Ir para conteúdo
  • Cadastre-se

Helena de Toledo

Membros
  • Total de itens

    14
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra
  1. Achei o relato muito interessante! Sexta-feira irei para lá :D
  2. Helena de Toledo

    relato Meu primeiro mochilão em Buenos Aires!!

    Oi Dany. Sou sim, Tucuruvi. Se precisar de qualquer dica, só chamar. Beijão
  3. Helena de Toledo

    compra de passagem pelo tickets bolivia, é confiavel ?

    Muito Obrigada pessoal, vocês me ajudaram muito com estas informações
  4. Helena de Toledo

    Corumbá - Santa Cruz de La Sierra, Puerto Suarez ou Puerto Quijarro?

    De sábado haveria onibus para santa cruz?
  5. Helena de Toledo

    compra de passagem pelo tickets bolivia, é confiavel ?

    Gostaria de saber se o único meio de transporte para chegar à Santa Cruz é por trem ou se haveria a possibilidade de chegar ir de onubis, porque eu chegarei em Puerto Quijarro em um sábado e vi que é o unico dia que o trem não funciona
  6. Gostei do relato, muito útil para o meu planejamento
  7. Helena de Toledo

    relato Bolívia com fotos e preços - 15 dias

    Bem que legal o seu relato, acho que acrescentou bastante no meu planejamento.
  8. Helena de Toledo

    relato Meu primeiro mochilão em Buenos Aires!!

