi que de Tel Aviv para Eilat foram 86 shekels.
  14. William Garcia

    30 dias em Irã, Israel, Jordânia e Turquia

    Oi Daniela, obrigado pelos parabéns, fico feliz que eu tenha contribuido de alguma maneira. 1. Sobre entrar em Israel, já foi uma questão de muita discussão entre os amigos. Mas é certo que qualquer pessoa viajando sozinha é parada. Inclusive conversei com uma menina (não me lembro de onde) que ia visitar o namorado em Israel, e já era a segunda vez, ficou algum tempo lá retida para "averiguação". 2. Para falar a verdade não lembro exatamente das finalidades das taxas, mas creio que só paguei taxa de entrada e saída da Jordânia, nos demais não. 3. Em Israel eu fiz a maior parte por conta própria, pegando ônibus ou contratando pontualmente alguma agência para ir até um lugar de dificil acesso, como Masada. Da uma lida no relato, acho que comentei os nomes inclusive. E sim, tirando as passagens de ida e volta, no Irã eu paguei direto na agencia os 700 euros com tudo incluso. Recomendadíssimo!
×