Ir para conteúdo

gilvane

Membros
  • Total de itens

    4
  • Registro em

  • Última visita

Reputação

0 Neutra

Sobre gilvane

  • Data de Nascimento 29-10-1993
  1. Durante mais de um ano pensando em fazer a primeira “grande” viagem de moto, escolhi alguns destinos como possíveis lugares para conhecer. Fiz o planejamento de trés viagens, todas saindo de Maravilha-SC: Foz do Iguaçu-PR, Urubici-SC e São Miguel das Missões-RS. Como todas as viagens estavam planejadas, optei por escolher a mais curta: São Miguel das Missões-RS, para visitar as Ruínas, num total de 360km de ida. Decidi em cima da hora quando iria, e deixei um hotel simples reservado para passar 1 dia. Troquei o óleo da moto, calibrei os pneus e enchi o tanque. Preparei uma mochila com roupas, sem levar nenhum reparo caso desse problema na moto durante a viagem. Iniciei a viagem no sábado a tarde, feriado de 15 de novembro. Como havia planejado antes, minha primeira parada foi em Frederico Westphalen (90km), onde passei pelo centro e voltei ao trevo de acesso a cidade para descansar durante 10 minutos. Aproveitei para registrar uma foto. Segui viagem para Palmeira das Missões-RS. Acabei passando pelo trevo, e decidi dar uma parada para esticar as pernas mais adiante. Continuei rumo a Ijuí. Passei pela cidade de Panambi-RS para lanchar em uma padaria. Passando por Ijuí, segui viagem rumo a Santo Ângelo-RS, onde iria ficar hospedado. Cheguei no hotel às 19:20 e tomei um banho. A noite fui na praça da cidade conhecer a Catedral Angelopolitana, que estava lotado de pessoas. Fui no Skinão Lanches comer um X-frango caprichado, aproveitando para assistir o jogo do Grêmio. Assim que terminou o jogo retornei para o hotel. Pensei comigo: o que eu estou fazendo aqui sozinho? hehe Nem eu acreditava que tinha ido até lá com uma Titan 150. No outro dia pela manhã, parti rumo a São Miguel das Missões (60km). Cidade pequena, bem fácil para encontrar as ruínas. Nooossaaa, que lugar show. Antes de entrar já tirei algumas fotos, com as ruínas ao fundo. Paguei 5 reais o ingresso para acessar as ruínas. Lugar fantástico. Deu para imaginar a força de quem construiu para levantar aquelas pedras aparentemente pesadíssimas naquela altura, e de tamanha engenhosidade. Confira algumas fotos: MOTOGRUPOS RUÍNAS Infelizmente estava na hora de retornar ao hotel. Na volta acabei perdendo a entrada do trevo de Santo Ângelo, e andei uns 30km pra frente de barde… Mas retornei e consegui chegar antes do meio dia ao hotel. Arrumei minhas coisas e fui para a praça da cidade novamente, em busca de um lugar para almoçar. Encontrei uma padaria aberta e lanchei. Como um dia antes estava escuro e lotado de pessoas, acabei não tirando fotos da catedral. Mas o domingo (16-11) estava com um sol de rachar, dia bonito e fotografei. Descansei durante 1 hora e parti para casa. Na volta, abasteci a moto em Ijuí-RS. Em Panambi-RS, registrei o museu militar brasileiro. Continuei rumo a Frederico Westphalen-RS, onde parei para beber um refrigerante e descansar. Após pegar a estrada de novo durante 90km, cheguei em casa sem problemas. Foram 800km de muita diversão. A próxima viagem já está programada para o mês que vem!!! Agora de Fazer 250 (percebi que a Titan 150 era boa, mas não tinha retomada). Moto mais confortável e que não judia tanto do motor! DESTINO: Urubici-SC e Serra do Rio do Rastro. Em breve publico o relato. Estou ansioso já! Abraços aos motoviajantes e a todos os mochileiros!
  2. Olá. Esse é meu primeiro tópico no Mochileiros. Já venho acompanhando dicas há algum tempo, porque despertou aquela vontade de viajar de moto de baixa cilindrada. Primeiramente, quero informar que sou jovem(19 anos), e eu estou planejando uma viagem de moto 150cc com meus amigos, dia 15 de novembro com retorno dia 17. Somos da região Oeste de Santa Catarina, mais precisamente de Maravilha-SC. A viagem seria para a Serra do Rio do Rastro, incluindo a cidade de Urubici, onde iremos pernoitar, e algum outro destino que preciso de sugestões. Serão mais ou menos 1200km de ida e volta. Enfim, partindo de Maravilha, Oeste de Santa Catarina, penso em passar por Xanxerê, Lages e Urubici. Depois ir para a Serra do Rio do Rastro. A pergunta é: durante a rodovia, que lugares podem ser visitados? Entre que cidades fica a Serra do Corvo Branco, inscrições rupestres, e as cascatas? Desde já agradeço a contribuição.
×
×
  • Criar Novo...