    Olá Michelli, então esta opção de depósito foi ótima, mas o problema que me depositaram no sábado e só caiu na segunda, mas nos dias úteis demora no máximo 5 horas (dependendo do fuso). É só ir na casa de câmbio e verificar se ela tem como enviar para uma casa de câmbio do outro país. Caso tenha, é só verificar as opções de endereço e passar o nome e o documento da pessoa. A taxa não foi muito alta, paguei 16,00, muito mais barato que um saque no cartão de débito internacional dependendo. Para retirada, só apresentar o RG.
  9. Olá Pessoal, Gostaria de compartilhar sobre o meu mochilão, pois vários Posts me ajuram e espero ajudar alguém com o meu relato. Bom, esta foi a minha primeira viagem de avião e primeiro mochilão, completamente sozinha. Acordei no dia 27/01 e resolvi que deveria aproveitar os últimos dias das minhas férias em grande estilo, então pensei: Por que não Buenos Aires? Então pela noite fui até a CVC no shopping Tucuruvi e a atendente me tratou como se eu só tivesse ocupando o tempo dela, e por sorte estava sem sistema para débito, porque ela não me deu muita atenção, então, perdeu a venda. No dia seguinte, pela manhã, voltei na loja, pois sabia que ela não estaria lá naquele horário. A moça que me atendeu (Claudia) foi super prestativa e ainda consegui desconto rs, seu gerente (Douglas), também espetacular. Comprei a passagem para o dia 31/01 até dia 04/02, porque minhas férias acabariam no dia 05/02. Passagem: 905,12 - OBS: 1005,12 (me deram 100,00 de desc. à vista) Seguro Viagem: 51,00 Dica: comprem a passagem com antecedência, assim sai bem mais barato. No mesmo dia comprei uma mochila na Darco em Santana Marca Nycow, 40 L: 207,00 Eu não entendo de mochilas, mas ela é bem resistente e atendeu minhas necessidades. Eu levei: 5 blusas, 1 camiseta, 2 vestidos, 2 macacões (1 estava vestindo), 2 sapatilhas (1 usando), 1 tênis,1 chinelo, calcinhas, sutiãs, 1 blusa de frio, 2 pijamas, 1 legging, 1 sapato de salto. OBS: Não usei sapato de salto e os vestidos DICA: Procurem levar pouca roupa e caso necessite, lave no Hostel. A reserva eu fiz no Lime house hostel Paguei uns 320 pesos para 5 dias Não gostei deste hostel por ser sujo e um forno e o atendimento não era muito bom. O pessoal da recepção queria mais é saber de jogar sinuca. No entanto, o hostel fica bem localizado, na rua Lima, continuação da AV. 9 de julho, perto da rua Florida, Casa Rosada e também do Aeroparque. O café da manhã era media luna, sucrilhos e uma laranja O motivo que escolhi este hoste é porque ele era o mais barato e o que dava para reservar no booking sem cartão. Conheci o Augusto aqui no mochileiros e ele ficou no BA hostel, na rua Rivadavia ( paralela a Lima), o atendimento de lá pareceu super bom.Ele pagou 700 pesos para ficar 7 dias, porém o quarto dele não era tão quente e não era sujo E também a Lene que ficou no Che Lagarto, disse ser muito bom, só não faço ideia dos preços. Cambio: Acabei trocando 475,00 na casa de Cambio BlueBay no shopping Tucuruvi, com medo de chegar lá sem nada. Isso me deu 1200 pesos (perdi bastante, pois em Buenos Aires conseguiria uns 1500 à 1600) 1° dia: Cheguei no aeroporto às 5:00, pois o meu voo estava marcado para às 7:05. Fiz o check-in e fui para a sala de espera. O voo saiu na hora e no avião deram uns docinhos típicos argentinos para o café da manhã. Cheguei em Buenos Aires às 9:30. Passei pela imigração e fui logo buscar minha mala. Peguei um taxi que me levou para o Hostel (não tinha percebido que o taxímetro não estava ligado), o taxista Carlos explicava tudo o que passávamos, mesmo ele não tendo ligado o taxímetro, foi bem atencioso. Eu contei a ele que estava com vontade de ir para o Zoo Lujan e ele disse que cobraria 400,00 REAIS para me levar lá e eu disse que nem morta rs. Passando alguns minutos, ele disse que me levaria e eu apenas pagaria os pedágios. Então, aceitei. Chegando no hostel, ele me cobrou a corrida 150 pesos (meio caro para quem desceu no aeroparque para o centro, deveria ter pago uns 60, 70 pesos no max., mas acabei ganhando em ir para o Lujan). Entrei no hostel e a mulher me informou que não era possível fazer o check-in ainda, pois ainda eram 10:20, somente às 14:00, então guardei minha mochila lá, peguei meus documentos importantes e parti para o Lujan. O zoo Lujan são 64 km de Buenos Aires (aprox. 1 hora). Tem três ou quatro pedágios, não me recordo e além disso, os pedágios ficam mais caros nos horários de picos e aos domingos, cada um deles é aprox. 11 pesos, tem um que é mais caro. Paguei 200 pesos para entrar lá. Entrei na jaula com o leão e com os tigres. Lindos!!! Mas fiquei com medo dos instintos deles rs. Este passeio foi fantástico, uma experiência maravilhosa. Saimos do Zoo +- 14h e vimos um trânsito terrível para quem estava indo, tive muita sorte. O Carlos ainda me levou para trocar dinheiro, em um lugar que ele disse que trocava sempre. Fiquei com um pouco de medo, mas não tive problemas com notas falsas. Não me recordo onde era, mas ele trocou 450,00 por 1400 pesos, mais do que eu tinha trocado no Brasil. Após isso, ele me levou para o hostel. Paguei mais 150 pesos para ele. Uns 100 pesos de pedágios e mais as paradas para ele colocar o gás. Cheguei no hostel umas 16h00. Fiz o check-in e me explicaram que o café era servido todos os dias das 8h às 10h, que não se responsabilizavam pelas bagagens, então eu deveria comprar um cadeado, mostraram os banheiros (todos individuais), informaram que para não ter confusão, eu deveria etiquetar minhas coisas na geladeira, caso comprasse algo. Peguei minha bagagem e guardei no armário, porém não tinha cadeado. Recebi uma mensagem do Augusto informando que estava na galeria pacífico com uma menina que ele também conheceu aqui no mochileiros. Então, peguei minhas coisas e sai. Na rua Lima, passam vários taxis livres. Peguei uma até a galeria e paguei aproximadamente 25 pesos. Chegando na Galeria pacífico, minha bateria estava acabando, acabei não os encontrando. Aproveitei para fazer um reconhecimento de área. Depois de dar umas voltas dentro da galeria, me bateu uma fome de Leão! Fui para a praça de alimentação, não lembro o nome de onde comi, mas lembro do preço. Pedi um chorizo + guarniciones + gaseosa = 90 pesos guarniciones = 3 tipos de salada ou batata frita Saindo de lá, fui para a Calle Florida ( parece a praça da República, onde as pessoas ficam gritando: CAMBIO! CAMBIO! EURO, DÓLAR, REAL rs) Lá encontrei um lugar onde vendia passeios, entrei apenas por curiosidade, mas acabei me empolgando O local é na Calle Florida 670 (local 20) - Deportrip Fechei um tour pela cidade + Delta de tigre + tango, apenas apresentação por 660 pesos. A moça que me atendeu foi super atenciosa, e falava português super bem. Só lembro que o nome dela começa com P rs, acho que é Penélope. Andei mais um pouco e peguei um taxi para voltar no hostel. Conheci o taxista Juan (Peruano), muito simpático e prestativo. Uma coisa eu aprendi, quer praticar o espanhol, converse bastante com os taxistas rs. Paguei uns 30 pesos até o hostel, pois estava com trânsito. Ao chegar no hostel, fui direto para o chuveiro. Pensei que iria descansar, mas recebi uma mensagem do Augusto dizendo que iria para o Puerto Madeiro com a Lene às 21h. Recebi um telefonema do passeio do dia seguinte, informando que o passeio seria adiantado para às 7h40 da manhã, pois o mesmo estava marcado para às 9h Me troquei e fiquei enrolando um pouco na sala até umas 20h45, pois o hostel dele era na rua `paralela ao meu. haha adininha, consegui me perder na rua de trás rsrsrs Fui pedir informação para um Argentino para saber onde era o Hostel BA, ele não sabia, mas acabou puxando conversa e me chamou para sair rs. OBS: Os Argentinos gostam muito das Brasileiras. Eu disse que ele podia me visitar no hostel no dia seguinte, mas não pensei que ele iria ãã2::'> Nisso, vi que o hostel estava no de baixo do meu nariz Chamei o Augusto e fomos de taxi até o hostel da Lene (Che Lagarto)- OBS: Eles disseram que de todos os três, era o melhor. Então, pesquisem sobre ele. Paramos em um Kiosko porque eu queria comprar um cartão para ligar aqui para o Brasil, para pedir para minha mãe me mandar mais dinheiro, pois estava com medo de acabar e eu não tenho cartão internacional, o único meio seria por casa de câmbio (remessas) ou por western union (mas eu não sabia como funcionava direito). Acabei levando apenas 1000,00~, pois estava com medo de assaltos ou furtos. Comprei um cartão que só dava para ligar de celular, mas eu não tinha visto, e o meu romming não estava liberado ãã2::'> Gastei 10 pesos a toa. Pegamos a Lene e fomos para o Puerto Madeiro. Queriamos ir no "La Vaca", indicado pelo taxista. Ele nos deixou meio longe (55 pesos aproximadamente). Andamos cerca de 20 minutos e ao chegar lá tinha fila de espera. Eu não estava com fome, mas de tanto andar começou a me dar fome. Paramos em um restaurante mais para frente, mas demoraram de mais para atender, então fomos para o do lado. Pedimos uma parilla ( é um assado, vem com carne, linguiça, frando e miúdos) Comi um miúdo e uma linguça ( estava divina ), e pedi 2 refrigerantes. Pagamos uns 150 pesos aprox. cada. Voltamos para o hostel do Augusto (30 pesos, porque a Lene nos deixou primeiro (15 pesos cada)). O Augusto me acompanhou até o hostel. Tomei um banho e cama. +- 1h da manhã 2° DIA: Acordei umas 4h da manhã, pois o calor estava insuportável. Tomei um banho e fiquei na sala tentando carregar o meu tablet. Passou das 7h40 e não chegou, então umas 8h30 pedi para a recepção me deixar ligar para reclamar. Liguei, porém só chamou, então fui tomar café. O café do hostel, só tinha sucrilhos e uma laranja. Peguei apenas a laranja porque eu não como sucrilhos. Quando foi 9h o transfer chegou. Fizemos um tour pela cidade, passamos pelos pontos principais, porém a chuva atrapalhou um pouco, mas deu uma refrescada. No tour passamos por La Boca, Recoleta, Puerto Madero, Palermo, Plaza de Mayo,... Chegando do tour, como no dia anterior tinha conseguido falar com a mãe pelo Face, pedi para ela me enviar o dinheiro, fui para calle florida a pé (uns 20 minutos). Chegando lá liguei para ela de um locutório para saber se tinha enviado e ela disse que sim, porém demorava até 5 horas para cair. Uns 10 minutos deram aprox. 60 pesos Cheguei no endereço que ela tinha me passado, porém estava fechado, pois na Argentina muitos lugares fecham para almoço (do meio dia até as 14). Ao abrir a casa de câmbio, na florida mesmo, verifiquei se o dinheiro estava lá, porém não tinha caído ainda, então voltei para o locutório e avisei que não tinha caído. Aproveitei e comi duas empanadas. foram uns 20 pesos de ~ligação e mais 21 pesos 2 empanadas e uma media luna. Voltei na casa de câmbio, porém ainda nada. Então, resolvi voltar para o hostel e esperar até a segunda-feira. OBS: Esqueceram de avisar a minha mãe que os depósitos feitos aos sábados não compensam no fds apenas no próximo dia útil. ãã2::'> Resolvi das uma passada no mercado. Comprei um suco, umas bandeja com 6 empanadas, 1 garrafa de agua e 2 pacotes com de alfajor (Jorgito) cada pacote de alfajor Jorgito é aprox. 28 pesos. Tudo deu aprox. 100 pesos. A agua no mercado é aprox. 6 pesos Fui para o Hostel e como nos dias passados não dormi direito tomei um banho e desmaiei. Acordei com um pessoal falando em inglês no quarto umas 22h. Tomei um banho e sai para dar uma volta e comer algo. Dei uma volta pela Plaza de Mayo e depois voltei para a 9 de Julho e encontrei um lugar chamado NAC & POP, que vende hamburgers. Pedi um Hamburger com fritas e uma gaseosa = 35 pesos Muito BOM!! O único lugar aqui em SP que eu comi um hamburger tão bom foi no BURGER LOVERS. Voltei para o hostel, pois já estava tarde para uma pessoa sozinha. Chegando no hostel, tomei banho e cama. 3º dia: No domingo, já acordei um pouco mais tarde. Aprox. 7h. Esperei até às 8 para tomar café (estava melhor do que o dia anterior, pois tinha uma laranja, sucrilhos e media luna) Me apaixonei por media luna. Tomei o suco que eu comprei (Horrível, pena que eu não lembro o nome para recomendar para que não tomem, só lembro que é uma garrafa que fica torta, um formato estranho). Às 9h o transfer para o Delta chegou. Passamos por La Plata, seguindo para o tigre. Aprox. 40 minutos Estava chovendo também, isso atrapalhou um pouco. Muito bom este passeio, motram várias casas nas ilhas, escola, biblioteca, explicam como as pessoas de lá fazem no dia-a-dia. Bem interessante, recomendo. Após uma hora de passeio de barco, fomos para San Isidoro Mais uns 40 minutos de La Plata para San Isidoro. Chegando em San Isidoro ficamos por 40 minutos. Lá visitei o museu do hugbi, a praça central, a igreja que o Papa rezava a missa quando era Cardeal, e um café muito bom. Em san Isidoro, comprei 2 empanadas, pois já estava com muita fome. Saindo de lá, o transfer nos deu algumas opções para ficarmos. Eu preferi ficar em San Telmo, pois a feira só ocorre aos domingos. Levamos aproximadamente 1h para chegar lá. A feirinha de San Telmo é imensa. Cheia de artesanato, antiguidades e até comida. Comprei um chaveiro da Mafalda, de madeira = 10 pesos e fui ao museu do susto = 50 pesos (recomendo mais para quem tem criança, mas deu para curtir um pouco) O museu do susto foi criado por alunos de artes, então foi mais para ajudar mesmo. Saindo de lá fui caminhado e acabei chegando em outra feira de artesanato, debaixo de uma ponte. Pedi informação para chegar na 9 de Julho e me informaram que era umas 6 quadras de lá. Andei um bocado e fui parar na estação conceição (se não me engano) era uma estação de metrô rosa. Entrei lá e fiquei meia confusa, então comprei uma água e pedi um taxi. Agua - 8 pesos De onde eu estava até o hostel, foram 30 pesos. No hostel descansei um pouco. Depois de um tempo o Augusto foi até o meu hostel para darmos uma volta. Andamos pela 9 de Julho e paramos para comer um hambúrguer NAC& POP ( no MAC) Gastei um pouco mais desta vez, mas não lembro qual a diferença do primeiro hambúrguer. Aprox. uns 40 pesos. Passamos em frente a uma casa de tango, tiramos foros da nove de Julho e voltamos para o meu hostel...Ficamos conversando um bom tempo. O Augusto pediu uma água no meu hostel Garrafa grande - 10 pesos e a pequena 8 pesos. Acabei comprando uma grande depois. Estávamos na sala e de repente o Marcelo ( que eu conheci em frente ao hostel do Augusto, apareceu) Eu juro que me escondi rs, já era quase meia noite e eu estava cansada. Juro que não imaginava que ele fosse aparecer. O recepcionista foi me procurar no quarto e informou que não me encontrou, e o Augusto só dando risada, enquanto eu tinha fugido para o terraço. Depois de uns minutos desci, ele tinha ido embora. O Augusto aproveitou e foi para o seu hostel também e eu fui tomar banho e dormir. Combinamos de nos encontrar no dia seguinte para dar umas voltas. 4° DIA: Acordei bem cedo, tomei café e fui para a casa de câmbio a pé( ainda estava uma chuva chata). Chegando lá, o dinheiro ainda não tinha caído. Entrei em desespero Fui para o hostel do Augusto e ele ainda estava dormindo. Já era quase 10h. A recepcionista o acordou. Esperei ele tomar o café e fui para o meu hostel. Avisei minha mãe que o dinheiro não tinha caído e voltei para o hostel do Augusto. Ele já tinha se arrumado, então fomos para a Florida novamente. Voltamos para a casa de câmbio e ainda não tinha caído, então fomos para a Galeria pacífico. O Augusto almoçou e eu estava tão preocupada que nem quis almoçar. Voltamos para a casa de câmbio e desta vez o dinheiro estava lá Mais 750 pesos para eu poder pegar o taxi para ir embora e comprar regalos. Depois fomos para o teatro cólon, mas achamos muito caro 160 pesos para conhece-lo. Decidimos ir para a livraria Ateneo O taxi deu uns 20 pesos para cada Em seguida, fomos para o Cemitério da Recoleta E por fim, fomos para uma travessa da Callao e comprei alguns presentinhos em uns kioskos uma bolinha com um casal de dançarinos de tango - 60 pesos Aproveitamos para passar no MC Donalds - CBO = 70 pesos Passamos em um Carrefour e ele comprou uns jorgitos. voltamos cada um para o seu hostel taxi -10 pesos para cada Deixei minha bolsa grande no hostel e parti para as compras rs comprei variados alfajors Mais Jorgitos - mais 2 pacotes TITA - 1 pacote (mais barato que o jorgito, porém foi o que eu mais gostei (parece uma bolachinha)) La Recoleta branco - 1 pacote - Uns 35 pesos Milka - uns 30 pesos 2 pacotes de caseiros - uns 25 pesos cada um chaveiro do para joão Paulo - 15 pesos 3 doces de leite da patagônia pequenos - 18 pesos cada uma plaquinha com um nome - 30 pesos uma escultura de mate - 30 pesos Que eu me lembre foi isso... Voltei para o hostel, arrumei minha mochila, tomei banho e umas 20h30, chegou o transfer para o tango. Pensei que eles me levariam apenas na hora do show, só que não. Bom, para não ficar no tédio até começar o show, então pedi uma pizza do tamanho do prato e uma coca cola. A pizza foi a melhor que eu já comi, maravilhosa. Ainda ganhei um copinho de fernet para acompanhar a minha coca e de entrada, ganhei uma mini empanada. O show foi começar umas 22h30, mas foi maravilhoso. Valeu muito a pena. Gastos do jantar - 70 pesos + 10 pesos de propina. Cheguei no hostel meia noite, fui tomar banho e cama. 5º DIA: Acordei 4h30 da manhã e me arrumei. Fiquei enrolando até às 6 da manhã e parti para o aeroparque. Chegando lá, tomei café da manhã. Café da manhã - 55 pesos ( 3 medias lunas, 1 café com leite e um suco) O meu avião partiu às 9h40. Cheguei em SP às 14h porque o avião não teve onde parar, então ficamos meia hora apenas esperando. ESSA FOI A MINHA BUENOS AIRESS!!!!
  10. Olá! Legal o seu roteiro. Estou fazendo um +- parecido, só que todo de ônibus Você pode pegar um ônibus e ir para San Pedro de Atamaca e atravessar o Salar de Uyuni (algo bem barato, comparando a beleza), você pode escolher o de 3 dias e 2 noites (aprox. 600 bol) e ficar direto em Uyuni. Depois disso pode pegar um trem de Uyuni se te interessar você pode entrar neste site e ver as paradas do trem www.fca.com.bo O meu roteiro é de Santiago - Atamaca - Uyuni - Oruru - La Paz - Santa Cruz - Assunção Como você diz que está meio sem grana, pelo o que pesquisei, as melhores atrações do Peru são caras, a não ser que você vá para uma cidade menor. Entre a Bolívia e o Paraguai eu acho que a Bolívia tem muito mais a oferecer que o Paraguai. Espero que ajude
×